História My oppa - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga
Tags Bangtan Boys (bts), Romance, Sexo
Visualizações 144
Palavras 1.706
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente ❤️
Essa é a primeira fanfic one shot que eu faço, espero que gostem.
Caso haja algum erro, me perdoem.
Aproveitem essa leitura maravilhosa!
❤️

Capítulo 1 - Sexo picante - One Shot


Fanfic / Fanfiction My oppa - Capítulo 1 - Sexo picante - One Shot

Era sexta-feira, e ao invés de estar na minha casa dormindo, eu estava na casa do meu namorado, Yoongi. Eu sei que iria pra casa dele do mesmo jeito amanhã, mas os nossos pais resolveram viajar juntos hoje, e então, minha mãe achou que seria adequado eu ficar na casa do Min. Nossos pais se despediram de nós, e assim ficamos sozinhos.

Subimos ao quarto do mais velho, então ele foi tomar um banho, enquanto eu, fui ligar seu computador pra jogar joguinhos de sites aleatórios. 

O mais velho estava demorando demais, eu já estava começando a ficar entediada, já que não tinha muita coisa a se fazer. Min estava há mais de 30 minutos naquela banheiro, mas o que diabos ele estava dentro daquele lugar?  Parece até que dormiu lá.

- Amor, vai demorar? - eu batia na porta levemente, tentando chamar sua atenção

- Não jagi, estou saindo do banho.

Voltei a me sentar em frente ao computador, jogando mais joguinhos aleatórios de sites que encontro por aí.

O branquelo saiu finalmente daquele banho demorado. Ele estava apenas com uma toalha enrolada em sua cintura. Assim que ele me viu em frente ao seu computador, me abraçou por trás e me deu um beijo na bochecha.

- Desde quando você fica jogando esses joguinhos de culinária de sites aleatórios? 

- Desde quando você começa a demorar no banho e me deixar aqui sozinha e entediada. - assim que o vi, desliguei o computador e me deitei de lado na sua cama - Mas agora só quero ficar com você.

- Bom mesmo. Só quero você aqui do meu lado, bem quietinha. 

Eu estava com uma meia calça arrastão preta, uma bota de salto com cano curto preta também, um short jeans um pouco curto, uma blusa que permitia ter uma visão da minha barriga e eu estava com o cabelo solto.

- Você sabe que eu amo quando você usa roupas assim... Curtinhas... Me dá uma visão espetacular desse seu corpinho. Sua sapeca, você está me provocando.

- Não estou te provocando, eu gosto de usar roupas assim... - disse dando um leve sorriso malicioso

O mais velho se deitou comigo na cama, e me puxou para um beijo. Assim que a falta de ar chegou, tivemos que nos separar. Me sentei e o chamei com o dedo pra ele se deitar em meu colo. Eu acariciava seus cabelos lentamente, Min estava quase pegando no sono, aparentemente.

- Yoongi, amor, vamos pedir pizza? Por favor, hoje é sexta-feira, nossos pais foram viajar, pra que vamos fazer comida? Que tal hein?

- Ahn, está bem amor, pede lá o sabor que você quiser.

Peguei meu celular e liguei para a pizzaria. Pedi nossos sabores favoritos, então voltei para a cama e me sentei novamente.

- Pediu o que queria, Taeyang?

- Sim, pedi. Agora é só esperar a pizza.

Esperamos por mais ou menos 20 minutos, até a pizza chegar. Comemos tudo o que aguentamos, depois eu fui tomar um banho. Saí com uma toalha enrolada também, peguei minha mochila e procurei meu pijama.

- O que está procurando jagiy? - Yoongi tirou sua atenção do seu celular para me olhar

- Meu pijama. Minhas roupas estão todas dentro da mochila.

- Pendure suas roupas no cabide ou as sobre e deixe dentro do guarda roupa. Vai ser trabalhoso você ficar tirando e guardando todas essas roupas na mochila toda hora. 

- Está bem. - tirei minhas roupas e guardei dentro do guarda roupa de Min

Assim que achei meu pijama e uma outra calcinha, me vesti e depois fui pendurar minha toalha. 

- Olha que bundinha mais gostosa... Ah Taeyang, você gosta de me provocar com essas roupinhas...

- Aish Yoongi, é só um pijama...

- Um pijama que marca muito bem sua bundinha e seus peitos grandes... Vem cá, chegue aqui perto de mim... - ele me chamava com seu dedinho - Olha que bunda maravilhosa... - Yoongi me deu um tapa forte na bunda e eu acabei gemendo de dor, pois ardeu um pouco

Apesar de eu e Min termos essas coisas de um chamar o outro de "gostoso", "gostosa", ou coisas do tipo, nós nunca tivemos nossa primeira vez. Era uma coisa que eu gostaria de experimentar, mas tenho um pouco de vergonha. Estamos juntos há 7 anos, mas às vezes tenho um pouco de vergonha de tentar incentivá-lo a nós dois tentarmos ter nossa primeira vez.

- Min, você não vai colocar sua cueca pra você dormir não?

- Ah, não estou com sono... Estou com outra vontade...

- Vontade de quê? - perguntei meio curiosa, pois não entendi qual era as intenções do branquelo

- Estou com vontade de experimentar algo diferente entre nós dois.

- Tipo o quê?

- Venha aqui, Taeyang.

Me aproximei do mais velho, e ele tirou sua toalha e abriu suas pernas. 

- Mas o que é isso, Min?

- Vamos tentar algo diferente, Taeyang, por favor. Estamos juntas há 7 anos, você está no ensino médio e eu estou na faculdade, que tal tentarmos algo meio diferente? Que tal tentarmos algo meio picante entre nós dois?

- Tá, mas o que você quer que eu faça?

- Só quero sentir sua boca bem quentinha em meu pau agora mesmo, só isso. Quero sentir prazer.

- Min Yoongi! - fiquei corada, não sabia o que dizer naquele momento

- Vamos tentar pelo menos... Você não sabe há quanto tempo desejo ter um toque  de prazer com você...

Eu pensei no que ele disse, realmente não era uma má ideia. Acho que por estarmos há muitos anos juntos sem nunca termos traído, acho que seria uma boa ideia. Também, nossos pais estavam viajando, não havia ninguém para nos atrapalhar naquele momento.

- Não é uma má ideia.

- Isso, vem aqui... 

Agachei entre as pernas do mais velho, então tentei agir naturalmente. Abocanhei seu membro que ainda meio mole. Tinha um gostinho de coco, afinal o seu sabonete preferido era esse. Masturbei seu pênis calmamente, e percebi que o branquelo estava gostando.

- Ah, Taeyang, isso mesmo... Babe tudinho...

Fiz o que o Min pediu. Babei tudinho e ainda deixei seu pau encostar em minha garganta. Assim que comecei a tossir por falta de ar, tirei minha boca, então chupei suas bolas com delicadeza. Escutei Min gemer um pouco mais alto. Voltei a masturbar seu membro com gostinho de coco. Senti seu pau se mexendo dentro de minha boca, já estava começando a ficar mais rígido. Tirei minha boca novamente e passei a língua pela glande rosinha e inchada. Min estava gemendo de prazer.

- Ah Taeyang, você está acabando comigo... Isso... Chupa devagarinho...

Fiz o que o branquelo mandou. Chupei seu pau bem devagarinho, lambendo seu membro e seus testículos com calma. Eu não tinha terminado de chupar aquele pau delicioso, quando foi aí que Yoongi se levantou, e rapidamente, me pôs e cima da cama deitada com minhas pernas abertas.

- Deixa o papai ver sua bucetinha, vai... Eu quero muito chupar essa coisinha rosinha.

Ele tirou meu shortinho do pijama, deu um tapa bem forte em minhas coxas e depois tirou calmamente minha calcinha. O mais velho abriu um pouco mais minhas pernas, dando lhe uma melhor visão da minha intimidade.

O branquelo começou a passar a língua por meus lábios menores, é isso já me deixou um pouco excitada. Min passou sua língua pelo meu clitóris e pela minha uretra, dois pontos extremamente sensíveis.

- Pisca pra mim Taeyang, pisca por favor.

Contraí as paredes internas da minha vagina, fazendo pequenos barulhinhos, e aparentemente o Yoongi gostou disso. Ele voltou a lamber minha intimidade, mas dessa vez, começou a passar sua língua pela minha entradinha, me deixando com um pouco mais de tesão. Min também apertava meu botãozinho, e isso foi o que me deixou mais excitada ainda. Assim que o branquelo deixou de lamber minha intimidade, ele pegou três dedos e enfiou dentro de mim, fazendo movimentos rápidos.

- Isso oppa, faça isso comigo,ah...

- Está gostando né sua safada? - ele deu um largo sorriso malicioso - Ah, deixa o Daddy ver esses peitões aí, vai deixa...

Provoquei um pouco meu oppa apertando meus peitos, fazendo os dois saltarem para fora do meu pijama.

- Não me provoque, Taeyang! - ele tirou minha blusinha de uma forma bruta, pôs a mão em um dos meus peitos e abocanhou o outro

Senti meus mamilos ficarem mais durinhos, o mais velho claramente sabia chupar bem.

Ele se levantou e ficou em cima de mim, me beijou com força, eu estava amando aquilo.

- Agora me fode oppa, me fode com todas as forças do mundo. Fode sua pequenina.

- Com prazer, minha BabyGirl.

Ele pegou seu pau, que estava totalmente duro e pôs dentro de minha bucetinha, que estava totalmente encharcada.

- Ai que bucetinha apertadinha... Que delícia...

O mais velho fazia movimentos rápidos e bruscos, aquilo estava me matando. De repente, ele me pegou no colo, ainda com seu pênis dentro de minha intimidade, se sentou na cama e disse "Cavalgue aqui, minha pequena". Eu rebolava em cima de sua intimidade, e cada vez mais escutava os gemidos do Yoongi aumentarem.

Saí de cima de meu namorado, deitei de quatro na frente dele é disse:"Vem aqui, me fode, aproveita que estou de quatro pra você, oppa". Min se levantou com um pouco de dificuldade, suas pernas já estavam um pouco doloridas. Ele me fodeu com muita força, eu já estava sentindo a pressão nas pernas. O branquelo me dava fortes tapas na bunda, deixando a marca de sua mão em minha pele.

Yoongi tinha uma potência forte, não imaginei que fosse assim. Nossos corpos estavam suados, e estávamos bastante cansados.

Eu não estava aguentando mais, meu corpo estava dolorido, mas não hesitei em parar. 

- Taeyang, você está gostando né safada? - Yoongi me abraçou enquanto me fodia - Se prepara, eu vou gozar em você todinha.

- Isso oppa, goza na sua pequena, vai...

Min rapidamente tirou seu pau dentro de minha intimidade, começou a se masturbar enquanto eu me virei com as pernas abertas para o mais velho. Ele ficou vermelho com seus movimentos rápidos, e assim que ele terminou, ele gozou na minha perna, e se deitou ao meu lado.

- Eu disse que não era uma má ideia tentarmos algo picante, não é Taeyang?

- Sim oppa, não era má ideia.. -  dei uma pausa em minha fala - Mas como você teve essa ideia, hein amor?

- Uma vez te vi sem roupa, então naquele momento pensei que deveria te possuir...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...