História My Savior - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Drama, Lemon, Romance, Smut, Taekook, Vkook
Visualizações 179
Palavras 1.445
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AH QUE SAUDADE
Gente eu sei que nao ando a postar nada mas eu ando bastante ocupada. Espero que entendam e nao me matem hahaha
Vou tentar escrever mais prometooooo

Capítulo 22 - Tease me with a kiss


Fanfic / Fanfiction My Savior - Capítulo 22 - Tease me with a kiss

Jungkook estava nervoso.

Será que a garota ia aceitar as suas desculpas?

Taehyung o olhava serio, então Jungkook sorriu e beijou a ponta do nariz do namorado, o fazendo sorrir de leve.

-Não te preocupes amor, eu vou tratar do assunto com a Sojin.- ele falou mexendo nos cabelos macios de Taehyung.

-Espero que sim… Ela está na sala de química agora. Vai falar com ela antes que a garota saia da sala.

Jungkook suspirou e concordou, beijando os lábios de Taehyung uma ultima vez antes de se apressar ate a sala.

Ele tinha noção da merda que tinha feito no passado, e estava fazendo isto não para agradar a Taehyung, mas sim para talvez amenizar a culpa que sentia sempre que se lembrava.

Quando cruzou o corredor, finalmente chegou na porta da sala.

Vários alunos saíam, o cumprimentando quando o notavam. Jungkook apenas dava sorrisos amigáveis, e quando finalmente passou pela porta, encontrou a garota que estava procurando, sentada na cadeira e guardando os cadernos.

O Jeon suspirou e se foi aproximando lentamente. A garota estava tão distraída que aind não o tinha notado. Ele se sentou na cadeira ao seu lado, e só aí é que Sojin olhou para ele, uma mistura de surpresa e raiva a percorrerem o seu corpo na mesma hora.

-O que estás fazendo aqui Jeon?- ela perguntou fria, tentando arrumar tudo o mais depressa possível.

-Eu queria falar com voce…- ele disse baixo. Não queria chamar a atenção dos poucos alunos que ainda estavam na sala.

-Isto tem haver com o facto de que contei ao seu novo namorado o que voce me fez? Ele pediu e eu contei.- ela disse olhando para a mesa.

Jungkook se aproximou mais, tentando soar serio.

-Sojin, eu não vim aqui para te pedir explicações. Eu vim aqui porque quero pedir desculpa pelo que fiz com voce no ano passado.

A garota imediatamente olhou nos olhos de Jungkook, surpreendida com as suas palavras.

-Eu não quero ouvir nada do que voce tenha para me dizer Jeon. O mal está feito, e não achas que já é um pouco tarde?

Ele mordeu o lábio em nervosismo. Estava mais nervoso que antes.

-Voce está puta comigo. Entendi. Mas por favor me deixa explicar.- a garota de cabelos curtos apenas olhou em volta, constatando que não estava ninguém na sala, e lhe deu sinal para continuar- Eu me arrependo muito por aquele dia Sojin. Eu me arrependo da pessoa que era.

-Era? Não é mais?- ela perguntou sarcástica.

-Não! Eu não sou mais assim! Eu sempre que me lembro do que fiz com voce, só quero morrer de vergonha. Eu era estupido e sem noção, e hoje eu consigo perceber que o que eu fiz com voce foi errado de muitas formas. Eu mudei! Eu juro. Nada justifica o que eu fiz com voce. Eu brinquei com os teus sentimentos e nunca cheguei a reparar os meus erros, mas agora estou tentando, e mais vale tarde que nunca, não é verdade?- Jungkook olhou esperançoso para ela.

-Porque só agora? Isto tem haver com o Taehyung?

Jungkook suspirou e sorriu de leve, pensando no seu garoto.

-O Taehyung mudou muita coisa em mim. Eu sinto que desde que o conheci, e conheci a sua realidade, eu me sinto outra pessoa. Eu só o quero ajudar em tudo e estar perto dele a todo o momento. Ele disse para eu vir pedir desculpa pelo que fiz, mas eu sempre quis vir, só não tinha a coragem. Me desculpa. Por tudo.- Jungkook olhou para os próprios dedos.

O silencio se instalou na sala por uns segundos. Segundos tortuosos para o Jeon.

-Consigo perceber que estás apaixonado pelo Taehyung.- ela falou e Jungkook imediatamente olhou para ela- E também consigo perceber que voce esta arrependido. Mas eu não sei se estou pronta para perdoar voce Jungkook.

Ambos se olharam, e Jungkook percebeu que a garota estava falando serio.

-Tudo bem. Não precisa de me perdoar agora. Apenas saiba que sinto muito e que nunca mais vou machucar alguém da maneira que machuquei voce.

Sojin sorriu de leve, e hesitantemente levou a mao para a mão de Jungkook, a acariciando de leve com os dedos.

-Ainda bem que o Taehyung te mudou. Ele parece ser um bom garoto. Faça como me esta dizendo e nunca o machuque.

Jungkook concordou sorrindo, e finalmente Sojin se levantou e saiu pela porta.

Jungkook ficou no mesmo sitio por mais uns minutos, pensando em tudo o que estava acontecendo. O Taehyung era tudo para ele neste momento, e estava se apercebendo que não era apenas ele que tinha salvado Taehyung. Taehyung também tinha salvo ele.

-Coelhinho?- Jungkook se virou ouvindo a voz que tanto amava vinda da porta- Como foi a conversa?

Jungkook se levantou e andou calmamente ate Taehyung, o puxando para dentro da sala e fechando a porta.

-Eu acho que foi bem… ela acredita que eu mudei, mas ainda não esta pronta para perdoar.

Taehyung suspirou e abarcou a cintura de Jungkook, encostando a cabeça no peito do mais novo.

-Eu estou orgulhoso de voce…- ele sussurrou beijando o pescoço do namorado em seguida.

Jungkook sorriu e abraçou Taehyung de volta, aquele cheiro que o deixava louco aparecendo para impregnar todas as suas roupas.

-Amor… me beija…

Taehyung sorriu com o pedido do namorado e se aproximou de leve dos lábios de Jungkook, sentindo ambas as respirações se misturando. Ambos os corações disparando como loucos dentro do peito.

-Mas e se eu não quiser te beijar Jeon?- Taehyung provocou, sorrindo de lado. O aperto na sua cintura ficou maior, tal como a vontade louca de beijar os lábios pequenos e vermelhos do namorado.

-Eu sei que você quer. Mas se não quiser… eu vou apenas acabar com esta provocação toda e beijar voce.- Jungkook disse sorrindo vitorioso.

-Ai sim? Mas eu não vou deixar voce me beijar!

-Queres apostar que eu te faço gemer como ninguém em apenas um beijo, tigrinho?- ele sorriu, ambos os olhares já transmitindo luxuria.

Taehyung colou ambos os narizes, fazendo o corpo de Jungkook reagir de imediato e o apertar ainda mais forte.

-Eu não acho que tenhas essa capacidade… Na verdade, eu acho que voce nem me consegue beijar direito.

Jungkook já estava queimando de desejo. Taehyung tao perto de si, o provocando e o subestimando daquela maneira atrevida o fazia esquecer de onde estava e o que poderia acontecer se continuassem, ele apenas queria Taehyung para ele. Ali e agora.

-Voce adora me subestimar tigrinho…

-E eu adoro quando voce me prova o contrario do que eu digo…

Sem mais demoras, Jungkook atacou os lábios de Taehyung, o fazendo imediatamente recuar para trás pela força da boca do Jeon contra a sua.

Jungkook empurrou Taehyung contra a parede perto da porta e sem quebrar o beijo trancou a porta com cuidado. A sua língua entrou na boca de Taehyung sem sequer pedindo passagem, apenas entrou na força, fazendo Taehyung gemer baixinho com a língua de Jungkook encostando na sua.

O mesmo sorriu vitorioso vendo Taehyung tao entregue aos seus toques, e imediatamente o prensou com mais força na parede, levando uma mao para a cintura do Kim, enquanto a outra segurava nos cabelos pintados do mesmo.

Taehyung tinha ambas as mãos no cabelo de Jungkook, o puxando e abusando com força. A sensação da saliva de Jungkook se misturando com a sua estava lhe dando arrepios prazerosos, que percorriam todo o seu corpo como um choque elétrico. Uma carga de eletricidade que passava dele para o Jeon.

Jungkook mordeu o lábio inferior de Taehyung com delicadeza, o fazendo gemer em prazer.

-Jungkook… é melhor parar…- Taehyung disse sem folego quando as bocas finalmente se separaram em busca de ar.

Jungkook tentou acalmar a sua respiração descompassada e se concentrar nas palavras de Taehyung.

-Mas eu quero tanto voce…- ele sussurrou no ouvido do mais velho.

-Acredita, eu tambem quero voce, mas está quase tocando. Não podemos arriscar sermos pegos.

Jungkook se afastou frustrado e se sentou na cadeira mais próxima, tentando acalmar todo o seu corpo.

-Voce não sabe o efeito que tem em mim Taehyung.

Taehyung sorriu e se aproximou de Jungkook, tocando no seu rosto levemente.

-Acredita que sei, porque voce causa esse mesmo efeito em mim. Mas não vamos transar aqui na escola.

-Voce já me fez um boquete na escola!- Jungkook riu.

-Foi diferente! Nem fala nisso! Não posso ficar mais duro do que já estou.

Ambos riram daquelas palavras.

-É melhor por um casaco na cintura e sair daqui.- Jungkook falou acariciando o rosto do namorado.

-Parece boa ideia.

E ambos saíram da sala, sorrindo bobos e rindo apaixonados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


EHEHE NAO DEI LEMON PRA VCS
Eu sou do mal han? hahahaha
Beijooooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...