1. Spirit Fanfics >
  2. My sister's best friend (Suga) >
  3. A volta de Luara

História My sister's best friend (Suga) - Capítulo 31


Escrita por: e 1220Vih_R


Notas do Autor


Hey babies
Thank u for 40 favs

Capítulo 31 - A volta de Luara


Fanfic / Fanfiction My sister's best friend (Suga) - Capítulo 31 - A volta de Luara

Semana seguinte...
 

S/n on

Recebi uma mensagem da minha irmã que estava prestes a embarcar no aeroporto de Seul, então me levantei e me arrumei peguei meu celular e botei dentro de uma pochete em formato de boca, saí de casa e fui até a casa de Yoon pra irmos juntos, chegando lá, estavam Hyeri e Tae tomando café da manhã com Yoongi.

- Olha só quem está aqui... se não é o casal do ano

- Que isso S/n, para de ser puxa saco - Hyeri falou toda vermelha

- E aí como tá o namoro de vocês?

- Tá ótimo - Tae me responde com um sorriso quadrado - A partir de amanhã ela vai morar lá em casa

- Hmmm, que bom.... quero ser madrinha do casamento e dos filhos, já vou logo avisando - eles riem, olho a hora e vejo que falta pouco tempo pro avião pousar - Então... Yoongi meu amor, vamos logo que senão Luara nos mata

- Sim vamos meu amor - ele se levanta e vem me dar um beijo profundo e calmo, por pouco tempo porque estamos apressados, quer dizer... eu estou apressada - Tae.... querem ir com a gente? - os dois assentem e vamos até o aeroporto. Chegamos, mas o avião de Luara não tinha chegado ainda, então ficamos mais uns 5 minutinhos esperando ela chegar, enquanto ela não chegava Yoongi acariciava meu cabelo e eu estava deitada em seu ombro, olhei pro lado pra ver como estava Hyeri e Taehyung, eles são muito fofos, ela tava mexendo no celular e ele tava tentando chamar a atenção dela, deitou no colo dela e começou a fazer cócegas na barriga dela.

- Hahha, Ai Taehyung, para de ser chato

- Desliga esse troço e me dá atenção

- Não

- Porque não?

- Por que eu num quero - ele fez cara de choro e se sentou no banco - Oh my god, agora vai virar criança é? - quando Hyeri tá nervosa ou preocupada ela fala em inglês, ela desliga o celular e se senta no colo de Taehyung fazendo cafuné no mesmo, ele empurra ela igual criança birrenta - Aish... Agora deu - Hyeri puxou bruta o cabelo de Tae e começou um beijo quente entre os dois, que demorou um tempão, eles só pararam quando o avião de Luara aterrissou, fomos até a porta do "grande pássaro" e esperamos minha irmã sair. Ela foi uma das últimas a sair, mas pelo menos saiu, ela veio correndo em nossa direção e eu pensava que a primeira pessoa que ela ia comprimentar era eu, mas não... ela pulou e agarrou Yoongi, eu nunca tinha visto ela abraçar ele daquela maneira, ficou bastante tempo naquela cena até que resolveu soltar ele, e você acha que ela veio falar comigo? Não, ela nem sequer olhou pra mim, essa não é a Luara que eu conheço. Aliás, eu estava do lado do MEU namorado.

- Oi... será que minha irmã não está me reconhecendo?

- Oiiii Maninhaaa, como você tá minha baixinha?

- Estaria melhor se você, MINHA IRMÃ, não tivesse fingido que não me viu, e ir falar só com o Yoon

- Yoon?! Que intimidade é essa com meu Best?

- Essa é a intimidade que eu tenho com o MEU NAMORADO tá?

- Namorado?!

- Sim porquê? Ficou incomodada? - Ela me ignorou e se virou pro Yoongi

- Yoongi, que história é essa de você estar namorando a minha irmã e eu não ficar sabendo disso?

- Eu tinha que pedir permissão pra você? Ah desculpa, pensei que a mãe dela fosse a dona S/m, não você

- Grosso!!! Você nunca falou assim comigo

- Você também nunca me agarrou ou tratou sua irmã mal, e veja só, já chegou causando... Eu pensava que você tinha mudado, lembra na escola? Você era idiota igual está agindo agora.

- Idiota! - ela saiu empurrando tudo que estava na sua frente - SE EU SOUBESSE QUE ISSO IA ACONTECER, EU TINHA FICADO NA EUROPA, EU TAVA MUITO MAIS FELIZ LÁ... - gritava no meio da rua

- Ai... ninguém merece - me sento no banco e abaixo a cabeça

- Tá tudo bem, eu estou aqui ok? - olhei pra Yoon que estava tentando me acalmar e assenti - Vamos pra minha casa hoje à noite? A gente pode conversar e depois brincar um pouquinho, o que acha?

- Uma ótima ideia, estou precisando de um momento assim com você Oppa, já faz semanas que não nos amamos mais....

- Tá bom então... vamos pra casa Tae - Hyeri quebrou o gelo

- Sim - entrelaçaram as mãos e saíram do aeroporto, eu e Yoongi fizemos o mesmo e fomos pra casa dele, fiquei lá o dia todo maratonando séries com ele, mesmo que ele não goste eu o obrigo a isso

(•••)

Eu estava dormindo de bruços até ser acordada por mãos em minha bunda, me virei e vi que era Yoon então deixei, as mãos dele no meu corpo são tão gostosas.

- Hmmmmm - gemi manhosa e com sono - Yoon?

- Oi meu amor - ele responde e eu sinto algo duro tocar na parte interna da minha coxa

- Eu tô com sono amor.... não dá certo agora

- Tá sentindo isso? - encostou seu membro em minha buceta e apertou em mim - Eu tô duro S/n, e é por sua causa, então trate de resolver isso

- Tá bom, tá bom... deixa só eu lavar meu rosto - me levantei, fui até o banheiro e lavei meu rosto, e quando estava indo pra sala de novo, voltei rapidamente no banheiro e tirei minha roupa. Fui até a sala e Yoongi também já estava despido... ótimo, pensamos igual.... DIRETO AO PONTO, adoro isso. Fico de costas pra ele e começo a rebolar e quicar no ar.

- Vem quicar aqui em cima de mim baby, vem - me levanto e começo a fazer a dança do ventre bem devagar, olhei pro pau de Yoongi, que já estava completamente ereto e pulsante, sinto espasmos por todo meu corpo, então vou até Yoon e escosto minha buceta na boca dele e rebolando, senti sua língua quente em meu clitóris e soltei um gemido alto, ele fazia movimentos circulares, enfiava, tirava, enfiava, tirava... Não aguentei e me sentei em seu colo fazendo ele me penetrar fundo. Estocadas fortes que me deixavam inerte de prazer, apertava minha cintura e minha bunda, isso ajudava ele a estocar mais forte. Voltei a rebolar, sim hoje i'm a bitch (referências meu povo, música That bitch - Bea Miller), iniciei quicando devagar e depois já estava pulando praticamente. - Você não tem jeito mesmo, apertada hmmm, molhada e gostosa awwnn - falava entre gemidos

- E você é tão grosso Oppa ahhh

- Sua culpa - sussurra em meu ouvido e depois morde minha orelha - Agora, goza vaaaai hmmm - quiquei mais devagar dessa vez, porque isso atiça mais o Yoongi, e.... me atiça também, ele pegou minha cintura e me deu uma estocada bem mais forte então me desfiz, ele se retirou de mim e abocanhou minha vagina enquanto gozava no colchão, e sim, a casa dele estava bagunçada do mesmo jeito, ele começou a lamber meu clitóris afim de beber meu gozo. Nos deitamos e ficamos observando o corpo um do outro, e fomos interrompidos pelo barulho da campainha, Yoon se levantou e foi olhar quem era no olho mágico... E adivinha quem era? Luara. Eu me vesti e ele foi se vestir no banheiro, atendi a porta e Luara se assustou, ela não esperava ser atendida por mim.

- O que tá fazendo aqui? Ah é.... seu namorado né isso? Posso entrar?

- Entra... fazer o que né? - resmunguei, ela entrou, jogou as coisas que estavam em cima de uma cadeira no chão e sentou na mesma

- Porque jogou as minhas coisas no chão?

- Oi Guinho, não tinha lugar pra sentar como você pode ver, e como eu sou de casa resolvi jogar no chão ué, simples.

- Folgada! O que você quer?

- Porque está tratando sua melhor amiga desse jeito Guinho? - se levantou e se aproximou de Yoon, quase sem espaço entre os dois

- Não me chama de Guinho.... Eu nunca te dei essa liberdade - se afastou enquanto a repreendia

- Já que é assim - tirou um revólver de sua saia e mirou em Yoongi

- Tá louca Luara?! - perguntei assustada e com medo de ela atirar no meu anjinho

- Sabe porque eu fui pra Europa maninha?

- Não foi à trabalho?

- Foi, e não foi. Eu tinha amigos aqui em Seul na época da minha faculdade e a gente decidiu formar uma gangue, a gente queria grana, então foi nosso único meio, éramos preguiçosos então não rolava trabalhar, fora que é bem mais divertido ser bandido. Eles foram embora depois de se formarem e perdi o contato deles, até uns dois meses antes de eu viajar pra Europa, um deles conseguiu entrar em contato comigo de novo, e me fez a proposta de ir pra lá pra voltarmos com nossa gangue, lá eu aprendi a como manusear essa belezinha - disse sorrindo e acariciando a arma - Eu voltei pra Seul pra exportar nossas drogas daqui pra Europa, sim, também somos traficantes... E agora, a vida do seu neném está nas minhas mãos, da mesma forma que se você tentar me impedir de eu ter ele só pra mim eu não vou fazer o mínimo esforço pra te poupar da morte, "maninha"


Notas Finais


Só tretaaaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...