História My poetic demon-Amor doce - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Boris, Castiel, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Letícia, Lysandre, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Rosalya, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor Doce, Armin, Kentin, Lysandre, Natheniel, Romance, Shoujo
Visualizações 114
Palavras 2.504
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem aqui está mais um capítulo , que ficou um pouco comprido para recompensar vocês pelo meu sumiço.
E muito obrigada já estou com 11 favoritos.
Obrigada pessoal e boa leitura.
😊♥️♥️♥️♥️

Capítulo 5 - O demônio pervetido e as marcas


Fanfic / Fanfiction My poetic demon-Amor doce - Capítulo 5 - O demônio pervetido e as marcas

                         Naomi On

Logo nós descemos e demos de cara com o LEIGH E O LYSANDRE??????
Fico com uma cara de surpresa , assim como o Leigh, Lysandre e a Rosa.
Logo a mãe da Rosa empurra agente para a mesa de jantar.

-Rosa esse é Leigh e Leigh essa é Rosa sua futura noiva-Fala a mãe da Rosa sorrindo.

- Prazer senhorita Rosalya-Leigh fala beijando a mão da Rosa sorrindo , que ficou um tanto corada.

- O prazer é todo meu-Fala a Rosalya corada sorrindo.

- E esse é?-Pergunta a mãe da Rosa se referindo ao Lysandre sorrindo.

- Lysandre meu irmão mais novo-Fala o Leigh sorrindo.

- Prazer senhora-Fala o Lysandre educadamente sorrindo.

- A e essa é minha amiga Naomi , que já conhece o Lys e também acho que conhece o Leigh-Fala a Rosa sorrindo.

- Você já conhecia ele Rosalya?-Pergunta a mãe da Rosa olhando para ela.

- Sim ele é nosso colega de classe-Fala a Rosa sorrindo.

- Oi dê.... Lysandre e oi Leigh-Falo quase chamando o Lysandre de demônio logo o Lysandre me olha com uma expressão de "se você falar algo vc morre" então rapidamente cortei minha palavra e falei seu nome.

- Você a conhece Leigh?-Pergunta a mãe da Rosa sorrindo.

- Sim já que nossas famílias eram muito próximas desde cedo , então penso na Nao como uma irmã mais nova-Fala ele sorrindo para mim e eu o olho sorrindo.

Então continuamos a conversa sobre várias coisas e a maioria do assunto era sobre o casamento arranjado que era para ampliar os negócios , que seria depois que os nossos pais chegassem de viagem.
Logo depois de um tempo a mãe da Rosa nos deixou na sala dos jogos para nós batermos um papo e também ofereceu para que nós dormimos aqui.
Então eu estava sentada do lado do Leigh no sofá com a cabeça encostada nele , a Rosa estava no chão sentada segurando uma almofada e o Lysandre estava sentado em uma poltrona e até que a Rosa quebra o silêncio.

- Vamos jogar alguma coisa vocês estão muito quietos-Fala a Rosa jogando uma almofada em mim.

- Ai Rosa-Falo rindo e logo jogo uma almofada nela também.

- Bem acho que os noivos precisam de um tempo para conversar e entender toda essa situação-Fala o Lysandre olhando os nós.

- Sim tem razão vocês dois conversem-Me levanto logo empurrando a Rosa que já avia levantado do chão no sofá.

- Bem vamos dá uma volta por aí-Fala o Lysandre me puxando para fora da sala e os dois nos acompanharam com um olhar de surpresa.

Depois de alguns minutos chegamos em um jardim e sentamos em um banquinho e eu fiquei admirando as estrelas do lado do Lysandre.

- Waaaa que lindo!-Falo olhando para o seu estrelado admirada sorrindo.

- Ei Naomi porque veio assim?tá parecendo uma oferecida -Fala ele olhando para meu vestido.

- Tsc seu chato ele está lindo-Falo o empurrando com o cutuvelo.

Rapidamente ele não responde e segura minhas mãos se aproximando do meu peitoral  que estava amostra por causa que não tinha alças ou mangas no vestido e ali deu um beijo e em seguida deu um chupão e em seguida subiu para o pescoço dando uma mordida um pouco forte que me fez soltar um gemido de dor.

- Isso é uma lição para você não ir mais assim nos lugares-Fala ele sorrindo deboxado e se desaproxima de mim.

- SEU DEMÔNIO VOCÊ TÁ DOIDO????e se isso ficar marcas???não poderei usar um biquíni na viajem de depois de amanhã-Falo colocando a mão em meu peitoral um pouco envergonhada mais com mais raiva.

- Isso não é um ponto bom?aí os garotos não vão ver seu corpo-Ele fala sorrindo falsamente.

- Vou te matar seu demônio pervertido-Falo dando uns cascudos nele brava.

- Se reclamar mais espalho mais desses em outros lugares-Fala ele surrando em meu ouvido e colocando o seu dedo no lugar do chupão.

Logo depois eu me afasto altomaticamente caindo do banco.

- Fique longe , bem longe seu demônio tarado-Falo o olhando feio caída na grama e ele começa a rir.

- Hahaha está com tanto medo assim de mim?veja ralou seu joelho pirralha-Fala ele olhando para o meu machucado rindo.

- Você não deveria tá rindo-Falo com lágrimas nos olhos por causa do machucado.

- Aish vem aqui vem bebezão-Fala ele ficando na minha frente agachado para mim sobir nele e logo eu subo nele.

Então eu fiquei abraçando suas costas e cheirando a nuca dele que tinha um perfume agradável e muito familiar para mim.
Mesmo apesar de nossas brigas o Lysandre é  único que sempre ficou ao meu lado me protegendo , talvez ele seja o irmão que eu tanto queria.

Depois de ele me carregar até a sala de jogos , a Rosa e o Leigh se aproxima preucupados e eu avia adormecido.

                         Lysandre On

- O que aconteceu???-Pergunta a Rosalya preucupada.

- Ela caiu e ralou o joelho e quando eu tava trazendo ela para cá ela acabou dormindo-Falo carregando ainda a pirralha.

- Bem vocês podem ficar essa noite , já está tarde-Fala a Rosalya preucupada.

- Acho uma boa idéia já está tarde vocês dois ficam aí , mas eu vou ter que ir porque amanhã bem cedo tenho alguns assuntos para resolver-Fala o Leigh olhando para nós.

- Tem certeza que não é perigoso?-Pergunta a Rosalya preucupada.

- Sim bem até outro dia senhorita Rosalya e até amanhã Lysandre-Fala o Leigh logo saindo.

- Bem venha irei te mostrar o quarto de hóspedes-Fala a Rosalya sorrindo e logo eu a sigo até para eu um quarto bem chique.

- Bem esse é o quarto que irá ficar Lys e Naomi pode dormir em outro quarto ou comigo-Fala ela sorrindo.

- Está tudo bem ela ficará comigo-Falo colocando a Naomi na cama.

- Então tá bom , bem aqui tá uma muda de roupa para você era do meu irmão espero que sirva e aqui um pijama para a Naomi-Fala ela sorrindo e logo sai do quarto.

Em seguida olho a pirralha que dormia feito um bebê e logo coloco um bandeije no joelho dela.
Olho o pijama que a Rosa avia dado para ele , confesso que no começo eu exitei da ideia de trocar a pirralha , não era porque eu sentia algo por ela ou alguma coisa do tipo e também além disso ela é bem tábua , mas eu sou homem e tenho meus instintos.

Logo tiro o vestido dela deixando sua roupa íntima amostra e dando uma visão melhor dos chupões que eu avia dado.
Logo aproximo minha boca de seu pescoço com muita vontade de dar muitos outros chupões e deixar muitas marcas minhas.
Mas resisti e apenas vesti o seu pijama dando um beijo em sua testa e logo depois tomei um banho e me vesti saindo do banheiro e tenho vista da pirralha com o pijama todo bagunçado.

- Não me provoque-Falo sussurrando um tanto sério olhando para pirralha que estava um tanto sexy e aquilo já estava me deixando louco , então fui em direção a ela e ajeito seu pijama e logo me deito também só que de costas.

Depois acabei dormindo  e a maldita pirralha não parava de se mexer e sem falar que ela me usava como um ursinho de pelúcia e então acabei acordando porque praticamente ela estava com o corpo colado no meu e eu não senti atração e sim mais raiva , Aishhh no final das contas essa pirralha só é realmente uma irmã mais nova.

                          Naomi On

Acordei e ainda fiquei de olhos fechados abraçando o meu ursinho....mas esse ursinho tava um tanto grande , não parecia ser o senhor Teddy meu ursinho.
Abri os olhos e olhei e era o  LYSANDRE????

Rapidamente eu o chutei fazendo o mesmo cair e ele acorda assustado.

- Em??aiii minha cabeça-Fala ele gemendo de dor e confuso.

- Onde eu estou e porque você está aqui?-Fico perguntando confusa.

- É a casa da Rosalya e porque me chutou?-Fala ele passando a mão em sua cabeça.

- Porque estou vestida assim?quem me trocou-Pergunto torcendo para que não fosse o Lysandre porque se não eu ia matar a Rosa.

- Foi a Rosalya -Fala ele e solto um suspiro de alívio.

- Ufa-Falo me sentando sobre a cama.

- Mas bem que eu poderia te atacar sabia?estava muito sexy-Fala ele engatiando contra mim e se aproxima de mim sorrindo.

Aishhh eu odeio essa parte do Lysandre , originalmente ele não está falando sério mas ele ama brincar comigo para me tortura só pode.

- Fique longe seu pervertido-Falo jogando um traviseiro nele e até que ele se aproxima simulando que ia me beijar e até que eu fecho os olhos esperando pelo pior e então ele sopra minha franja.

- Hahahahah pricisou ver sua cara pirralha-Fala ele rindo da minha cara e eu fico brava e puxo o cabelo dele.

- Vou te matar demônio pintor da poesia-Falo com raiva e ele puxa minha bochecha.

- Solta pirralha desprovida de seios-Fala ele com raiva também e até que somos interrompidos pela Rosa.

- Hahahahah vejo que estão com ernergia logo cedo-Fala ela não contendo o riso.

Então depois de eu e o Lysandre tretarmos mas um pouco , tomámos café e o mordomo da Rosa passou em nossa casa para buscar nossas mochilas e meu teclado pois hoje eu tinha clube.
Um tempo depois  chegamos na escola e o Lysandre se separou de mim e da Rosalya , encontramos o Alexy e subimos para o telhado conversar porque ainda estava bem cedo.
Conversamos por um tempo e a Rosa contou tudo para o Alexy sobre ontem , até que a Rosa desvia a atenção para conversa e olha para meu pescoço.

- Oque foi isso?uma marca de mordida?-Pergunta a Rosa confusa.

- A isso foi-Coloco a mão no meu pescoço e acabo travando e não sabia oque responder um pouco corada.

O Alexy e Rosa se olharam maliciosamente e começaram a me sacudir.

- O que aconteceu ontem Nao?Me contaaaaa!!por acaso você e o Lysandre fizeram....

Acabo cortando a dedução da Rosa com um semblante sério.

- Claro que não né Rosa!Ele feiz isso quando saímos da sala de jogos para você e o Leigh conversa , ele só feiz isso para me torturar , porque achou que meu vestido estava muito  vulgar -Falo bufando de raiva.

- Mas você não acha que ele gosta de você?-Pergunta o Alexy.

- Sem chance , ele só me ver como uma irmã mais nova que é inrrestivel ele para de atentar-Falo bufando.

- Bem está bem , mas acho que você deve cobrir isso porque não seria bom se o Armim visse!afinal você gosta dele não é?-Pergunta a Rosa sorrindo.

- N-não é a-assim Rosa-Falo gaguejando muito corada.

- Aí que fofa , ela realmente gosta do meu Irmão-Fala o Alexy me apertando com um abraço bem alegre.

- Nós vamos te ajudar Nao-Fala a Rosa sorrindo também me abraçando.

Depois conversamos mais um pouco e o sinal tocou para a primeira aula , o Alexy e a Rosa foram na frente , porque antes passei na enfermaria para colocar um bandeije no chupão.

- Você se machucou Naomi?-Pergunta o Nathaniel olhando para mim.

- A só me sentir um pouco mal , mas está tudo bem-Falo sorrindo escondendo o chupão.

- Bem melhoras , vou indo na frente-Ele fala sorrindo gentilmente e depois vai embora.

Logo coloco o bandeije e vou para a sala de aula , me desculpei pela demora para o professor e me sentei sentindo o Lysandre me olhar com um sorriso perverso e satisfeito.
Depois da aula do professor de Artes , foi a de matemática e no fim da aula a professora feiz um anúncio.

- Bem nossa viagem vai ser amanhã , não se esqueçam de levar a assinatura e tudo que precisam , vamos amanhã que é quinta e voltámos domingo de manhã-Fala a professora e logo depois o sinal toca e ela arruma suas coisas saindo da sala.

- Estou ansiosa-Fala a Rosa se aproximando de mim.

- Só você não é?não vejo a menor graça de ir para no meio de um mato , para um hotel , só podia ser a sem noção da sala -Fala a Ambre se virando para a Rosa com um ar de raiva e de supeoridade , com um sorrisinho provocativo e as outras patricinhas Li e Charlotte  riram com o comentário.

- Acho que está assim , porque a Barbie do paraguai falsificada não quer sujar os sapatinhos?-Fala a Rosa respondendo seu comentário confiante.

- Aconselho você retocar a tinta do seu cabelo , vai que desbota na piscina-Falo eu deboxando me levantando.

A ambre partiu para cima e o Nathaniel  segurou a mão   dela.

- O que está fazendo Ambre?-Fala o Nathaniel a repreendendo.

- Ela que veio para cima-Fala a Ambre chorosa.

- Eu vi tudo Ambre e da próxima vez irei contar para a diretoria-Fala o Nathaniel seriamente então a Ambre se soltou saindo batendo o pé com as duas outras patricinhas.

Depois disso o Nathaniel virou para mim com um semblante preucupado.

- Você está bem?-Pergunta ele gentilmente.

- Sim obrigada Nath-Falo sorrindo e ele cora.

- Nath?-Pergunta ele corado e o Alexy e a Rosa observava.

- Sim é um apelido , não gostou?se quiser paro de te chamar assim.

- Tá tudo bem eu gostei-Fala ele ainda corado.

- Bem até mais Nath-Falo abraçando o Alexy e a Rosa falando-Waaa estou com muita fome vamos logo comer.

- Hahaha quando você não está com fome-Fala o Alexy.

- Thau "Nath"-Fala a Rosalya olhando para o Nathaniel maliciosamente que acaba corando mais e então saímos indo ao refeitório.

Comemos, conversamos e ficamos fazendo idiotices de adolescentes , depois disso foi a aula de geografia e então chegou a hora do clube de música e então fui para encontrando o Castiel e a Rosa e o Alexy foram para o clube de moda.

                        Lysandre On

Acaba a aula e falto o clube de artes indo para casa porque eu estava muito cansado.
Chegado em casa eu tomei um banho e descansei um pouco , até que me lembro para a viagem precisa da certidão de nascimento , eu não queria ir   mas vale pontos.

Então decido passar na mansão dos meus pais , que ainda tinha muitos empregados cuidando da casa.
Comprimento os funcionários que me deixaram entrar , porque claramente essa é minha casa.
Fico procurando minha certidão e não acho , até que vou no escritório da minha mãe vendo um cofre , consigo descobrir a senha e tiro uma pasta preta que está com meu nome.

- Aish porque uma coisa tão besta tá tão bem guardada assim?-Falo folheando os documentos.

Fico um tempo olhando meus documentos até que vejo uma folha e derrubo a pasta e fico estatalado com oque leio......

 

 


Notas Finais


O que será que o Lysandre leu?
Bem você no próximo capítulo...
Até o próximo capítulo lindas e lindus 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...