História My Pretty Boy - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags _princesswolf, Chanbaek, Comedia, Exo, Hunhan, Kaisoo, Luhan, Myprettyboy, Sehun, Taoris, Xiuchen, Yaoi
Visualizações 182
Palavras 2.290
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 22 - Capítulo final


Fanfic / Fanfiction My Pretty Boy - Capítulo 22 - Capítulo final

Era como se eu estivesse a um passo de realizar mais um grande sonho.

O dia estava perfeito para aquela ocasião, o céu limpo estava a favor, toda a decoração em branco e vinho pelo belo jardim, pessoas que eu amava se acomodavam em seus devidos lugares, tudo estava em perfeita ordem, era como se eu estivesse em um conto de fadas. Isso não é a melhor coisa para um homem dizer, mas não teria melhor forma para descrever o evento. 

Meu corpo se movia de forma calma até o lugar reservado a mim, minhas mãos estavam trêmulas e suadas graças a todo o nervosismo em que eu me encontrava, nunca imaginei que estaria em uma situação como aquelas.  

Uma grande movimentação se instalou no lugar quando todos notaram minha presença. Os cochichos e as feições de surpresa eram inevitáveis, respirei fundo e soltei o ar de forma calma tomando coragem para buscar o olhar de meu amado. 

Como de costume a expressão indescritível estava presente no rosto de Sehun, porém, não por muito tempo, meu sorriso logo foi correspondido pelo rapaz, e que sorriso aquele que me esperava a poucos passos de distância. 

Ele estava tão bonito e elegante, não que nunca tivesse o visto daquela forma antes, mas dessa vez era diferente, ele tinha um brilho no olhar, poderia jurar que ele estava de certa forma emocionado com aquilo. 

Bem, eu também estaria muito emocionado se não fosse esse vestido pesado me apertando e esses saltos me matando, nem lembrava como eu conseguia ficar tanto tempo com aquele tipo de sapatos, sem contar o cuidado que eu tinha que ter para não sujar o tecido branco, o que era quase que impossível já que estávamos em um lugar aberto.  

- Vamos retocar esse batom – disse Tao se aproximando e fazendo um bico como se fizesse um pedido silencioso para eu fazer o mesmo e assim a maquiadora retocar, rolei os olhos e deixei com que ela fizesse logo respondendo. 

- Mas nessas fotos não vai aparecer nossos rostos, por que tanto me maquia e a Sehun também? - Apontei para Sehun que estava imóvel para receber mais alguns retoques. 

- Bem, o fotógrafo não vai, mas eu e os outros com toda a certeza vamos registrar tudinho. - disse de forma brincalhona me mostrando sua câmera fotográfica. 

- Vocês todos me pagam. - disse fuzilando Chen que ria entre os falsos convidados, de forma escandalosa como de costume. 

- Qual é, vai ser divertido Luhan – disse Chanyeol com o celular em mãos, não perdendo nada do que acontecia naquele casamento falso. 

- "Ye Jin é uma boa mulher, ela nunca me colocaria em uma fria", eu pensava, e onde estou? Subindo no altar de vestido. - resmungava segurando o vestido para subir dois pequenos degraus que haviam ali. 

- Não sabia que seria tão ruim estar no altar ao meu lado, Luhan – disse o noivo estendendo a mão para mim e eu de pronto aceitei a ajuda para estar de frente a ele.  

- Não é isso, é só que me sinto envergonhado por isso. - dizia baixinho enquanto uma ajudante do fotógrafo arrumava o véu e a calda do vestido. 

- Mas você está lindo. - sorri um tanto tímido com o elogio logo tendo minha atenção tomada por Tao que repreendia a cabelereira, ele pediu para ela se afastar e veio arrumar o coque feito naquela tão conhecida por mim, peruca. Bem, não sei se era esse mesmo o nome do penteado, mas quem liga? 

- Mas eu não queria estar lindo dessa forma – apontei para o vestido ainda falando baixinho para não chamar a atenção em nossa conversa – eu queria estar lindo dessa forma – apontei para ele e ele apenas riu baixo. 

- Acho que já estamos prontos, por favor todos em suas posições, hajam naturalmente – disse o fotógrafo antes de começar a fotografar. - e quanto a vocês dois, já fizeram fotos juntos antes, não? - assentimos. - Legal, vamos começar. 

Sehun segurava minha mão de forma delicada a acariciando, por vezes levava a mão a minha cintura enquanto conversávamos, proporcionando algumas boas fotos, vez ou outra fazíamos o que o fotógrafo pedia.  

Em um certo momento Sehun levou a mão para dentro do terno tirando dali uma caixinha cor vinho assim como a decoração, aveludada. 

- Luhan apesar de meu maior desejo ser me unir a você dessa forma em que estamos sendo fotografados agora, com nossos amigos, família, uma grande festa. Eu sei que não estamos prontos para  algo a esse nível, mas precisamos dar um paço de cada vez – ele abriu a caixinha revelando duas belas alianças, e um sorriso brotou em meus lábios. 

- Sehun-ah seu bobo, não tinha melhor ocasião para isso?  

- Eu acho a ocasião perfeita – disse ele em meio a um riso soprado – Assim você nunca vai se esquecer do dia em que te pedi oficialmente em namoro.  

Analisando dessa forma, realmente eu e Sehun nunca tivemos uma data específica de começo de namoro, nunca houve um pedido, as coisas apenas aconteceram de Luna para Luhan naturalmente. 

- Realmente vai ser impossível me esquecer do dia em que me vesti de noiva. - abaixei o olhar rindo baixo. 

- Hey, eu quero que me olhe quando eu fizer o pedido, não passei a noite anterior toda ensaiando para você não me olhar – disse ele de forma divertida levando a mão livre até meu queixo fazendo com que voltasse a olhar em seus olhos. 

- Me desculpe – segurei o riso pelo o que ele havia dito sobre ensaiar já que sabia que lidar com palavras ditas não era o forte de Sehun. 

- Hyung, passamos por tantos momentos estressantes, não foi? - perguntou ele e eu assenti ainda com aquele sorriso estampado em meu rosto – Mas os momentos bons acho que sempre foram maiores – ele suspirou de forma pesada – me desculpe sou péssimo com as palavras. 

- Eu amo esse seu jeito tímido para falar sobre sentimentos. 

- Eu preferia cantar, mas não preparei nada. 

- Não fique assim, você estava indo bem – acariciei o rosto do rapaz com a destra e ele assentiu. - Pode ir direto ao ponto se preferir. 

- Luhan você aceita namorar comigo? - o sorriso largo mais uma vez estava presente, mas quando eu ia responder ele voltou a falar – Mas não aquele namoro as escondidas, um namoro de verdade, onde possamos fazer passeios juntos sem você ter que fingir ser alguém que você não é. Você aceita ser meu Luhan, em frente às câmeras e longe delas, enfrentar tudo o que estiver por vir, mas comigo ao seu lado? Você aceita passar por cima da imprensa, das críticas, do preconceito que sabemos que vamos ter que lidar? Aceita, ficar ao meu lado independente de qualquer ameaça de fã? - perguntou ele junto de um riso de deboche pela última pergunta. 

- Depois de um pedido desses, você acha que eu ainda fugiria de você? É claro que eu aceito. 

Quem chegasse naquele momento do pedido imaginaria até que um verdadeiro pedido de casamento acontecia, o que ninguém sabia por não estar no meu lugar ou no de Sehun, é que qualquer pequeno gesto de carinho já era muito em um relacionamento como aquele em que tinha tudo para dar errado, mas que estava acontecendo de uma forma positiva. 

Nossas carreiras estavam em alta e realmente teríamos que enfrentar muita coisa para fazer dar certo, mas não víamos problemas. Eu estava pronto para assumir meu relacionamento independentemente das críticas.  

Confesso que todo um filme se passou em minha cabeça. A primeira vez que nos vimos, quando eu pedi o autógrafo para a irmã de Chen, quando Kris me falou sobre a promoção, tudo correu em minha mente, e era magnífico ver que agora faríamos dar certo de verdade, sem mentiras. 

Eu todo sentimental como sempre fui já tinha os olhos se enchendo de lágrimas, aquelas que eu tinha que segurar já que Tao me mataria se eu borrasse aquela maquiagem. Trocamos as alianças de compromisso e logo voltei para a Terra, já que ouvi alguns gritinhos de comemoração e assobios. 

- Que vergonha – resmunguei escondendo meu rosto. 

- Nem inventa, Luhan. Esse momento merece foto – disse Lay com toda a sua calma. Não sei como ainda o chamo de melhor amigo. 

Olhei para o fotografo preocupado, aliás, ele poderia estar bravo com nossa falta de profissionalismo, porém o mesmo se divertia com a situação ainda conseguindo tirar fotos de tudo que acontecia. 

Sehun segurou meu queixo mais uma vez fazendo com que eu voltasse minha atenção a ele, ficamos alguns segundos apenas nos encarando, naquele momento provavelmente eu já estava mais vermelho do que um belo tomate. Meu agora oficialmente namorado sorriu e acariciou meu rosto. 

- Eu te amo tanto, my pretty boy – disse Sehun não conseguindo segurar o riso com o jogo de palavras e eu o acompanhei dando um leve empurrão em seu ombro antes de sentir os lábios dele selarem os meus de forma demorada. 

- Eu também te amo. 

 

 

⊱●♡●⊰ 

 

 

Muitos meses se passaram desde o pedido de namoro. Confesso que não foi fácil lidar com toda a imprensa, os fãs estavam até que gostando de toda a situação, é claro que as críticas sempre existem, mas diferente do que eu imaginava, os que ficaram mais insatisfeitos com o namoro foi a mídia. Motivo? Não sei. 

Sehun foi o primeiro a ter que enfrentar as perguntas, assim que ele saiu a público para divulgar seu novo álbum, logo no começo do ano, divulgação aquela que ficou para segundo plano, já que as perguntas em questão giravam em torno de nosso namoro.  

Eu bem que falei para Sehun soltar aos poucos, mas ele fez questão de chegar no mesmo dia da sessão de fotos e postar uma bela de uma foto de nós dois com uma, linda diga-se de passagem, declaração para o novo Idol chinês, Luhan. 

Sehun quando perguntado sobre Luna, disse que já fazia muito tempo que eles não se falavam, e pediu educadamente para que não perguntassem sobre a tal modelo novamente já que ele se sentia feliz em seu novo relacionamento. E como um figurante daquela série de zumbis, surgiu uma pergunta do nada, sobre a foto que havia saído a muito tempo atrás, minha entrando no prédio da WY. Nesse momento eu agradeci por Sehun ser rápido com as respostas, ele de pronto respondeu que nossas empresas estavam preparando parecerias já a muito tempo, mas que só veio a acontecer quando debutei. 

Em suma, nosso relacionamento está indo cada vez melhor. E como falar de relacionamento bonito e não se lembrar de Baekhyun e Chanyeol? Os pombinhos apaixonados se casam agora no fim do ano, de papel passado, festa e tudo mais. Não teria como não ficar feliz com uma notícias dessas, já até falei para Ye Jin que na data desse grande evento eu tenho que estar na Coreia, ela é claro não foi contra meu pedido. 

Sim, meu relacionamento encara uma bela distância, bem não tão grande quanto a de muitos casais, mas é bom assim, que podemos ficar com saudade um do outro, e que saudade, viu? O legal é que quando nossas folgas coincidem ainda temos a opção de escolher entre Coreia e China para ficarmos juntos, sempre na correria, mas Ye Jin, Kris e Suho estão com planos futuros para ambas as empresas, quem sabe isso não seja algo vantajoso não apenas para as carreiras, mas também para o relacionamento? 

Por falar em Kris, me lembrei do dia em que Tao me ligou para contar que havia sido demitido. Kris alegava que Tao passava mais tempo brincando de vestir Idol do que com ele, é claro que Tao não ficou de tudo sem emprego algum, mas Kris passou um cargo onde ele passaria menos tempo na empresa. 

Grande WY. A pouco tempo a empresa de Kris ganhou mais um trainee de valor, que não aceitou entrar na empresa sem passar por uma rigorosa seleção, ele queria estar certo de que era realmente bom para ser alguém digno de um palco. Kim Jongdae, é a nova grande promessa da WY, confesso que fiquei muito surpreso com o vídeo da audição de Chen, ele é realmente talentoso. 

Minseok ficou todo orgulhoso, é claro. Louco para largar a carreira de Sehun e gerenciar a do namorado, mas esta estará nas mãos de Lay. Ficou surpreso? Eu fiquei em dobro, parece que Lay não se interessa apenas pela dança, e por ser incentivado por Suho e Kris para estar à frente futuramente da carreira de Chen, ele deve ser muito bom nessas partes também.  

É claro que estava faltando uma pessoa, Kyungsoo. Bem ele continua entre tapas e beijos com Kai, digamos que Kyung seja um pouco mandão e Kai não gosta muito de receber ordens. 

- Luhan, vamos nos atrasar. - não tive como não sorrir ao ouvir aquela voz. 

- Você acha mesmo que nossos avós chegarão antes que nós no casamento? - disse terminando de arrumar minha gravata  para ir ao encontro de Sehun que me esperava na porta de meu quarto. 

- Acho, aliás, são os noivos e não vão se atrasar. Sem contar que sua mãe, já puxou minhas orelhas muitas vezes falando que é culpa minha você demorar tanto. 

- Por que seria? 

- Disse que você nunca foi muito vaidoso. - disse ele rindo e eu o empurrei de leve pelo corredor entre risos. 

- Que calúnia. - continuamos naquela discussão até o carro de meus pais. 

Um namorado, uma carreira dos sonhos, amigos insubstituíveis, voltar a morar com meus pais. Pensando bem, até que usar salto e saia não parece tão ruim agora.


Notas Finais


Olá meu amores, como estão?

Bem, quem já tinha lido minha fanfic na outra conta já sabia que ela estava acabando, mas os que começaram a acompanhar dessa vez, creio que ficaram um pouco surpresos pois dava pra acontecer e desenrolar mais coisas, mas eu de verdade não queria mudar o curso original da fanfic... Talvez eu lance algum capítulo especial mais para frente, é um caso a se pensar certo?

Eu gostaria de agradecer de coração a todos que acompanharam desde o começo e permaneceram firmes de fortes até esse capítulo, obrigada a quem também sempre tirou um tempinho para deixar seu comentário, isso é muito importante pra mim, sério.

Eu espero não ter decepcionado com o final, isso sempre me preocupa muito!

Para quem gostou da fic, eu indico as outras que tenho no site, assim pode matar um pouco a falta de MPB kkk

Nos vemos na próxima <3

Chu chu~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...