História My Serial Killer - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 115
Palavras 975
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi humanos (ou não)bom.. sim, como vocês devem ter percebido, essa é uma fic infantilista.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Dinah - Calma garota, não iremos te fazer mal - diz com a voz serena.

Xx - Não, v-vai ? - diz a garota com medo e Dinah nega com a cabeça - T-tudo bem - diz baixo.

Dinah - Qual é seu nome, baby ? - diz sentando na cama com a garota.

Xx - Lolo, se chama Lauren - diz receosa, diz e a única coisa que eu faço é andar de um lado para o outro nervosa.

Dinah - Oi, bolinha, meu nome é Dinah, mas pode me chamar de Dj - diz acariciando os cabelos negros da menina - Não vai se apresentar, sua mal educada ? - diz direcionando seu olhar a mim é vejo a morena ao seu lado fazer o mesmo.

Eu - Não - digo seca é penso em uma maneira de tudo fazer sentido.

Dinah - Não se preocupa, bolinha, aquela mal educada ali se chama Camila - diz e eu fuzilo ela com os olhos.

Lauren - Camz.. - diz baixinho e levanta da cama vindo em minha direção, eu paro de andar e fico parada no lugar, poucos segundos depois sinto seus braços rodear a minha cintura me dando um abraço - Camz.

Eu - Eu me chamo, Camila, Camila - digo sem retribuir o abraço.

Dinah - Veem cá, bolinha, deixa essa chata ai - diz puxando a garota suavemente.

Paro para analisar sua vestimenta é vejo que ela está com um pijama azul de bolinhas brancas, bem infantil.

Dinah - Então, o que você está fazendo aqui sozinha ? - pergunta e presto atenção na conversa.

Lauren - O irmão da Lo, a trouxe pra cá - diz baixo.

Dinah - Por que ele te trouxe para cá ? - diz.

Lauren - Por que ele é ruim - diz olhando pra baixo.

Dinah - Como assim ele é ruim? Ele é mal com você? - diz puxando a menina para seu colo.

Lauren - Ele faz mal a outras pessoas, e ele é mal com, Lo - diz se acomodando no colo da loira.

Dinah - O que iremos fazer ? - diz depois de alguns minutos em que Lauren dormiu em seu colo.

Eu - Não faremos nada - digo séria.

Dinah - Você não pensa em deixar ela aqui, não é ? - diz me olhando apreensiva.

Eu - Não era nem uma opção levá-la - digo e ela me olha incrédula.

Dinah - Você vai deixá-la aqui ? Camila... por favor - diz com uma cara de triste.

Eu - Não, Dinah, não sabemos quem ela é, nem se ela tem uma família, e deu pra perceber que ela especial, não podemos leva-la - digo olhando seu bico pidão - Não, Não, não - Ela ela faz cara de choro - Eu não vou cair nessa - digo e os olhos dela se enchem de lágrimas - Merda! - me xingo por minha resposta - Tudo bem, pode levar ela - me rendo de vez.

Dinah - Você é a melhor, Chancho - diz fazendo uma pequena comemoração, para não acordar a garota em seu colo.

Eu - Espero que não me arrependa - digo pra mim mesma e levanto a cabeça olhando o teto.

Dinah - Você não vai, te garanto - diz se levantando com cuidado com a garota em seu colo.

Vamos até a saída é checamos tudo, quando iria fechar a porta vejo um papel em cima de uma pequena bancada.

Vou ate o mesmo o pegando e olho.

"Christopher Jauregui" diz apenas isso, o guardo no bolso e fecho a porta.

Dinah - Por que demorou ? - pergunta parada ao lado do carro é abro a porta de trás para que ela entre.

Eu - Por nada - digo apenas é entro no carro dando a partida.

[....]

3h depois chegamos a casa em que moramos, na verdade em que eu moro, mas a Dinah se aproveita disso e vive aqui quando a Normani não está.

Saio do carro é dou a volta abrindo a porta pra loira é ela nem agradece é já vai entrando na casa.

Eu - Folgada - digo é ela sorri cínica.

Dinah - Walz, segura ela aqui, vou ligar pra minha nega - diz e eu tento negar, mais ela já estava colocando a garota em meus braços.

Eu - Dinah! - chamo a polinésia, mas ela me ignora é contínua andando e eu a xingo em pensamento.

Acomodo melhor a garota em meus braços é vejo a mesma se aconchegar mais a mim, colocando a cabeça no vão do meu pescoço.

Prendo a respiração quando sinto seu hálito quente contra meu pescoço em pequenas quantidades.

Inclino a cabeça um pouco para traz, para conseguir olhar seu rosto, e tiro uma pequena mexa de cabelo que estava tampando o mesmo.

Observo sua pele branquinha é os lábios rosados, tudo nela parecia que era feito especialmente para ela, até o cabelo preto que se destacava.

Passo mais alguns minutos a observando é sou tirada dos meus pensamentos quando a mesma começa a se remexer em meu colo.

Lauren - Camz ? - diz após de coçar os olhinhos.

Eu - Hey.. - digo fraco.

Lauren - Onde a Lolo tá? - pergunta depois de olhar ao redor.

Eu - Na minha casa - digo.

Lauren - Camz, trouxe Lolo pra casa dela ? Então Lolo vai morar com Camz ? - diz sorrindo e mostrando os dentinhos que os da frente são um pouquinho maiores, a deixando mais fofa.

Eu - Er-r, sim, mais o menos isso - digo sem saber ao certo como responder.

Lauren - A Lolo tá feliz, Camz! - diz passando os pequenos bracinhos pelo meu pescoço, me dando um abraço apertado, eu apenas deixei.

Dinah - Volteii - diz assim que chega na sala é eu rapidamente vou em sua direção a passando a morena dos cabelos pretos para seu colo.

Eu - Agora cuide dela - digo apenas é começo a subir as escadas - Dinah, depois iremos conversar - digo no topo da escada é entro no meu quarto.  


Notas Finais


Até o próximo....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...