História My, psychopaths, friends - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Satsuriku No Tenshi (Angels Of Death)
Personagens Personagens Originais, Rachel, Zack
Tags Catherine Ward, Cathy, Danny, Eddie, Edward Madson, Heller, Heller Gardner, Isaac Foster, Rachel Gardner, Ray, Zack
Visualizações 17
Palavras 543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - My best friend and My worst enemy


Fanfic / Fanfiction My, psychopaths, friends - Capítulo 2 - My best friend and My worst enemy

Heller P. O. V. On


Eu acordei, pronta para o inferno, logo fui até o quarto de Ray. Quando entrei no cômodo ela ainda estava dormindo, peguei meu celular e coloquei uma rock bem alto, ela acordou no susto.


Hora de ir pro inferno Ray. - Eu disse indo até ela.


Verdade… tava com saudade do Zack… tipo, passamos as férias de julho sem nos vermos. - Disse Ray, enquanto corava minimamente.


Vou fazer café. - Eu disse indo até a cozinha.


Após, tomarmos café, banho e nos arrumarmos. Começamos a caminhada até a escola. Logo vimos, Cathy, Zack, Eddie e Danny. Ray logo saiu correndo para abraçar Zack.


Zack! Tava com saudade! - Disse ela.


Eu também Loli. - Disse ele fazendo carinho nos cabelos loiros dela.


Depois falam que eu estou errada de shippar… - Eu reclamei.


Ray, seus olhos parecem ter perdido um pouco do brilho, quer ir depois da aula na clínica do meu pai? - Perguntou Danny.


Posso ir também? Minha vó disse que tenho que ir conferir o grau do óculos. - Perguntei.


Claro! Vai ser ótimo ver seus olhos vermelhos melhorando! - Disse Danny.


Será que é só isso mesmo Danny? - Perguntou Cathy o encarando com um sorriso malicioso.


É-É SIM! - Disse ele.


Putz… eu queria levar a Heller e a Ray pro jardim que eu tô fazendo… é uma homenagem pra vocês. - Disse Eddie.


Depois da clínica pode ser Eddie? - Perguntou Ray.


Pode! Vai ser legal! - Disse ele.


Ficamos conversando por uns minutos, logo o sinal bateu. Todos fomos para nossas salas. Eu, Ray e Danny éramos do 8°-1 os outros eram do 8°-2.


Olha só! A cadelinha voltou pra casa. - Disse uma garota que fazia bullying comigo, chamada Alícia.


Eu não sabia que merda como você falava. - Eu disse a encarando.


Fica bem na sua 1,60 ou esqueceu que tens que olhar pra cima, para me ver? - Disse ela.


Pelo menos não tenho que reclamar de tudo. - Eu disse com meus olhos praticamente, brilhando em sangue.


Logo ela pegou meus óculos e saiu correndo, minha visão ficou bem embasada. Ray viu que eu estava sem meus óculos, e pegou a reserva que ela tinha em sua bolsa.


Arigato, irmã… - Eu disse ajeitando os óculos.


De nada. Da próxima me chame, você sabe que sou líder da turma. - Disse ela indo até seu lugar.


As aulas passaram lentamente, logo o recreio chegou. Fui até Ray e nossos amigos porém, tropecei no pé daquela desgraça.


Olha por onde anda, baixinha. - Disse ela indo embora.


Eu me recuperei e fui até a mesa e sentei perto da parede. Comi meus pães-de-mel e depois, apoiei minha cabeça na mesa.


Heller… você está bem? - Perguntou Cathy.


Tô… - Eu disse depressivamente.


TÁ BEM SÓ SE FOR NO MEU CU! FALA QUEM TE MACHUCOU! - Disse Zack.


Só aquela desgraça da Alícia de novo… nada de mais… - Eu disse.


NÃO VOU DEIXAR MINHA FUTURA CUNHADA SER MACHUCADA! - Disse ele.


Pera que? Cunhada? - Perguntei.


Quando a Ray tiver idade quero pedir a mão dela. - Disse Zack.


Awww, já tem a minha bênção! - Eu disse abraçando Ray, que estava do meu lado.


Calma Heller-senpai. Vou te proteger da Alícia. - Disse Danny vindo me dar um abraço.


Obrigada Danny… - Eu disse corando levemente.


7w7 hmmmm…. - Todos os outros resmungaram enquanto, nos olhavam com aquela carinha.


PERVERTIDOS! - Eu disse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...