1. Spirit Fanfics >
  2. My blood your blood >
  3. There is no more stars to find

História My blood your blood - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


E aí
Este capítulo é composto por memórias
Inspirei-me na canção 6.18.18
Enjoy 😉

Capítulo 5 - There is no more stars to find


05.07.17

O meu olhar direcionava-se para o rapaz de cabelos bicolor que encarava o céu citadino com escassas estrelas visto do jardim de minha casa.   

— Vais ficar a olhar para ele a noite toda ou vais fazer alguma coisa? — sussurrou Gustav ao meu ouvido fazendo-me engasgar com o meu refrigerante.

— Tudo bem, Bill? — perguntou Jahseh desviando o olhar do céu noturno para mim. 

— Deve ser o ritmo terrível das músicas do Bieber a pulsar dentro dela. — encarei Gus com um olhar mortal e dei-lhe um tapa na cabeça. — Ui, menina agressiva.

— Pessoal, parem com isso. — ele voltou a olhar para as estrelas com um olhar um tanto nostálgico — Que tal nomearmos estrelas?

— Este pirou de vez. Qual o sentido disso? — questionou o mais velho preparando-se para zombar como sempre.

— Vamos nomear estrelas para...Podermos acompanharmo-nos uns aos outros por mais longe que estejamos. 

— Andas a ver muitos romances clichês, Jah. — respondi dando mais um gole na bebida.

— Bom não tem muito sentido, mas, sei lá, acho bonito. Como se estivéssemos sempre juntos numa constelação. Para sempre marcados no céu como se nunca pudéssemos deixar ninguém sozinho.

— Perseguidor, hmm, gostei. Vou perseguir aquela vizinha irritante e fofoqueira com uma estrela. Aquela estrela brilhante sou eu. — Gus decidiu deixando nascer aquele sorriso brincalhão.

— Qual? — olhei para o céu vendo as pouquíssimas estrelas que lá residiam todas igualmente brilhantes.

— Bill, tem apenas três estrelas no céu e tu nem encontras a que estou a falar. A mais brilhante, ali. — o rapaz de cabelo rosa apontou para uma bem próxima de outras duas.

— Eu sou a segunda mais brilhante, então. 

— Vocês são uns idiotas. Eu sou a que resta, entre as vossas estrelas. — Jah inspirou o ar do verão californiano e levantou-se — Eu vou lá dentro buscar mais comida, já que vocês devoraram tudo quem nem duas sanguessugas.

— Então parece que estaremos sempre juntos graças a bolas de gás no meio do espaço?  Como vai o teu EP, espero que não esteja cheio de músicas lamechas sobre o teu amor não correspondido. 

— És um idiota, Gus. Vou lançá-lo no próximo mês, no máximo, e não vou dizer nada acerca das músicas, vais ter de esperar para ver.

— Que chunga Bill, partiste-me o coração. — ele encenou fazendo uma cara triste e colocando as mãos no peito.

— Não se pode partir o que já está partido. — o rapaz fechou a cara e tomou uma expressão pensativa.

— O teu também está partido?

— Suponho que sim. O Jah tem namorada e eu só estou a enganar-me a mim mesma dizendo que talvez tenha chance, para a dor não ser tão grande, como um analgésico. A dor ainda está lá porém não a sinto com tanta intensidade. — eu amava-o mas não o queria amar dessa maneira.

— Eu acredito mesmo que tenhas chance. És uma idiota incrível. 

— Vou encarar isso como um elogio. ”

***

15.11.17

— Não pode ser verdade, Jahseh, por favor diz-me que não é verdade. — implorei, encostando a minha cabeça a seu peito, molhando a sua camisola com as minhas lágrimas.

— Bill, eu queria tanto que fosse uma mentira. O Gus deve estar num lugar melhor agora. — o rapaz afagava os meus cabelos acizentados tentando em vão fazer-me sentir melhor. Ele ele estava a segurar-me impedindo-me de cair apesar de ele também estar a desmoronar por dentro. 

Ainda não conseguia acreditar que um dos meus melhores amigos havia falecido. Sempre adverti Gustav sobre os perigos das drogas no entanto ele nunca ligava. Eu já não teria a sua companhia divertida nem veria as suas palhaçadas. Eu já não teria os seus sorrisos que me davam confiança quando mais me sentia mais insegura. Eu acabara de perder uma das pessoas que me faziam sentir bem quando tudo estava mal. 

— Billie, quando te sentires sozinha pensa que ele voltou para as estrelas, nós somos todos poeira estelar que formou bilhões de organismos. Ele voltou para o espaço, para as estrelas, para casa. — o meu olhar dirigiu-se para as estrelas como se elas me fossem dar algum sinal — Ele agora está bem, mas não vai ficar se continuares assim. Ele não quereria ver toda a gente triste e de luto assim que ele partisse. 

Ele limpou as minhas lágrimas com o polegar e levantou o meu queixo forçando-me a encontrar os seus olhos castanhos também marejados.

— Eu estarei sempre aqui para ti, aconteça o que acontecer. Sempre que precisares de mim. Estaremos juntos, ok. Para sempre.

— Prometes?

— Prometo. ”

***

18.6.18

— Não, não, de novo não. Porquê ele? Por quê?

— Billie, eu lamento imenso. — o meu irmão abraçava-me e também se encontrava tão choroso como eu. Apesar de nunca ter gostado muito de Jahseh, Finneas era sensível, e algo que me magoava alterava-o a ele da mesma forma.

Jahseh não merecia ser assassinado.

Porém a morte não escolhe as pessoas pelo que merecem.

Ele era tão jovem.

Para viver e morrer dessa maneira.

Porém morte não escolhe as pessoas por idade.

Por quê ele?

Quando há bilhões e bilhões de pessoas neste maldito e injusto planeta.

Ele havia prometido que estaria aqui para mim.

Mas promessas nem sempre são cumpridas.

Para sempre, não dura para sempre.

Agora ele não está cá para me segurar como sempre fez quando eu não o conseguia fazer por mim mesma.

O meu coração havia partido, novamente.

Achei que havia superado a morte de Gustav mas agora sem Jahseh aqui pude ver nunca superei.

E talvez nunca superasse.

A dor só desapareceria quando deixasse Jahseh ir.

Eu só queria conseguir deixá-lo ir

Eu adoraria deixá-lo ir.

Eu tinha que deixá-lo ir.

Mas não conseguia.

E talvez nunca conseguisse.

Ele estava em todo o lado dentro da minha mente.

Agora eu só o amo mais.

Mais do que ele poderia saber.

Mais do que ele jamais saberá.

Ele nunca iria saber o quanto eu o amo.

O meu olhar subiu para o céu negro e não consegui ver uma única estrela.

— Não há mais estrelas para encontrar.”


Notas Finais


Se gostarem comentem e deixem o vosso favorito 😁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...