História My Precious Boss - Jikook - Capítulo 10


Escrita por: e BatataIludida

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Chefe, Jikook, Shipper, Trabalho
Visualizações 769
Palavras 1.845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Saga, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Holi gente ❤🌚

Capítulo 10 - Desculpas


Fanfic / Fanfiction My Precious Boss - Jikook - Capítulo 10 - Desculpas

Seul - 7:53 AM

Pov's Jimin

Aish,eu realmente não me lembro do que houve após eu ver aquela maldita cena,que ódio,nem sentir dor de cabeça eu posso,já estou todo dolorido,tem alguns medicamentos na mesa do lado da cama e uma jarra de água,odeio remédio.

Bom,pelo visto eu me encontro em um hospital,eu acordei e vi que estava sozinho,tentei me levantar mas minha perna estava enfaixada,que dor.

- Park Jimin,como se sente? - Uma enfermeira se aproximou de mim com um papel em mãos.

- Moça,onde eu estou realmente? E por que estou aqui? - pergunto já que estava tudo muito confuso.

- Você foi atropelado,tentaram impedir isso de acontecer mas pelo visto você não prestou atenção no sinal,você quebrou sua perna esquerda,acho que daqui a 2 dias você terá alta. - Ela disse isso e eu realmente fiquei em choque.

- Aish,quero ligar pra minha mãe ou sla - pensei no maldito Jeon,ele agora deve estar com aquela branquela ridícula.

- Não se preocupe,sua mãe acabou de sair daqui,ela e outro moço ficaram ali fora a noite toda,já estão sabendo,se me der licença tenho que sair,se precisar de algo aperte esse sinal.
A mulher sai e eu fico com cara de tacho,aish como eu pude deixar isso acontecer?

Autora ON

Jimin começou a derramar lágrimas ao lembrar da cena que o deixou tão triste,seu coração parecia estar em pedaços,claro que eles não eram obrigados a ficar um com o outro,mas Jimin realmente se sentia mal além do físico.

- Jiminniee,como você está?? - Taehyung chegava com flores e um semblante preocupado.

- Tae Tae,eu não me sinto bem,eu quero sair daqui,me tira daqui.

- Jimin...não posso fazer isso,você precisa de repouso,me diga,como você foi parar no meio da rua?

- Eu vi o J-Jungkook b-beijando a secretaria,que ódio - Jimin de encontrava abraçado com seu amigo com seu rosto já vermelho de tanto chorar.
Taehyung não disse nada,só ficou alí,do lado do amigo que estava nessecitando de atenção.

Jungkook se encontrava em sua empresa,não deixaram ele entrar no quarto de Jimin,foi impedido pelos pais do menor,já que não queriam ninguém relacionado a minha família.

- Você sua,sua... olha quer saber,pega logo suas coisas,está oficialmente demitida,você não sabe o que eu sentindo de raiva de você.- Jeon falava em alto tom com a secretária que estava fazendo um grande drama,tudo que ela queria estava acontecendo,ela tinha um plano,e esse plano estava melhor do que ela esperava.

- C-claro,eu vou embora,agora!

A moça saiu as pressas deixando Jeon um tanto quanto mal,ver seu pequeno em uma situação tão crítica,e tudo por causa de sí,era uma dor,e Jeon pressentia que Jimin talvez não acreditaria no que aconteceu realmente.

- Preciso falar com ele. - Jeon pega o telefone de sua mesa e liga para o hospital.

- Hola,eu queria saber se Park Jimin já acordou,e se eu posso entrar no quarto.

- Moço,sim ele já acordou,ele está sozinho,não tem mais ninguém por aqui,o amigo dele acabou de sair,se quiser pode vir agora.

Jungkook pulou de sua mesa,pegou seu carro e adentrou o mesmo,indo em alta velocidade para o hospital que não ficava muito longe.

[...]

Jungkook ON

Eu consegui entrar no quarto,quando abri a porta vi ele dormindo,a enfermeira disse que era por causa dos medicamentos para dor.

Sentei na cadeira ao lado e comecei a acariciar aqueles cabelos que tinham um cheiro tão bom,tão doce,ele parecia tão fraco e tudo culpa minha.
Se eu tivesse previsto,que droga!

- Jimin,eu realmente não queria que isso acontecesse,me desculpa,eu sou realmente um idiota,você não está me escutando mas saiba que..... eu amo tanto você.

Autora ON

Jungkook adormece na cadeira ao lado de Jimin que após algumas horas acorda sentindo aquele perfume amadeirado que tanto o acalmava,sentiu um susto ao perceber o maior ao seu lado,ele queria tanto tirar satisfações,mas Jeon estava dormindo igual uma criança e parecia ter chorado muito,preferiu não acordar o maior.

Jimin ON

Ele estava chorando,eu nunca mais vi ele chorando,desde... ah,não quero Lembrar,ele está dormindo tão levemente. - Percebo que lágrimas começam a rolar em meu rosto,aish,por que eu choro por tudo? Isso não pode acontecer,limpo meus olhos e sinto uma movimentação perto de mim,ele tinha acordado.

Abro meus olhos e encaro Jungkook que estava com os olhos marejados,carregava um semblante triste,até sei o porque.

- Jimin...

- Não precisa falar nada Jeon,não mesmo,eu vi com meus próprios olhos aquela cena incrivelmente irritante,sabe como eu me sinto? Eu me sinto péssimo! Claro que não temos nada e você poderia fazer o que quisesse mas sla Jungkook,por que logo com aquela secretaria? Então era isso que você fazia esses dias dormindo lá naquela sala?ficava a sós com aquela mulher?,  Por que não vai embora? - Tentei desabafar,não queria guardar isso.

Jimin Off

Jungkook suspirou pesado e olhou fixamente para o menor ao seu lado.

- Jimin,eu não beijei ela,ela me beijou,não vou obrigar você a acreditar em mim,eu juro que não sabia que ela iria fazer isso,ela chegou com a desculpa de que eu teria que assinar alguns documentos e acabou fazendo  aquilo,Jimin,você chegou no mesmo momento,me desculpe,eu não dormi com ela,nunca dormiria com alguém que não fosse você,acredite em mim,Jimin. - Eu realmente penso que ele não seria capaz de fazer algo contra mim,eu vejo a sinceridade nessas palavras dele,mas não posso acreditar tão facilmente.

- E por que eu devo acreditar nisso?- Perguntei com lágrimas em meus olhos,tentei segurar mas foi impossível,principalmente após ouvir a resposta dele

- Porque eu te amo. - Fiquei incrédulo,nunca pensei que ele fosse dizer isso,ele juntou seus lábios aos meus,um beijo calmo,pela primeira vez eu via que meus sentimentos eram recíprocos,me senti tão bem até que...

Autora ON

Até que a porta é aberta,era a enfermeira,ela estava boquiaberta e Jimin deu uma risada sapeca deixando Jeon vermelho.

- D-desculpem atrapalhar,é que tem uma pessoa procurando um tal de Jungkook.

- Quem é? - Jimin perguntava curioso.

- É o dono da empresa Jeon's,ele está meio que irritado,tchau. - A mulher saiu as pressas com medo de levar bronca.

- J-Jeon é melhor você ir,se não vai ser pior para você,está louco em deixar a empresa sozinha?- Jimin dava um tapa nas costas do maior que sorri levemente.

- Jimin,fique bem,estarei aqui quando estiver livre,quer que eu fique?

- Não Jungkook,eu ficarei bem,obrigado. - Jeon ia dar selinho  no menor,mas foi empurrado levemente com um sorriso de Jimin,Jeon não discutiu sobre isso,apenas saiu as pressas.

- Aish,eu sei que ele está falando a verdade,mas que droga,por que eu não consigo adimitir que amo ele? Eu não consigo colocar pra fora,nem namoramos nós somos,o que se passa em Jimin?

[...]

Jungkook POV'S

Cheguei na casa dos meus pais e me deparei com meu pai,o que foi dessa vez?

- Meu filho...eu queria saber,o que se passa na sua cabecinha,o que você foi fazer na casa dos Park? E o que estava fazendo no hospital? - Eu nem lembrava que ele tinha informantes em todos os lugares,droga.

- Não vejo problema eu ir na casa dos meus amigos ou até ir no hospital quando um deles precisar.- fui me sentando no grande sofá branco.

- Esse amigo seria precisamente Park Jimin,olha só a coincidência,esse garoto já está de volta? Eu nem percebi,acho que vou falar com o Sr.Park para dar um jei...

- Você não vai falar com Ninguém! - elevei meu tom de voz sem ao menos perceber,foi automático.

- Jeon Jungkook! Me diga o porque de você não querer aquele idiota longe daqui?

- Ele não é idiota e também porque eu sou o melhor amigo dele,ele é muito importante,e ele está no hospital agora.
O celular do meu pai toca e ele aponta pra mim como se fosse me atacar mas logo sai dizendo que depois conversava comigo.

Autora ON

Sr.Jeon estava decidido a ir atrás de um jeito para conseguir arruinar a vida dos Park's nem que fosse com a morte.

[...]

Seul - Uma semana depois

- Jimin-ssi,por favor não levante assim! - Margô estava desesperada ao ver Jimin tentando travessuras,Jimin não teve sua infância normal,teve que ficar com outras crianças que não davam a bola pra ele,mas sempre dizia para sua mãe que estava tudo bem,tinha até perdido as esperanças de sair daquele lugar.

- Margô,me deixe aqui,é tão bom,eu senti falta desse jardim,ele contínua tão bonito. - Jimin suspirava alto após uma leve brisa bater em seu rosto balançando seus cabelos que agora estavam negros,o mesmo sem fazer nada resolveu mudar algumas coisas.

Sem fazer barulho,Margô sai para preparar um suco para o pequeno que agora estava só com a perna enfaixada,sem gesso,ainda causava dor mas nada que ele não pudesse agoentar. Seus pais haviam viajado para o Japão,não voltavam tão cedo,mas como tudo não é um mar de rosas,Jimin tinha agora que conviver com Tias e um primo chato que trazia aquele namorado irmão do Jeon para dentro da mansão,os dois dormiam juntos e Jimin não estava creendo que teria que ficar ouvindo gemidos de vez em quando.

Jungkook ON

Eu estou contente pelo Jimin ter me perdoado,me sinto as vezes péssimo por ter feito ele passar por esses momentos tão difíceis,mal posso esperar para que ele se recupere logo,quero fazer uma surpresa,mas precisa ele estar 100% recuperado e bem.

Já que os pais dele tinham viajado alguns dias depois para buscar alguém,não sei quem é,mas parece que será importante na empresa dos Park,eu estive indo visitar ele,Jimin parece contente por eu estar ao lado dele,tomara que eu não esteja errado sobre isso,meu irmão Baek está indo todos os dias se encontrar com um tal Chanyeol,eu nunca perguntei quem é esse,aish,ele sempre sai,meu outro irmão Jackson está saindo com todas as garotas e garotos de uma universidade aí,tenho medo dele encontrar com o meu Jimin,aishh...

[...]

- Jin-Hyung,cuide da sala dos adm's enquanto eu saio um instante.- Eu ia hoje visitar o Jimin como todos os dias.

- Como ele está Jeon?

- Ele está bem melhor,obrigado por perguntar. - Sorriu e saio.

[...]

O portão estava aberto,eu adentro a mansão e vejo alguma movimentação no grande jardim,era ele,dono do meu maior sorriso.

Jimin se encontrava com os cabelos agora negros,estava com os cabelos ao vento,olhos fechados e um grande sorriso,sentado na grama verde com algumas flores ao redor,fico o observando até que ele me olha profundamente nos olhos,sorrindo feito uma criança,sexy e fofo,não sei como explicar essa sensação que ele me causa.

- Você chegou. - Ele disse enquanto eu me aproximava da grama,logo sento ao seu lado e o observo.

- É claro que eu vim,não poderia deixar você sozinho nessa mansão,ainda mais com aquele seu primo,ele não me deixa seguro.- Digo e o vejo dar uma risada gostosa.

- Jeon não precisa achar isso,ele é meio estranho mas ele é legal... Eu acho,tenho uma novidade. - Ele me olha animado e eu seguro as mãos pequenas do mesmo esperando.

- Amanhã tiro esse gesso e logo poderei voltar pra minha vida normal.

- Wow,não acredito,fiquei com tanto medo de te perder.. - Digo e dou um beijo no menor que estava levemente corado.

Autora ON

Do outro lado do jardim se via Margô,com um olhar doce nos olhos,fitando aqueles seres tão apaixonados.

- Tenho medo disso acabar... - Margô deixava seu olhar doce e suspirava alto com um semblante preocupado.


Notas Finais


Fiquem com esse cap bosta,aff. 🌞

Até logo,pessoal,obrigada pelos favoritos ❤❤❤❤
Sorry pelos erros,não são propositais.

Tomara que vocês estejam gostando,bjos ❤🌚

🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...