História My Sexy Teacher(Imagine Hoseok-BTS) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Tags Hoseok, Oneshot, Professora, Xcrystal
Visualizações 732
Palavras 1.504
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá crystalzitas💎
→ História nova com o Hoseok Lindão!
→ Comentem e favoritem!
Boa leitura🌸

Capítulo 1 - Me fode Noona?


Fanfic / Fanfiction My Sexy Teacher(Imagine Hoseok-BTS) - Capítulo 1 - Me fode Noona?

My Sexy Teacher — Me fode noona?

Único


| Hoseok Point Of View|


A próxima aula seria da _____,  a professora mais gostosa de toda a escola. Às vezes eu penso se tem algum menino que ainda não olhou para o corpo dela.


Se ela usa aquelas saias curtas e blusas que marcam bem seus seios só para deixar os alunos da sala excitados, ela está conseguindo.


Tocou o sinal e lá estava ela, com uma saia jeans curta que ía até a metade de sua coxa e uma camisa social onde ela deixava os primeiros botões desabotoados mostrando bem seus seios fartos.


— Boa noite alunos. Abram o livro na página 158 por favor. — diz a professora _____ abrindo também seu livro e começando a escrever algo relacionado a matéria no quadro.


A matéria da professora _____ era a que eu mais tinha dificuldade. Acho que eu nem preciso explicar o porquê de não prestar a atenção em suas aulas. Não consigo me concentrar com seu corpo em minha vista.


—  Vou passar de banca em banca para ver se vocês estão realmente copiando, e tirar a dúvida de quem está com dificuldade.


Ela já estava chegando em minha banca e eu não havia copiado nada no caderno, meus pensamentos estavam longe e eu não me lembrei do dever passado pela morena.


— Por quê não tem nada copiado Hoseok? — pergunta a professora olhando para meu caderno.


— Me desculpa, mas estou com dificuldade nesse novo assunto. — dei uma leve coçada em minha nuca.


Não estava mentindo quando disse que não estava entendendo.


—  Quer ajuda? — se oferece para me ajudar, eu estava realmente precisando mas não adiantaria pois não iria conseguir prestar atenção em suas falas, apenas em seu corpo.


— Acho que não precisa.


— Claro que precisa. Você vai fazer alguma coisa hoje de tarde? — pergunta devolvendo meu caderno.


— Não.


— Ótimo! Pode ir na minha casa às 16:00? — agora sim eu ficaria mais nervoso de ficar perto dela. A professora me causa sensações estranhas em meu corpo que me deixava arrepiado.


— P-Posso. — gaguejo e afirmando que poderia ir em sua casa, eu poderia ter dito que tinha algum compromisso mas minha cabeça não raciocina de um segundo para o outro.


— Perfeito. Você irá aprender tudo nessa tarde, tudo mesmo. — sorri sapeca saindo de perto da minha banca e indo checar as atividades do resto dos alunos.


Não sei o que ela quis dizer com isso, mas fiquei com uma certa desconfiança.


| _____ Point Of View |


Se eu gosto desses olhares sobre meu corpo? Nem sempre, ás vezes me cansa escutar em todo lugar que eu ando, comentários do tipo, "Que professora gostosa"  ou "Essa mulher ainda vai para minha cama".


Todos são uns idiotas, não posso nem usar uma roupa mais vulgar que eles já metem os olhos ou na minha bunda ou nos meus seios.


Sobre meu aluno Hoseok, ele é um garoto legal, claro que ele tem algumas dificuldades com minha matéria mas nada do que boas aulas faça ele entrar nos eixos novamente. Sempre consigo fazer isso e irei conseguir com ele.


Hoseok pode ser um garoto mais tímido e quieto, mas sei que no fundo ele não tem nada de santo.


Ensinarei tudo para ele e mais algumas coisas.


Confesso que o moreno não é de se jogar fora. Hoje ele será todo meu, escutem o que eu estou falando. Estou ansiosa.


| Hoseok Point Of View|


Tomei um banho rápido e logo fui até meu guarda roupa escolher uma roupa para ir na casa da professora _____. Não queria ir muito simples e nem exagerado então optei por uma calça jeans preta com alguns rasgos no joelho e um moletom. Calçei meu tênis e borrifei meu perfume logo ficando pronto e saindo de casa indo para a residência de _____.


Ao chegar no local, toco a campainha e logo sou recebido por minha professora.


— Que bom que veio! — me abraça e sela seus lábios em minha bochecha me deixando constrangido.


Ela trajava um vestido curto branco rendado, ele marcava bem seus seios.


— Tudo para conseguir uma boa nota. — sorrio fraco querendo que aquilo acabe o mais rápido possível.


— Entre. — deu espaço para mim passar e assim fiz. Entrei e observei sua casa que era bem bonita por sinal.


— Que algo para comer ou beber? — pergunta me encarando e apenas nego.


—  Não, obrigada.


— Vamos para o meu quarto. Ajeitei tudo lá.


— Tudo bem. — sigo _____ até seu quarto. Subimos as escadas e paramos em uma porta, logo a morena abre e entramos em seu quarto.


— Sente-se aqui.  — apontou para o tapete que continha alguns livros e almofadas.


— Qual o assunto que você está com dificuldade? — pega seu livro abrindo em uma página a qual estávamos estudando esse mês.


— Pra ser sincero, em tudo. — suspiro admitindo logo.


— Não consegue compreender o que eu falo? — o problema não é esse, é que seu corpo atrapalha a minha atenção.


— Não.


— Então eu vou explicar mais uma vez. — fala ela abrindo a página no início do novo capítulo.



— Cristóvão Colombo viajou por toda a América, mas ele morreu sem saber que havia chegado a um novo continente, ele pensava que a América fosse uma parte das Índias. Américo Vespúcio relatou em cartas que aquelas terras correspondiam a um novo continente. Por isso o geógrafo alemão Martin Waldsemüller propôs dar ao continente o nome de América, em homenagem a Américo Vespúcio.


— Mas esse Cristóvão Colombo morreu quando? — pergunto pela primeira vez interessado na matéria.


— Ele nasceu em 1451 e morreu em 1506. Entendeu toda a matéria?


—  Sim! — finalmente entendi tudo!


— Ótimo.— fala guardando seus livros. — Agora você precisa relaxar. — fica atrás de mim e começa a massagear meus ombros.


— Como assim? — digo nervoso.


— Você é virgem?


— Por quê a pergunta? — eu não estava entendendo o que minha professora queria dizer com isso.


— Apenas responda minha pergunta.


— S-Sim. — eu sei que isso é vergonhoso mas eu nunca me interessei por uma garota a ponto de ir pra cama com a mesma.


— Ótimo.  — ela vem em minha direção e me deita no tapete ficando por cima de mim.


— Como você foi um bom aluno, merece uma recompensa. — sorriu pervertida.


— O-O que v-vai fazer? — por quê não consigo parar de gaguejar!?


— Nada de mais, apenas relaxe.


— Tudo bem. — suspiro.


—  Gosta disso? — ela desceu suas mãos para meu membro e acariciou o mesmo por cima da calça.


— S-Sim. — isso tava tão bom.


Ela foi até o zíper de minha calça tirando a mesma junto com minha box.


— Nossa! É muito grande. — comenta  passando a língua em seus lábios.


— M-Me chupa. — falo perdendo a timidez.


— Com certeza, não precisa dizer duas vezes.


Ela abocanha meu membro e começa a chupar a cabecinha do meu pau. Coloco minhas mãos em seu cabelo fazendo com que a morena aumentasse os movimentos.


— Awn professora... — gemi sentindo sua boquinha quente em meu pau.


— Soa tão sexy quando você me chama de professora. — lambe a extensão de meu pênis. Ela aumenta a velocidade das chupadas e eu acabo gozando em sua boca e a mesma engole tudo.


— Seu gosto é delicioso. — passa a língua pelos cantos de sua boca lambendo o resto de porra que estava na mesma.


Troco as posições ficando por cima dela e tirando seu vestido deixando-a apenas de roupas íntimas.


— Você é tão gostosa. — digo passando a língua em seus seios. A garota não usava sutiã por baixo do vestido.


— Awn Hoseok, me fode logo. — gemi impaciente.


Tiro sua calcinha e passo minha língua em seu clitóris fazendo movimentos com a língua de cima para baixo. Coloco dois dedos de vez em sua entrada a estimulando fazendo a mais velha dar um grito. Tiro meus dedos e me posiciono em sua entrada.


— V-Vai logo. — diz pegando em meu pau e colocando ela mesma meu membro em sua entrada apertadinha.


Comecei com lentas estocadas a deixando maluca, e logo depois acelerando as penetradas fazendo _____ revirar os olhos.


— Tão gostosa.


Ela muda a posição ficando por cima e quicando em meu pau. Seus seios balançavam perto de minha face e logo pego os mesmos apertando cada um.


Depois de algumas estocadas chegamos ao nosso primeiro ápice.


— De quatro! — ordeno e ela faz como eu mandei, pude ver sua entrada vermelhinha e molhada.


Encaixei meu pau em sua bunda e comecei as estocadas que agora eram mais fundas e fortes.


— Awn meu deus.


— Você é muito apertada...awn.



— Quero ter mais aulas com você. — falo saindo de dentro da professora.


— Pode ter certeza que vai ter daddy.


— Gosto quando me chama assim. — sorrio safado.


— Pois pode se acostumar que eu vou gemer seu nome muitas vezes ainda.  — beijo seus lábios apertando sua bunda.


— Aguenta um segundo round? — agarro sua cintura cheirando seu pescoço.


— Aguento até o terceiro se for com você. — sobe em cima de mim novamente.


Fim.


Notas Finais


→ Estou com vergonha de ter escrito esse hot. Nunca escrevi um pesado desse jeito, mas vocês gostam🌚
Postei uma OneShot assim do nada. Sou uma caixinha de surpresas. @xcrystal⬅me sigam por favor💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...