História My smile belongs to you - JaeSung (NCT) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jaemin, Jisung, Park Chan-yeol (Chanyeol)
Tags Chanyeol, Exo, Jaemin, Jaesung, Jisung, Nct, Nct Dream
Visualizações 31
Palavras 635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Irru.

Esse capítulo explica um pouco o quê aconteceu, irra:3

Capítulo 7 - Capítulo sete


Fanfic / Fanfiction My smile belongs to you - JaeSung (NCT) - Capítulo 7 - Capítulo sete

A vida de Jaemin e de Jisung sempre foi baseada em desenhos animados e salgadinhos.


Chanyeol sempre tentou manter Hee-Ju no trabalho para que a mesma não atacasse seus filhos.


A mulher odiava olhar para Jaemin.

Ela o detestava com todas as suas forças.

Quando descobriu que Jaemin havia beijado um garoto na escola ela enlouqueceu, brigou com seu marido.

E foi naquele dia, o único dia em que Chanyeol levantou sua voz com Na Jaemin.

Ele chamou seu filho de viado... viado.

Uma palavra horrível!


Jaemin sentia sensações novas com Jisung.

Eles sabiam que aquilo era errado, muito errado.

Mas quem liga? Eles são adolescentes.


Jaemin gemia sofrego e alto, sentindo a língua de Jisung em seu membro duro.

Jisung se engasgava ora ou outra, ouvindo os gemidos de Jaemin, que faziam seu membro reagir.



« »


Jisung havia saído para ir à escola, e Jaemin ficou em casa... Por quê segundo Hee-Ju ele estava doente.


Jisung deixou um beijinho na testa do irmão antes de sair de casa.


Hee-Ju sentia seu sangue ferver...


Ela havia visto as câmeras que mandou instalar no quarto dos garotos.


– Você é nojento, Jaemin – Ela falou olhando nos olhos do garoto à sua frente – você não tem vergonha nessa sua cara de viadinho?? 


– Mãe, por favor.


– cala à sua boca. O quê você fez é inaceitável, JAEMIN.... Não foi só uma vez, foram várias. – a mulher ri sarcástica – você quer transformar o seu irmão em um gay nojento como você e seu pai? Vocês são nojentos


– por quê você não deixa a gente em paz?? – O garoto pergunta chorando –


– o quê eu mais queria era deixar vocês três, Jaemin. Eu não aguento mais ter que olhar pra cara daquele idiota do seu pai... Ah – e ela ri outra vez com o tom sarcástico – ele não é seu pai meu amor. – ela o olha –


– o-o que?


– Jaemin, tão ingênuo...


– M-mãe? – Jaemin olha para a mulher a sua frente que estava com um sorriso estampado no rosto, típico de alguém louco –


A mulher se aproxima de Jaemin segurando seu braço.


– se eu ver você eu vou matar você, Jaemin.


Chanyeol aparece no meio dos dois com o terno amarrotado e a respiração ofegante.


– fica longe dele! – ele segura o braço de Jaemin – 


A mulher solta uma risada e saí de perto de ambos indo para seu quarto.


– Nana... você precisa ir – Chanyeol fala e sua voz falha – fica com o BaekHyun por um tempo?


– appa, eu não vou deixar o Sung – Jaemin fala chorando – 


– meu amor, eu vou cuidar do Sung, por você... E logo, logo nós vamos poder viver em paz. – Nana o abraça – Baekhyun vai cuidar de você, ok? – Jaemin assente – Eu levo suas coisas mais tarde, ele está te esperando ali fora, vá rápido antes que ela venha.


Jaemin beijou a bochecha do pai correndo até o carro de BaekHyun.



Deus. Aquilo foi horrível para Chanyeol.


Ter que dizer para todos que o filho estava no hospital, e que iria morrer.


Tudo por causa de Hee-Ju e sua ambição.


A mulher queria o dinheiro, por quê não o pegava e sumia?


Chanyeol estava cansado dela.


Ele só queria voltar à Coréia com Jisung e Jaemin e viver feliz com os filhos e BaekHyun.


Isso era tão difícil??


\/


– Hyung? – Jaemin senta ao lado de Baekhyun no sofá – como está o Sung?


– Seu pai disse que ele está bem. – Baekhyun sorri para o mesmo –


Já fazia um mês que Jaemin estava ali morando consigo.


Ele havia acostumado-se com o mais novo, era ótimo ter a companhia de Jaemin.


Jaemin tratava Baekhyun como um pai, a final ele namorava o seu pai.


Jaemin não se importava se Chanyeol não fosse seu pai biológico.


Ele o criou, deu amor, cuidou, e protegeu da louca de sua mãe.


Chanyeol era sim o pai de Jaemin.











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...