História My secret world - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Bambam, Bangtan Boys, Bangtanboys, Black Pink, Bts, Drama, Ficção, Got7, Hoseok, Imagine, Imagine Bts, Imagine Hoseok, Imagine Jimin, Imagine Jin, Imagine Jungkook, Imagine Namjoon, Imagine Suga, Imagine Taehyang, Imagine V, Imagine Yoongi, Jackson, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Magia, Mark, Mistério, Namjoon, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyang, Tragedia, Vampiros, Yoongi
Visualizações 202
Palavras 3.273
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie pessoas! ♡♡♡ Turo bom?
Aqui está mais um capitulo. Sz
Desculpe pela demora, e também pelos erros ortográficos.
Não estou tão confiante com esse cap. Mas postei do mesmo jeito. ♡ creio também que não está tão mau.
Boa leitura! ♡^-^

Capítulo 33 - Correr atrás do que eu mais quero.


Fanfic / Fanfiction My secret world - Capítulo 33 - Correr atrás do que eu mais quero.


Anteriormente....


S/N: Me-me desculpe! E-eu não se-sei o que deu em mim! Perdoe-me! Por favor.

TAE: N-não não S/N, me desculpe e-eu! Eu que te beijei... E-eu não sei o que eu estava fazendo mas, foi maravilhoso. -Olho para ele, que estava com um sorriso timido. - Érh... S-sabe... Eu queria s-saber se voc... - A porta é aberta com força, chamando a minha atenção e a de Tae. Yoongi estava parado na entrada, e a sua cara não era muito boa.

==============================

TAE: O-oi Yoongi. O que faz aqui?

S/N: Oie Yoongi! -Mesmo estando um pouco assustada com a força que ele abriu a porta, forço um sorriso convincente.

YG: Vamos embora. -Diz frio e sai do quarto a passos rapidos.

TAE: O que deu nele?

S/N: Não sei.

YG: Vem logo porr*! -Grita.

Me levanto rapido, pego a mochila, a folha de papel em cima da mesinha e vou atrás de Yoongi com Taehyung me seguindo.

Sei que foi apenas um beijo, mas eu não consigo olhar para Taehyung. Meu Deus! Eu beijei uma pessoa. Eu sabia que isso iria acontecer um dia, mas, foi tão... Rapido, eu nem consigo acimilar direito o que aconteceu.

Consigo alcançar Yoongi, o mesmo nem me olha, apenas continua andando a passos largos e rapidos. Chegando na saida do hospital, vejo de longe os outros garotos, incluindo JB, encostado na parede. Yoongi passa por todos eles sem dar a minima para nada, entrando na van prata em frente ao hospital.

JIN: Que bicho mordeu ele? -Me pergunta.

S/N: Eu não sei...

JIN: Estranho... Vocês brigaram?

S/N: Não, nos nem conversamos direito.

JIN: Mais estranho ainda... -Ele sai em direção a van.

JM: Ta pesada? -Aponta para minha mochila. - Deixa eu levar.

S/N: Não ta muito não Chim. Pode deixar que eu levo. -Ele sorriu timido e seguiu em frente com os outros garotos.

JK: Chim? -JungKook me pergunta.

S/N: Acho que combina com ele, é fofo. -Olho para Jimin que estava andando na frente ainda sorrindo. - E acho que ele não achou ruim. - JungKook ri com meu comentario, e nos dois seguimos para a van.

JK: Dá aqui. -Ele pega minha mochila e guarda no porta malas, junto com outras bagajens.

S/N: Voltaram na casa de vocês? -Questiono.

JK: Sim. -Fecha a porta onde guardava as mochilas e malas. -E passamos na sua também. Relaxa, fomos discretos e quem pegou suas roupas intimas foi o Jin.

S/N: Eu nem havia pensado nisso, mas já que falou sobre, fico feliz que tenha sido apenas ele que viu minhas roupas intimas. -Sorrio envergonhada. - Tenho umas que são constrangedoras.

JK: Está dizendo da calsinha de porquinhos?

S/N: Você não disse que foi só o Jin mexeu nas minhas coisas JungKook?!

JK: Pode ser que eu tenha visto uma, duas ou cinco peças... Mas foi sem querer! Juro! Eu estava ajudando ele a pegar suas coisas e não deu para não ver.

S/N: Hum... Ok.

JungKook vai até a porta da van e a abre, dando passagem para eu entrar. Quando entro, ele faz o mesmo e fecha a porta, se sentando ao meu lado. Hoseok estava com Jimin no banco de trás, Taehyung com Jackson nas ultimas poltronas, JB e Namjoon nas poltronas a minha frente e Yoongi e Jin bem na frente, porque Jin é quem vai dirigir.

S/N: Para onde estamos indo?

JH: Para bem longe daqui.

S/N: Vamos abondonar tudo? Assim?

JM: Sim. -O carro é ligado, e aos poucos vamos saindo.

S/N: E o Jack e o JB? Porque que eles tem que ir? Eles não tem nada haver com isso.

JC: Não quer que a gente vá junto?

S/N: Não é isso Jack... É que vocês dois vão deixar tudo para trás assim? do nada?

JB: É necessario.

S/N: Porquê?

NJ: Porque no momento em que eles nos ajudaram aquele dia, eles se envolveram na historia, e correm tanto perigo quanto nós.

JB: Não precisa exagerar.

NJ: Não tô exagerando... A familia talvez não queira vocês como nós, mas a Jennie quer. Sabe muito bem do que ela é capaz de fazer com quem a "traí", e uma hora dessas ela já deve estar sabendo sobre você e Jackson.

JB estremece e volta a olhar para frente. Eu pego meu celular e os fones, dou play em uma playlist qualquer e observo a paisagem da janela.

JB: Eita! Para! -Arranco meus fones do ouvido e olho para JB. - Minha avó! Ainda da tempo de me despedir dela?

NJ: Não sei...

S/N: Ô JIN?! -Grito.

JIN: EU! -Grita em resposta.

S/N: DÁ PARA PASSAR EM UM LUGAR ANTES DE SEGUIRMOS O CAMINHO?

JIN: SE FOR RAPIDO... ONDE É?

JB: MINHA CASA. PERTO DO CENTRO. -Responde.

JIN: DÁ! ESPERA AI!

Ele da a curva e segue. Um tempo depois com o auxilio de JB, ele para em frente a casa que levei a avó de JB em um dos dias passados.

Decemos todos, exeto Yoongi que não havia dito nada em momento algum. JB abre a porta da casa e da passagem para entrarmos, entrando em seguida.

JB: Vó? Vovó? Ta em casa? -A doce senhora aparece em uma das portas, dando um sorriso ao ver o neto.

Xxxx: Meu filho! -Ele vai até ela e a abraça. - Você não devia estar aqui... A aquela Jennie está atrás de você.

JB: Eu sei vovó.

Xxxx: Já se recuperou? -Ele acente. - Como está forte o meu garoto! -Ela bagunça o cabelo do rapaz que ri com a ação. - Mas você tem que ir embora. Eles voltarão.

~Como ela sabe que JB se machucou? Eles voltarão?~

Xxxx: Vão embora o mais rapido possivel, aqui é perigoso para vocês. -Ela que olhava para JB, agora olhava para todos presentes na sala. -Eles não descansarão até achar vocês! -Seus passos lentos vem até mim, parando em minha frente. - Você mocinha, tens que tomar muito cuidado. Estão atrás de você em especial. Em hipotese alguma deixem eles te pegarem! Por ninguém ouviu! Nem pela pessoa mais importante para você! Pessoas morrerão caso te encontrem. -Ela toma minhas mãos as suas, e me encara. - Acredite em mim... Você não é qualquer pessoa. -Ela solta minhas mãos e volta a olhar a todos ali. -Vocês tem o dever de protege-la! A todo custo! Saibam que não é apenas a vida de vocês que está em risco.

~Como é que é? Oxi... Com todo o respeito... Será que ela ta doida? ~

Taehyung que estava no meu lado me cutuca em reprovação. Tenho quase a certeza que ele estava ouvindo meus pensamentos, mas porque ele não gostou do meu pensamento? Não disse nada demais.

Xxxx: Não estou doida minha jovem... Sei que é estranho, mas sei de muita coisa.

~What?! Como ela... chega... desito de tentar entender...~

JIN: Pode dizer que coisa, senhora?

Xxxx: Simples Seokjin... Quase tudo.

JIN: Como sabe meu nome? -A senhora ignora a pergunta, se virando e andando para o final de um corredor não muito grande.

Xxxx: Dentro desta bolsa. -Pega uma bolsa aparentemente de couro artezanal e entrega para Jin. - Tem umas coisas que podem precisar, você será o responsavel por entregar cada objeto magico a cada um em seu grupo, cada garoto, exeto você, receberá apenas um objeto. Cada garota, exeto a S/N também receberá apenas um. Você e S/N, devem ter dois para defeza e aprendizagem. -Jin recebe a bolsa, pendurando em seu ombro.- Aí dentro também tem um caderno com algumas anotações minhas. Não imaginei que viriam aqui por tão cedo, por isso não preparei algo a mais.

NJ: Senhora, não tem mais garota além de S/N.

Xxxx: Não se faça Kim... Sabes que virá mais pessoas para está fuga. Agora vão! Rapido! É apenas uma questão de tempo e estarão espalhados por todos os cantos de Seul atrás de vocês!

JB: Adeus vovó! -Ele abraça.

Xxxx: Adeus meu filho!

JB se solta do abraço, e sai do quarto.

S/N: Adeus senhora... -Eu a abraço e ela retribui.

Xxxx: Adeus querida... Se cuida viu...

S/N: Viu.

Os outros garotos se despedem tradicionalmente se curvando e saindo em seguida.

S/N: Você estava ouvindo meus pensamentos Taehyung? -Paro.

TAE: Eu não fui o unico... -Ele sorri e vai para a van, me deixando parada na calçada.

(...)

P.V.O. S/N Off.



P.V.O. JungKook On


Já tinha um longo tempo que haviamos saido de Seul, para a exatidão, já estava de noite. Estavamos todos animados, exeto uma pessoa. Yoongi. Ele praticamente não fazia nada além de mudar de posição e responder "sim" ou "não".

O que aconteceu para ele ficar assim? Ele nem sequer responde direito o Jin... O Jin velho! Ninguém ousa não responder o Jin.

JIN: ME RESPONDE YOONGI! TA SURDO?! -Jin grita, fazendo toda a atenção do carro ser voltada para ele.

YG: EU NÃO QUERO PORRA! NÃO ME ENCHE! -Ambos estavam alterados.

Um clima tenso é mantido dentro do automovel. Ninguém ousava falar um "a". Nem mesmo Namjoon, que geralmente é o mais respeitado entre nós.

JIN: ENTÃO NÃO PEDE AJUDA CARALHO!

YG: SUA AJUDA PARA MIM NÃO SERVIRIA DE NADA! -Jin tira o olhar da estrada e os mira mortalmente em Yoongi.- NEM A PORRA DA AJUDA DE NINGUÉM! ENTÃO, PAREM DE ME OLHAR DESSE JEITO! E VÃO CUIDAR DA VIDAS DE VOCÊS! BANDO OTARIOS! -Yoongi cospe palavras, e pelo o que eu conheço sobre Jin, ele não vai aturar isso por muito tempo não.

Jin olha de novo para frente, que como sempre, mesmo morrendo de odio por dentro, ainda consegue manter o seu lado responsável.

JIN: Yoongi... Quando chegarmos em nosso destino, vamos ter uma conversa muito seria... -Jin diz com o tom de voz baixo e com uma falsa impressão de calma.

YG: Pode ficar esperando... -Ri debochando. Jin freia a van, e todos que estavam dentro dela se inclinam para frente com o impacto. Até mesmo o proprio Jin.

JIN: Desce. -Ele olha para Yoongi que estava supreso. - DESCE YOONGI!

YG: TÁ MALUCO?!

JIN: PEGA SUAS COISAS DE DESCE! -Yoongi levanta furioso, pega a mochila e abre a porta da van.

S/N: Não Jin! -Jin olha para S/N que estava sentada ao meu lado. -Não faz isso. Sei que os dois estão alterados, mas não precisa fazer isso. -Jin volta a olhar para frente sem dizer nada. - Vem Yoongi... -Diz saindo do meu lado e indo pro fundo da van.

YG: Não. -Dá de ombros, abrindo mais a porta.

S/N: FECHA A POR... CARIA... DESSA VAN E VAI PRO FUNDO, AGORA!

Yoongi resmunga, e fecha a porta.

S/N: Taehyung e Jackson, sentem-se aqui. -Ela bate em duas poltronas que estava ao lado das nossas. Os dois garotos que estavam no fundo, lenvantam-se e se sentam onde a mais nova mandou. - Yoongi, vai pro fundo. - O mesmo a passos largos e pesados passa por nós emburrado, se sentando em seguida na ultima poltrona. S/N se senta novamente ao meu lado, pegando seu celular e seus fones de ouvido.

Apenas o que se ouvia naquela hora era o som do peneu no asfalto e o vento sendo cortado por conta velocidade media que estavamos. Depois de um tempo não muito demorado, ao menos metade dos que estavam dentro da van se encontravam dormindo ou tentando dormir. Os que sobraram, estavam lendo um livro ou fazendo qualquer outra coisa que ocupace o seu tempo. Sem nada para fazer, apoio minha cabeça no ombro de S/N que me olha estranho, mas depois sorri e acaricia a minha cabeça.

S/N: Quer dormir Kookie? -Pergunta retirando os fones de ouvido.

JK: Eu quero. -Tiro a cabeça do seu ombro e a olho.

S/N: Deita no meu colo então. -Ela bate com as duas mãos nas pernas, mostrando onde eu devia deitar. Tiro meus sapatos e apoio os pés no colo de Taehyung que estava na poltrona do outro lado da van. Ele me olha, estranho, mas não tira os meus pés de onde estavam. Coloco a cabeça nas pernas de S/N, e a mesma começa a passar as mãos na minha cabeça. O sono vai chegando aos poucos, e logo, adormeço.

P.V.O. JungKook Off

P.V.O. Yoongi On

Desde o momento em que peguei S/N e Taehyung se beijando, eu não consigo pensar em mais nada, a imagem dos dois não saí da minha cabeça.

Flashback On

Chego em frente a porta da S/N com a caixinha do colar em mãos, iria ser hoje o dia em que eu a pediria em namoro. Mas como citei mais cedo... Iria.

Coloco a mão na maçaneta da porta, mas antes gira-la, paro e penso na melhor forma de começar o tão esperado assunto, até chegar na proposta. Minhas mão suavam, e minha garganta estava seca. Sei que parece um exagero para apenas um pedido de namoro. Mas, sei lá! A S/N me provoca sentimentos que nenhuma outra garota me fez sentir. E confesso que isso é estranho.

YG: Vamos lá Yoongi! Você consegue cara! Um... dois... trê... -Paro minha contagem quase que instantanêamente, ouvindo as risadas altas que saiam do quarto em questão.

Curioso, olho pelo o vidro da porta, encontrando Taehyung brincado com S/N. Ele fazia cossegas em sua barriga, e ela ria alto pedindo para ele parar. Uma cena fofa, se não fosse por um acontecimento: Taehyung caí por cima de S/N, e os dois ficam a uma distância perigosa, até o garoto iniciar um beijo, que no primeiro momento não é retribuido por S/N, mas com a insistência dele, ela cede.

Meus olhos paralisaram, e eu não conseguia mover um musculo sequer. Um conflito entre meus pensamentos é iniciado, e todos dos que haviam em minha cabeça, falavam o quanto eu era burro em acreditar que eu era o unico garoto a gostar da unica garota em nosso grupo. Não porque ela é do nosso grupo, mas sim pelo o seu tipo de personalidade, que encanta a todos.

Os dois param o beijo, e é ai que eu percebo do que acabara de acontecer diante dos meus olhos. O meu sangue ferve, e com impulso, abro a porta com força, surpreendendo os dois dentro do quarto.

Eu estava pronto para quebrar a cara de Taehyung, quando percebo que o mesmo não tem culpa de seus sentimentos, e muito menos dos meus.

TAE: O-oi Yoongi. O que faz aqui? - Você quer realmente saber?!

S/N: Oie Yoongi! - Ainda assustada, da um sorriso, que eu acharia fofo se não fosse a raiva que eu estava sentindo naquele momento.

YG: Vamos embora. -Digo frio, tentando não demonstrar a minha raiva, coisa que sinto que não deu muito certo.

Flashback Off.

Soco o estofado que eu estava sentado. Ainda sinto raiva, mas não de Taehyung ou S/N, mas sim de mim. Nunca me apeguei tanto a uma garota, muito menos a uma que não tem nenhum motivo para me querer.

Eu briguei com o Jin? Por uma garota? O que deu em mim? Ela apenas beijou um cara... Mano, eu não estou acreditando em mim mesmo... Porque eu estou assim? Ela me faz isso? E se for, como ela consegue me deixar assim sem mover um fio de cabelo? Apenas sendo ela mesma?

Com certeza eu não sei o que sinto... Nunca senti, mas me da vontade de beija-la e abraça-la a todo instante. Quero te-la como namorada... S-será que i-isso é o que chamam de amor?! Meu Deus! Eu estou apaixonado, ou amando, ou sei lá o que? Não... eu realmente não sei mas, 'tô ligado que por esse sentimento, eu estou disposto a enfrentar tudo.

Não sei que horas são mas, pelo o que eu vejo, todos da van estão dormindo. Exeto Jin, que é o motorista. Será que é bom eu ir falar com ele? Poxa velho... E-eu sei que eu fui grosso, e que ele só estava querendo me ajudar. Mas, ele sabe que eu sou assim e... Pera? Eu estou arrependido de algo que eu fiz? E-eu não estou pensando em pedir desculpas né? O-ou estou? M-meu pai do céu! O-o que e-está dando em mim?!

Aff! Decide Yoongi! Você vai lá falar com ele e tira esse peso das suas costas... Ou fica aí quieto, deixando o orgulho reinar.

Aaaa! Essa sencação é horrivel! Tenho que falar com ele!

Me levando de onde estava devagar, para não acordar quem estava ao meu redor. Já basta o Jin me vendo dessa maneira.

Passo por cima dos pés de JungKook, que estava dormindo no colo de S/N, a mesma, estava dormindo com a cabeça encostada no vidro, e com o celular em mãos. Acho ela tão fofa dormindo... Tanto que quando ia a casa dela para a observar escondido, minhas horas favoritas eram quando ela dormia, eu entrava no quarto e me sentava ao seu lado, amava arrumar os cabelos rebeldes que ousavam cair em seu rosto. Uma pena que Jin e Namjoon descobriu, se não, eu teria continuado a visita-la secretamente. Minhas noites em claro ao lado dela, tornava os meus dias mais sonolentos, porém, mais alegres e calmos.

JIN: Vá se sentar! É perigoso ficar aí parado enquanto o veículo está em movimento. E também pare de gastar a beleza da garota! -Apenas percebo que estava encarando S/N, quando Jin me chama a atenção. Saio do meu estado de transe e olho para o mesmo que mantinha o seu olhar fixo na estrada.

YG: Não está bravo comigo?

JIN: Eu te conheço o bastante para saber que não falou aquilo por querer.

YG: Não pareceu quando me mandou descer.

JIN: Ninguém é obrigado a ter paciência contigo todo o minuto, não é? Sorte a sua que S/N me interviu, porque se não, tu estaria lá atrás.

YG: Serio Jin... Foi mal velho.

JIN: Mal? Foi péssimo Yoongi! Não ouse me responder daquela maneira novamente! Eu ainda sou o mais velho de todos aqui! Tenho que ser respeitado! Sempre que algo acontece com vocês, a responsabilidade é minha! E eu é quem tenho que cuidar de vocês! -Ficou quieto, sei que é verdade, ele é quem cuidou de nós, não por obrigação, mas é algo que já é dele. Desde o primeiro momento que ficamos juntos, numa sala escura, humida e pouco ventilada. Ele nos livrou de series de tortura, levando a culpa quando tentavamos fugir, serrando as grades ou tentando arrombar a porta. Até ele ser o doce Jin que vemos hoje, passou-se por varios psiquiatras, e enfrentou sozinho, varias autoridades por nós. Ele sempre foi aquele que procurávamos na hora de pedir um conselho, e também sempre foi aquele que nos alegrava, quando estávamos tristes. - Eu te desculpo Yoongi... -Suspiro aliviado. - Agora senta! Já falei que é perigoso ficar em pé dentro de um veículo em movimento. -Me sento no banco do passageiro ao lado do motorista. - Vai me dizer o que te fez ficar daquele jeito?

YG: Ah... -Suspiro - Uma garota.

JIN: Já até sei quem é...

YG: Então... Eu peguei ela beijando um garoto...

JIN: Também sei quem é...

YG: Percebi que não é culpa deles.

JIN: Prossiga.

YG: E também percebi que não vou desistir dela.

JIN: Vou te dizer uma coisa, você vai ter que se esforçar muito viu! O garoto que você viu, não é o unico que vai tentar algo com ela.

YG: Como sabe?

JIN: Me disseram... -Quando digo que sempre procuram o Jin, eu não estou de brincadeira.

YG: Hum... Está cansado?

JIN: Um pouco...

YG: Deixa eu dirigir?

JIN: Já está quase amanhecendo... Vou parar mais tarde em um posto e nos trocamos.

YG: Ok.

JIN: Agora vai descansar um pouco, aproveita que os bancos de trás estão vazios e vai dormir.

YG: Ok.

JIN: Boa noite irmão.

YG: Boa noite irmão. -Vou para onde eu estava antes, e lá me deito.

Amanhã o dia será cheio, começarei cedo a correr atrás do que eu mais quero nesse momento... S/N.



Continua...


Notas Finais


A vó do JB não tem nome? Porque só fica "xxxx" Ellen?
Porquê eu ainda não achei um nome legal para ela... Me ajudem? Pfv... ❤

Hum... será que Yoongi vai conseguir ter a S/N?

Altas revelações sobre o Jin ein! Quem iria imaginar que esse garoto meigo já fez tanto pelos os seus amigos?

Paraaa tudo! O Yoongi ia na casa da S/N a noite?! Essa historia ta muito mal contada Min Yoongi! Trate de nos explicar isso direito!

Beijins! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...