História My Smile Belongs To You - JaeSung (NCT) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jaemin, Jisung, Park Chan-yeol (Chanyeol)
Tags Chanyeol, Exo, Jaemin, Jaesung, Jisung, Nct, Nct Dream
Visualizações 51
Palavras 884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ihul... Olha eu aqui, hehe.

Eu vou ter que dar uma revisada nos capítulos, por quê o começo não se encaixa na história, por causa da S/N e tudo mais.

Espero que vocês gostem do novo capitulo, que explica um pouco sobre os pais do Jisung e do Jaemin. (Chanyeol e Hee-Ju)

Tenham uma ótima leitura:3

Capítulo 6 - Capítulo seis


Fanfic / Fanfiction My Smile Belongs To You - JaeSung (NCT) - Capítulo 6 - Capítulo seis


– bom dia – Jisung entra na sala de aula e vai caminhando lentamente até seu lugar –


– ei, Japa... Como termina Naruto? –um garoto cutuca Jisung –


– Não sei... – Jisung pega seu caderno... Quê por conhecidencia ou não, havia escrito "Death Note" –


– como você não- – o garoto para de falar ao ver o caderno de Jisung – não mexa com ele, ou ele matará vocês


– dá pra calar a boca, idiota? – Jisung vira para o mesmo o olhando – 


– o quê? – o garoto o olha incrédulo – 


O celular de Jisung toca, e o mesmo o pega na mão vendo o nome de Jaemin na tela.


O coração do mesmo começa a bater rápido, e sua respiração começa a falhar.


Jisung leva o celular até sua orelha.


– a-alô? – e apartir dali seu diálogo seria em coreano com seu irmão "morto" –


– Jisung-ah...está na escola? 


– estou!


– quê horas acaba sua aula??


– 11:30.


– vou te levar para sair, me encontre naquela loja de ursinhos.


– tudo bem.


《    》


Jaemin sentia seu corpo se arrepiar pelo vento frio que batia em seu rosto.


A noite estava gelada e ele havia saído tarda da casa de Jisung.


Nem poderia chamar aquela mulher de mãe, afinal... É por culpa dela, ele ter que entrar no quarto do irmão de madrugada e fingir que está morta.


Afinal, nem ele entendia por quê mentir para todos que ele estava morto.


Ou ela estava com medo?


Jaemin não conseguia entender a cabeça de Hee-Ju...


– Jaemin, por quê demorou tanto??... Se ela acordar e não me ver? – Chanyeol fala assustado –


– calma pai. – Jaemin o olha e o mais velho o abraça –


– eu vou dar um jeito em tudo, Jaemin – o mais velho parecia segurar as lágrimas – aguenta só mais um pouco, Nana – o mais velho não aguentaria mais um segundo então ficou abraçado ao pequeno enquanto chorava –


– pai... Não chora, eu tô' bem, não tô? – Jaemin sorri para o mesmo, tentando tranquiliza-lo–


– eu não aguento mais ficar com ela, Jaemin... Eu só estou aguentando pelo Jisung... Não quero deixa-lo com ela – Chanyeol segura as mãos do mais novo – logo, logo nós vamos voltar para casa, meu amor – o mais velho beija a testa de Jaemin –


~ • ~


Park Chanyeol, foi o nome que aquele bebê recebeu ao sair do útero de sua mãe.


Chanyeol nasceu com seu casamento já planejado com, Na Hee-Ju filha de um casal dono de várias empresas.


Ambas as crianças nasceram com a colher de ouro na boca.


Ambos ricos, destinados um ao outro.


Chanyeol cresceu, e tinha seus nervos a flor da pele.


Hee-Ju o via como seu namorado, ambos estavam sempre juntos.


Chanyeol á via como amiga, ele não tinha nenhum sentimento pela mesma.


Ele tinha grandes dúvidas sobre sua sexualidade.


Park Chanyeol (14 anos)


– tem certeza? – Seu amigo pergunta o olhando –


– você quer? – Chanyeol pergunta o olhando –


– quero! – o garoto de cabelos castanhos aproximou-se de Chanyeol colando seus lábios aos dele –


Park levou suas mãos até o rosto do garoto que beijava..



E foi o primeiro e último garoto que Park Chanyeol.


Byun BaekHyun se tornou lembrança para Chanyeol que tinha seu coração partido uma semana depois do acontecido com BaekHyun.


Chanyeol se encontrava apaixonado por BaekHyun. BaekHyun sentia o mesmo pelo garoto alto que beijará a alguns dias.


...


E com 17 anos foi obrigado a casar com Na Hee-Ju.


Um ano depois Hee-Ju engravidou de Jaemin.


Ela odiava o garoto com todas as suas forças.


Chanyeol o criou praticamente sozinho.


Dois anos depois, ela engravidou de novo, e dessa vez foi de Jisung.


Ela amava o garoto... "amava"



– ESSES DOIS SÃO POR CAUSA DOS NOSSOS PAIS – ela grita com Chanyeol – EU NÃO OS QUERO 


– para de gritar, você vai acordar ele 


Jaemin tinha cinco anos, e estava dormindo nos braços do pai.


– papai, não deixa ela me bater – Jaemun murmura de olhos fechados –


– eu não vou deixar meu amor – Chanyeol beija a testa do mesmo – chega – ele levanta andando até o quarto e colocando Jaemin na cama – papai vai ver como o Sung está. – ele saí do quarto indo até a sala outra vez – Por quê você não vai embora??


– e deixar todo o dinheiro pra você? – ela ri sarcástica – vai sonhando, Park papai – ela vira as costas e saí da casa, indo sabe se lá pra onde –


Chanyeol anda até o quarto de Jisung, o mesmo dormia.


Foi até o quarto de Jaemin e ambos dormiam.


Suspirou aliviado e foi até seu quarto pegando seu celular.


Ligou para BaekHyun e esperou o mesmo atender.


– Oi – Chanyeol fala com a voz um tanto quanto cansada – como você está?


– eu estou bem – pôde se ouvir uma risadinha do outro lado da linha – mas você não, o quê houve?? Ela de novo?


– ela de novo! Ela não quer ir embora por causa do dinheiro.


– eu já disse pra você, pegar os dois e vim morar comigo – BaekHyun ri – eu falo sério, você sabe.


– eu vou pensar no assunto – Chanyeol ri –


Ele realmente pensou em pegar os dois enquanto Hee-Ju não estivesse, e ir morar com BaekHyun.


Afinal, a casa do outro era enorme.


Daria para morar os quatro e sobraria espaço.


Mas ele aguentaria, pelo bem das crianças.


E pelo seu próprio bem.


~


– logo, logo, Nana – ele fala de novo e solta Jaemin o olhando – nós vamos voltar, e ser uma família normal.


– Pai...













Notas Finais


O quê acharam??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...