História My Policeman (Imagine Jeon JungKook) - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, HyunA, Red Velvet, TWICE
Visualizações 262
Palavras 1.163
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Capítulo 19 - Na delegacia


Fanfic / Fanfiction My Policeman (Imagine Jeon JungKook) - Capítulo 19 - Capítulo 19 - Na delegacia

...Número desconhecido?

Ligação On

- Olá..?

??: Meu amor?!

- Kookie? Voltou da sua missão? O que houve com a sua voz?

??: Acha mesmo que eu sou ele? Quero que abra já a porta dessa casa! Você volta comigo.

- Kai?! Não acredito. O que você quer?

Kai: Tá surda? Quero você.

??: S/n, tá tudo bem aí?

Kai: Quem é esse?

- Ninguém que te intereresse. Adeus.

Kai: Se você desligar e-...

Ligação Off

??: S/n? Está tudo bem?

- To sim Tae. Entra ai.

Tae: Diga.

- O Kookie já voltou daquela missão?

Tae: Não sei. Vou ligar para a delegacia.

Ele pega o telefone e disca o número da delegacia.

Tae:Ele ainda não voltou mas eles falaram que podemos esperar por ele lá.

- Nós podemos ir?

Tae: Ta meio tarde né..

- Por favor Taetae.

Tae: Tá bom. Pegue um casaco e vamos.

- Obrigado Tae.

Abracei ele, peguei um casaco e fomos até a delegacia. Mesmo que a chuva já tenha parado, o frio prevalece e está cada vez maior.

Chegamos na delegacia, falamos com a recepcionista e ficamos esperando. 

Taehyung On

Já tinham se passado uma hora e meia desde que chegamos a essa delegacia e nem sinal do Jeon. S/n já dormia encostada em meu ombro, afinal noites mal dormidas por conta dos estudos, o nervosismo dessa prova e a preocupação com o JungKook não a deixavam dormir direito. 

Quando estava quase dormindo também escuto JungKook falando com a recepcionista.

Jeon: Pode avisar a familia dele por favor?

Rec: Claro Capitão, mais alguma coisa?

Jeon: Não. Já estou indo.

Rec: Capitão, eles estão te esperando faz quase duas horas ai.

Ele olha para trás, vem em nossa direção e se abaixa ao lado da S/n.

Jeon: O que fazem aqui? Está muito frio e tarde.

- Ela estava preocupada com você e me perturbou até eu concordar em trazer ela pra cá.

Ele sorriu sem mostrar os dentes e acariciou a bochecha da menina que dormia em meu ombro.

Jeon: Vamos. Vou leva-la pra casa.

Ele tira a chave do bolso da mesma e a pega no colo estilo noiva, indo até a entrada da delegacia.

Jeon: Vai ficar ai parado ou vai levantar o rabo dai e vir logo?

- UI Senhor capitão já to indo.

Jeon: Você me estressa.

- Também te amo.

Nós fomos até a casa dela, destranquei a porta e arrumei a cama da mesma que estava cheia de livros espalhados. Ele deita a menina que ainda dormia e vem falar comigo.

Jeon: Vá para casa, eu irei ficar aqui com ela.

- Ok.

Entreguei a chave da casa para ele e sai, voltando para minha casa.

S/n On

Abri os olhos devagar e me sentei na cama ainda tentando raciocinar. Como eu vim parar no meu quarto? Eu não tava na delegacia?

Olhei para o lado e vir o Kookie dormindo tranquilo. Pera, para tudo que está acontecendo. POR QUE TEM SANGUE NA FARDA DO KOOKIE??

Olhei para o mesmo um tanto quanto desesperada e o acordei.

- ACORDA KOOKIE!

Jeon: AHH. Bom dia bebê, dormiu bem?

- Por que tem sangue na sua farda?

Jeon: Sangue?

Ele olha assustado para a farda e logo olha pra mim.

Jeon: É que um dos soldados tomou um tiro e eu o carreguei até o hospital. Por isso eu demorei.

- Menos mal. Eu fiquei bem preocupada com o senhor tá! Como eu vim parar aqui? Eu dormi na delegacia.

Jeon: Eu te carreguei pra casa.

- Por que não me acordou? Você trabalhou o dia todo e eu sou pesada.

Jeon: Você tava dormindo tão traquila que estava parecendo um anjinho. Fiquei com pena de te acordar. E eu gosto de te ver dormir.

- Você deve estar cansado né?

Jeon: Minhas costas doem um pouco e eu to com um pouco de sono mas de resto estou bem.

- Vai tomar um banho e tirar essa farda suja. 

Jeon: Mas e minha roupa?

- Isso nós resolvemos depois, agora vai.

Ele pegou a toalha e foi ao banheiro. Peguei um short do meu appa e deixei no meu quarto, peguei meus livros e revisei um pouco para a prova, já que tinha acordado 4:30 da manhã tinha muito tempo já que a prova começaria as 8:00. Kookie sai do banheiro com uma toalha na cintura e outra enxugando o cabelo.

Jeon: Cadê minha roupa?

- Já peguei uma pra você. Mas antes deita aqui. - Apontei para a cama.

Jeon: Mas eu t-...

- Apenas deite-se.

Ele obedece e se deita olhando para mim.

JungKook On

Me deitei na cama assim como ela mandou.

S/n: Vire-se.

- Pra onde?

S/n: De barriga para baixo.

Obedeci a mesma que se levanta indo até uma cômoda e pega um frasco de hidratante. Ela volta até a cama e se deita sobre mim, por cima da toalha que cobria minha cintura.

- AAAIIII. TA DOENDO.

S/n: Mas eu nem fiz nada.

- Você sentou em cima de mim.

S/n: Calma.

Ela passa o hidratante nas mãos e espalhando em minhas costas enquanto massageia a mesma.

- Ahhh isso é tão bom...

S/n: Consegue relaxar?

- Com certeza...

As mãos dela percorriam minhas costas com movimentos simples que conseguiam aliviar a minha dor. 

S/n: Se quiser dormir um pouco pode ficar a vontade. Daqui a pouco tenho que ir fazer aquela prova.

- E quando sai o resultado? - Me viro e olho nos olhos da mesma que continua em cima de mim.

S/n: Acho que daqui a 5 dias mas eles vão confirmar as datas lá.

- Tenho certeza que você vai passar.

S/n: Não sei... Parece tão difícil.

Ela abaixa o olhar e eu seguro seu rosto me sentando.

- Eu acredito e sei que você vai passar, você estudou muito para isso e seu esforço não vai ser em vão.

Aproximei meu rosto do seu e se lei seus lábios devagar, ela se movimentou chegando mais perto e eu apertei sua cintura aproximando mais o beijo. Assim que a falta de ar se fez presente nos distanciamos. Ela chegou para trás e desceu do meu colo.

S/n: Vou tomar um banho. Daqui a pouco vou para a faculdade.

- Vou te levar. 

S/n: Se quiser pode voltar para cá e dormir aí.

- Ok, sua cama é bem mais confortável mesmo.

Ela desceu seu olhar um pouco e começou a rir.

- O que foi?

S/n: Kookie... - Ela diz sem parar de rir.

- O que?

S/n: Sua toalha.

Olhei para baixo e percebi que estava completamente nú em sua cama, o que fez que eu corasse violentamente pegando a toalha do chão e me tampando.

- Pare de rir! Você sabe que eu tenho vergonha disso.

S/n:Eu sei, por isso estou rindo.

S/n On

Não conseguia parar de rir da situação do Kookie, eu sei que ele é muito tímido o que faz ele sempre ficar corado. Ele fica a coisa mais fofa.

Jeon: Aish.. Vai me dizer que não gosta do que viu.

Parei de rir e corei um pouco.

- Mas eu não vi nada.

Tentei me fingir de inocente mas ele se levantou com a toalha na cintura, vindo na minha direção e chegando bem perto.

Jeon: Certeza?

Ele sussurrou em meu ouvido, o que fez meu corpo arrepiar um pouco. Até que sua mão gelada encosta na minha e guia a mesma até a toalha, fazendo que eu sentisse o volume.

Jeon: O que está sentindo?

- N-Nada.

Ele leva uma de suas mãos até minha cintura, puxando a mesma contra seu corpo fazendo ambos se chocarem.



 








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...