História My Stuffed Bunny – (Imagine Jungkook) - Capítulo 25


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin, Jungkook, V
Tags Babygirl, Bts, Bunny, Hetero, Imagine, J-hope, Jungkook, Longfic, Madhatter_baby, Psicopata, Romance, Sexo, Sobrenatural, Suspense, Taehyung, Você
Visualizações 511
Palavras 760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura :v

Capítulo 25 - Como, onde, por quê.


Fanfic / Fanfiction My Stuffed Bunny – (Imagine Jungkook) - Capítulo 25 - Como, onde, por quê.

 

— Oras, seu pervertido! — franzi meu cenho, movendo o meu punho, tentando tirar sua mão da minha. — me solta! — ele nada dizia.

Encarei seus olhos, mas eu estava tendo a sensação de que eu estava sendo "impinotizada", quando vi, eu estava completamente perdida e focada nos seus olhos negros, ele encarava os meus também, com um pequeno sorriso salafrário nos lábios. Logo hesitei, olhando para outro canto.

— Você mudou muito.

— olha só quem fala...

— me pergunto: por que tão marrenta agora? Minha presença não te anima?

— Me pergunto o mesmo. Será que foi para afastar pervertidos como você?

— ah... Sério?

— idiota! — ele riu, me dando um abraço em seguida. — o-o.. hã? C-como se atreve? ...

— estava com saudades de você.

meus punhos estavam prontos para bater em suas costas, meu orgulho estava alto, mas era como se eu tivesse levado um murro na barriga. Eu estava me desmanchando, meus punhos ao em vez bater nele, fez aquele típico carinho quando você abraça alguém que não vê a muito tempo. Era contra minha intenção, porém era a favor da minha vontade.

— E-eu também... — senti ele sorrir.

Ficamos assim por um bom tempo.

— A-acho melhor eu te soltar... — disse Jungkook, me tirando de seus braços e me encarando corado.

— é, tá meio estranho mesmo...

— é... — coçou sua nuca. — hã... Tá com fome?

— Tô. — balancei a cabeça, dizendo que sim. — eu vou preparar... — me interrompeu.

— hoje eu cozinho!

— Ah, que isso... Lógico que não, deixa que eu cozinho.

— Eu vou morar com você por enquanto, o máximo que posso fazer é o rango de hoje a noite. — abri a minha boca para dizer algo, mas logo foi fechada pelas mãos do mesmo. — não diga nada, hoje serei eu que prepararei o jantar!

— Ok, eu... — dei uma pausa, estava nervosa. — eu te ajudarei então.

— Opa, ok, então!

E lá fomos nós, preparar a comida. Batemos papo, brincamos de fazer bagunça na cozinha até o "rango" sair do forno. Jungkook estava diferente, estava mais gentil, comparando a imagem que eu tenho dele no passado. Eu ainda tenho um certo receio dele.

Quando o "rango" estava pronto, Jungkook fez questão de colocar a comida em meu prato e esperar eu saborear/experimentar a comida antes dele.

— Primeiro você! — sorriu alegremente.

— Oh, obrigado, Jungkook! — sorri.

Peguei a talher encima da mesa e dei a primeira garfada em sua comida. Naquele momento em que a talher recheada de sua comida estava indo até minha boca, parecia que estava em câmera lenta. Os olhos de Jungkook estavam totalmente focados naquela talher e meus lábios, e aquilo de certo modo, me incomodava. Olhei para ele, sem graça.

— O-oque que foi? — forcei um sorriso.

— Nada... — sorriu ao mesmo nível que eu.

Depois de alguns míseros segundos encarando seu rosto, era como se sua face falasse comigo, dizendo: "Coma logo isso!". O vendo ficar impaciente descretamente, resolvi de uma vez por todas, colocar aquela talher recheada em minha boca. Comecei a mastigar, quando acabei, engoli, sentindo um gosto espetacular.

— então? Gostou? — assenti, o vendo mudar de expressão, "engatilhando" um sorriso assustador de lado. — que bom...

— Kook... — minha cabeça estava ficando tonta e minfantil vista ficando embaçada.

— Diga.

— Eu... E-eu... Kook?

Apaguei.

 

(No dia seguinte)

 

Acordei em meu quarto, minhas roupas estavam jogadas ao chão, olhei para meu corpo, debaixo do lençol, não me importando muito. Eu me sentia cansada demais, um cansaço abominável, daqueles que eu nunca havia pressentindo na minha vida. Como o cansaço era grande, me ajeitei na cama, me aconchegando, fechando os olhos, mas o celular logo tocou. O peguei, vendo uma ligação vindo de Tae.

— Alô?

(S/n)? — coçei meus olhos. 

— Oi, Tae...

Acordou agora, né? 

— Hã... — escutei a sua risada do outro lado da ligação.

Quer sair comigo...? Tipo, hoje a noite? — sua voz se presenciou tímida.

— Adoraria! — respondi alegre, porém ainda sentindo aquele cansaço. Mas creio eu que isso passaria até lá.

então eu venho te chamar aí na sua casa, ok? 

— Ok. — quando eu iria perguntar sobre o lugar que ele tinha programado, ele desligou. — Taehyung é suas/seus surpresas/mistérios...

Olhei as horas, vendo que batiam 14:27 da tarde. Tinha me esquecido completamente do meu emprego.

Me levantei, passando pelo o espelho, voltei, ficando em frente ao espelho. Meu corpo nu, estava com marcas roxas, do meu pescoço a minhas coxas. Surpresa com aquilo, pensei comigo: "Ai meu Deus! Como isso foi acontecer? Como Jungkook e Taehyung irá reagir?"

— Isso não pode ser real!

peguei as roupas ao chão e me vesti, arrumei a minha cama, me sentando ali encima, me perguntando: "como, onde, por que, e comigo".

                           {...} 


Notas Finais


Então foi isso!
XEEEENTI, NÓS TÁ CHEGANDO QUASE A 100 FAVS, TÔ MUITO FELIZ :') AIN...
Me desculpem a demora, eu tive um leve bloqueio de imaginação, mas agora eu tô de volta!

Bye-bye guys! 🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...