História My Salvation. (VKook) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 255
Palavras 453
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 22 - Eu não aguento mais.


Fanfic / Fanfiction My Salvation. (VKook) - Capítulo 22 - Eu não aguento mais.

Taehyung on

Olho para ele surpreso Kookie queria um filho comigo! Isso é a melhor coisa que eu já ouvi.

- você tá falando sério?

- sim

- é tudo que eu mais quero

Ele sorri me fazendo sorrir também.

- amanhã mesmo nós vamos em um orfanato

- obrigado Kookie

- não tem por que agradecer.

Ele segura em minha mãe e sorri logo ele pede a conta e voltamos para casa colocamos uma roupa confortável e deitamos conversamos até dormir.

No outro dia acordamos e tomamos um café,um banho e ficamos assistindo até a hora do almoço, então vamos almoçar em um restaurante aqui perto mais logo voltamos pra casa.

- ei o que acha de irmos agora?

- aonde? - pergunto sem entender

- ao orfanato,nem que seja apenas para vermos as crianças e quem sabe já até entrar na fila da adoção.

Ele é concordo sorrindo,nós nos arrumamos e vamos em direção ao orfanato mais próximo era 1:30 de lá de casa até lá. Vamos ouvindo música e cantando,paro por um tempo e escuto JungKook cantar o que me deixa encantado com sua afirmação perfeita e sua voz maravilhosa... ouvi-lo cantar me transmite uma paz que só eu sei como é bom,fico encarando o mesmo concentrado na rua e logo o mesmo me olha rápido e sorri voltando sua atenção para a rua.

Logo chegamos e vamos conversar com a mulher que cuidava de lá.

- sentem - ela diz e nos sentamos.

- aqui temos crianças de todas as idades,a mulher de vocês já vão chegar?

- ah não, não a gente é um casal - digo

- ah então desculpe mais não posso atendê-los.

- e por que não, só por que somos gays? - Kookie diz

- não por que eu acho que uma criança viver com pessoas assim causa uma má influência.

- pois eu vou provar que a gente consegue e vou voltar aqui mais só vai ser pra buscar um filho - Kookie diz já bravo e sai

- ei Kookie - vou atrás dele é o mesmo para em frente ao carro e encosta sua cabeça no carro.

- ei amor - digo o virando pra mim e vendo lágrimas escorrerem pelo seu rosto.

- eu não aguento mais essa merda,por que eles acham que pessoas como a gente são aberrações,por que tanto preconceito eu só quero ter uma família completa. - ele chora ainda mais.

- calma Kookie isso vai passar,eu prometo vai dar tudo certo. A gente vai conseguir. - ele me abraça ainda mais forte.

Eu nunca vi ele assim,era a primeira vez ele sempre parecia forte mais eu sei que tudo isso não atinge só a mim mais a ele também, principalmente ele pois eu passo por isso faz mais tempo tive que aprender a viver com o preconceito das pessoas.


Notas Finais


Desculpem os erros e a demora
Obrigada por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...