História My psycho(Kim taehyung - BTS) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Drama, Psycho, Romance, Suspense, Violencia
Visualizações 31
Palavras 1.582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora, mas aqui estamos, esse cap vai tudo na visão do taehyung, espero que gostei, e desculpe qualquer erro ortográfico

Capítulo 7 - Lembranças dolorosas, E ACIDENTE?


Fanfic / Fanfiction My psycho(Kim taehyung - BTS) - Capítulo 7 - Lembranças dolorosas, E ACIDENTE?

POV’S  TAEHYUNG ON

É impossível, como isso foi acontecer?,aish tudo culpa daquela vadia da minha prima ela vai pagar bem caro, por está me metendo em uma confusão, não a (S/n) tem que recuperar logo a merda dessa memória, não vou suportar ver a mesma se oferecendo para me, eu não vou conseguir  ter controle sobre mim, é mais forte que tudo nesse mundo.

(...)

Mais uma confusão na minha vida, aquele infeliz do shin sun min, vai me a pagar por ter me traído com a sook eu sabia que não era para confiar nele, não! eu nunca confiei nele, eu já esperava por isso agora ele irá pagar com a própria vida.

Aquele maldito homem implorava por misericórdia, uma coisa que eu não tenho é misericórdia por ninguém, aqueles papeis são tudo que eu tenho, neles vem dizendo sobre a corrupção dos sócios da China, se for revelado eu estarei acabado, não totalmente acabado ainda tenho um plano B, o qual não quero usar tão cedo mas pelo que parece, ele estar bem perto de ser usado.

Shin: Por favor senhor!!! Minha filha só tem a mim, a mãe dela morreu a pouco tempo, senhor não me mate.- Aquela maldita palavra "mãe" fez meu coração doer aquela maldita palavra "morte" fez uma lágrima teimosa escorrer pelo o meu rosto, fez minhas memórias dolorosas do passado ressurgir e o fraco do KIM TAEHYUNG vim  junto com as lembranças dolorosas 

- da próxima vez, eu lhe matarei de qualquer jeito, suma da minha frente.- falo curto e grosso, fazendo o homem todo machucado sair da minha frente como o the flash.


Aquelas lágrimas começam a sair constantemente e o fraco do taehyung me toma de vez e aquelas lembranças na qual eu adoraria apagar da minha memória, se fizeram presente.

            *Anos atrás*

- omma, hoje eu fui o melhor da turma.- falo descendo do carro e correndo na direção da mesma e a abraçando.

Omma: Parabéns meu filhinho, você merece um presente, que tal irmos passear e compra um presente para o meu lindo filho?.- fala fazendo carinho nos meus cabelos.

- omma, eu iria adorar, nós também poderíamos passar na empresa do appa, eu tenho um presente para ele.- falo mostrando um papel em minhas mãos.

Omma:claro meu amor, vá tomar um banho, se arrumar, aí iremos no parque de diversões o que achas?.- fala sorrindo

- sim, omma.- falo correndo até as escadas e subindo para o meu quarto

Depois de toma um banho, visto uma roupa e saio correndo, vejo minha omma distraída lendo o seu livro favorito, vou devagar e faço um susto a ela.

Omma: aí que susto taehyung-ssi, já está pronto?.- fala me pegando pelo o braço e me colocando na sua frente ajeitando meu cabelo.

- Sim omma, vamos?.- falo sorrindo

Omma: vamos.

Estávamos na sorverteria, eu estava tomando sorverte de morango um dos meus favoritos e minha omma de baunilha.

Omma:estar gostoso taehyung-ssi?.- fala fazendo carinho na minha bochecha.

- sim omma, estar gostoso.- fala sorrindo

Depois que terminamos o sorverte, fomos no parque de diversões, esse estava sendo o dia mais feliz da minha vida, minha omma não saia muito de casa, ela não tinha tempo para sair comigo, mas hoje ficará na história, pois esse é o melhor dia de todos(realmente o que é bom dura muito pouco)

Omma: vamos na empresa do appa?.- fala dando partida no carro, eu assinto e formos em direção das empresas kim's.

Assim que chegamos na empresa, as pessoas ficaram chocadas ao ver minha omma, minha omma passou pela a segurança, sem delongas e chegamos no andar do escritório do meu appa, minha omma estranhou, a secretária sook não está na recepção, minha omma apertou minha mão.

Omma: taehyung-ssi, espere aqui, ok?.- fala me sentando na cadeira e foi em disparada a sala do meu appa.

Eu não a obedece,  e fui acompanhando a mesma, assim que ela abriu a porta deu de cara, com a secretaria sook  em cima do mesmo, minha omma me vê e tampa meus olhos.

Omma:Eu sabia seu cretino, como pode fazer isso com nossa família?, e você sua vadia, como ousa seduzir meu marido, eu vou te ensinar uma lição.- minha omma sai de perto de mim, e puxa a secretária sook pelos cabelos.

Sook: me solta sua chifruda,ele te traí há anos, eu também tenho uma família com ele também, temos um filho, como pode ser tão burra e não perceber isso?, ele é meu, ele nunca te amou  de verdade, e esse seu filhozinho de merda, ele nunca gostou dele também, sua vida foi uma mentira.- fala fazendo minha omma soltar ela e cair no chão, eu vou até a mesma e a abraço, a mesma me apertar forte contra o seu corpo, sinto a mesma molha meus ombros com suas lágrimas, foi naquele momento que meu pior pesadelo começou, minha vida ia mudar daqui para frente, eu não seria mais aquele menino amável, tudo mudou em apenas um piscar de olhos.

*Anos atrás off*

Eu estava completamente bêbado, não falava coisa com coisa, tudo que  queria era chegar em casa e dormi um sono profundo ou quem sabe nunca mais acordar. Chamo um táxi que não demora muito.

Assim que cheguei em casa tudo estava escuro, vou direto ao quarto tudo parecia calmo, ao ver a (s/n) deitada uma coisa em mim fez meu amiguinho desperta,um calor enorme subir em mim, eu cair em cima da mesma e comecei aperte seus Seios fartos, meu lábios passaram pelo o seu pescoço me fazendo sentir seu gosto doce, minhas mãos passearam em suas curvas perfeitas, mais em um movimento brusco sinto a (s/n) me empurrar com tudo, sorri de lado, não custa brincar um pouco com essa mentirosa.

(S/n) você pode enganar o mundo, mais a mim não, eu quase cai na sua mentira, "oppa?", é de brincar com minha face, posso estar bêbedo mas não louco, sua mentira ainda vai render muito, como alguém pode me amar?, deve estar louco, o infeliz do taehyung fraco quase estragou tudo, se apaixonar por essa idiota?, nunca, ela deve estar no lado do seokJin, e eu irei descobri o  "por que" de se infiltrar na minha empresa e na minha vida, pensou que era esperta, mas seus atos estragaram tudo. QUEM É VOCÊ  (S/N)?, E POR QUE ESTÁ A ME SEGUIR, POR QUE ENTROU NA MINHA MALDITA VIDA?.

(...)

- está com medo (s/n)?.- falo apertando a cintura da mesma.

S/N: por que eu estaria com medo do meu próprio noivo? .- fala com a voz trémula, ah (s/n) o que você sabe soubre mim?.

- então por que estar f...- sou surpreendido com um beijo.

Por que meu coração está acelerado?, por que essa sensação voltou?, por que minha bochecha está esquentando?, por existindo empurro a mesma fazendo cair na cama 

S/n: o que foi?, não é isso que noivos fazem?.- eu sorrio de lado e seguro o pescoço da mesma.

- Quem é Você  (S/n)?.- falo fazendo a mesma ficar confusa.

S/n: o que você está ensinuando?.- fala um pouco apreensiva

- por que me seguiu hoje?, por que fingiu ter amnésia?, por que se infiltrou na minha empresa?, por que concordou em me ajudar?, por que tentou entrar no meu escritório?, achou que eu sou burro?, você não me conhece.- falo sorrindo como um maníaco.

S/N:eu não sei o que você está falando tae.- fala assustada.

-Não se faça de burra.- dou um tapa na cara da mesma.

S/N: ficou louco?,Por que está agindo assim?.- fala tentando sair do meu aperto

- eu vou te ensinar a não ser meter comigo.- pego o meu cinto e coloco em volta do pescoço da vadia da (S/n) e começo a fazer força, arrocho seu pescoço vendo a mesa ficar vermelha e o ar faltando em seu pulmão.

S/N:t..taehyung pa..pare....Por favor. - fala quase em um sussurro 

- Você irá aprender a não se meter com KIM TAEHYUNG.- grito

Yoongi: o que pensa que está fazendo.- vejo o yoongi me empurrar com tudo.

- irei acabar com a vida dessa maldita, ela sabe soubre mim.- fala tentando voltar ao que estava fazendo, mas meu olhar para no rosto desacordado da (S/n), nas lágrimas que saiu dos olhos delas, meu coração dói, meus olhos se enchem de lágrimas, minha respiração fica ofegante, fico sem saber o que fazer e corro em direção a saída daquele quarto, vou direto para o meu carro e saiu sem rumo, meu cérebro estava uma confusão,lágrimas sai sem minha permição, começo a bater no volante, meu coração estava apertado, o rosto da  (S/n) vem em minha mente, o sorriso dela, os beijos, tudo vem em minha mente, e junto vem aquela sensação maldita de ter medo de perder alguém.

Na estrada tudo estava escuro até uma luz forte vindo em minha direção, sinto o meu carro chocar contra algo grande, fazendo caporta, meu carro cai do barranco, o sangue Correia na minha testa, o cheiro forte de gasolina era presente, minha vista ficou turva, sinto algo me puxar para fora do carro e uma explosão enorme acontecer, o fogo predominva aquele lugar, meus olhos se fecham devagar e em minha mente o rosto de (S/n) aparecer, até eu perder totalmente minha consciência.

Pov's taehyung off 

Pov's **** ON 

Aquele era o momento perfeito, para o taehyung pagar com a mesma moeda.

- Mate o taehyung, tire ele do meu caminho.- ordeno 

***: sim senhor, ele está na estrada, seria perfeito para um acidente, perfeito para uma morte trágica.

- faça como quiser, apenas o mate

Pov's **** off 







 

CONTINUA?




Notas Finais


Mais uma vez desculpe qualquer erro ortográfico, e não esqueça de favorita a fic


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...