História My Sexy Boy (imagine Hot Jungkook) - Capítulo 64


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hentai, Romance
Visualizações 1.712
Palavras 1.273
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 64 - "Garotinha Malvada".


Fanfic / Fanfiction My Sexy Boy (imagine Hot Jungkook) - Capítulo 64 - "Garotinha Malvada".

               **Jungkook off**


Eu acordo lentamente com uma certa dor nos ombros, Jungkook estava abraçado a mim. Tiro seu braço de cima de mim cuidadosamente para não acordá-lo e me levanto. Vou direto para o banheiro e faço minhas higienes, após o banho, saiu do banheiro e Jungkook ainda estava dormindo, vou ao guarda-roupas e pego de lá uma calça rasgada, uma camiseta de uma banda que eu gosto (de sua preferência) e uma jaqueta de couro. Afinal, como hoje eu irei falar com a minha mãe, não quero que ela me veja relaxada. Eu devia estar com medo de ir lá mas não estou.

Quando termino de vestir minhas roupas, vejo o meu coelhinho abrir seus olhos com dificuldade e logo me olhar sorrindo. Ele me chama fazendo um gesto com a mão e assim o faço.

Eu: Bom dia, amorzinho.- acaricio seus cabelos bagunçados.

Jungkook: Bom dia, anjo. Está de bom humor hoje, está tão linda.- Dou um sorrisinho pra ele que retribui o ato.- Pra onde vai desse jeito?

Eu: Lugar algum, só queria me arrumar mesmo.

Jungkook: Hum, já tomou café?

Eu: Ainda não, tava esperando você acordar.

Jungkook: Não quero me levantar da cama.- Ele esconde seu rosto no edredon.- Quero passar o dia todo aqui com você.

Eu: Que bebê manhosinho, vamos logo, levanta.

Jungkook: Tá bom, eu vou tomar banho.- ele faz o que disse e foi pro banheiro, desço logo pra cozinha pois sei que irá demorar décadas lá dentro.

Faço café pois eu e ele gostamos bastante, preparo torradas, pães e mais algumas coisas. Eu termino tudo e Jungkook vem desçendo as escadas usando uma calça, uma camiseta-ambas pretas-  e uma timberland. Ele estava lindo.

Jungkook: Nossa, minha S/n fazendo o café da manhã? Será que eu tô sonhando?- eu sorriu pra ele e o mesmo me abraça por trás e deposita um beijo no meu pescoço.- Amo esse perfume.

Nos sentamos à mesa e começamos a devorar a comida que havia alí, conversando coisas aleatórias durante a refeição.

Jungkook: Anjo, eu vou sair agora.

Eu: Você me disse que não ia sair hoje.

Jungkook: Eu só vou na farmácia comprar o teste.

Eu: Hum..

Jungkook: Volto logo.- beijou minha testa e saiu de casa.

Limpei tudo e esperei ele chegar enquanto assistia TV, quando na verdade eu estava pensando: "Como eu vou sair sem ele me ver?", "E se der alguma coisa errada?", " O Jungkook vai ficar uma fera comigo!, " Será que eu estou grávida mesmo?" . Essas e entre outras perguntas martelavam a minha cabeça de forma cansativa.

Ouço barulhos na porta e era ele com a sacolhinha em suas mãos, eu estava ficando cada vez mais nervosa com isso, nem saberia como reagir se desse positivo.

Jungkook: Aqui está.- ele tira da embalagem e me entrega.- Quer que eu vá com você, anjo?

Eu: Não, tá tudo bem.

Jungkook: Ok. Vou te esperar do lado de fora do banheiro então.

Subimos pro quarto e eu adentro banheiro, sentei-me no vaso e liguei o aparelho, fechei meus olhos e fiz o processo. Quando eu terminei, minha mão trêmula segurava o teste, quando tomei coragem para ver deu ....



             **Jungkook on**


A S/n estava demorando no banheiro, e eu andava de um lado para o outro ancioso. " E se eu for pai?". Era a única coisa em que eu consegui pensar naquele momento mas finalmente o meu anjo sai do banheiro, sua expressão facial era indecifrável.

Eu: E aí? Qual foi o resultado?

Anjo: Deu negativo!- ela deu um pulo em cima de mim.

Eu: Ah, que alívio.

Anjo: Eu tava tão nervosa que eu mal consegui abrir os olhos pra ver o resultado.- ela estava feliz, menos uma preocupação para nós.

Eu: Te disse que ia dar tudo certo.

Anjo: Mas agora, vamos usar camisinha. Mas não temos camisinhas!

Eu: Não se preocupa com isso, aproveitei que eu tava na farmácia pra comprar algumas.- ele pega na minha cintura e me puxa para si.

Anjo: "Algumas"?, fala logo que você comprou umas dez.

Eu: Comprei vinte.

Anjo: O quê?! Vinte?!- arregalou os olhos.

Eu: Foi essa a cara que a vendedora fez. Guardei alí na gaveta da escrivaninha. Agora a gente tem o bastante pra essa semana.

Puxo ela para um beijo quente, com direito a carícias e mordidinhas. Infelizmente ficamos sem ar e nos separamos.

Eu: O que acha de brincar um pouquinho, hm?

Anjo: Não, agora não.- ela disse enquanto ainda acariciava meu rosto.

Eu: Ah, Por que não?

Anjo: Eu só não quero.

Eu: Só uma rapidinha.- tento convencê-la mas a mesma permanece resistente.

Anjo: Não Jungkook, não tô afim.

Eu: Não quer que eu te chupe, hm? Não quer que eu enfie meus dedos nessa entradinha apertada?- comecei a beijar seu pescoço enquanto minha mão direita entrava pelo tecido de sua camiseta e apertava seus seios fartos e deliciosos.

Anjo: Não.- ela sai dos meus braços e ajeita sua camisa.

Eu: Você me deixa louco. Pelo menos resolva esse problema aqui.- aponto para a minha ereção.

Anjo: Hum.. tá bom, vou ser boazinha dessa vez. Senta na poltrona.- ela manda e eu obedeço, gosto quando ela me controla e isso é raro.

      

             **Jungkook off**


Eu fui até a minha bolsa e retirei de lá um anel vibrador.

Jungkook: Anel vibrador? Você me satisfazer ou me torturar ainda mais?

Eu: Um pouquinho dos dois.

Jungkook: E aliás, como você conseguiu isso?- ele me olhou deaconfiado.

Eu: Comprei há um tempo, mas tava esperando a hora certa de usá-lo.- Na verdade, Yoongi me deu esse anel na esperança de que um dia eu usasse nele, mas nunca aconteceu.

Me aproximo dele e o mesmo já está com as calças na altura da panturilha, ajoelho-me em sua frente e pego em seu falo duro, e aperto-o.

Jungkook: Awn..

Começo a movimentar minha mãe de cima para baixo e vou aumentando gradativamente de acordo com a intensificação de seus gemidos roucos outrora manhosos. 

Jungkook: Engole logo ele todinho..- pede com dificuldade.

Eu: De jeito nenhum Jungkookie, qual seria a graça se eu pulasse as preliminares?

Jungkook: Você é uma garotinha muito malvada.

Pego o anel- já ligado-e posiciono-o na base do membro dele.

Jungkook: Awwnnn... S/n..

Seu membro já estava expelindo seu pré-gozo enquanto eu me divertia com o sofrimento do Jungkook, ele estava doido para se tocar mas eu não vou deixar.

Eu: Tá gostando daddy?

Jungkook: N-não.- ele mal conseguiu falar de tanto prazer que seu corpo estava sentindo agora, seu corpo estava começando a suar.

Eu: Então, talvez se eu aumentar...- intensifico a vibração do anel e ele solta um gemido alto. Pego o anel e subo-o parando na sua cabecinha inchada e rosada.

Jungkook: S/n... isso é t-tão gostoso.. p-preciso me t-tocar..

Eu: Mas não vai.

Passo minha língua na sua glande bem devagar e ele olha pra mim, totalmente entregue ao prazer e gemendo meu nome sem se preocupar com a vizinhança.

Eu: Vai gozar, Jungkookie?

Jungkook: V-vou..

Desligo o anel e tiro do membro dele, ele me olha com reprovação mas logo eu abocanho o máximo que eu consigo e faço movimentos rápidos com a boca enquanto minha mão massageava suas bolas. Faço ele encostar até na minha garganta me fazendo engasgar e deixando-o mais molhado ainda.

Tiro seu membro latejante da minha boca e começo a masturbá-lo com rapidez. E novamente coloco de volta na minha boca.

Jungkook: Sua vadia gostosa.. Quer leitinho, hm?

Eu: Quero daddy, enche minha boca com a sua porra.

Jungkook: Hmm.. caralho S/n!- ele se desfaz na minha boca e engoli tudinho, dei uma lambidinha na sua cabecinha suja de porra, limpando-a.

Eu: Seu pau é tão gostoso Jungkook, adoro chupá-lo.

Jungkook: Se você continuar me provocando, vou querer foder essa bocetinha gostosa até eu não aguentar mais.- sorriu.

Eu: Acho que vou usar esse anel mais vezes.

Jungkook: Não S/n, por favor!

Eu: Vai me dizer que não gostou?

Jungkook: Isso é torturantemente prazeroso.

Eu: Pensei que você gostasse de torturas.

Jungkook: Gosto quando eu sou o torturador.

Eu: Enquanto eu tiver esse anel, você vai ser o torturado.











Notas Finais


Finalizado com um hot.
Obrigada por lerem.
Tchauu bbs♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...