1. Spirit Fanfics >
  2. My Possessive Husband - Jikook (REPOSTANDO) >
  3. I forgive you

História My Possessive Husband - Jikook (REPOSTANDO) - Capítulo 65


Escrita por: 5xxgguk_ e Ayumii-Hyung

Notas do Autor


●A co-autora assume total responsabilidade pelo capítulo, denuncie minha conta ou me mande mensagem, mas não denuncie a fic por algum erro meu, isso pode causar problemas a autora, que não tem relação com o cap.

⚠️Atenção:
Antes de denúnciar a fic, lembre-se que pode mandar mensagem a autora ou a co-autora e podemos resolver sem treta

•Cap em revisão.
•Perdão pelos erros.
•Desculpa a demora.

Beijos, da vovó Ayumi ❤💕

🧃🦖
Hmm suquinho

Capítulo 65 - I forgive you



...I forgive you...


Busan, south korea


17:04


Park Jimin pov


Após a fala de Namjoon, o mais alto pegou em meu braço é me levou até à saída do hospital que estava parcialmente vazia pois apenas tinha dois seguranças.


—Jimin eu realmente preciso que você me escute agora, pois o que eu vou te falar agora é muito e muito sério. — Namjoon interrompeu sua própria fala com um longo suspiro, acho que tentando criar coragem, mas logo retomou a sua fala —À alguns anos, Fatou, que é uma grande amiga do Jeon, havia terminado um relacionamento com Hyunjin, por conta de diversas traições, e após isso ele surtou completamente, ele começou uma perseguição louca pela garota, ele estava obcecado por ela, ele ligava todos os dias e sempre que ela bloqueava ele trocava de número, ele perseguia ela, onde ela estava ele também estava, um dia ele surtou após ser rejeitado novamente, ele sequestrou Fatou, ele fez coisas horríveis com ela, durante onze dias, ela foi estuprada, espancada, humilhada e ameaçada, mas ela conseguiu fugir pois Hyunjin acabou deixando a porta destrancada, ela levou o caso até a justiça mas Hyunjin foi inocentado, e ela perdeu tudo, emprego, casa, amigos e não era aceita em nenhum emprego, já que todos estavam com uma visão distorcida de Fatou, e Jeon ficou com medo de você ser o próximo. — Após a sua fala Namjoon ficou em silêncio e naquele instante eu já estava chorando, eu me sinto a pior pessoa do mundo! Eu quase perdi o amor da minha vida por causa se um monstro.


Como eu fui tão idiota? Por que eu fiz isso com o Jungkookie?


—Na-Nam, v-vamos voltar, e-eu que-quero ver o Jun-Jungkookie! — disse com a voz embriagada por conta do choro e vejo Namjoon apenas fazer um leve sinal com a cabeça e andar em direção a porta do hospital e eu logo fui atrás dele.


[Q.D.T]


17:58


Eu estava sentado esperando Jin terminar de falar com Jungkook, que estava acordado, eu quis ser o último a ver Jeon, estava tentado criar coragem, Namjoon estava ao meu lado, Taehyung havia acabado de sair do quarto, ele falou que Jungkookie estava tentando parecer bem, mas que conseguia ver que ele não estava nem um pouco, o clima estava horrível, Taehyung fazia uma cara estranha quando olhava em minha direção, Namjoon não falou comigo após nossa conversa e Jin antes de entrar na sala estava sentado com o rosto escondido entre sua mãos, eu não acredito que tudo foi ocasionado por mim...


Vejo uma garota negra, usando uma calça moletom vermelha e um moletom também vermelho entrar correndo no hospital e ir correndo na direção de Taehyung, a mesma parecia desesperada.


—Licença, você é o Taehyung? — A garota perguntou ofegante, muito provavelmente pela corrida.


—Sou sim. — Taehyung respondeu levemente confuso.


—Eu te liguei mais cedo e assim que soube o estado de Jungkook vim o mais rápido possível, você recebeu mais alguma notícia do Jungkook? — A garota realmente estava desesperada, mas qual é o tipo relação ela tem com o Jungkook?


—Bom, tudo que eu sei eu já te falei por telefone, mas se você quiser pode ver ele, apenas tem que esperar um pouco porquê meu amigo acabou de entrar. — Taehyung falou de modo gentil e a garota agradeceu e se sentou ao meu lado e em poucos minutos começou a chorar, fazendo Taehyung e Namjoon olharem em sua direção.


—E-Ei, não chora! O Jungkook vai ficar bem, eu tenho certeza! — Namjoon falou sem jeito tentando acalmar a garota.


—O Jungkook-ah não merece estar passando por isso! — Neste momento eu fiquei indignado, por que ela chamou ele de Jungkook-ah?, mas antes que alguém pudesse falar algo, Jin saiu do quarto onde Jungkook estava e Namjoon se levantou e foi até Jin, eles falaram algo que não consegui ouvir e Namjoon fez um sinal para que aquela garota entrasse no quarto, a garota se levantou e foi até o quarto, logo o adentrando.


Jin se sentou a algunas cadeiras de distância e Namjoon ficou ao seu lado...


Jeon Jungkook pov.


18:16


Assim que eu vi Fatou adentrar o quarto, deixei um sorriso bobo escapar, 'pra mim Fatou é como uma irmã, fico feliz de saber que ela se importa comigo.


—Como se sente? — Perguntou de modo preocupado enquanto se aproximava.


—Me sinto um pouco melhor, fisicamente, mas ainda estou meio triste, eu não queria que nada disso acontecesse, eu queria voltar no tempo, e não fazer nada que fiz com Hyunjin, agora eu não tenho mais Jimin, e não posso ver meu filho, eu nem mesmo o peguei no colo. — Disse de modo entristecido.


—Vai ficar tudo bem, Jungkook-ah! Não precisa ficar assim, você vai ficar bem, vai ver seu filho e quem sabe reconquistar Jimin — Fatou disse de modo divertido enquanto fazia carinho em meu cabelo, me fazendo rir, Fatou sempre me alegra quando estou triste.


—Eu não sei que consigo reconquistar Jimin, ele não deve querer me ver por alguns anos — Falei tentando esconder minha tristeza.


—Não fica assim Jungkook-ah, se você não conseguir você pode achar outra pessoa e vacilar com ela também! — Fatou falou de modo divertido e logo após começamos a rir juntos.


—Eu tenho que ir agora, tem mais alguém que quer muito te ver e eu não quero incomodar. — Fatou disse, eu olhei em sua direção com uma expressão triste e ela deu um doce sorriso.


—Você vai voltar amanhã? — perguntei e a mesma fez um carinho em meu rosto


—Sim, eu volto amanhã, assim que puder e fico o máximo de tempo possível! — Falou e começou andar para fora do quarto. —Até amanhã Jungkook-ah! — Fatou falou antes de sair do quarto me deixando sozinho no quarto.


Em menos de dois minutos vejo a porta ser aberta por Jimin, que entrou e fechou a porta em seguida, o mesmo parecia envergonhado, ele estava de cabeça baixa, veio em direção de onde eu estava e finalmente levantou a cabeça.


—Ji-Jimin? O que você faz aqui? — Perguntei confuso e Jimin já começou a chorar no mesmo instante, senti meu coração apertar ao ver meu pequeno chorando tanto... quer dizer... não me doi nem um pouco ver Jimin chorando.


—Me De-Descu-Desculpa Jeon-gukie! Me per-pedoa po-por favor kookie! — Jimin disse entre soluços com a sua voz embriagada.


—Ca-calma Jimin, você sabe que não gosto de te ver assim! — Falei tentando acalmar Jimin, que foi se acalmado aos poucos.


—E-eu só quero que t-tudo volte a ser como antes Jungkookie-ah! — Jimin disse um pouco mais calmo e eu fiquei surpreso.


Eu quero muito voltar com Jimin e dar uma segunda chance ao mais novo, ele já me deu uma segunda chance, e eu não culpo ele por não saber da história, eu faria a mesma coisa no lugar dele...


—Tudo bem... eu te perdoo Jimin —


Continua...



Notas Finais


🤸‍♂️

VOA MLK!🏌️‍♀️



⚠️Eu vou comer seu cu no uno!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...