1. Spirit Fanfics >
  2. My sexy boss - Taekook (vkook) >
  3. Eight

História My sexy boss - Taekook (vkook) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Então, só queria dizer que hoje postarei dois capítulos, esse e mais um.

Apenas isso ;)

Boa leitura!

Capítulo 8 - Eight


Taehyung e Jungkook acabaram se afastando na festa, o Kim acabou sendo arrastado por alguém para dançar. Jeon ora ou outra pegava uma bebida, olhava o outro dançar e via que o mesmo se divertia, afinal tinha um grande sorriso nos lábios.

Acabou por sentar no canto em um dos sofás, percebeu então que Jackson realmente conhecia muitas pessoas já que a casa estava bem cheia.

O anfitrião da festa que estava um tanto distante, viu JK sozinho no sofá. Pediu licença ao amigos e pegou mais duas bebidas, logo foi em direção a Jeon.

- Posso saber o porquê está sozinho? – perguntou dando a bebida de cor azulada para o moreno que aceitou – Taehyung te largou? – brincou tirando um riso anasalado de Jungkook.

- Na verdade ele foi puxado para dançar. – disse olhando em direção ao Kim. Jackson se sentou ao lado de JK e tomou de seu drink.

- É sempre assim, o Tae recebe bastante atenção dos outros. É bonito, se veste bem, tem um sorriso maravilhoso... Cara, quem olha ele ou tem vontade de foder, ou ser fodido por ele. No meu caso seria os dois. – Jeon se incomodou um pouco com o que disse, mas optou por não dizer nada – E você, o que acha?

- Ele é meu chefe.

- E qual o problema? Não adianta fugir disso meu caro Jungkook – disse pondo o braço em volta de seu ombro – Todos caem nessa armadilha. – e ele tinha razão. Todos sempre tem vontade de estar perto de Taehyung, alguns até com más intenções, Jeon sabia bem disso tudo. – Mas me fala está gostando da festa?

- Está bem animada, eu só não sou muito sociável em lugares onde não conheço a maioria.

- Deixa disso cara! Que tal irmos dançar também? Desse jeito você deve se animar um pouquinho. – disse se levantando e estendendo a mão para Jeon – Vamos lá, eu juro que não mordo. – brincou. Jungkook acabou segurando e indo.

Jackson puxou para onde os demais dançavam, talvez fosse por ser tão animado que JK estava sendo envolvido por ele. Aos poucos foi se soltando e dançando no ritmo da música, ambos estavam se divertindo com toda certeza.

Dançaram até ficarem sem energia, optaram por parar e tomar alguma coisa. Estavam suados e com a respiração ofegante.

- O que acha de irmos tomar um ar? – Jackson sugeriu e o outro assentiu. Na parte de trás da casa, havia um quintal com piscina.

- E eu achando que a casa por si só já era grande demais... – disse fazendo com que o outro risse.

Jackson tirou o sapato que usava, subiu um pouco a bainha da calça se sentou a borda da piscina e colocou os pés na água, Jungkook o olhou confuso.

- Vai ficar me olhando daí? Senta aqui.

- Ah... Está bem.

Jeon fez o mesmo e se sentou ao seu lado, a água estava morninha.

- O que gosta de fazer Jungkook? – tentou puxar assunto já que havia um silêncio incômodo entre eles.

- Gosto de ver séries, não tenho muita coisa que gosto em particular.

- Tem namorada?

- Não.

- Não??? Deve estar me zoando!

- Na verdade em toda minha vida eu só tive uma namorada no colegial e mesmo assim não durou muito tempo, depois disso eu só fiquei com algumas pessoas.

- Cara, que desperdício. Tipo olha só para você, tem um rostinho bonito, um corpo atraente e parece ser um cara legal, chega a ser inacreditável.

- Não é 'pra tanto...

- Jungkook, devia ser mais confiante. Tenho certeza que se quisesse, conseguia pegar geral desta festa, até o próprio aniversariante.

- É mesmo? Então, se importaria se eu tentasse alguma coisa com você? – brincou.

- Claro que não. – respondeu. Jungkook logo riu, mas viu que Jackson estava sério – Eu realmente te achei interessante – dizia colocando a mão sobre seu rosto ficando bem próximos – posso?

JK não sabia o que fazer, Jackson era atraente e um cara legal. Por que não? Jeon juntou seus lábios no do outro, seria apenas um selinho mas quando estava para separar, Jackson voltou a beija-lo, querendo algo mais. Tornou o beijo mais intenso.

Não tinha nada de errado nisso, certo? JK pensava consigo, mas faltava alguma coisa. Não estava completo, não era aquela boca que tinha em mente, não era ele, não era Taehyung... Então se afastou sutilmente do outro.

- Jackson, me desculpa eu – suspirou.

- Eu sabia, você já caiu na armadilha dele. – disse suspirando e apoiando a peso nos braços, olhando pro céu.

- Como sabe disso?

- Me desculpa. Eu te beijei mesmo já tendo notado isso...

- Tudo bem, eu meio que também quis isso então, acho que estamos bem. – coçou levemente a nuca.

- Acho melhor a gente entrar, Taehyung deve ter estar te procurando por aí. – disse se levantando e logo voltaram para dentro – Ah, e isso fica entre a gente. – assentiu e Jackson voltou pro seu grupo

Jungkook logo começou a procurar Kim, mas não o viu de imediato. Continuou a procurá-lo mas não o achou, perguntou então a uma das pessoas que anteriormente dançavam com ele. Disseram que havia ido procurá-lo.

- Será que...

Procurou tanto pelo o outro que não olhou no lugar menos esperado. Taehyung estava bebendo sentadinho no sofá.

- Olha só quem apareceu – disse com a voz meio alterada.

- Taehyung?

- E aí, como vai sr. Jeon? Anda se divertindo muito?

- Você está bem? – perguntou se aproximando mais do outro.

- Estou ótimo! E você? Ah não, com certeza deve estar feliz certo? Já dançou com o Jackson, bebeu, foi na piscina... E também o último, mas não menos importante até beijou ele.

- Tae, não é isso que está pensando.

- Ah não? – se exaltou logo ficando em pé de frente para JK – Eu vi muito bem vocês dois agarradinhos!

- Eu já disse que – tentava se explicar, segurou o braço do Kim na tentativa de acalma-lo.

- Me solta! E por favor não me toca mais, tá legal? – disse se afastando.

- Tae! Taehyung! – tentou chamá-lo mas o mesmo saiu quase que correndo da casa e Jungkook foi atrás – Taehyung! Por favor me escuta!

- Me deixa em paz! – ia a passos largos até chegar em seu carro. Tentou abrir a porta, na esqueceu que estava trancado, antes que conseguisse pegar a chave no bolso, Jeon segurou seu pulso – Jeon, me solta!

Jungkook segurou os dois pulsos do Kim em cima da cabeça e o encostou no carro, em seguida o beijando. Taehyung tentou se soltar e sair do beijo, mas acabou cedendo, Tae não conseguia resistir aos beijos do outro... JK fez questão de tornar o ósculo intenso, sentindo o gostinho de álcool. Logo se separaram pelo ar, apenas sim fio de saliva conectando suas bocas, as respirações ofegantes.

- Eu beijei ele, mas não era você. Taehyung, a única boca que eu quero é a sua... Entende isso? Eu não quero outra além da sua, acredite nisso. Não quero outra pessoa que não seja você. Eu acho que vou ficar maluco.

- Então por que me deixou ir dançar com os outros, por que não foi até mim?

- Se eu tivesse ido, eu com certeza perderia o controle das minhas ações. Toda vez que estou perto não quero só um beijo, quero te abraçar, tocar seu corpo, sentir ele colado no meu. – dizia próximo ao ouvido do Kim – A cada dia que passa, tem sido torturante... Eu quero te ter por completo Tae.

- Então... Vamos embora, o que acha?

- Acho uma ótima ideia, mas teremos que esperar um pouco. Com você desse jeito, dirigir é que não vai.

- Mas será mais rápido se eu dirigir... – dizia manhoso.

- Espere só mais um pouquinho.


Notas Finais


É... No próximo já sabem né? Hehehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...