História My possesive boy - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook)
Visualizações 29
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie xentii turo pão com v6? Espero que sim em!❤
Demorou mais ai vai mais um capitulo, ah...gente leiam as notas finais!🙏
Sem demora
Let's go!

Capítulo 8 - Capitulo 6: Ding-Dong


Fanfic / Fanfiction My possesive boy - Capítulo 8 - Capitulo 6: Ding-Dong

P.o.v jungkook 

Ding-dong ouço a campainha tocar, Me levanto para abrir,certeza que é o jin ele deve ter noticias. 

– jin você.... 

– olá, quem é o sr.Jeon jungkook? - dois policiais falam com o tom autoritário. 

– sou eu mesmo! - falo cabisbaixo pois sabia exatamente o que eles pretediam. 

– sinto lhe informar..(ele fala em tom sarcástico) você está preso! 

–... 

Eles parecem um pouco surpreso, mais surpreso que eu até. Acho que o motivo foi eu não ter tido nenhuma reação, mas a verdade e que eu desobedeci as leis e machuquei quem mas amo, agora tenho que sofrer as consequências.

 P.o.v jin 

– então essa é a sua desição ? 

– desculpa jin, eu sei que ele è seu irmão...mas entenda meu lado! 

– você não tem que se desculpar nada, afinal quem erro foi ele! Ele so ta pagando! 

–..... 

– mas então você tá bem? Precisa de alguma coisa, olha eu...estou disposto a pagar qualquer dano! Eu posso pagar os rémedios um hospital, ou sei lá o que tiver precisando!  

– não, ei jin, eu to bem! o jackson tá me ajudando bastante.

– que isso (s/n) amigos servem pra isso não é mesmo?

– jackson, obrigado! Por fazer tudo isso pela nossa baixinha.-eu bagunço os cabelos dela- e mais uma vez eu sinto muito!

– não jin, não sinta você não tem culpa  do seu irmão ser um babaca.

– YURA!- (todos falam menos o jin)

– que é, eu enh? Não falei nenhuma mentira

– dou uma risada fraca.- ela está certa.-vejo a (s/n) baixar o olhar e seus olhos ficarem marejados.

– ei mudando de assunto, você ainda vai fazer a faculdade de dança?

– sim! Como poderia desistir?! afinal é o motivo de eu ter me mudado! Mas eu dei um tempo eu vou passar três messes fora!  ,Enquanto eu me recupero sabe...- ela falou essa ultima frase quase que em um sussurro. 

– ah...bem gente eu já vou indo! Vou ter que resolver, as coisas! 

– ok,tchau jin! 

– tchau, tchau gente! 

– tchau!,todos,- (s/n)

Eu vou atrás de um advogado, mesmo com o pensamento que não vai adiantar muita coisa, quando eu ia chegando em casa estava farto, pelo menos eu encontrei um bom advogado. Eu volto para casa e ao chegar lá vejo a casa exatamente como deichei, eu procuro por jungkook por todos os cômodos da casa,  mas nem sinal, e foi ai que caiu a ficha! Eu não posso acreditar que os policiais poderiam já ter prendido jungkook, eu ligo para o seu celular e ouço o toque vou seguindo até encontar o celular do jungkook em cima do sofá, eu vou até a delegacia e procuro por ele, os policiais falaram que eu deveria esperar. depois de um tempo eles me levaram até a cela temporaria da delegacia, 

 – jungkook!- eu o abraço assim que o vejo 

– oi 

– como veio parar aqui jungkook? Porque foi tudo tão rápido assim? 

– hyung, eles chegaram lá em casa e pergutaram sobre mim, depois me trouxeram pra cá! 

– quê? Mais assim? Não teve nem que fazer o julgamento 

 – não, ainda vai ter.... 

– eu ja falei com um dos melhores advogado da cidade, eu acho que ele consegue te tirar daqui. 

– não hyung, eu devo pagar, eu devo pagar pelo o que fiz! 

– o quê?, minutos de cadeia te fizeram delirar? 

– não eu apenas quero que.... 

– olha jungkook.... 

– como ela está?

– A (s/n)? Ela não tá bem jungkook! Na verdade tá péssima. Eu tenho algo para te contar..mas não sei se é o melhor momento.

– se tem algo para me dizer apenas fale!

– você tem certeza?

– vamos fale!- ele respira fundo

–ok, bom você bateu nela, e.....

– fala jin!

– bem...ela estava, ela tinha ...ela estava grávida e perdeu o bebê por sua causa!

–quê? Você tem certeza?-ele fala chorando

– sim,infelizmente!

– eu não acredito, EU SOU UM IDIOTA!UM IDIOTA! IDOTA!- Ele fala enquanto bate a cabeça na parede,

– EI,EI,EI CARA, para com isso, não vai resolver nada!

– eu me odeio hyung, eu me odeio!-eu o abraço e permito que ele derrame suas lágrimas no meu ombro

– EII! eu preciso falar com uma pessoa você poderia fazer esse favor por mim? 

– o que é? 

– traz a noona, eu preciso vê-la! 

– que? A yang?, ela tá viajando esqueceu disso? 

– eu sei mas eu preciso dela!

– você sabe que ela namora com o j hope neh?

– eu sei hyung, não é dessa forma que eu to falando! A yang sabe do segredo

– segredo, quê segredo?

– não é a hora de te falar ainda, mas eu prometo que logo você vai saber.

– ah não, você ativou minha curiosidade

– sério, seokjin!

– MEU DEUS! Deve ser sério mesmo seokjin?

– ele revira os olhos- olha me prometa que você vai trazer a yang, e...não vai deixar o jackson se aproximar da minha garota por favor promete!-ele olhou pra mim de um jeito que me deu até medo, jungkook sempre gostava de brincadeiras, mas eu o nunca vi o falar tão serio. Mas eu não entendia porque ele me mandava não deixar o jackson ficar proximo da mina,pois foi ele quem ajudou ela quando ela mais precisou. E até porque eu não possor mandar nos sentimentos de alguém e muito menos forçar a fazer o que eu quero. Eu poderia falar tudo isso pra ele, mas o que saiu de mim foi:

– ok, eu vou ver o que posso fazer

P.o.v (s/n)

Lá estava eu chorando de novo no banho, agora é apenas o que consigo fazer. Tudo o que eu queria, era ser feliz,  ter álguem que cuide de mim, ter o meu tabalho,uma vida normal e simples será que e pedir demais?, e agora eu não consigo mais ser feliz, pois a todo momento eu vejo os flash daquelas cenas horrivéis que ele fez questão de deixar na minha mente pra sempre!  Eu queria alguem que fosse capaz de me dar amor, carinho e proteção.

– onde está meu principe encantado- eu falei enquanto saia do banheiro, eu segurava a toalha no meu corpo e estava pronta para amarrar no meu corpo.

– aqui!- quando olho pra frente o jackson estava lá pertinho do meu corpo eu tive um susto tão grande, que deixei minha toalha cair no chão.

– jackson- ah! Meu deus o que tá fazendo aqui?-falo me escodendo entre as cortinas.

– desculpa eu não sabia que estava tomando banho!- ele fala virando o rosto

– sai sai daqui agora!

– tá, desculpa eu não quis..

– SAI!

Ele sai do quarto e eu fico chorando porque eu senti uma sensação ruim como se fosse ser violentada de novo, e ainda não queria que ninguém visse as manchas do meu corpo machucado.eu chorei a noite toda o jackson e a yura pediram para mim abrir a porta, mas eu não abri, falei que precisava  ficar sozinha. Depois de bastante tempo eles dessistirão e eu pude desabar em lágrimas



Notas Finais


That's all , folks!
Gente aqui está o link para entrar no grupo no whats dessa fic, lá você pode dar sua opnião sobre a fic, criar suas teorias, e pode ajudar na fic caso sua ideia seja aprovada! 👉https://chat.whatsapp.com/6L4wL6XR8EF7NWSvoIZY0K bye👋👋👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...