1. Spirit Fanfics >
  2. My perverted vampires >
  3. MPV- Festa do pijama entre amigos

História My perverted vampires - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Tá aí mais um ep dps de 2/3 dias ;-; tá uma bosta? Sim! Pq? Pq tô sem idéias mas mesmo assim me esforçei pra n deixar vcs sem fic ;-; boa leitura! ♥️👌

Capítulo 24 - MPV- Festa do pijama entre amigos


Fanfic / Fanfiction My perverted vampires - Capítulo 24 - MPV- Festa do pijama entre amigos

Hoseok: *Acordo e a primeira coisa que faço é ligar o cll para mandar mensagem pras meninas* 


Mensagens On


Hoseok: Oii ^^


S/N: Oii anjo


Marcela: Olá ^^


Jisoo: oieh


Hoseok: gente,que tal fazermos uma festa do pijama top?


Marcela: topo!


Jisoo e S/N: também!


Marcela: Mas...aonde? '-'


Hoseok: pode ser aqui na minha casa mesmo! Daí eu aproveito e falo uma coisa vcs...


S/N: lá vem...enfim,que horas?


Hoseok: kkk...umas..20:00?


As três: Pode ser :)


Hoseok: ok então...tou indo no mercado, até!


S/N: até Esperançinha!


Marcela: até :3


Jisoo: Tchaun


Hoseok deixou a conversa


Hoseok: *fui no mercado,comprei vários doces e salgados e voltei...a conta deu 500 '-' foi MT mesmo...arrumei a casa/mansão*


De 20:00


S/N: ainda to xonada na mansão do Hoseok 😅


Marcela: eu também ksks *toco a campainha*


Hoseok: *vou atender* Oiê :)


Marcela: olá =o


Hoseok: podem entrar 'u' *as duas entram* só falta a Jisoo *quando falo o nome da mesma sinto alguém tocando em mim* misericórdia... *Me arrepio todo* é uma de vcs né? *Estava de olhos fechados suando frio*


S/N e Marcela: ah... não :/


Hoseok: parem pelo amor de Deus *sinto alguém mecher no meu cabelo* eu vou pegar minha marreta pô!!!


Jisoo: KKKKKKKK *apareço*


Hoseok: CRENDEUSPAI!!! PRR PQ VC SIMPLESMENTE N ENTROU PELA CARALHA DA PORTA????


Jisoo: Calma kkkkkkkk *eu,S/N e Marcela morremos de rir*


Hoseok: parem, não é engraçado... *Falo em um tom tristonho e baixo*


Jisoo: kkkkk foi mal KKK *limpo uma lágrima* rsrsrs


S/N: Jisoo... *Olhei pra Jisoo e a mesma entende que era pra parar de rir pq já estava deixando o loiro triste*


(Vou usar isso nas fic agr,fodase >:3)


Hoseok: ...


Jisoo: foi mal... '-'


Hoseok: sem problemas.. *sorrio fraco*


Jisoo: *suspiro fundo* então hoseok...oq vc ia nos contar?...


Hoseok: *respiro fundo* então...eu... *Começo a chorar* e-eu tenho depressão...desde da hora que minha mãe morreu eu não sinto mais alegria nenhuma,daí quando voltei eu procurei um médico pq já não estava achando normal esse tipo de sentimento... então ele disse que eu tenho depressão,e eu já não aguento mais,foi pouco tempo,mas isso já foi o suficiente pra alegria abondonar Extremamente meu corpo...eu realmente não sei oq fazer *abaixo a cabeça e desabo em lágrimas*


S/N: J-hope... *O abraço*


Marcela: *o abraço de lado*


Jisoo: *o abraço do outro lado* não fica assim,tenta esquecer isso


Hoseok: não dá *chorando*


S/N: dá sim *apoio sua cabeça na curva de meu pescoço e faço carinho em seu cabelo com muita pena*


Marcela: *aliso suas costas*


Jisoo: tenta esquecer isso ok? Ficar lembrando disso toda hora pode fazer mal pra vc psicologicamente e fisicamente...


Hoseok: eu..eu vou tentar...eu não sei como agradecer a vcs


Marcela: não precisa agradecer Hobi ^^


Hoseok: preciso sim! Vcs sempre me ajudam quando eu preciso e sempre estão comigo em todos os momentos da minha vida!...vcs fazem parte de mim,por isso amo vcs ^^ *sorrio sincero*


Marcela: eu vou chorar T-T *nos abraçamos*


Hoseok: eu amo vocês...muito *choro de novo*


As três: também te amamos!


°•algum tempo deppis•°


Marcela: gente,que tal contarmos histórias de terror??


J-hope: mizeriscreide


S/N: boa idéia! Eu começo :33


Jisoo: kkkk


S/N: *começo*  Comadre Fulozinha,ela é muitas vezes confundida com a Caipora, sendo ambas consideradas uma variação da mesma lenda. Em alguns lugares, acredita-se que ambas sejam o mesmo ser.

A Comadre pode assustar quem esteja andando a cavalo na mata sem lhe deixar uma oferenda. Ela amarra o rabo e a crina do animal de tal forma que ninguém consegue desatar os nós. A ela também são atribuídos "causos" semelhantes contados pelos anciãos das regiões rurais, onde os rabos dos cavalos no estábulo amanhecem amarrados da mesma maneira. Em algumas regiões também é conhecida como uma entidade que protege a floresta,daí sua semelhança com a Caipora. Segundo alguns, no entanto, ela não gosta de ser confundida com esta, dando em quem as confunde uma surra com urtiga, uma planta que causa muita coceira, ou com seus longos cabelos. Até hoje são comuns relatos de pessoas que presenciam suas aparições nas zonas de floresta...Segundo a lenda, Comadre Fulozinha é o espírito de uma cabocla de longos cabelos negros, que lhe cobrem todo o corpo. Ágil, vive na mata defendendo animais e plantas contra as investidas dos destruidores da natureza...vc sabe que ela está perto quando o assobio dela fica longe...quando o assobio dela está longe quer dizer que ela está perto,ela só pega quem vaga pela mata a noite...


Hoseok: tá repreeendido em nome de Jesus... *Suando*


Marcela: *como estava atrás de Hoseok,joguei meu cabelo pra frente e baguncei...mas antes pisquei pra S/N*


S/N: *retribuo a piscada* HOSEOK OLHA A CUMADE FULOZINHA ATRÁS DE VOCÊ


Hoseok: AAAAHHH *Taco o travesseiro nela com força*


Marcela: AII


Hoseok: AAAA VC SABE FALAR *Taco de novo*


Marcela: HOSEOK *Jogo o cabelo pra trás* vc faz academia? Poha!! *Passo a mão na cabeça*


Hoseok: ah.. é vc... Desculpa •-•


Marcela: tá kkkkkk


Hoseok: rsrsrs *coço a nuca envergonhado*


Marcela: iti malia kksks...bom,minha vez de contar a história *me deito e começo*


Marcela: ...Jorge era um trabalhador de 60 anos que trabalhava como guarda noturno daquele velho teatro da rua 9.um teatro com paredes enegrecidas pela fuligem e pelo tempo.Muitos o perguntaram por quê decidiram manter um senhor de idade tão avançada como ele cuidando de segurança daquele lugar,e ele sempre respondia com um sorriso: "Não posso me aposentar porque eu sou o único que consegue conviver com os fantasmas do passado daquele teatro". Todos levam na brincadeira,mas hà um fundo de verdade no que ele diz...Ele se lembra como se fosse ontem,dos jornais de toda a cidade estampando na primeira página a manchete do grande incêndio de 1962,que se iniciou nos camarins e atingiu em cheio o palco e o auditório do teatro,enquanto encenava-se uma peça escrita por Shakespeare.O fogo se alastrou de forma rápida,e cerca de 200 pessoas,entre atores, funcionários e espectadores,morreram carbonizados, pisoteados ou sufocados pela fumaça.Na maioria das noites é tudo tranquilo aqui,mesmo com os gritos desesperados e clamores de socorro que se ouve noite afora.O problema é quando eles decidem aparecer para terminar a encenação.A visão de seus corpos queimados e deformados não é nada agradável....e fim *sorrio*


Hoseok: A-........ *Paralisado*


S/N: uau!! *Bati palmas*


Jisoo: *bati também*


S/N: sua vez hoseok!


Hoseok: eu não vou contar nada! *Faço um biquinho e deito minha cabeça no colo de S/N* Amor... não se importa né?


Jisoo: claro que não *sorrio*


S/N: *coloco minha mão nos cabelos e Hoseok e começo a alisa-los* sua vez então Jisoo


Jisoo: Ok... *Começo* O prédio mal-assombrado..."Trabalho em um edifício antigo, construído em 1929 no centro de São Paulo. A sala ficou fechada por pelo menos 20 anos antes de nos mudarmos porque o último dono matou a esposa e também se matou. Nos mudamos pra lá há dois meses e todo dia quase que exatamente 12h08 a campainha toca e nunca tem ninguém. Já olhamos nas câmeras e realmente não é ninguém.

Outro dia eu fiquei sozinho no escritório no final da tarde, apaguei todas as luzes, fechei as janelas e ativei o alarme. Quando me viro pra fechar a porta, a luz da cozinha estava acesa (uma que eu havia acabado de apagar). Outra vez, cheguei de manhã e a luz da sala também apagou sozinha. Escutei até o barulho do interruptor. A gota d'água foi quando vi meu rosto e o de mais alguém atrás de mim refletido na tela do computador. Não tinha ninguém quando me virei.

Resolvi falar sobre essas coisas com a esposa do zelador, que mora no prédio há vários anos. Ela me disse que agora lá está até tranquilo, mas que acontecia muita coisa estranha e que agora ela até consegue pegar o elevador sozinha,ri de nervoso"... Fim ^^


S/N: chocada


Marcela: imagine eu?


Hoseok: Zzzzz *dormindo fofo*


S/N: iti malia *olho hoseok e falo baixo*


Jisoo: 7w7 *morrendo de fofura*


Marcela: rsrs


S/N: Hope... *O balançei um pouco*


Hoseok: *acordo com sono* oq eu perdi? -o-


S/N:tudo kkkk


Hoseok: ok :/ hm..e agr?


Marcela: vamos ver série e comer?


Hoseok: tudo bem...que série?


Marcela: Hm... Lucifer?


Hoseok: vcs são do mal...mas vamos *fomos assitir a série enquanto comemos*



°•Ficamos vendo série,comendo,dançando e várias coisas até dar uma hora da manhã•°


S/N: mas já,uma hora da manhã????


Hoseok: nossa,foi rápido!


Jisoo: muito!


Marcela: pse


Hoseok: vamos dormir então *bocejo*


Jisoo: vamos *bocejo e fomos dormir*












Notas Finais


Espero que tenham gostado...esse EP deu trabalho TwT principalmente as partes da história de terror....caramba,esse é o primeiro capítulo dessa fanfic que tem mais de mil palavras,agr que percebi 😱😱😱😱😱 enfim,bye! ♥️😎🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...