História My Police Officer - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Depressão, Jikook, Jimin, Jungkook, Lemon, Namjin, Policial, Romance, Sexo, Vhope, Yaoi
Visualizações 65
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui está mais um capítulo fresquinho pra vcs! Espero que gostem...

Capítulo 5 - Help


Fanfic / Fanfiction My Police Officer - Capítulo 5 - Help

-Eu bem que poderia estar dormindo em minha cama quentinha, debaixo das minhas confortáveis cobertas, comendo pipoca e assistindo televisão ou jogando Overwatch...-o loiro reclamava enquanto bebericava seu café com leite e cubos de açúcar.-Mas não! Eu tinha que vir justamente trabalhar!

Jungkook apenas ria baixo perante as reclamações de Taehyung, bebericando seu café preto. Claro que tinha que concordar que estava um verdadeiro gelo lá fora e que só faltava cair granito na cabeça das pessoas juntamente com o temporal que estava fazendo naquela semana, mas infelizmente precisava do salário para se manter.

Bem que também queria estar deitado em sua quentinha e aconchegante cama, debaixo dos cobertores e assistindo um de seus filmes de terror favoritos... Ou com seus pensamentos focados em uma certa pessoa.

Uma certa pessoa de cabelos escarlates e olhos amendoados.

Já se fazia exatamente uma semana que Jeon não vira mais Park Jimin após aquele dia na cafeteria, onde o baixinho não estava se importando em deixar a mostra todos aqueles machucados que pintavam sua pele alva. Havia tido nos próximos dias, uma pontinha de esperança - por mais pequena que fosse - que Jimin entraria na porta daquela delegacia e lhe contasse absolutamente tudo o que estava acontecendo.

Contaria como havia conseguido todos aqueles hematomas.

Contaria o porque de ter aquela personalidade rebelde.

Contaria o porque de fazer tantas travessuras.

Contaria o porque de ter olhos tão vazios e inexpressíveis.

Contaria o porque de ter um olhar morto...

Mas nada daquilo aconteceu. Todas as vezes em que fazia uma pausa para um café, ou até mesmo resolvia almoçar dentro da delegacia, ficava com seus olhos castanhos grudados na porta dupla de vidro, esperando que o baixinho aparecesse e respondesse todas aquelas perguntas e duvidas que o corroíam por dentro.

Mas, como você podem imaginar, sua espera havia sido em vão.

Jimin praticamente sumira do mapa. Não estava praticando mais os costumeiros pequenos roubos, nem pichando muros, participando de corridas ilegais ou festas... Nada do tipo. Ninguém mais o via andando de bobeira pelas ruas ou entrando em uma cafeteria ou livraria; Jeon não o vira mais na Busan Coffe e aquilo já estava começando a deixa-lo ansioso.

E preocupado, para dizer o mínimo...

-Jungkook! Está com a cabeça nas nuvens?!-a voz grossa de Namjoon adentrara seus ouvidos com força, fazendo-o parar com seus pensamentos e formular uma pequenina careta de dor em sua face.-Você por acado escutou o que eu disse?

-Tenho que fazer a patrulha em uma das ruas da cidade, só por garantia.-respondeu de qualquer jeito, massageando as têmporas.

-Ótimo!-e antes de voltar para a sua sala:-Ah, e vê se me avisa se botar seus olhos naquele demônio de cabelos vermelhos. Quando o Park fica muito "quieto" desse jeito, é porque deve estar aprontando alguma coisa.

-Pode deixar.-tomou seu último gole de café, jogando o copinho de plástico no lixo e saindo da delegacia.

☒   ☒   ☒

Já fazia uns bons trinta minutos que Jungkook estava rondando o pequenino bairro com a viatura, atendo a qualquer barulho, imagem ou movimentação suspeita. A chuva dificultada um pouco a sua visão e Jeon podia jurar que em uma ou duas vezes acabara vendo pequeninas pedras de gelo caindo no meio do asfalto e calçadas.

Estava mais do que entediado, com uma enorme vontade de largar tudo e voltar o mais rápido possível para sua casa; antes havia passado em um dos Fast Food perto da delegacia para comprar um enorme lanche.

Pelo  menos não acabaria morrendo de fome...

Pisou bruscamente no freio da viatura quando seus olhos castanhos pousaram na pequena figura tão conhecida por si, encolhida e sentada em um dos degraus que davam acesso a varanda daquela casa de paredes brancas. Jimin mantinha-se abraçado aos joelhos, com o rosto enterrado entre os mesmos; vestia o que parecia ser um pijama de inverno branco cheio de manchas pretas, com uma touca onde havia duas orelhinhas de cachorro.

Park até que ficara fofo naquele pijama de Dálmata...

Mas não era isso que estava preocupando o Jeon.

O que Jimin estava fazendo debaixo daquela chuva toda?

Não pensou duas vezes antes de abrir a porta e pular para fora do carro, correndo a passos rápidos até onde o pequeno ser se encontrava. Ao se aproximar, podia ver band-aids antigos circulando quase todos os dedos das mãos do Park, juntamente com um ou dois colados nas costas de uma da mãos.

-Jimin!-chamou, sua voz se sobressaindo um pouco mais alto que o barulho da chuva.-O que está fazendo aqui?!

Park levantou o rosto.

O hematoma ao lado de um de seus olhos ainda estava ali, saindo da coloração preta para ir a um roxo com bordas amareladas; um pequenino corte se encontrava em um dos cantos de seu lábio inferior - este que se encontrava ainda mais inchado que o normal -, fazendo companhia ao corte em sua sobrancelha; um band-aids de cor laranja se encontrava abaixo de seu olho esquerdo agora, desgrudando-se pouco a pouco da pele pálida por causa da água; também havia um band-aids branco colado na base de seu nariz.

A expressão no rosto do ruivo estava... Vazia. Seus olhos estavam... Mortos.

Como sempre ficavam...

O band-aids desprendeu-se por completo de sua pele, escorrendo pelo rosto até cair no chão, para logo ser levado pela água. Jungkook pôde ver muito bem um pequeno - porém feio - hematoma em tons de roxo e amarelo bem ali.

-Meu Deus, Jimin...-murmurou, pegando delicadamente o rosto do menor com ambas as mãos.-O que fizeram com você?

Jimin apenas mantinha o olhar voltado para baixo, inexpressível e perdido.

-Vem.-segurou os ombros do ruivo delicadamente, logo fazendo-o levantar lentamente.-Eu vou te ajudar.

Abraçou os ombros e o trouxe para mais perto, equilibrando-o o melhor que podia enquanto andavam em direção a viatura. Jungkook não estava mais preocupado ou pensando em seu trabalho, sua preocupação e atenção estavam voltados para o ruivinho agora. Jimin adentrou o veículo cuidadosamente, sentando-se e ficando na mesma posição que se encontrava na escada; estava tremendo a ponto de bater o queixo.

Jungkook prendeu delicadamente o cinto de segurança no outro, logo ligando o carro e dando partida.

Queria chegar em casa o mais rápido possível para poder cuidar de Jimin.


Notas Finais


E ai, o que acharam??? Até o próximo capítulo...
Beijinhos<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...