História My Perfect Joy - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 2
Palavras 1.123
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olaaa fofos mais um espero que gostem 🤗❤️

E eu vou tentar fazer a Kathyllen interagir com vcs mas vou TENTAR ok

Capítulo 3 - Damn School


Fanfic / Fanfiction My Perfect Joy - Capítulo 3 - Damn School



Meu "Primeiro Dia De Aula" •



Lá estava eu de novo voltando pro inferno e o pior que eu faltei duas semanas já aqui, nese inferno, mas o pior que não é tanto assim pois as pessoas me ignoram e eu simplesmente amo isso, no final eu saio ganhando com isso.

Chego lá às pressas vendo já alunos formando seus grupos (que na minha opinião era ridículo isso mais fazer o que né?) decido ir na diretoria.

Ando perdida pelos corredores de saber onde eu tô indo, quado do nada encontrou na porta com a plaquinha escrito Sr. Cooper, dou algumas batitinhas na porta escutando logo um "entra" em seguida. 

Abro a porta dando uma visão do diretor, ele não era tão velho era meio jovial,cabelos pretos com uma barba bem feita com os olhos castanhos claros o deixando mais atraente ainda.

- O que deseja?

- A-ah eu preciso do meu número de sala e de armário.

- Então você é a Kathyllen Smith? - ele me analisa com o olhar, me deixa desconfortável.

- S-sim.

- Você sabia que as aulas começam as duas semanas atrás não é?

- S-sim eu que n-não quis vir.

- E você nem se importa de falar isso pra mim - ele estende a mão me entregando um papel - você é diferente tenho certeza que vai virar essa escola do avesso.

- O-obrigado? - ele sorri - e-eu vou pra minha sala.

- Até Kathyllen.

Aceno com minha mão dando tchau e saio de lá as pressas, O QUE FOI ISSO? o diretor disse que eu ia mudar essa escola sendo que ele não me conhece, ele deve fumar umas drogas muito loucas mesmo!

Entro na sala e já vejo as pessoas conversando, eu não vou me enturmar nem fudendo mas algo me agrada naquela sala, sabe o que é?

É isso mesmo uma mesa perto da parede a última e você provavelmente não pensou nisso mais ok.

Viro o Theo Flash e saio correndo pra pegar aquele lugar de ouro e óbvio que consigo, pego meus fones e o coloco, entro no meu mundo nada me atrapalha agora.

Era o que eu pensava, do nada eu vejo uma mão na minha carteira, com as unhas bem feitas pelo visto, olho pra cima para ver quem é o ser iluminado e vejo uma menina um tanto irritada? 

- Você sabe que o fundão é nosso né? - ela fala olho para trás e vejo um monte de nego atrás dela.

- E?

- E é pra você sair dai!

- Huum não tô a fim.

- Minha filha eu não tô perguntando eu tô mandando. - e começam as risadas atrás dela.

Gente nesse momento eu vou ensinar a como esculachar gente folgada com um deboche gigante e com uma cara de pau.

1° Treine sua cara de deboche, fique com aquele sorriso de desafiador na cara.

2° Fala com muita ironia, isso deixa qualquer um com raiva.

3° Faça piada com o otário a sua frente.

4° E para o final você da aquele chega pra lá e o manda calar a boca.

- A princesa quer que eu saia?

- Ainda bem que você sabe que eu sou princesa - reviro o olho.

- Oh Fiona se toca eu não vou sair!

Os amigos atrás dela começaram a rir, eu nem sei por que, nem foi tão engraçado mas pelo jeito ela se irrito pra caralho.

- Oh garota escuta aqui! - colocar o dedo na no meu rosto.

Uma coisa que eu não suporto é gente que se acha superior sendo que não é porra nenhuma aaaah mais essa folgada vai tomar no cu comigo.

- Escuta aqui o caralho! Presta atenção! Você pode se achar a princesa desse lugar, que todos vão se rebaixar para você, mais eu não sou otária igual a eles enquanto você é a princesa eu sou a rainha tá?!

O estado de choque dela era evidente na cara de cavalo dela acho que nunca ninguém falou assim com ela, bom tem uma primeira vez pra tudo e se pá vai acontecer mais vezes.

- Acho que você já foi humilhada o suficiente em Lacey, Vamos achar outro lugar.

Aquela voz fez um arrepio passar pelo meu corpo inteiro, eu conhecia aquela voz grave mas nem tanto, que me acalma de um jeito sobrenatural. Me levantei para ver quem era e me deparo com alguém que pensei nunca mais ver na vida.

- M-Matteo?!

- Kathyllen!! - ele me olhou e deu um sorriso de orelha a orelha - Pensei que nunca ia te ver novamente!

Eu não entendia o motivo da felicidade dele mas eu também estava sentindo aquela energia em mim, isso está me dando um medo, afinal por que ele faz isso? Eu nem o conheço e ele já tem esse efeito sobre mim.

- Você conhece ela? - aponta pra mim de novo, olha eu juro que um dia eu quebro esse dedo dela.

- Sim! 

- Aah essa daí não é a menina que você comentou pra mim? - um garoto moreno do olho verde fala me encarando com um sorriso.

- Que dia eu falei isso?

- Lembra lá daquele dia que você veio de avião e disse que sentou do lado de uma menina mó-

- CALA BOCA JOSH! - Matteo está levemente corado mais é fofo de ver - é ela mesmo.

Ouvimos a porta sendo aberta e todos começaram a se sentar, o Matteo olhou pra mim e piscou, ele sentou na minha frente enquanto os outros sentaram do meu lado e a menina que eu acho que o nome dela é Lacey sentou um pouco a frente de mim.

- Bom alunos meu nome é Lucy e eu vou ser a professora de biologia de vocês agora peguem o livro e abram na página......



 Saída Da Escola As 16:30 •


Estava saindo às pressas da escola para ninguém vir comigo mas escuto alguém me chamando.

- Kathyllen!! Kathyllen!! Kathyllen!!

- Já escutei saco!

- Nossa chata!

Sim é o Matteo me chamando e eu não sei pra que!

- Me fala o que você quer?

- Ir embora com você.

Minha expressão deve estar tudo misturado agora pois estou feliz, confusa e chocada ao mesmo tempo.

- Por que?

- Porque eu gosto de ficar com você - fico vermelha - vai deixa vai Kathyllen!

- Aí tá tá, mas para com essa cara de cachorro abandonado!

- Ok Kathy!

- Kathy?

- Sim vou te chamar assim daqui para frente afinal você vai andar comigo agora - passou seu braço em volta do meu pescoço - seremos bons amigos não acha?

- Tô vendo que não vou ter paz esse ano.

Ele ri e vamos assim para minha casa, rindo e conversando, realmente esse ano vai ser muito movimentado.




Notas Finais


Esse não foi muito longo pq eu tô com preguiça mais tomara que vcs gostem msm assim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...