História My Policeman (Imagine Jeon JungKook) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, HyunA, Red Velvet, TWICE
Visualizações 297
Palavras 556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Capítulo 16 - Primeiro amor


Fanfic / Fanfiction My Policeman (Imagine Jeon JungKook) - Capítulo 16 - Capítulo 16 - Primeiro amor

Abri a porta e vi a figura do capeta desenhada na minha frente.

Rosé: Oii flor! Posso entrar? - Ela disse já passando pela porta.

- Já entrou né.

Rosé: Ui que mau humor hein

- Fala logo o que você quer.

Rosé: Apressada você. Mas vamos direto ao assunto já que quero voltar logo pros braços do meu Kookie.

Nem preciso dizer que meu sangue ferveu né?

- Olha Rosé... - Respirei bem fundo passando as mãos no rosto. - Sai da minha casa antes que eu faça uma besteira. Por favor.

Rosé: Olha só garot-...

- Garota o caralho, eu tenho nome.

Rosé: Fique longe do Kookie ou eu posso fazer pior do que ficar com ele na sua frente. Me ouviu?

- Infelizmente sim. Não sou surda.

Rosé: Você me respeite sua puta.

- Pera ai. Você me chamou de que sua obra de piranha?

Rosé: P-U-T-A. Ficou surda foi?

Peguei ela pelos cabelos e puxei até o lado de fora da minha casa.

- Você me respeite! Não sou você não!

A mesma vem em minha direção e me acerta um tapa no rosto.

- Ah não mano..

Parti pra cima dela com um foco: pegar aquele rostinho e esfregar no asfalto, arrancar os cabelos, fazer ela se arrepender de ter nascido. (A: Vocês também já quiseram fazer pelo menos uma dessas coisas com alguém, eu não posso ser a única).

Peguei ela pelos cabelos e a joguei contra uma parede fazendo a mesma cair.

Rosé: AAAAIIII. VOCÊ ME PAGAAAA.

- Vem pra cima.

Ela veio em minha direção me jogando no chão e ficando por cima de mim, acertando tapas em meu rosto. 

??: O QUE TÁ ACONTECENDO AQUI?

Parei de revidar e a Rosé saiu de cima de mim, correndo pros braços do Kookie.

Rosé: Aii oppa. Foi essa ai que começou.

Jeon: Não quero saber quem começou ou não. Rosé vá para casa que com a S/n eu me resolvo.

Rosé: Ok. Tchau Oppa.

Ela roubou um selinho dele e saiu saltitando.

Jeon: Você tá bem? - Ele diz vindo até mim que ainda estava no chão.

- Eu pareço bem?

Jeon: Vem cá. 

- Sai! Afasta! Desgruda! Não quero falar com você.

Cruzei os braços e ele arqueia uma sombrancelha.

Jeon: Se não vai por bem, vai por mal.

Ele me pega no colo estilo noiva e me carrega até dentro de casa.

- ME SOLTE AGORA JEON JUNGKOOK.

Jeon: Não. Fique aqui.

Ele foi até a cozinha e pegou um kit de primeiros socorros, vindo em minha direção.

- Não preciso de você. Sai.

Jeon: Mas eu preciso de você.

- Jeon...

Jeon: S/n você sabe disso, eu preciso de você. Você é a única que consegue me fazer amar de verdade. Desde a infância é assim, eu me apaixonei. Você foi o meu primeiro amor e continua sendo, não desiste de mim assim... Eu te amo demais pra te deixar escapar sem fazer nada. Eu quero uma família com você, um futuro com você, eu quero você.

- Kookie... Eu..

Jeon: Eu sei que isso pode parecer doidera mais eu t-...

O cortei selando seus lábios rapidamente.

- Kookie, eu sei exatamente como você se sente. Eu sinto a mesma coisa.

Jeon: S-Serio...?

- Sim. Eu sempre pensei que você tinha olhos para as outras garotas e isso se prolongou por tanto tempo... Quando eu fui pra Califórnia, achei que quando voltasse você já estaria namorando ou até mesmo casado. Eu tinha perdido minhas esperanças em relação a nós dois...

Jeon: Então recupere suas esperanças pois elas podem se realizar.

- Como assim?

Jeon: Namora comigo?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...