História .My Secret Star - Seulrene. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Irene, Joy, Seulgi, Wendy, Yeri
Tags Irene, Red Velvet, Seulgi, Seulrene
Visualizações 61
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii, entt, como eu disse, tá ai o primeiro cap

Capítulo 2 - :: ; o n e - i will be your star.


Joohyun acordou, fez sua higiene matinal e desceu para tomar seu café da manhã, não encontrou seu pai, então preveu que ele já havia saido para o trabalho. Assim que ela andou até a mesa, encontrou seu café pronto com um bilhete de seu pai falando que já havia saido e que tinha deixado tudo pronto para a filha.
Ela apenas sorriu e se sentou para comer, Joohyun entendia que seu pai fazia de tudo para que ela se sentisse bem e tivesse uma vida boa, então ele trabalhava bastante, e ela admirava-o por isso, apesar de não terem muito tempo juntos, eles tinham uma boa relação, Joohyun sabia que podia contar com ele para tudo.
Assim que terminou seu café se levantou, pegou sua mochila e foi para a escola


Seulgi acordou e fez as coisas de sempre, desceu e foi tomar seu café, e lá encontrou sua mãe lavando a louça. Ela não se deu o trabalho de falar com a mulher, pois não se importava e sabia que a outra também não, então, apenas pegou uma maçã e saiu em direção a porta para ir a escola

Chegando lá avistou suas amigas e deu um rápido "oi", pois já estava atrasada e se chegasse mais tarde o professor não a permitiria entrar

-
Assim que Joohyun chegou, ela avistou Baekhyun conversando com seu "namorado"? Os dois tinham uma relação estranha que Joohyun não entendia, mas considerava os dois como namorados. Sem querer atrapalha-los passou reto e foi em direção a Joy e Wendy e as comprimentou

-Oi wen, ou joy- disse Joohyun sem muito ânimo
- OIIEE- joy e wendy responderam quase gritando, o que fez as pessoas que passavam por perto as olharem torto
- meu deus pra que isso tudo, ai ai, eu preciso de amigas novas urgentemente
- ai eu preciso de amigas novas pipipi popopo - disse joy imitando a voz de Joohyun, que apenas bateu em seu braço e doi em direção a sua sala
Quando adentrou na sala, sentiu olhares debochados e risonhos sobre si, o que ela estranhou, pois normalmente era algo menor, eram poucos os olhares e cochichos, mas antes que pudesse falar algo a sua professora chegou, então Joohyun se sentou no seu canto e passou a aula toda com aquela dúvida.
Enquanto isso Seulgi olhava para as pessoas com ódio por estarem julgando Joohyun, ela ficou com dó da última, pois dava para ver en seu rosto que ela não sabia o que estava acontecendo. Quem gerou isso tudo, foi Dahyun, ela saiu espalhando mentiras e fofocas ruins sobre Joohyun.

Depois de algumas aulas, o sinal bateu e os alunos saíram para irem ao refeitório e coisas do tipo, assim que quase todos saíram, restou apenas ela e Joohyun, Seulgi chegou perto dela e perguntou se ela sabia o que Dahyun tinha falado sobre si

- N-não, eu não sei, então é por isso que todos estão me olhando assim?
- sim - respondeu Seulgi enquanto observava os traços de Joohyun
- Mas o que ela falou sobre mim?- disse a mais velha com a voz trêmula
- Ela falou muitas coisas, tipo, ela disse que vc deve ser lésbica e umas coisas ruins também, e como ela manipula as pessoas, todos devem ter acreditado.

Joohyun corou na hora, a mesma nunca tinha pensado sobre sua sexualidade, mas naquele momento ela sentiu algo estranho, como se aquilo que Seulgi estava falando fosse verdade, como se ela já soubesse daquilo a muito tempo.
Mas sem perceber Joohyun deixou que uma lágrima solitária escorresse sobre sua pele. E assim que pensou em sua mãe mais lágrimas começaram a descer, mas ela não queria chorar na frente de Seulgi, então, quando ela ia sair correndo, sentiu as mãos de da mais nova em seu pulso

- Calma, senta aqui, não precisa chorar, calma, tudo vai ficar bem, eu vou falar com a galera do time e com a dahyun que isso é mentira e pra ela parar com isso, eu vou te ajudar
- Sem pensar muito Joohyun abraçou Seulgi, que na hora correspondeu, e, assim elas ficaram até Joohyun se acalmar e corar ao perceber o que havia feito
- m-me desculpa
-por que? - perguntou Seulgi confusa
- eu te abracei assim, do nada
- a, sobre isso, não tem problema, se você precisar eu estou aqui.

Então as duas sairam e logo o sinal bateu denovo.
Quando Joohyun estava voltando para sua sala ela encontrou seus amigos conversando, e antes que pudesse falar algo, eles a encheram de perguntas.

- Onde você tava? Você sumiu o intervalo quase todo - disse Baekhyun num tom preocupado
- É, você tá bem? - perguntou Wendy
- Calma gente, eu vou explicar tudo no final da aula.

Joohyun adentrou em sua sala após falar com seus amigos, evitando prestar atenção nos olhares que recebia, e se sentou em seu lugar para terminar a aula.

Assim que o último sinal bateu, Joohyun não teve nem tempo de respirar, pois seus amigos já a cercaram para que ela os contasse o que aconteceu
-Meu deus gente, deixa eu respirar pelo menos, eu vou contar o que aconteceu, mas espera também
- Foi assim, assim que o sinal bateu a Seulgi veio falar comigo-
- calma, A SEULGI, a jogadora bonita do time de basquete??
- SIM Baekhyun, ela mesma
- até eu tenho uma queda por ela, e olhe lá q eu sou gay - disse Baekhyun rindo
- Ai, eu não quero saber de quem você gosta ou não, só escuta - disse Joohyun séria
- continuando, ela veio me falar que a Dahyun espalhou um monte de mentira e fofoca idiota sobre mim, e daí eu lembrei da minha mãe, ela ficaria desapontada se visse essas fofocas sobre mim, então eu entrei em desespero e começei a chorar, eu ia sair correndo, mas a Seulgi me segurou e eu fiquei abraçada com ela até eu me acalmar, por isso eu fiquei só alguns minutos no intervalo
- aaa iti, se casem logo - disse Wendy que estava calada apenas escutando
- vcs dariam um casal bonitinho- disse Joy
- putz eu vou ser o padrinho do casamento - Baekhyun falou rindo do rosto corado da amiga
- ai gente, vocês são chatos demais, ela só foi legal comigo, e eu não gosto dela.

Depois que eles conversaram Joohyun foi para casa.



Notas Finais


Se vcs gostarem ou tiverem alguma sugestão comenta ai ou no meu tt, e dsclp se tiver algum erro de português, eu nn revisei ainda 🤙🏻 é isso tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...