História My Sexy Appa - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Black Pink, Bts, Daddy Kink, Hentai, Incesto, Suga
Visualizações 107
Palavras 242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi bebes, só queria dizer que estou muito feliz com o grupo, e mandar um beijo pra Lorez engraçadona, a Pudinzenha e todas as meninas. Enjoy.

Capítulo 10 - O quê eu fiz?



    Ofegando voltei para o pequeno cômodo inserido na garagem para guardar o taco, e, pela primeira vez analisei uma foto de uma garota e Appa abraçados.
        Acendi a luz para poder ver melhor, ela tinha uma espécie de altar. E se seus cabelos não fossem tão escuros eu poderia jurar que era eu, éramos quase idênticas.
      Era ela, a garota da carta, muitas canções vinham com seu nome em cada partitura, lindos versos carregados de sentimentos puros e belos. Analisei um à um, desejando que todos fossem para mim, que o sentimento de papai fosse para mim como era para Mykuha. Eles pareciam mesmo apaixonados.
      Embaixo de momentos bons, havia a tempestade, um jornal com enorme manchete escrita em destaque
      " Morre filha de empresário por conta de namorado embriagado "
       Lendo toda a coluna pude ligar todos os pontos dentro de minha cabeça:
       Ele se culpa amargamente em suas canções, me adotou pela aparencia, e guardava muitos carros, porém, não andava em nenhum. 
      E o remorso veio como um jato junto ao peso da culpa sobre minhas costas.Me assustei quando Yoonnie adentrou a garagem tropeçando em seus próprios pés, segurando uma garrafa vazia nas mãos. Olhou-me perplexo e suplixou embolado:
      - My... Você voltou pra mim 
      - Não, Appa... sou eu - pronunciei com um nó na garganta-
     Ele ignorou o que disse e me abraçou forte.
     - Me perdoe, por favor amor... senti tantas saudades 


      Retribui assustada afagando seus cabelos.


Notas Finais


CHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...