História My Psychologist - 2 - Capítulo 52


Escrita por:

Visualizações 398
Palavras 2.852
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes de qualquer coisa quero avisar que: É O PENÚLTIMO CAPÍTULO

Capítulo 52 - Marriage


Fanfic / Fanfiction My Psychologist - 2 - Capítulo 52 - Marriage

POV JUSTIN BIEBER

Eu tinha certeza que estava sendo abandonado. Tinha certeza que tudo estava acabando ali, na frente de todos os meus amigos e infelizmente, pessoas que falam de mais e vivem mentiras.

Quando eu ameacei a sair do altar, o som do violino começou a soar e todos imediatamente olharam para trás.

No fim do enorme tapete branco, Jazzy, Jaxon e Allie surgiram caminhando devagar e sincronizadamente. A roupa das meninas eram quase iguais, eram no mesmo estilo. Brancas, com um cropped rendado e uma saia com cauda. No pé elas tinham sandálias com pedras e brilhos e nas mãos uma cestinha que conforme andavam, deixavam cair pétalas de rosas.

Jaxon estava no meio, como um belo cavaleiro dava os braços para cada uma delas. Com uma blusa social branca, um short salmão, quase da cor das rosas e um tênis tão branco que refletia.

Eles sorriam como se fosse o melhor dia de suas vidas

Eles andaram todo o trajeto e assim que chegaram bem perto de mim, as meninas substituíram as cestinhas por um pequeno buquê rosa, e então cada uma foi para um lado. Jazzy ao lado da noiva, e Allie para o meu lado.

Jaxon bateu na minha mão, fazendo o pessoal rir de fofura e então foi para o lado da Allie.

Eu abaixei meu olhar por um único segundo, e assim que eu levantei, Ema apareceu no meu campo de visão e todos se levantaram para recebê-la.

You look so wonderful in your dress

I love your hair like that

The way it falls on the side of your neck

Down your shoulders and back

( Você está tão maravilhosa em seu vestido

Eu amo o seu cabelo assim

A forma como ele cai de lado em seu pescoço

Pelos seus ombros e costas)

Ela estava linda.

Estava mais que linda, estava maravilhosa. Perfeita. Exuberante. Fabulosa. Gostosa.... estava mais do que isso, estava inexplicavelmente bela.

Toda a parte de cima de seu umbigo era apenas renda. A alça do vestido era fina feita com pedrinhas brilhantes, seus peitos sobressaíram no decote e a cauda levemente rodada com pequenas pedrinhas brilhantes deixava tudo com um ar de pureza.

Ela estava com brincos grandes e cabelo solto, com véu e uma tiara de brilhantes para prendê-lo.

We are surrounded by all of these lies

And people that talk too much

You've got that kind of look in your eyes

As if no one knows anything but us

( Estamos rodeados por todas essas mentiras

E pessoas que falam demais

Você tem aquele tipo de olhar nos seus olhos

Como se ninguém além de nós soubesse de nada)

Ela caminhava lentamente em minha direção enquanto me olhava no fundo dos olhos com serenidade e um sorriso tímido em seu rosto.

Ela olhava unicamente para mim, sem desviar a atenção, tentando me transmitir toda a paz que ela tinha dentro dela. Ela tentava me mostrar tudo o que ela sentia em silêncio.

Should this be the last thing I see

I want you to know it's enough for me

'Cause all that you are is all that I'll ever need

I'm so in love, so in love

So in love, so in love

(Caso esta seja a última coisa que eu vejo

Quero que saiba que é o suficiente para mim

Porque tudo o que você é, é tudo que sempre precisarei

Eu estou tão apaixonado, tão apaixonado

Tão apaixonado, tão apaixonado)

E sem perceber, minhas mãos foram levadas até minha boca em surpresa e deslumbramento. Eu sorri, eu sorri como nunca tinha sorrido na minha vida.

A minha noiva, a minha futura esposa... A mulher da minha vida é tão linda que me deixa extasiado.

Minha vida estava tomando o rumo que eu sonhava e tudo graças a Ema, a minha salvação. A luz em toda a minha escuridão.

Ema estava caminhando até a mim e eu via toda a minha felicidade se aproximando em forma física e porra, que bela forma física!

Eu chorei. É, eu chorei. E eu podia dizer que era um choro super másculo e viril... mas, me desculpe o machismo e o julgamento, mas eu chorei feio uma mulherzinha.

Ema sorriu abertamente me vendo chorar. Ela riu balangando sua cabeça, como ela sempre agia quando eu fazia algo idiota.

You look so beautiful in this light

Your silhouette over me

The way it brings out the blue in your eyes

Is the Tenerife Sea

( Você está tão bonita nessa luz

Sua silhueta sobre mim

O jeito como isso destaca o azul de seus olhos

É o mar de Tenerife)

E então a caminhada que parecia tão longa terminou. Ela finalmente chegou até a mim.

Seu pai me abraçou e então eu peguei na delicada mão da Ema e a fiz dar uma voltinha, admirando sua beleza enquanto todos riam.

Ela me abraçou forte, porém, não me beijou. Ela dizia que não podia até o tão esperado aceito

Ema não estava de maquiagem, e se estava, era quase imperceptível. Suas belas sardas estavam a mostra, seus lábios em um tom rosa natural e suas bochechas rosadas como elas sempre ficaram. Seus olhos, tão azuis que eu tinha medo de me afogar dentro deles.

-Estamos aqui hoje para celebrar as melhores coisas da vida, a confiança, a esperança, o companheirismo e o amor entre esse casal –o pastor, meu grande amigo Carl Lentz começou a dizer –Estamos aqui hoje para oficializar a união do amor desse belo casal.

Ema olhava atentamente para o Carl e eu a olhava maravilhado e impressionado. Eu ainda não acreditava que estávamos ali nos casando

Ema percebeu que eu a olhava e me olhou de volta sorrindo. Ela levou sua mão até meu rosto e secou minhas lágrimas que, eu não sabia que estavam ali. Eu não sabia que eu ainda estava chorando.

-Eles escolheram um ao outro como sua família, e hoje estão celebrando o amor que já começou e que vai continuar crescendo ao longo dos anos. –Carl dizia –O casamento é a união, é uma caminhada rumo a um futuro, que envolve abrir mão do que somos, separados, em prol de tudo o que podemos vir a ser, juntos.

And all of the voices surrounding us here

They just fade out as you take a breath

Just say the word and I will disappear

Into the wilderness

(E todas as vozes que nos rodeiam aqui

Elas simplesmente somem enquanto você respira

Só diga a palavra e eu desaparecerei

Na imensidão)

-Ema... Justin... Vocês já foram muitas coisas um do outro, desde desconhecidos até noivos, e agora, com os votos que estão prestes a trocar, começaram a passar para a próxima fase. –Carl disse –Com esses votos vocês estarão dizendo “esta é minha esposa” e “este é o meu esposo”

Ele fez uma pausa, então Christian me deu a folha em que eu tinha escrito os meus votos e no mesmo momento o Nolan deu a da Ema para a mesma.

-Justin Drew Bieber... os seus votos:

E então eu comecei

-Me disseram para dizer tudo o que eu amava em você, mas como eu posso listar todas as milhões de coisas que eu amo em você? –perguntei a olhando –Então, eu resolvi listar tudo o que eu odeio em ti –eu disse e todos riram –Para vocês verem que são pouquíssimas coisas –eu terminei de falar olhando para as pessoas que riam –Certamente o que eu mais odeio é o teu chor, sempre que você chora eu quero chorar junto para poder puxar toda a tristeza que você está sentindo naquele momento. Eu também odeio quando você me acorda no meio da madrugada para ir tomar água com você, ou quando você está com medo e não me deixa dormir, ou até quando se joga em cima de mim sem aviso prévio. Eu odeio suas palavras inteligentes e como você consegue ser melhor que eu em tudo o que se propõe a fazer. –eu intercalava o olhar entre ela e a folha –Mas, eu amo quando você chora de felicidade ou quando está vendo algo que considera muito fofo. Amo quando você me acorda no meio da noite dizendo “eu preciso de você” e me faz ir até a cozinha em meio a risadas, amo também quando você está com medo e me faz ficar acordado contigo falando da vida. Amo também quando você simplesmente dorme em cima de mim, pois está com medo de algo ou apenas carente. Eu amo quando você fala algo extremamente inteligente e me ensina o que aquilo significa, ou quando você se sai melhor do que eu e comemora com um sorriso lindo e uma dancinha estranha.

Todos já tinham ficado em silêncio e eu deduzi que todos estavam prestando total atenção em mim, nos noivos. Eu não os olhei, pois eu olhava fixamente para a Ema, que já estava com lágrimas nos olhos e um sorrisinho nascendo em seus lábios, e é claro, para a folha, pois eu não tinha gravado todo o discurso.

-O que eu quero dizer é que eu amo cada detalhe em você –eu disse –Eu amo tudo o que você faz e tudo o que quer fazer. Eu amo até as coisas que eu odeio em você. Eu amo sua inteligência, os seus talentos ocultos: dançar, cantar, desenhar... eu amo a sua ingenuidade, sua bondade, seu carisma, amo sua independência, sua força de vontade, sua animação, sua intelectualidade. Eu amo o que você é. Eu amo cada detalhe seu e eu espero descobrir mais coisas que eu amo, e te amar cada dia mais para o resto de nossas vidas.

-Ema Williams Hale... seus votos –Carl disse segundos depois

Ema secou suas lágrimas e riu, então abriu seu papel e começou

POV EMA HALE

-O meu amor me abraça na hora de dormir e sussurra "bom dia, baby" todos os dias na hora de acordar. Meu amor conhece meu lado teimoso e as vezes faz teimosia apenas para implicar. Meu amor gosta de batucar e sempre faz cara de criança quando peço para ele parar –eu comecei a dizer –Meu amor tem seu cheiro próprio e sempre sai deixando seu rastro por onde passar. Meu amor tem um sorriso que me alucina e me deixa com borboletas no estômago, borboletas na qual já deveria ter saído a tempos, mas que não sai e deixa tudo com ar e sensação de novidade

Justin me olhava atentamente enquanto dava um sorrisinho bobo sem mostrar os dentes e tentava segurar as lagrimas para que elas não saíssem de seus olhos novamente

-E, os dias com o meu amor é assim. Cada dia é uma novidade, uma sensação diferente, um suspiro e um riso espontâneo. Meu amor tenta sempre estar de bom humor, meu amor canta sorrindo toda vez que eu não tenho bom humor. –eu dizia– Meu amor além de tudo é azarado –disse com ar de riso e todos riram– Com tantas vidas e pessoas para esbarrar ele foi esbarrar e entrar logo na minha. Logo eu, que vivia deixando claro que nunca mais me apaixonaria, nunca mais me entregaria, mas, que um mês depois de nos conhecermos já estava pensando no nome do nosso primeiro filho, planejando a viagem de verão e onde iriamos nos casar

Justin riu negando com a cabeça, pois sabia que eu nunca quis me casar, mas eu nunca diria isso na frente de 100 pessoas e câmeras.

Eu não queria me casar, mas eu nunca disse a ele que apesar de não querer, eu pensava nesse momento todas as noite antes de dormir. Pois, eu topava cada medida extrema ou necessária para ficar mais perto dele, e os sonhos que eu tentava esquecer, cada dia aparecia mais em meus pensamentos

-Meu amor ama exageradamente e pede desculpas sem estar errado. Meu amor é assim... do jeitinho dele. –eu disse gesticulando para o olharem –Eu poderia prometer armar-te para o resto da vida. Hoje, eu poderia prometer estar presente na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, mas ao invés disso eu me prometo a ti. Prometo-me com todos os defeitos, surpresas, risadas e incertezas... Porque hoje a nossa vida junta começa. A parti de hoje eu estarei pronta para todas as possibilidades que o nosso casamento pode oferecer. Juntos, não importa o que aconteça eu estarei pronta para qualquer coisa... Para enfrentar a vida, enfrentar o amor, enfrentar os holofotes, enfrentar as possibilidades e responsabilidades. Eu estarei pronta para te amar independente de qualquer coisa. Estarei pronta para te amar sem medo, sem receio, sem equilíbrio. Estarei pronta para te amar do jeito você merece, do meu jeito.

Justin sorriu enxugando as lágrimas e então balançou a sua cabeça negativamente

-Droga, até nos votos ela se saí melhor que eu –ele disse gesticulado para me olharem enquanto eles riam

Eu, em um ato automático gargalhei e fiz a dancinha estranha que eu fazia quando ganhava uma disputa

-É sobre isso que eu falei! –ele disse e todos continuaram rindo

O pessoal riu por alguns segundos e então o Carl voltou para o roteiro da cerimônia

-E então... as alianças –ele disse

O violino soou novamente, só se dessa vez com outra música. Uma musica que não era a marcha nupcial.

Bernardo com um ano e meio, vestido com uma bermuda nude, suspensório e gravata borboleta da mesma cor entrou de mãos dadas com Callie, um pouquinho mais nova que ele e usando um vestido rodado e com renda.

Cada um segurava uma almofadinha com as alianças.

Todos –inclusive eu– morreram de amores por aquelas duas figuras andando pelo enorme tapete branco com pétalas rosas.

Assim que eles chegaram em nossa frente, demos as duas almofadas para o pastor –Carl– e então agarramos as duas pequena fofuras, um de cada vez. Eles gargalharam alto, preenchendo o ambiente com duas risadas diferentes de bebês, e então foram se sentar com os avós, na primeira fileira.

-As alianças são símbolos físicos do compromisso de um casal e de sua ligação espiritual e emocional –Carl disse –Elas são consideradas um círculo perfeito, sem começo nem fim.

Eu e Justin sabíamos o tínhamos que fazer, então viramos um para o outro e seguramos a mão um do outro enquanto nos olhávamos fixamente.

-Justin Drew Bieber, você aceita Ema Williams Hale como sua legítima esposa, prometendo ser fiel, amá-la e respeitá-la, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, por todos os dias das suas vidas até que a morte os separe?

Justin sorriu abertamente e sem hesitar em nenhum momento disse a tão preciosa e apavorante palavra:

-Aceito

-Ema Williams Hale, você aceita Justin Drew Bieber como seu legítimo esposo, prometendo ser fiel, amá-lo e respeitá-lo, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, por todos os dias das suas vidas até que a morte os separe?

Eu jurava poder ouvir o coração do justin palpitar mais rápido e forte conforme as palavras do Carl soavam pelo ambiente. Seus olhos suplicavam para que eu dissesse sim, ou claro, ou aceito, ou qualquer coisa que fosse concordar com a longa pergunta.

Carl terminou a pergunta e em um milésimo de segundos eu imaginei toda o meu futuro e revi todo o meu passado e sem nem se quer pensar e raciocinar eu respondia aquela pergunta de um jeito que nunca tinha imaginado responder tão rapidamente

-Sim, aceito! –eu disse rápido

Justin riu abertamente de um jeito lindo e então disse:

-Em inglês –ele disse e eu gargalhei junto com os convidados 

-Sim, eu aceito –disse novamente em inglês

-Agora as alianças –Carl fez sinal

Justin pegou a minha aliança e foi colocando-a em meu dedo enquanto dizia:

-Eu, Justin Drew Hale-Bieber te dou esta aliança como sinal de que eu escolhi você para ser minha esposa e minha melhor amiga –ele terminou de colocar a aliança –Receba-a e saiba que eu te amo.

Ele deu um beijo em minha mão e então eu peguei sua aliança e comecei a colocá-la lentamente enquanto dizia:

-Eu, Ema Williams Hale-Bieber te dou esta aliança como sinal de que eu escolhi você para ser meu esposo e meu melhor amigo. Receba-a e saiba que eu te amo.

-Para finalizar... –Carl disse – “O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” (1 Coríntios 13:4-7). Com isso, e com a permissão de Deus, eu vos declaro marido e mulher –ele gesticulou –Pode beijar a noiva

Nós dois sorrimos e então Justin me puxou para um beijo. Eu achei que seria um selinho, porém, fui surpreendida com um beijo de verdade, beijo do qual eu retribui na mesma intensidade.

Todos gritaram e aplaudiram.

Estamos ali naquele momento terminando mais um capítulo de nossas vidas e começando uma vida interna juntos.

 Éramos oficialmente um só


Notas Finais


VOTOS DE CASAMENTO: foi inspirados em casamentos de Greys Anatomy

COISAS DO CASAMENTO: https://photos.google.com/share/AF1QipM89UuLUInLUmXdMMuq2aWdPvDd1bTOjbAAy2TBlJeOxGvAqqr0fSpe8APz62UMIQ?key=WTVWZ0ZZZklyT3pQdU02TjlOVGdDWjMzVkpHM3JR


DESCULPEM PELOS ERROS
PENÚLTIMO CAPÍTULO!!!!!!


COMENTEM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...