História My Sexy Teacher( Kim SeokJin) - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Hentai, Hot, Jin, Você
Visualizações 76
Palavras 2.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora
Boa ilusão

Capítulo 19 - .19


Já faz quatro horas que estou sentada nesse corredor esperando alguém me dizer o que ele tem,cada vez que o relógio de parede que está a minha frente marca um minuto a mais,meu coração leva uma pontada,se afogando nas lágrimas.
Xx:S/n meu deus o que aconteceu-diz Sukie correndo em minha direção junto com babi.
S/n:fungo-ele...ele se foi,o amor da minha vida se foi-diz me atropelando nas palavras.
Ba:Amiga olha pra mim-diz se agachando na minha frente-ele não  se foi ainda não tem notícias,vai ficar tudo bem.
Nesse momento achava que babi iria fazer uma piada como sempre,pra terem noção ela fez piada até quando o pai dela morreu,mas ela viu meu desespero é apenas abaixou a cabeça e me abraçou.
Xx:Quem é que está com Kim Seokjin?
Levanto rapidamente a cabeça e vejo o médico olhando pra nós três 
S/n:Sou eu-digo me levantando.
Xx:E você é o que dele?
S/n:Sou a namorada.
Xx:Pois bem,o quadro de Seokjin é um pouco grave,quando o carro o atingiu a primeira parte do corpo que  foi ao chão foi a cabeça,perdeu muito sangue,mas felizmente não corre risco de vida.
S/n:Obrigado muito obrigado,e aonde ele está...ele...
Xx:não me deixou terminar,uma artéria em seu cérebro foi rompida e por conta disso ele está em coma,e respira com ajuda de aparelhos,e não sabemos quando irá acordar.
Volto a me sentar e coloco as mãos na cabeça.
Su:Obrigado.
O médico logo sai e as meninas se sentam do meu lado.
Ba:S/n é melhor você ir pra casa deve fazer horas que está aqui.
S/n:Eu não quero ir.
Su:Amiga vai pra casa toma um banho come algo durma um pouco.
Depois de muita insistência assinto E vou pra casa.

[•••]

Jin ON
Sinto um incômodo nos olhos e os abro pisco várias vezes,a claridade queimam minhas retinas,olho em volta e estou em um quarto,atordoado me sento na cama assustado e sinto uma dor na cabeça.
Xx:Oh,você acordou-diz um homem de jaleco branco.
Jin:Como vim parar aqui?-digo ainda atordoado.
Xx:Você sofreu um acidente.
Jin:Com?
Xx:Com carro,você foi atropelado.
Jin:E...a quanto tempo...estou aqui?
Xx:Hm,hoje faz quatro meses.
Como assim eu fiquei em coma por quatro meses,devo ter perdido muita coisa.
Olho para o lado e vejo um buque de orquídeas em um jarro de cristal.
Xx:Bonitas né a S/n vem aqui todos os dias e a troca.
S/n,esse nome...
Jin:S/n,quem é ela?
Xx:Você, não lembra dela?me responda qual é seu nome?
Jin:Meu nome é Kim Seokjin,tenho 25 anos e sou professor.
Xx:Parece que está se lembrando de tudo,tem mais alguma coisa?
Jin:Ah,e sou noivo se Lee Sook.
O médico me olha com uma certa preocupação,se aproxima pega uma lanterna no bolso do jaleco e examina meus olhos.
Xx:Só se lembra disso?
Jin:Só...estou me esquecendo de algo?
Xx:Ola médico wang tudo be...-diz uma moça entrando no quarto,a mesma para de falar quando me olha,olho para suas mãos e as orquídeas que estavam em suas mãos caem,ela me olha e sorri.
Seus olhos estavam lacrimejando.
S/n:Jin-diz correndo em minha direção.
Ela tenta me abraçar mas me afasto assustado,quer dizer uma menina que eu nunca vi tenta me abraçar.
A mesma me olha e abaixa a cabeça.
Xx:S/n,fique calma-diz o médico sussurrando e tocando em seu ombro.
Ela o encara e assente,vai até as orquídeas que estavam no chão as pega e as leva pro vaso perto da janela,tira os murchos e coloca as novas,e nenhum minuto olha pra mim apenas faz isso e sai.
S/n ON
Ele não se lembra de mim,como assim estou muito confusa,larguei tudo para amá-lo e o mesmo me esquece.
Wa:S/n,não fique assim pelo que eu percebi deu um corte em sua memória,parece que se lembra de tudo...-aparece do nada.
S/n:Menos de mim eu percebi...
Wa:Fico triste por isso mas o mesmo tem que se lembrar sozinho,por que não o ajuda,hm?
S/n:Talvez,ele não queria mais me ver,você viu a merda que eu fiz.
Wa:Você não fez nada só estava feliz,se o ama como me disse,tente.
Eu não posso desistir dele,não agora.
Wa:Só diga o necessário,não force,e se ele perguntar quem é você diga que é uma amiga por que ele acha que está noivo de uma Sook.
Respiro fundo e me levanto.
Wa:Boa sorte-sorri.
S/n:Valeu-sussurro.
Vou até a porta e penso em não abri-la,mas eu tenho, sinto que tenho.
Entro e o mesmo me olha,e se senta apoiando as costas na parede.
S/n:Er...oi-digo colocando o cabelo atrás da orelha.
Jin:Oi.
S/n:Fique calmo eu não irei te abraçar de novo e me desculpe por aquilo.
Jin:Tudo bem não parece uma pessoa ruim-ri.
Esse sorriso,esse sorriso me mata por dentro,ah meu amor se soube-se que estou tão feliz de te ver, te ver bem minha vontade é de te abraçar e sentir seus lábios novamente.
S/n:HM,vamos começar do zero,ok?
Ele assente.
S/n:Prazer sou S/n-me curvo.
Jin:Se já me conhece não preciso me cumprimentar,óbvio.
S/n:Como se sente?
Jin:Minha cabeça dói bastante,mas acho que vou viver.
S/n:Se importa de eu me sentar-digo apontando para a poltrona do seu lado.
Jin:Não,fique a vontade.
Vou até ele e me sento.
Jin:Então,o que você é minha?
S/n:E-eu?...sou sua amiga.
Jin:Fiquei sabendo que você que trás essas flores pra mim,obrigado.
S/n:De nada-sorrio.
Jin:E tem notícia de Sook.
S/n:Ah,não ela me odeia.
Jin:Por que,parece ser uma pessoa legal.
S/n:Ela acha que eu vou roubar você dela.
Jin:Ela é uma bobinha mesmo-ri.
Apena abaixo a cabeça e dou um sorriso falso.
Jin:E o que você faz tipo trabalha no que?
S/n:Bom eu faço faculdade de gastronomia,e trabalho em um café vinte quatro horas.
Jin:Que coincidência eu sou professor de...
S/n:É você é meu professor,quer dizer era até acontecer o acidente-digo às últimas frases em sussurro.
Jin:Então quer dizer que além de seu professor eu era seu amigo.
S/n:Sim,melhor amigo e espero que sejamos...ainda.
Jin:Oh,claro-diz me olhando.
S/n:Então o que acha de um café?
Jin:Eu adoraria-sorri.
S/n:Então eu já volto.
[•••]
Hoje é dia que Jin sai do hospital quem diria,depois de um mês mas ainda bem que durante esse tempo nós ficamos "amigos ",não toquei muito no assunto de nós dois,foquei mais no futuro,às vezes eles me me perguntava "como uma menina tão bonita não tem namorado"e apenas respondia
"Estou esperando a pessoa certa" e isso era a maior mentira por o amor da minha vida estava na minha frente,mas ele não me amava,quer dizer ele me ama mas ainda não sabe se esqueceu,prefiro acreditar nisso.
Entro no hospital alegre comprimento os residentes e entro no Elevador aperto o o botão e esperto o andar,saio e vou até a porta de seu quarto,antes de entrar checo minha roupa,e meu cabelo.
Ok tudo certo,abro a porta e me deparo com o que menos,ou mais esperava.
Sook estava deitada junto ao mesmo na cama,com a cabeça e seu peito,eles pareciam tão felizes eles param de conversar e olham pra mim.
S/n:O-Oi-digo não tentando chorar.
Jin:Ah,oi S/n não pensei que ia vim mais tarde.
S/n:Pedi um dia de folga-fico um tempo calada-Oi Sook.
A mesma dá um sorriso falso e se levanta.
So:Oi,S/n podemos conversar lá fora rapidinho,se importa amor?
Jin:Não,podem ir lá,aproveito e me troco.
Saíamos e a mesma fecha a porta,seu sorriso falso se torna um olhar raivoso.
S/n:O que está fazendo aqui sua naja.
So:Ué cadê a S/n monga que chorava por tudo,finalmente se revelou sua menina do gueto.
S/n:Posso até ser do gueto mas não sou uma puta que trai e expulsa o de sua própria casa,como fez com o Jin né vagaba.
So:Eu tinha o direito  eu era quer dizer sou noiva dele,e o mesmo não me dava atenção é óbvio que o trai,mas a vida me deu uma segunda chance.
S/n:Você não o merece ele é uma pessoa boa,e agora que está frágil está mais bom ainda,eu juro que se você...
So:Vai fazer o que sua menina tola,ele me ama,deveria saber que uma hora ou outra ele iria voltar pra mim,sabe por que?por que sou uma mulher,não uma criança como você.
S/n:Ha,muito engraçado você dizer isso,só pra saber Jin queria casar e ter um filho com a "criança"aqui,não é a toa que que quase acreditei que tinha um bebe aqui-diz apontando para minha barriga.
So:Olha sua...
Jin:Estão brigando?
Paramos de falar e olhamos pro lado.
So:N-não,PUFF eu brigar com ela,nem gastaria meu tempo.
S/n:Digo o mesmo.
Jin:Hmm...
S/n:Ah Jin o que acha de hoje nós irmos naquele restaurante que te falei?
Jin:Me desculpe S/n não vai dar eu já combinei de sair com Sook,né amor-diz abraçando a mesma.
Isso me destrói ainda mais que a puta dá um sorriso vitorioso.
S/n:M-marcamos outro dia então.
Jin:Ok,já vamos indo tenho que assinar a papelada da saída do hospital.
S/n:Hm..a gente se vê então.
O mesmo se despede de mim e sai de mão dada com a puta.
Ando até a saída do hospital de cabeça baixa,me sento no ponto e fico esperando o ônibus,pego o mesmo e me sento.
¥QDT¥
Já faz dois meses que não converso com Jin informalmente,o mesmo voltou a dar aulas,ele apenas acena e seu faz seu trabalho.ja não aguento mais não poder toca-lo,te ver com outra me machuca muito já pensei em desistir mas algo no fundo me diz que não,tenho que continuar.
Ba:Amiga eu to falando com você...Aish deve estar pensando naquele babaca que te esqueceu-diz cruzando os braços.
Su:Amiga sério esquece ele parte pra outra,ele não te ama,aceite.
S/n:Obrigado...por jogar na minha cara.
Su:Só estou dizendo a verdade,quero seu bem-diz dado uma mordida em seu lanche.
Ficamos mais um tempo conversando,melhor dizendo elas me convencendo a desistir de Jin.
O sinal toca e voltamos pra sala,Jin estava sentado anotando algumas coisas,apenas passo pelo mesmo e me sento na cadeira.
Jin:Bom dia senhorita-diz ainda anotando algo.
Olho para trás e vejo que só te nós dois na sala.
S/n:EU?-digo apontando pra mim.
Jin:Obviamente,só tem nos dois aqui-diz ajeitando seus óculos.
*Ele fica tão lindo assim*
S/n:Ah,bom dia Sr.Jin-digo toda boba colocando os cabelos atrás da orelha.
O mesmo apenas me encara e faz um sinal com a cabeça.
Logo os alunos começam a entrar e Sukie se senta atrás de mim.
A aula flui normalmente até que a menina mais rodada da sala(Meng jia)começa a fazer piada a respeito de minha cara fechada.
A mesma joga uma bolinha de papel em minha cabeça.
Eu juro que sou uma pessoa controlada mas com tudo que passei esses meses está difícil,são raiva e tristeza acumulada,me levanto da mesa e vou até a mesma.
S/n:Qual é seu problema comigo?!o que eu te fiz?
Me:Tudo,garota se manca sua cara de cu me irrita e irrita os demais-diz olhando para as pessoas da sala.
S/n:Diga a verdade,só se sente incomodada comigo por que sou estrangeira,mas fique tranquila não vou passar minha "doença" pra você.
Jin:S/n,vá se sentar.
Ignoro o mesmo
S/n:Ah então já que que eu fiz tudo pra você não vai se importar de eu te dar surra.
Me:Você nem é louca-diz se levantando.
Ficamos um tempo discutindo.
Jin:As duas vão se sentar.
Eu já estava cansada,cansada de tudo,desde que Jin sofreu o acidente nem se importa comigo eu fiquei do seu lado e ele me ignorou,nem pra ter consideração por mim,que fiquei meses sendo a ÚNICA o visitando,enquanto a puta da Sook ficava pegando outros, quer saber foda-se.
S/n:CALA A BOCA...
Todos olham pra mim alguns assustados outros adorando ver isso e Sukie com dó,por saber o que se passava.
Jin:O que disse?
S/n:É isso mesmo cala sua boca-digo com os olhos lacrimejando.
Explodi,infelizmente se eu pudesse dizer tudo que pensava pro mesmo,mas não posso estamos em sala de aula,não fiquei insana ainda.
Jin:Vai pra diretoria AGORA..
Ficamos segundo nos encarando,o mesmo me olhando com raiva,e eu a mesma coisa.
Apenas peguei minha mochila e passei esbarrando no ombro de Jin.
S/n:Vá se ferrar-digo batendo à porta com força.
Assim que saio daquele "cubo" que se chama de sala e desmorono,me agacho no chão chorando,o que acabei de fazer?
Logo me recomponho e me levanto vou até a diretoria e fico sentada na sala de espera,brincando com meus dedos esperando o pior.
Logo Meng e Jin aparecem e o mesmo entra na sala do diretor e Meng fica apoiada parede olhando pro chão,minutos depois me nos chamam,apenas ouvi tudo já sabia havia me ferrado mesmo.
Dt:Vocês vão ficar cinco dias suspensas,e S/n tem sorte de ser uma boa aluna,se não te expulsava.
S/n:Mais alguma coisa?
Dt:Não pode sair,menos Meng quero ter uma  conversa sozinha com ela.
Saio bufando,escuto a porta se abrindo de novo e nem ligo,sinto puxarem meu pulso,olho e era Jin.
Jin:Me peça desculpas,agora.
S/n:NÃO,você não manda em mim,não mais.
Jin:Como pode ser tão mal educada assim,bem que Sook estava certa você não presta.
Passo a língua na bochecha e olho nos olhos do mesmo.
S/n:Ja que eu não presto,deveria perguntar pra sua amada Sook da onde eu aprendi,sabe a mesma da aula nisso-rio-só espero que não perceba tarde de mais.
Jin:Lave sua boca pra falar dela...sua sua criança.
S/n:Sabe que a mesma me disse a mesma coisa,mas o que não sabe ,quer dizer não lembra,você disse que me amava e quando achávamos que que estava grávida,de você e disse que me amava e faria de tudo pra cuidar de mim...na verdade eu nem sei o que estou dizendo,mas o que eu desejo nesse momento é que você é sua puta vão pro inferno-digo me virando e indo embora.
Jin ON
O que ela está dizendo,é uma louca mesmo eu amo Sook não ela,maldita hora que eu sofri esse acidente,e esse papo de gravidez,se fiz isso provavelmente estava bebado,é ainda mais que ela disse que éramos melhores amigos.
O dia termina mas ainda estou na sala terminando de corrigir as provas,Sook disse que aí passar na casa de uma amiga então vou dar uma passada no bar,preciso me "descarregar"junto minha coisas e coloco na mala.
Atravesso a rua e entro no bar,estava com poucas pessoas e ainda pra piorar estava passando uma música triste,me sento e chamo o barmen.
Jin:Uisque com muito gelo por favor.
Xx:Jin,cara a quanto tempo como você tá?
Olho para o lado e Jackson estava com um sorriso de orelha a orelha.
Jin:Eai cara como está?!
Jk:Estou bem,mas você sumiu por onde esteve?
Jin:Não ficou sabendo,óbvio que não,eu sofri um acidente de carro fiquei quatro meses em coma.
Jk:vish,me desculpe é que ando muito ocupado,mas S/n deve ter cuidado muito bem de você,aliás como está seu namoro com ela?
Jin:M-meu namoro com S/n?,eu namorava ela?
Jk:É cara até comprou uma aliança,me disse que ia pedir a mesma em casamento.
Minha cabeça lateja,e vem em minha mente uma imagem de S/n rindo pra mim,parecíamos estar dentro de um carro.
"Jin você é um bobo"
Jk:Cara está tudo bem?-diz tocado em meu ombro.
Jin:Esta,mas tenho que ver se isso é verdade.
Jk:O que é verdade?
Jin:Tenho que ir nos vemos por aí.
Jk:Vish o cara ficou doido.
Pago pela bebida e vou pra casa.
Chegando lá vou diretamente pro quarto e procuro essa tal "aliança"bagunço tudo abro o armário jogo tudo pra fora e não acho me sento na cama e passo as mãos na cabeça,pensa Jin aonde você esconderia uma simples caixinha,levanto o colchão e olho o extrato e o encontro pego a mesma e me sento no chão,abro a mesma e tinha mesmo uma aliança lá.
O QUE FOI QUE EU FIZ?


Notas Finais


Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...