História My Psicopata - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino
Visualizações 185
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Harem, Hentai, Luta, Magia, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Seu corpo


A mesma já vestida com uma camisola clara , que realçava o corpo da menina a mesma respirava aceleradamente pelo oque aconteceu antes ....

Mais foi algo impossível , pois quando a mesma pensou que ele não ia fazer mais nada , ela sentiu algo segurando o seu braço

- eu não aguento , isso é uma tortura - Adrien disse após vê a menina vestida com aquela camisola tão fina que era ....ele sentia um desejo intenso por aquela garota que ele tanto deseja-va

Ele não aguentava mais , aquela sua lembrança no banheiro com a garota fazia ele ficar extremamente excitado, pois o mesmo estava louco para tê-la , ele precisava de senti o seu gosto em sua boca ....

A cada minuto que se passava o seu desejo  estava no limite , uma garota que ele ama de uma maneira indesistível , e o mesmo não poder tocá-la , era algo que o deixava louco

Adrien sorri se aproximando a passos lentos da menina, como uma leão pronto para capturar sua presa,   abaixou o rosto roçando os lábios da menina o mesmo pede passagem com a língua que foi aceitado por Mari, o beijo se aprofundou, adrien segurou a cintura da menina começando a andar fazendo a menina dar passos cegos para trás a fazendo a caí na cama...

Adrien levou as mãos em direção aos botões da camisa os abrindo , tendo o olhar atento de Mari sobre si, faltando apenas dois botões ele a encarou - Abra - ele falou, ela apenas piscou os olhos tentando raciocinar, até que entendeu e  levou  em direção ao botão, com certa dificuldade conseguiu abrir ambos os botões, a camisa escorregou pelos ombros  de Adrien fazendo a menina observa o tronco  dele sem conseguir deixar de corar 

Adrien sorriu a puxando pelas mãos e a levantando, se sentou na cama deixando Mari em pé a sua frente 

- fique calma baby -  a viu fechar os olhos e respirar fundo, levou as mãos em direção a cintura da menina a puxando para frente, os olhos azuis se encontraram e o mesmo acabou com o espaço entre as bocas,  o beijo seguia calmo, sem pressa, ele a puxou com calma a deitando na cama, sem que o beijo parasse, suas mãos  logo foram indo em  direção as costas as parando sobre o quadril de Adrien,  finalizou o beijo com calma, desceu os lábios em direção ao pescoço  beijo e uma leve mordida enquanto uma das mãos se ocupava em acariciar as costas ainda coberta pelo vestido,   as mãos de Adrien subiram em direção as pernas pálidas da menina indo em direção as coxas onde se prenderam no tecido do vestido o subindo até a barriga lisa da azulada , retirou o vestido com calma, olhou para o corpo esbelto, uma fina langerie vermelha fazia contraste com a pele palida, já havia visto o corpo de Mari nu antes, mas mesmo assim passou os olhos por ele todo novamente, se posicionou sobre a azulada fazendo seus rostos ficarem próximos - está tão sexy baby -  Adrien desceu os lábios para os seios de Mari o beijando sobre o tecido do sutiã,  Mari apenas fechou os olhos tentando não pensar no que viria ao seguir, a outra mão de Adrien foi em direção ao fecho do sutiã onde retirou revelando os seios fartos de bicos rosados, segurou um dos mamilos  o apertando com força, assim que ficando duros e rigidos o apertou com mais força o que fez Mari soltar um pequeno gemido de dor 

 -você me deixa louco- Adrien sussurrou antes de abaixar a cabeça e tomar os seios com os lábios, a língua circulou  o seio antes de abocanhar o mamilo com uma leve mordida, a outra mão massageava a intimidade sobre o tecido , e o mesmo passou um dos dedos sobre a intimidade já inchada, o que fez o corpo de Mari contocer de prazer   soltando um gemido  mais alto, massageou o clitóris com calma o apertando entre os dedos, retirou a mão da intimidade de Mari posicionou o rosto em frente ao pano pequeno e ainda úmido, colocou as mãos em ambas as coxas de Mari as acariciando antes de levantá-las  fazendo sua intimidade se aproximar ainda mais de seu rosto ,  a escutando gemer ainda mais. 

O mesmo botou a sua língua sobre o clitóris, em um movimento rápido o sugando, Mari gemeu alto.

O loiro ao perceber que Mari iria gozar apenas com sua língua parou ,retirando as pernas de cima de seu ombro, abriu as calças rapidamente a descendo junto com a cueca, o membro já enrijecido aparecendo, andou em direção a cama, subiu nela parando em frente a azulada se ajoelhando sobre o colchão,  segurou seu membro passando a mão com calma o instigando ainda mais...

- quero ouvir você gritar de prazer baby - ele sussurrou seu membro já duro roçando na intimidade da menina , a menina se endireitou na cama se ajoelhando em frente a intimidade ,   introduziu o membro com calma, as mãos de Mari foram em direção aos ombros de Adrien o segurando com força o fazendo para oque estava fazendo

- Ta doendo - ela sussurrou baixo.

- calma baby - ele falou beijando a boca dela - Se você se acalmar acabará a sua dor - ele sussurrou e a viu fechar os olhos, voltou a introduzir o seu mebro na intimidade apertada,  um gemido de dor saiu de seus lábios e ele cessou o movimento sabendo que havia sido a ruptura de seu hímen.

- agora você será minha - ele disse indo com força fazendo ela gemer mais alto , o mesmo fazendo vários movimentos por dentro da menina que gritava de prazer....

Até que depois de minutos de estocadas rápidas e fundas ambos alcançaram o seu limite....

Fazendo Adrien tira o seu membro de dentro da menina , o mesmo caí sobre a cama totalmente esgotado , a menina que respirava aceleradamente relembrava cada momento que passou até agora...

Ambos tinham gostado do que fez ....

ME DÊ IDÉIAS...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...