História My Only Love (Jikook) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jikook, Love, Namjin
Visualizações 319
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Você me ama?


P.o.v Park Jimin

Tudo que Jungkook dizia fazia completos sentidos, sabia que o motivo de tudo aquilo ter começado foi por minha Causa. Sabia que ele apenas queria que eu não me isola-se do mundo por causa da minha dieta, mas eu apenas precisava focar no que me faria bem, mesmo que aquilo fosse magoar muitas pessoas.

Porém, eu não tinha como evitar ficar bravo e triste por ser enganado. O que eu menos queria era ter sido enganado e feito de palhaço pela pessoa que eu queria negar amar.

Era difícil negar meus sentimentos, era difícil os esconder quando sabia que não conseguiria fingir por mais tempo. Passei muito tempo negando meus sentimentos, negando me aproximar apenas para evitar que ele implicasse com minhas decisões.

Ele não estava totalmente errado, mas também não estava certo.

Talvez eu deveria deixar de julgar por sua decisão de me enganar, já que a pessoa que ele se passava ser me fez bem e me manteve forte quando eu mais precisei, assim como Jungkook em si fez o mesmo e acabei por não reconhecer seus esforço.

Quando percebi, já estava chorando baixo enquanto esfregava meus cabelos entre os dedos.

A dor que eu sentia era enorme, a dor que eu sentia era apenas por uma causa.. E essa causa era ter feito a pessoa que me ama tanto, sofrer por causa do meu orgulho e ignorância.

Não sabia se conseguiria o perdoar pelo o que ele fez, não sabia se conseguiria continuar sabendo que eu o magoei tanto por acreditar no que aquelas fãs me pediam tanto..

"Jimin você está gordo, pare de comer"

"Você está parecendo um porquinho com essas bochechas"

"Você não é o suficiente para o Bangtan Boys."

Aquilo tudo me machucava e nem notei que aqueles comentários e julgamentos não eram feito por minhas fãs, porque aquela que realmente eram fãs me amava do jeito que eu era e continuariam me amando após as mudanças.

Eu estava arrependido.

ㅡ Hey, não chora.. Eu sei que fui um idiota, eu quero me redimir com você. -- Kook disse como se fosse completamente culpado.

Sabia que ele estava totalmente quebrado por dentro.

ㅡ Eu me sinto tão mal.. Eu fui tão idiota a ponto de afastar todos de mim apenas para conseguir ser o suficiente para todos. Me desculpe também, estou fazendo Você se sentir totalmente culpado sendo que você não tem culpa de tudo que aconteceu. Não se culpe sozinho, por favor.. Eu não quero ser o motivo dos seus milhares de problemas, mesmo que eu saiba o que você está passando por minha Causa. -- Confessei enquanto secava meus olho com a manga da blusa. ㅡ Eu não tenho tanta coisa para falar com você, não sei nem como me desculpar de verdade por ter deixado nosso namoro de lado apenas para agradar aos outros e acabar me desagradando.

ㅡ Eu ainda te amo, Jimin. Eu sempre vou te amar, não importa o que aconteça.. Eu sempre estarei esperando por você. -- Ele disse levando suas mãos até meus braços, assim as retirando de meu rosto.

Eu queria saber como ele conseguia ficar tão pleno? Por que ele não tremia de nervoso como eu? Ou até chorando por ambos termos sido idiotas um com o outro?

Queria ser forte como ele, mas eu apenas sabia ser fraco.

ㅡ Se o problema agora for seu arrependimento, não se preocupe mais. As vezes nos arrepender de nossos erros alivia muito, e é isto que você está fazendo. -- Kook continuou.

Suas mãos deslizaram por meus pulsos até minhas mãos, assim as segurando com cuidado.

Ele pensava que eu poderia quebrar se me apertasse? O que eu mais queria era ser abraço com força apenas para que toda essa dor fosse embora.

ㅡ Eu não quero me fazer de vítima Jungkook.. Eu não sou a vítima, você foi o que mais sofreu esse tempo todo e isso te causou um enorme problema. -- Suspirei olhando para nossas mãos.

ㅡ Que tipo de problemas? Eu estou bem..

ㅡ Você sabe do que estou falando já que você era o único que eu contava tudo que via e fazia.

ㅡ É sobre os remédios né?

ㅡ Por que você os toma? -- O perguntei atencioso.

ㅡ Apenas não conseguia dormir, já que dormíamos sempre juntos e começamos a nos afastar.. Fiquei com insônia e simplesmente não conseguia dormir sem os tomar. Mas não se preocupe, Jin os jogou fora apenas para que eu não tomasse mais nada. -- Kook confessou dando um sorriso fraco.

Saber disso me aliviava ainda mais, e eu precisava corrigir esses erros para que tudo que nos incomodasse fosse embora.

ㅡ Estou desculpado?

ㅡ Nunca te culpei para ter que lhe desculpar, mas sim.. Eu te desculpo, porque eu te amo! -- Jungkook falou dando um belo sorriso. ㅡ E você.. Me desculpa?

ㅡ Be-bem... Eu..

ㅡ Você está indeciso não é?

ㅡ Não, não é isso.. Eu apenas, apenas queria um abraço antes.. -- Confessei enquanto mordia meus lábios em nervosismo.

Apenas um abraço faria a dor ir embora.

Apenas um abraço deixaria meu coração aliviado.

E apenas um abraço, seria capaz de me fazer o perdoar definitivamente.

Porém, eu não sabia se conseguiria reatar nosso relacionamento, mas tentaria ser um ótimo amigo para ele, mesmo que fossemos mais que íntimos.

NARRADOR:

Aquele encontro havia começado bom, ocorrido péssimo e parecia terminar bem.. Era isso que ambos queriam, que aquele encontro tivesse um final bom para que não passasse de apenas uma perca de tempo.

Porque não seriam apenas horas perdidas. Ambos receberiam bronca dos seguranças e da empresa  também.

Quando Jimin fez aquele pedido, Jungkook não evitou sorrir e concordar com a cabeça antes de se levantar ainda segurando as pequenas mãos de Jimin, ele estava nervoso por ter feito aquele pedido, mas estava aliviado por Kook o conceder sem fazer perguntas.

Jungkook um tanto apressado puxou os braços de Jimin e os envolveu em sua cintura antes de abraçar o corpo do mesmo e daquela forma esconder seu rosto no pescoço de Jimin.

O cheiro tão doce do perfume de Jimin era maravilhoso para Jungkook que insistia em inalar o perfume tão maravilhoso do homem que ama. Aquele abraço estava sendo completamente especial para ambos, sendo capaz de remover qualquer tristeza ou culpa que restasse em ambos.

As pequenas mãos de Jimin seguraram a jaqueta de Jungkook com força como se ele fosse fugir daquele abraço. Mas aquilo não aconteceria, ele apenas queria que aquele abraço durasse mais tempo e que o calor de Kook o aquece naquela noite tão fria e chuvosa.

ㅡ Você me ama? -- A voz de Jungkook soou como um sussurro perto do ouvido de Jimin, sendo capaz de arrepiar seu pequeno corpo com o hálito quente do mesmo.

Um suspiro saiu dos lábios de Jimin, mas o mesmo não disse nada. ele estava nervoso e ao mesmo tempo tão confortável naqueles braços, que seria um crime se o retirassem dali.

ㅡ Vou lhe perguntar novamente.. -- Jungkook continuou a sussurrar próximo ao ouvido de Jimin ㅡ Você me ama?


Notas Finais


Infelizmente essa é a última Att do dia.

Aguardem pela próxima att.

Amo Vocês. ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...