1. Spirit Fanfics >
  2. My Only Sunshine >
  3. Capítulo Único.

História My Only Sunshine - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


História que estava perdida nos meus documentos há meses e resolvi postar agora por não ter nada pra postar.

Extra da SanZo Week porque sim. Apenas trazendo o canon como de costume.

Capa: @ nori31291404

Capítulo 1 - Capítulo Único.


Fanfic / Fanfiction My Only Sunshine - Capítulo 1 - Capítulo Único.

Sanji brilhava tanto que muitas vezes Zoro precisava desviar o olhar para não ser cegado. O sol refletia nele e parecia totalmente insignificante diante do brilho daquele loiro idiota.

Tudo naquele homem era brilhante. Seu cabelo dourado parecia reluzir como barras de ouro e se surpreendia que Nami nunca tivesse tentado arrancá-los para vender por um preço absurdo. Sua pele era tão branca que Zoro costumava dizer que ele desapareceria igual a um fantasma ou viraria um esqueleto albino como Brook, mas era perfeita. Seus lindos olhos azuis possuíam um brilho natural que era impossível para qualquer pessoa não achar atraente. Seu enorme sorriso era o mais belo e brilhante que Zoro viu em toda sua vida, por mais que o próprio loiro discordasse dessa afirmação e sempre insistisse que nada superava o sorriso de Luffy... Zoro sempre acharia um absurdo, porque mesmo que o capitão tivesse aquele sorriso que encantava qualquer um, o de Sanji era totalmente diferente. Ele tinha certeza que o loiro nunca chegou a se ver sorrindo enquanto falava de comida, do All Blue e, infelizmente, de mulheres. Até suas roupas extremamente pomposas e frescurentas pareciam brilhar com qualquer luz que as iluminava, apagando a luz e brilhando mais que ela.

Zoro passava horas observando o único idiota que conseguiu conquistar seu coração de forma tão irritante e fácil que às vezes preferia esquecer como aconteceu. Ainda se impressionava que ele havia se apaixonado, sendo que jamais pensou que poderia. Nunca se interessou por esse tipo de coisa e lá estava ele sorrindo de forma pateticamente apaixonada para a criatura mais insuportável de todo o universo.

— Kokku! — Zoro gritou por impulso da janela do ninho do corvo, chamando não só a atenção do único cara que era capaz de amar, como também de todo o resto do bando. Imediatamente ele corou e se arrependeu de ter aberto a boca. — Sol...

Por sorte ele não gaguejou, mas seu rosto estava queimando tanto que parecia que o sol havia o queimado por inteiro. Bom, era exatamente isso. Parecia só mais uma provocação típica dos dois e não era a primeira vez que o moreno dizia para que ele fosse tomar um sol por ser muito pálido, mas pelo loiro não retrucar, a situação ficou deveras suspeita. Lá de cima Zoro conseguia enxergar muito bem o rosto do namorado queimando tanto como se seu próprio brilho tivesse o atingido e aquela bela visão satisfez o moreno que sentiu o coração acelerar mais do que deveria. No fim, a culpa era dele mesmo por uma vez enquanto Sanji dormia, ter deixado escapar que ele era como o sol… Como o seu sol. Mas Sanji estava acordado. Ficou óbvio que Zoro estava deixando escapar aquele elogio vergonhoso e constrangedor outra vez.

Sanji brilhava mais até mesmo que o sol e ficava insuportavelmente lindo ao ser iluminado pelos raios do astro maior, tanto que não era incomum o espadachim perder o ar observando-o. Chegava a ser injusto, como se toda a beleza do mundo fosse reunida em uma única pessoa.

Talvez Sanji fosse mesmo seu sol, diariamente iluminando seus dias com aquele sorriso perfeito, aquecendo seu coração só por aparecer em sua frente, o viciando cada vez mais nele e mostrando o que era o amor. E por mais brega que parecesse, por mais que Zoro jamais pudesse ser o sol dele, afinal, de forma alguma ele um dia seria esse tipo de pessoa, aos poucos aceitava lentamente que o cozinheiro mais irritante da galáxia havia se tornado seu mais forte e brilhante raio de luz.

Sanji, sem dúvidas, era seu sol.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...