História My poetic me... - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 16
Palavras 409
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Descobri a senha :) kkk

Capítulo 11 - É.. teve outro capítulo


Em todos esses meses que nos torturaramos pisicologicamente (grande parte por minha causa), eu sempre fazia questão de te lembrar o quanto você foi um cusão e tudo mais.

Mas cusão por que? Por não me amar? Não é justo com nenhum dos dois..

Eu acho que não consegui aceitar que você tinha me deixado com tanta facilidade e pirei. Nós gostamos de sentir que somos diferentes.. e quando vc nos larga justo na primeira briga, é para quebrar qualquer coração. Ainda mais quando isso vem do seu primeiro amor de verdade!

Por isso, você me pediu desculpas no mínimo umas 472929 vezes. Mas ao invés de eu ficar de boa, continuava brava por você só querer saber se eu estava bem e tchau. Eu queria ver você lutando por nós.. não só me escrevendo frases prontas por mensagem. Queria que você viesse na minha porta mesmo com eu te dizendo "não". (Talvez um pedido meio difícil de se realizar para quem não tem uma bola de cristal kkk).

Enfim.. digamos que eu queria que essas atitudes viessem naturalmente de você..

Nessa minha raiva que eu cultivei sozinha, eu nunca me preocupei com o seu lado. A única coisa que se passava na minha cabeça era que você tinha me abandonado e se colocava num trono ao dizer que não queria me ver sofrendo por você. Isso me deixava mais puta ainda.

Depois de muita, mas muita paciência sua, (que não sei como teve.. parabéns! kkk - eu não sei se teria) eu finalmente consigo ver que eu também cometi erros nesse processo.

Um deles foi nunca ter me desculpando pela forma que te tratei. Apesar de tudo, vc nunca me desrespeitou numa discussão! Não me culpo totalmente por isso, pois ainda tenho sentimentos kkk, mas agora eu consigo reconhecer o porquê de você falar que eu me acho a "dona da razão".

Outro erro foi eu nunca ter superado o nosso relacionamento a ponto de me fazer não querer te dar mais uma chance.

Não é um "pedido" para voltarmos (já conversamos sobre isso), mas essa minha insegurança é um outro motivo que me fez recuar. 

Enfim, como você mesmo disse há um tempo, nosso relacionamento resultou em várias lembranças boas, e agora está assim para mim!

Não tenho mais raiva..

Ahh.. e não acho que você é um monstro. 

Acho que sempre vou ter admiração pela pessoa que você é... de verdade. Foi por essa pessoa que eu me apaixonei aos 14 anos (kkk) e sempre vou amar.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...