História My Sexy Killer ||Jung Kook|| °Hot° ||BTS|| - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (bts), Hot, Mistério, Stalker, Suspense
Visualizações 849
Palavras 1.922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O CAPÍTULO MAIS ESPERADO POR TODAS AS SAFRADAS !!!! BOA LEITURA SUAS SAFAJINS 🌚🌚🌚🌚

PS : Ficou grande demais 😅😅

Capítulo 30 - Daddy and Baby


Fanfic / Fanfiction My Sexy Killer ||Jung Kook|| °Hot° ||BTS|| - Capítulo 30 - Daddy and Baby

[Capítulo Anterior]

--- Nunca passaria pela minha cabeça dizer não ... Eu aceito 

[---------------------------------]

Pov's Jung Kook

--- Nunca passaria pela minha cabeça dizer não ... Eu aceito -Eu não esperava seriamente por isso ! Desde pequenos nunca vi ela dando sinal de que gostava de mim-

Mas meu sorriso foi de orelha a orelha , igual o da jagiya . 

Levei um susto quando as pessoas que estavam ao redor bateram palmas , assombiaram e ficaram gritando algumas coisas . 

Peguei sua mão e coloquei o anel no dedo anelar da pequena . E ela fez o mesmo comigo , coloquei a caixinha vermelha no bolso do meu casaco novamente e foi minha vez de puxar a nuca de S/N para nossos lábios se conectarem perfeitamente . 

Mar de sensações brotou em meu peito . 

Nós começamos um ósculo intenso , nossas línguas que brigam tentando ganhar mais espaços . 

Enquanto minhas mãos apertão de leve a cintura da pequena , enquanto suas mãos passam entre meus fios de cabelo os bagunçando de leve .

No meio alguns chupões em seus lábios e algumas mordidas , o que ela também revidou . 

Ouvimos alguns gritos de raiva e por curiosidade nós dois nos separamos , olhamos para o portão e lá estava Yuju nos olhando com cara de raiva , bagunçando seus cabelos , enquanto deixa lágrimas rolarem pelas suas bochechas , fazendo seu rimel preto borrar toda sua bochecha . 

Ela chutou uma lata de lixo que estava perto do portão de saída da universidade e saiu correndo , meio desengonçada por causa daqueles saltos agudos , e Yujeong foi atrás junto com outras meninas .

S/N puxou meu rosto e me roubou um selinho e sorriu sapeca .

--- Quer ir pra minha casa ? Dormir lá pra gente comemorar ?! 

--- Sei o que quer dizer com "comemorar" , mas com você eu aceito tudo -Ela pegou minha mão e literalmente me puxou para for da universidade ... Minha jagiya já tá animada ora comemorar-

[ ... ]

--- A quanto tempo gosta de mim ? -S/N pergunta-

--- Desdos nove anos ! E você , sentia o mesmo por mim ? -sorri convencido . No meio do caminho , ela admitiu que estava esperando esse dia-

--- No fundamental e você não é nada convencido né ? -Ela riu me fazendo rir também-

--- Não ! -Chegamos na minha casa . A abusada simplesmente abriu a porta sem mais nem menos-

--- Que intimidade e essa ? -Pergunto brincando tirando risadas da mais nova-

--- A intimidade que tenho com você a quase doze anos querido -Ela ri e eu rio também-

Fecho a porta , e em um movimento rápido , puxo S/N pela cintura colando meu corpo atrás do corpo dela , fazendo questão de roçar meu amiguinho que acabou despertando na banda da pequena . 

--- Quer ultrapassar mais nossa intimidade ... baby ? -Pergunto sussurrando em seu ouvido , e logo mordendo seu lóbulo da orelha e ouvir ela arfar-

--- Você já quer comemorar ? -Comecei a beijar seu pescoço lentamente e dando leves chupões-

Não a respondi e a virei para ficar de frente para mim e ataquei seus lábios com intensidade , colocando minhas mãos em sua cintura colando cada vez mais nossos corpos . 

Suas mãos se entrelaçaram em meu pescoço . 

Ela entrelaçou suas pernas na minha cintura e se segurou bem , eu não vou deixa-lá cair enquanto a levo até o quarto dando passos cegos , não vou deixar minha baby cair . 

Eu senti bater na cama e a coloquei delicadamente em cima dela . 

Tranquei a porta e voltei para perto dela , tirei a camisa no meio do caminho , jogando para qualquer canto do quarto . Vendo minha baby morder seu lábio inferior .

--- Quer me provocar é ? -Subo em cima da mesma , mordendo o lábio que ela havia mordido antes-

--- Só quero que faça uma coisa que eu estava louca pra fazer com você -Ela me surpreendeu , puxando minha nuca para um beijo super intenso-

Até que parei o Beijo mordendo seu lábio inferior novamente .

Desci os beijos pelo pescoço dela , dando fortes chupões , deixando minhas marcas em seu pescoço perfumado . 

Com rapidez tirei sua blusa , deixando a mostra seus seios fartos ainda cobertos pelo sutiãs . 

Com um pouco de dificuldade tirei o sutiã da mesma , e fiquei os observando com desejo . 

--- Quer mamar eles ... Oppa ? -A pequena fala segurando em suas mãos seus seios e os apertando- Ahw Jung Kookie -Ela tá me provocando-

Sem mais delongas , tirei suas mãos de seus seios e os comecei a chupar primeiro o direito e massageando o esquerdo , ouvindo a pequena gemer e arfar . 

--- Ahw ... J-Jung ... Ahw daddy ! -Daddy ? É melhor do que Oppa ! Ela tá levando minha sanidade pra puta que pariu ! E tá mexendo com fogo- 

Sem ela perceber , abri a escrivaninha e tirei de lá duas algemas . 

Coloquei em cima da cama e continuei chupando os seios da minha baby , agora passando para o esquerdo e massageando o direito e ela geme cada vez mais intenso . 

Parei de brincar com seus seios e em um movimento rápido , puxei seus braços para cima os algemado na cabeceira da cama . 

--- Por que ... Isso ? Virei sua submissa agora ? -Ela pergunta se remexendo na cama , tentando se soltar e alevantou uma sombrancelha-

--- Se você se comportar serei bonzinho com você baby -Sussurrei , vendo os pelos do pescoço da pequena se arrepiarem . Dei mais um chupão e logo desci os beijos-

--- Quando fez essa tatuagem ? -Pergunto vendo uma tatuagem de rosa vermelha no canto da barriga da pequena-

--- Quando tinha 16 anos . 

Contornei a tatuagem com a língua , vendo a pequena fechar os olhos e arfar . 

Tirei sua calça lentamente , jogando a mesma para algum canto do quarto . 

Dei um tapa fraco em cima da intimidade da pequena , sentindo a mesma já úmida .

--- Ahw ! 

--- Já tá molhadinha baby ? -Massageio sua intimidade por cima da calcinha , mas ela mordeu os lábios reprimindo os gemidos-

--- Não mandei reprimi-los , geme para o daddy -Beijei sua intimidade ainda coberta pela calcinha preta e ela me obedeceu-

Tirei sua calcinha lentamente , me dando visão de sua intimidade já molhadinha . 

Dei um beijo em sua coxa , ouvindo as arfadas da menor . Dei um tapa em sua coxa a apertando a mesma . 

--- Agora você não pode gemer e nem gozar , se me desobedecer será punida baby -Digo autoritário-

--- Não seja tão mal Daddy -Ela diz manhosa-

--- Não seja tão manhosa assim , minha sanidade está indo embora ! 

Sem aviso , penetro minha língua na entrada da menor , vendo ela morder forte seus lábios . 

Penetrei dois dedos de uma vez , enquanto fazia movimentos circulares em seu botãozinho inchado .

Seu lábio estava já sangrando . 

--- D-Daddy ... d-deixa s-sua baby ... g-gozar ... p-por f-favor ! 

Suas gaguejadas reprimir os gemidos teimosos . 

--- Pode gozar babygirl -Digo continuando meus movimentos , sentindo o líquido da pequena melar meus dedos e um pouco entrar em minha boca-

Lambi o gozo da pequena que estava em meus dedos , a olhando com pura luxúria . 

--- Daddy , deixa eu ... te chupar ? -Seu timbre manhoso já estava fazendo meu membro doer-

--- Você foi comportada -Digo pegando a chave da algema na escrivaninha e abrindo as algemas , deixando as mãos da pequena livre-

Em um movimento rápido , eu já me encontrava deitado e ela em cima de mim . 

Senti minhas mãos serem puxadas e um barulho de algo sendo trancado ... Minhas algemas . 

--- O jogo virou daddy -Ela morde meu lábio inferior ... Ela me algemou na cabeceira da cama-

--- Ah você vai se arrepender por ter feito isso ! 

--- Vou ? -Ela me provoca , sentando em meu membro e rebolando enquanto aperta seus seios-

--- Ahw S/N ... Baby má , ahw -Joguei a cabeça para trás pela suas reboladas rápidas- 

Ela desabotou minha calça e as tirou , jogando para algum lugar do quarto . 

--- Que volume enorme daddy -Ela passou a mão por cima do meu membro , cobrido pela box preta me fazendo morder os lábios-

Mas não deu por muito tempo , pois minha pequena o apertou deixando os gemidos saírem .

--- S/N ! Awwh ... Não faz awh isso ! 

Ela tirou minha box lentamente , fazendo meu membro saltar para fora , ele já estava coberto pelo meu pré-gozo . 

Ela passou seus dedos delicadamente pelo meu falo . Logo passou suas mãos pelo comprimento de meu membro fazendo movimentos de vai e vem rápidos com as mãos ágeis .

--- AWH ! S/N ... C-chupa l-logo baby ... Ahw ! 

--- Você quem manda -Com rapidez ela abocanhou meu membro fazendo um gemido rouco meu escapar-

Ela foi fazendo movimentos de vai e vem com a boca , passando a língua pelo comprimento até ele chagar em sua garganta . 

Ela engasgou um pouco , mas não parou e começou a masturbar o que não coube em sua boca e com outra mão massageou minhas bolas . 

Meus gemidos estavam descontrolaveis , aposto que a rua toda já sabia o nome da minha baby , eu nunca senti tanto prazer nessa vida , a boca dela é muito mais magnífica do que eu imaginava . 

Com um gemido arrastado e rouco ao mesmo tempo , senti meu líquido sair e encher ao boca da pequena que deixou uma gota cair de sua boca e descer até seus seios . 

--- Você é tão delicioso -Ela diz vindo até as algemas e as abrindo . Com um movimento rápido , me encontrava como antes . Eu em cima dela e ela em baixo de mim-

Sem aviso prévio , a penetrei rápido . 

Ouvindo um gemido manhoso e arrastado da pequena . 

Comecei a penetra-la forte , fundo e devagar . 

Entrando rápido e saindo devagar . 

Meus olhos nem mais se encontravam mais abertos . Fechando aproveitando cada pedacinho de dentro da minha baby , enquanto escuto a mesma chamar meu nome o que não está diferente de mim gemendo o nome dela . 

Gemidos descontrolaveis e altos se intensificando a cada estocada . 

Minhas costas estão cheias de arranhões que a pequena fez .

Minha franja já estava grudada na testa por causa do suor . 

O cheiro de sexos esta se formando no ar .

E depois de 10 , 15 , 20 , 25 estocadas , soltei meu jato quente dentro da pequena . 

Me deitei ao lado dela , tentando recuperar minha respiração o que não estava diferente da pequena . 

--- Mais ... magnífico ... impossível -Ela diz entre as pausas para respirar-

--- E você ... É muito ... gostosa -Digo também tentando recuperar a respiração-

--- Amanhã tenho que comprar anticoncepcional ! 

--- Esqueci da camisinha , desculpa vida ! 

--- Tudo bem .

--- Mas você não quer um mini Kook ou uma mini S/a ? -Pergunto brincalhão-

--- Talvez , mas eu não quero agora , mase um dia teremos ! -Ela me da um selinho-

--- Vamos tomar banho ?

--- Claro , mas você vai me levar , seu bruto -Eu rio e a mesma também-

Levanto da cama , pegando agora mesmo pequena no colo indo em direção do banheiro .


Notas Finais


Era isso que vcs queriam né suas safradas ? 🌚🌚🌚🌚
Espero ter saciado o desejo de vocês 🌚🌚🌚🌚🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...