1. Spirit Fanfics >
  2. My sexy psychiatry ( Imagine taehyung) >
  3. Chapter twelve : declaração inesperada

História My sexy psychiatry ( Imagine taehyung) - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Chapter twelve : declaração inesperada


Fanfic / Fanfiction My sexy psychiatry ( Imagine taehyung) - Capítulo 12 - Chapter twelve : declaração inesperada


                       |P.O.V S/N|



Eu não fazia ideia de que dia era hoje ou em que parte do dia estava. As horas nesse lugar nunca passavam, parecia que estava tudo em camera lenta. Eu não podia sair para ver o sol ou para tomar um ar. Ninguém vinha falar comigo, os médicos me ignoravam quase todos os dias, não tinha direito a psicólogo ou qualquer coisa do tipo. 

Vejo a porta ser aberta e levanto de pressa da cama dando de cara com um dos seguranças 

— Hora do almoço. — Avisou me guiando até o refeitório

Ao passar pelo corredor, agradeço mentalmente ao sentir um vento fresco bater em meu rosto, no quarto onde dormia o calor era quase insuportável. O segurança tira as correntes e eu vou até a fila segurando uma bandeja. O arroz estava empapado, as folhas da salada murchas e o Macarrão sem sal. Me sentei na mesa sentindo os olhares de alguns pacientes sobre mim.

— S/n. — Ouço uma voz fofa chamar meu nome 

— Oi. — Sorri para a mulher com fitinhas no cabelo e uma boneca na mão 

— Você perdeu mesmo a memória? — Perguntou triste se sentando ao meu lado 

— Infelizmente sim. Qual o seu nome? — Perguntei a ela que sorriu

— YunA, eu era sua amiga. — Avisou colocando a boneca sobre a mesa

Nós ficamos conversando durante o almoço até que uma garota mais velha que eu, vem até nos com sua gangue 

— Então quer dizer que a S/nzinha perdeu a memória. — Debochou

— Quem é você? — Perguntei desconfiada para a menina

— Alguém que você deveria tomar cuidado. — Revelou a garota jogando sua bandeira de comida sobre minha roupa 




                |P.O.V TAEHYUNG|



Andava de um lado para o outro tentando achar alguma pista de S/n, eu pensava e repensava mais nada de achar uma solução. Eu não fazia ideia do que podesse estar passando na cabeça do meu pai, ele era ambicioso, mediculoso e astuto quando o assunto era se livrar de algo que estava em seu caminho e era isso que eu temia

— Jungkook, para. — Alertou jimin — Assim você vai furar o chão. — Falou me puxando para o sofá

Por impulso , Suspirei cansado pegando uma garrafa de whisky que se encontrava no criado mudo 

— Não. — Tomou da minha mão. — Você também não irá beber. — Jimin levou a garrafa para longe 

— Jimin eu não aguento mais, eu preciso ter ela, preciso saber onde S/n está. — Confessei deixando algumas lagrimas caírem 

— taehyung para, essa garota não te merece, ela só queria seu dinheiro e o seu poder. — Me surpreende com suas palavras — Você fez a maior besteira da sua vida tentando ajudá-la, mas para sua sorte, seu pai se livrou dela antes. — Confessou me fazendo ferver

— NUNCA MAIS ABRA ESSA BOCA IMUNDA PARA FALAR DELA. — Gritei alterado me levantando do sofá 

Em passo lentos, fui até a porta sentindo meu corpo temer. As mãos de Jimin me impediram, segurando meu braço com força 

— Por que? Por que? — Perguntou jimin deixando algumas lágrimas caírem

— como assim por que? — Perguntei sem intender

Eu não sabia o motivo do choro do jimin e isso me intrigava

— Por que tem que ser ela? Por que tem que ser aquela garota metida e nogenta? — Perguntou em prantos 

— Do que voce Está Falando? — Perguntei confuso

— EU TE AMO  TAEHYUNG. — Gritou me olhando fixamente — EU SEMPRE TE AMEI. — Jimin estava transtornado e eu também

Eu não conseguia entender, meu amigo, o homem que eu considerava como meu irmão, gostava de mim? 











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...