História My revange - irmãs Jackson - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias The Originals
Personagens Klaus Mikaelson, Personagens Originais
Tags Klaus Mikaelson
Visualizações 5
Palavras 1.503
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - 2


Fanfic / Fanfiction My revange - irmãs Jackson - Capítulo 3 - 2

Alugamos um apartamento para nós quatro ficarmos , decidimos que iríamos nos apresentar como irmãs mesmo . Após nos acomodarmos na casa que graças a Verona era enorme e perto da casa dos originais , dando uma janela com uma vista para a cidade , chegando a mostrar o rio que cortava a cidade .

Me preocupava se o híbrido se lembrava de mim , pois não seria nada bom ele me reconhecer e abrir a boca na frente de minhas irmãs , tinha que dar um jeito de fazê-lo se calar. Sabíamos que a situação que o quartel se encontrava havia mudado dês de , havia um novo rei em New Orleans e pelo o que Anelise andou investigando é Marcel o vampiro que vimos ser criado por Niklaus , digamos que aprendeu certinho e pelo o que acompanhei o híbrido ele não iria se contentar em apenas viver na cidade então a primeira coisa que iríamos fazer seria nos juntar ao quartel , assim quando Klaus começasse a conspirar contra Marcel eu iria ajudar e minhas irmãs também assim ganhando sua confiança ou pelo menos sermos vistas como aliadas .

- Todas sabem do plano ? - Anelise perguntou se sentando na poltrona beje da sala enquanto Verona e Arya se jogavam no sofá ao lado .

- O revisamos no caminho todo para cá , dá um tempo Liss - falou Arya revirando os olhos e procurando o controle da televisão .

- E vamos revisar de novo porque se uma falhar todas falhamos - falei tirando o controle de sua mão e me sentando na mesa do centro .

- Vamos começar então , Celine vá para o bar - olhou em seu relógio de pulso e continuou - A essa hora Marcel está no bar como sempre , provavelmente dando em cima da garçonete .- revirou os olhos e se levantou saindo da sala dando para ouvir apenas o barulho do salto e o farfalhar de seu vestido que ia até o pé . Dentre nós quatro Anelise sempre teve uma paciência e um dom para planejar as coisas inacreditável , estar na sua presença já intimida você , ela é como se fosse a nossa mãe é uma pessoa que você sempre vai confiar .

- Não a irritem - falei olhando para as duas e terminando na Arya que era uma dessas típicas adolescentes tirando sua idade é claro , ela podia ser insuportável quando queria mas quando você precisa ela sempre estaria lá enchugando suas lágrimas ou se precisasse de roupas novas .

- Devolve o controle e vai antes que ele termine de dar em cima da garçonete - zombou e eu joguei o controle em cima delas e saí de lá em velocidade de vampiro até a garagem , por sorte o bar não era tão longe de casa então cheguei rápido .

Olhei para a placa que tinha o nome Rousseau, não era como os do Texas mas concerteza dava para encher a cara ali sem problemas . Apertei minha jaqueta em volta do corpo e falei para mim mesma " lá vamos nós " ao adentrar o recinto avisto Marcel sentado na bancada conversando com uma garçonete que presumo ser a que ele supostamente gosta . Avaliei a situação e decidi me sentar um banco longe dele não tinha muita distância e nem era tão perto .

Acenei para a garçonete que veio até mim com um sorriso no rosto .

- o que vai querer ? - perguntou pegando um pano de prato e secando alguns copos .

- uma dose de Bourbon por favor - falei devolvendo seu sorriso , percebendo que o olhar de Marcel se encontrava em mim agora ,não demorou muito e ele quebrou o espaço e se sentou ao meu lado .- obrigada - agradeçi quando ela entregou a bebida e lançou um olhar reprendedor para Marcel .

- Não fassa ela sair daqui querendo processar você - falou a garçonete indo atender outro homem que havia chegado no local.

- Não se preocupe ,Camille exagera as vezes - falou sorrindo - mas a pergunta é porque nunca a te vi aqui antes ?- perguntou bebendo um pouco de sua bebida .

- Eu e minhas irmãs procuramos um lugar para ficar , fomos transformadas a pouco mais de um século e estamos perdidas - falei soltando um suspiro , menti sobre absolutamente tudo mas ele pareceu acreditar pelo seu olhar surpreso e a risada anasalada que soltou logo em seguida .

- Presumo que nosso encontro não foi coincidência então senhorita - ironizou se levantando do banco e deixando uma nota de cinquenta na mesa - vamos já paguei o seu .

Ele me puxou para um beco e ao chegar lá me prensou contra a parede apertando meu pescoço .
- Acha que somos orfanato para vampiros ? - perguntou aproximando seu rosto querendo me ameaçar .

- Ouvi falar que você é um Rei para os vampiros desta cidade , tudo o que eu peço é para ser uma sudita , podemos ajudar vocês - falei disfarçando o fato de estar irritada por ele ter a aldacia de tentar me enforcar . - nos de uma chance por favor.

Ele pareceu pensar no assunto e tirou as mãos de meu pescoço mas não tirava os olhos de mim .

- vou te dar um trabalho para você e suas irmãs, se completarem estão dentro - falou se afastando de mim , que ainda estava colada a parede - vá ao quartel quando estiver decidida do que quer , lá você irá receber o trabalho .- falou , ele parecia adorar comandar essa cidade e ser considerado o superior daqui .

- Celine - falei fazendo ele se virar quando ia sair do beco .- Meu nome é Celine Katherine Jackson .- então saiu sem dizer mais nenhuma palavra , começei a segui-lo discretamente pelas ruas , até seu telefone tocar e prestei atenção na conversa .

- Temos notícias não sei se boa ou ruim
- Estou ouvindo
- Ouvimos que Klaus Mikaelson está na cidade procurando uma bruxa .
-Que bruxa ?
- Não sabemos ainda .
- Procure quem é essa bruxa e depois me avise , não fassa nada sem eu saber.
- pode deixar .

Sorri comigo mesma , estava tudo indo perfeitamente bem , sai dali indo em direção ao bar novamente buscar meu carro . Ao chegar em casa vi Arya e Verona dormindo no sofá , desliguei a tv que estava ligada ainda e me encaminhei até o quarto de Anelise .

- E então como foi ? - perguntou , ela estava sentada na cama enorme com o Notebook em seu colo parecendo entretida com o que quer que estava fazendo .

- Ele concordou em nos dar uma chance porém teremos que fazer um trabalho para ele e só aí seremos parte do quartel.- falei revirando os olhos e me sentando ao seu lado na cama , olhei para o que ela fazia e parecia ser um jogo de montar bolos - você bem que podia fazer um bolo de verdade né - comentei rindo de seu empenho em cumprir o tempo do cronômetro .

- Qualquer hora eu faço - falou rindo também - mas que trabalho será esse ?- perguntou duvidosa .

- Eu não sei , mas quando eu segui ele vi que já o avisaram do Klaus na cidade .- falei me levantando da cama - isso foi mais rápido do que esperava , parece que o Híbrido está procurando uma bruxa .

- As bruxas da cidade são vigiadas por Marcel .- falou levantando o olhar para mim - Se Klaus procura alguma delas para fazer uma magia vai ficar desapontado quando descobrir que seu pequeno pupilo proibiu.

- E não podemos ir , Marcel mandou seus vampiros descobrir quem é a bruxa se algum deles vissem a gente , não seria nada bom- falei me levantando da cama

- Vou pegar uma bolsa de sangue , quer ? - perguntei e ela negou com a cabeça voltando a se concentrar no jogo - ham.. às cinco horas nós vamos até o quartel , vamos dar esse tempo para ele pensar que estamos analisando sua proposta.

- okay - falou mas quando já estava no corredor me chamou outra vez - já estava quase esqueçendo de contar , mas eu descobri que Elijah está na cidade também , parece que veio atrás de Klaus .- comentou e pensei se isso mudaria as coisas .

- Elijah não é problema por agora deve ter vindo tentar evitar que o irmão mate metade dos turistas da cidade .- falei dando de ombros .

- Já esperávamos que a família pudesse se reunir , mas mesmo assim temos que ter mais cuidado perto de Elijah ele não é fácil de se enganar .- falou , e agora finalmente caminhei até a cozinha abrindo o refrigerador pegando um saco de sangue e indo me sentar na em um puf perto da janela .
Sentia que era só o começo de uma tempestade.


Notas Finais


Espero que tenham gostado !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...