História My psychopath (jikook) - Capítulo 8


Escrita por: e Bella_Army12

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook
Visualizações 398
Palavras 1.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Sem criatividade pro título


P.v.o jimin

 Acordo sentindo peso contra a minha cintura abro os olhos e vejo dois braços me abraçando levanto minha cabeça e vejo um coelho ou jungkook eu ainda não sei diferencia 

- kookie, kookie 

- hun? A bom dia mor 

Chocadissimo pera ele me chamou de "mor"? O crush tá me chamando de mor? Chupa mundo o crush me noto o crush me noto 

Não falo nada apenas continuo com a minha cara plena pra que ele não desconfiace 

- bem são 6:30 da manhã e eu tenho que me arrumar pra escola

- not today mocinho você não sai dessa casa 

- quem vai me empedir ?

- eu 

- então vamos ver 

 Eu me levanto e saio correndo pela casa e me escondo dentro de um armário fico ali com a mão na boca para que ele não pudesse ouvir meu riso até que ousso a porta da cozinha abrindo e os passos vindo em minha direção de repente

- te achei 

Eu dou um gritinho de susto e ele me pega no colo

- você não me escapa jimin 

 Ele beija a ponta do meu nariz e eu coro na hora então ele me leva até meu quarto e me deixa na cama 

- eu vou fazer o café e tu não ouse sair dessa cama

- nem pra tomar um banho?

- não 

 Ele sai do quarto então eu pego meu celular e começo a mecher fico conversando com meu namorado até que vejo jungkook entrando no quarto com uma bandeja

- aqui jimin pode comer

- pera aí eu só vou mandar uma mensagem

Ele deixa a bandeija no criado mudo e se senta ao meu lado 

- com quem tá conversando?

- com meu namorado

Olho pra cara dele que não estava uma das melhores então em um ato rápido ele tira meu celular e começa a olhar 

- oque tá fazendo

- jimin me promete uma coisa?

Ele fala meio "preocupado"

- fala

- não fale mais com Baekhyun

- porque não ?

- porque você vai sofrer nas mãos dele agora come eu já estou indo aqui seu celular

Ele me entrega o celular 

- tchau coma tudo ok? De tarde eu passo aqui e faço seu almoço 

- tchau jungkook

 Ele sai depois de 1 minuto vou até a janela e vejo seu carro saindo de minha casa então volto minha visão a bandeija que ele tinha me deixado lá tinha uma panqueca escrita " love" e um copo de suco de maracujá.

- que fofo

Começo a comer jungkook cozinha vem já eu ? Queimo o miojo

Começo a comer quando acabo fico pensando no que kookie tinha me falado e vou terminar com baek acho que achei alguém que eu amo mais 

De tarde a campainha toca e vou atender correndo, abro a porta e vejo kookie ele entra dentro de casa e eu fecho a porta 

- boa tarde (ele fala dando um beijo na ponta do meu nariz)

- boa tarde 

- comeu tudo mochi?

- sim

- bom menino eu vou fazer seu almoço

- ok

 Ele vai pra cozinha e começo a pensar em coisas aleatórias até que ele me chama eu vou até lá e vejo um kimchi e um bibimbap preparo meu prato e ele o dele nos sentamos um do lado do outro comemos em silêncio me levanto e vou lavar a louça de repente sinto dois braços rodeando minha cintura

- oque tá fazendo

- eu só tô abraçando o meu anjo

- seu? 

- meu só meu e eu não divido com ninguém (ele fala mordendo de leve meu pescoço)

- jungkook para

 Eu me viro pra ele mais ele continua me abraçando

- oque foi?

- eu não sei eu ainda namoro Baekhyun

- ainda 

- mais jungkook 

- ok jimin eu não vou te obrigar a nada 

- mais 

- oque foi ?

Ele ainda me abraçava então passo meus braços em seu pescoço

- não é como se eu não gostasse de você é que

- jimin me desculpa

- como?

 Mal acabo de falar e ele sela nossos lábios ele pede passagem com a língua e eu sedo na hora ele explora cada canto da minha boca como se fosse algo muito curioso a falta de ar chega e nos separamos ele dá um selinho rápido em mim aí nos encaramos

- eu achei que seu beijo fosse bom

 Ele tá falando que eu beijo mal? Pera eu vou chora

- mais ele é maravilhoso

Olho pra ele e dou um sorriso ele dá um selinho e fala

- mochi agora eu tenho que ir marquei de ir com yoongi em um lugar 

- affffs eu queria que você ficasse

- mais eu não posso amor eu vou deixar dinheiro aqui você pode pedir para trazerem alguma coisa aqui pra você 

- tá bom mais você não volta a noite?

- não 

- arrrg oque vocês vão fazer?

- um dia eu te explico agora eu tenho que ir 

- ok eu tenho outra opção?

- não 

- então tá 

 Eu faço uma cara feia e ele me dá um beijinho

- tchau 

- tchau 

Ele sai e eu caio no sofá frustado

P.v.o jungkook

 Depois daquela "batalha" eu saio da casa do meu mochi e vou até um beco

- oi yoongi oi Yumi 

- fala jungkook(yoongi)

- eae jungkook(Yumi)

Vou até o carro

- nossa em (falo com o porta mala aberto) Ak 47, pistola, fuzil, metralhadora,boa yoongi

- obrigado obrigado 

- agora vamos eu quero ver o sangue do filho do presidente escorrendo

 Entramos no carro e fomos até uma boate chegamos lá os seguranças quiseram nos barrar mais yoongi os matou com uma faca, entramos na boate e chegou uma puta em mim

- oi daddy

- sai daqui cobra 

Ela sai dali e vemos o filho do presidente gemendo dentro de uma piscina uma pulta -sem roupa- que não faço bem questão de olhar provavelmente deve estar batendo uma pra ele Yumi vai para o lado esquerdo eu paro o direito e yoongi fica encarrega de anunciar nossa chegada 

- TODO MUNDO PRO CHÃO AGORA, NÃO ME OUVIRAM? TODOS PRO CHÃO

Começaram a gritar

- CALEM A BOCA PORRA 

Yumi chega e encosta a pistola na cabeça do filho do presidente e eu mato as pultas que estavam na piscina dele

- boa noite princeso

- não porfavor 

Ela dá um tiro e só vejo o sangue escorrer

- HORA DO SHOW 

Começamos a matar as pessoas lá de dentro até que começamos uma guerra nois três contra uns 20 políciais

- VAMO EMBORA

 Saímos correndo e fomos até a casa de Yumi que é afastada da cidade

- uhuuu hoje foi um máximo

- né você viu aquela mulher emplorando por vida haha hilário

- sim 

- gente eu tenho que ir

- porque?

- são três da manhã e eu tenho que tá disposto amanhã

- ok vai lá senhor disposto

- vai se fuder vai yoongi, tchau Yumi

- tchau 

 Saio dali e vou até minha casa tomo um banho e durmo


P.v.o jimin










Continuo?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...