História My success is you - JiKook ABO - Imagine BTS - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Abo, Alfa, Bangtan Boys, Bts, Jikook, Jikook Abo, Namjin, Ômega, Taeyoonseok
Visualizações 1.582
Palavras 1.748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiiin
Gentee 😚
Boa leitura ♡
E muito obrigada por todos os comentários e todo o carinho de vocês bebeizes !
Amo muito todosssss ❤

Capítulo 14 - " A Bela e a Fera "


Park Jimin On

Quebra de tempo

O vôo tinha sido calmo, mas bem cansativo; Dei graças á Deus por ter conseguido dormir pelo menos um pouco, mesmo sentindo a angústia me consumir por dentro.

Pego minhas malas, e vou em direção a saída do aeroporto.

Decido pegar um táxi mesmo, não quero incomodar o Nam.

Tinha um parado ali na porta, e eu apenas pedi que ele me levasse até Busan e ele assentiu me ajudando com as malas.

1 hora depois

Ele me deixa perto do hospital dali, e eu o pago, logo pegando minhas malas e adetrando o local.

Dou de cara com Suga, Tae e Hobi.

SG : Minnie... - vem e me abraça - Graças á Deus que você já chegou ! - me aperta mais contra seu corpo - Eu senti tanta falta...

- Eu também senti muita saudade de você Suga... - digo me separando de seus braços aos poucos.

JH : Oi Jimin... Tudo bem ? - me dá um beijo na bochecha.

- É... Eu... Já estive melhor - digo sentindo a angustia crescer em mim - Cadê o J-Jungkook ?

: O médico está com ele agora, dando seus medicamentos... - suspira e me abraça de lado - Nosso Kookie realmente sofreu Minnie...

- Eu imagino... - digo cabisbaixo - Mas... Cadê o Namjoon e o Jin ??

SG : Jin entrou no cio, aqui no hospital, Nam teve que levar ele para casa, as pressas. - sorriu pequeno - Você terá que... Ficar na casa de um de nós três, pois Nam levou a chave da casa dele, e ninguém quer ser empata foda aqui né ?

- E-eu... Prefiro ficar aqui no hospital com meu Alfa; Ele precisa de mim agora, e eu não quero me separar dele... - digo olhando os três com ternura - Mas muito obrigado por se oferecerem...

: Você está cansado Minnie... Tem certeza que, não quer ir ? - faz um afago em meus fios - Vamos pelo menos tomar um banho, e comer alguma coisa, sim ? Não queremos que fique doente também ! - assinto fraco.

SG : Vai com ele Tae, eu e Hobi ficaremos aqui, e depois que ele voltar, nós iremos para casa... - Tae assente e nós saimos dali a pé, pois ele morava perto dali.

V : Sabe ? Eu... Pensei que Jungkook não iria conseguir enfrentar essa sozinho, e eu estava certo, des do primeiro dia que você foi... Ele ficou muito estranho; Ficou fechado, na dele... Como se nada tivesse acontecido, como se você não tivesse existido na vida dele.

- Mas... Nam disse que ele estava lidando super bem com a distância entre nós, e eu pensei que realmente estivesse tudo bem... - digo com lágrimas nos olhos.

: Talvez Namjoon tenha achado que o Kookie precisasse de um tempo, ou algo do tipo... - assinto deixando as lágrimas descerem - Não chora pequeno... Ele vai ficar bem, você já esta aqui...

- É que dói... - digo com a voz embargada - Tae... E-eu não sei o que faria sem ele... Eu o amo, e é tudo o que eu quero pra sempre... Entende ? Eu não sou nada sem ele... - suspiro pesado - E quando fiquei sabendo que ele está em coma, meu mundo desabou... Eu quis simplesmente voltar no tempo e nunca ter feito aquela maldita viagem... Eu só queria que ele pudesse me ouvir... Queria ele sorrisse pra mim, e me dissesse que ele estava apenas brincando... Queria ouvir o ' eu te amo ' dele...

V : Hey, tá tudo bem... Ele vai sair dessa, ok ? Você vai poder fazer muitas coisas com ele ainda... Não se desespere desse jeito, sim ? - assinto enxugando as lágrimas.

Chegamos em sua casa, uns 5 minutos depois dessa conversa.

Fui direto tomar um banho; Me lavei rapidamente e vesti uma calça jeans clara, e uma blusa de frio branca, lisa, com um bolso.

Coloquei meu conturno caramelo e baguncei os cabelos rosados; Indo até a cozinha para comer algo e ir para o hospital novamente.

: Te fiz um sanduíche... - me entrega um prato com o mesmo - E tem refrigerante, você quer ? - assinto fraco e ele coloca em um copo pra mim.

Como rapidamente e logo me despeço de Tae, indo até o hospital novamente.

20 minutos depois

Chego no hospital, e os meninos falavam com o médico.

- O-oi Gente... Já podem ir agora - digo sorrindo fraco.

Dr : Você é o Ômega do Lúpus ? - me encara e eu assinto.

SG : Nos vemos em breve Minnie... Cuide bem do Kookie ok ? - me dá um beijo na bochecha e Hobi também, logo saindo porta a fora.

Dr: O quarto do Lúpus, é o de número 45. - sorrio para ele e logo vou até a porta branca. 

Respiro fundo, com a mão na maçaneta, tentando preparar meu pscológico para ver aquela cena.

Adentro no quarto já sentindo seu cheirinho de Menta misturado com chocolate que eu tanto amava, ele estava pálido, deitado na cama, tomando soro na veia.

Fecho a porta e me aproximo da cama, tocando em seu rosto calmamente.

- O-oi meu amor... - digo com os olhos já marejados - E-eu voltei para você... - uma lágrima cai em seu peito sendo absorvida pelo roupão branco que usava - M-me perdoa por ter te deixado nesse estado... - acaricio seus fios escuros.

Sua cama era espaçosa então eu tiro meu conturno, e me deito ao seu lado, me encolhendo ao lado de seu corpo, apoiando a cabeça no travesseiro,  me dando a visão de seu rosto delicado.

- Eu já disse que amo seu cheiro ? - sussurro pra ele, fazendo um cafuné em seus fios - Na verdade... Eu amo tudo em você, meu amor...- dou um beijinho em sua bochecha, logo subindo um pouco e deixando um selar na ponta de seu nariz e por último em seus lábios finos, levemente rosados.

Me deito com a cabeça em seu peito, escutando as batidas de seu coração; Eu amava ficar nessa posição com ele, de alguma forma me sentia protegido com isso. 

- Kookie ? - o chamo, mesmo sabendo que não me responderia - Vou te contar a história da Bela e a Fera... É a minha história preferida - sorrio largo - Minha mãe sempre lia pra mim antes de dormir... Começa assim... 

- Era uma vez, um jovem príncipe que vivia em seu lindo castelo; Mas apesar de sua riqueza, era uma pessoa totalmente egoísta e sozinha.

- Certo dia, numa noite chuvosa, recebeu a visita de uma senhora, que pedia abrigo, apenas por aquela noite, até que a tempestade passasse. Mas como era egoísta, negou ajuda a pobre senhorinha, que na verdade era uma bruxa, que conhecia muito bem essa fama do princípe. Indignada com a situação, ela o lança um feitiço, o transformando na mais terrível Fera. Porém, ele poderia ser desfeito, mas apenas com um beijo de amor verdadeiro.

- Enquanto isso, em uma vila um pouco distânte dali, vivia um comerciante e sua filha Bella. Ela era um doce de pessoa, tinha um lindo coração e amava ler livros.

- Seu pai trabalha como comerciante, então viajava bastante comparando e vendendo seus produtos. Certo dia, quando estava voltando de uma viajem longa, foi pego por uma tempestade. Passou em frente ao castelo, que parecia abandonado, e como a porta estava aberta resolveu entrar. Acendeu a lareira por conta do frio, e avistou uma garrafa de vinho, foi até ela e a bebeu, assim adormecendo ali mesmo.

- No dia seguinte, ele foi acordado por uma Fera, que estava furioso por ter invadido seu castelo. E como castigo, quis que ele se tornasse seu prisioneiro, dizendo que o mesmo morreria ali. Aterrorizado, o pai de Bella implora, que deixe pelo menos se despedir de sua filha. A Fera o deixa ir, mas chegando lá, ele conta todo o ocorrido á sua filha, que resolve voltar ao castelo com seu pai.

- Chegando la, Bella faz uma propósta a Fera, dizendo que se liberasse seu pai, ela ficaria em seu lugar, sendo prisioneira até os últimos dias de sua vida. A Fera aceita, e o pai de Bella vai embora dali desolado.

- Ele tratava a jovem muito bem, não a colocou em uma prisão, e sim em um quarto, e deu a liberdade da moça frequentar a biblioteca do castelo, o que muito cativou Bella, que mesmo tempo medo de morrer, foi percebendo aos poucos que o comportamento da Fera em relação a si, ia melhorando cada dia mais.

- Com o passar do tempo, os dois foram ficando amigos. Ele se encantava com a forma que a moça via o mundo e as pessoas. Sentia que ela o via, de uma forma diferente, que via além de sua aparência grotesca.

- Em um jantar dos dois, a Fera pede Bella em casamento, que se recusa, mas oferece sua amizade. Mesmo tristonho a Fera aceitou. 

- Bella por sua vez, passava dias agradáveis ali, sentia falta de seu pai e pediu para que a Fera a liberasse somente para o ver. Sem poder lhe negar nada, a Fera libera.

- Bella passa dias fora cuidando de seu pai, que se encontrava doente, achando que a sua filha tivesse morta.

- Ao retornar ao castelo, Bella encontra a Fera, muito doente, quase morrendo, por sentir saudades da Moça. E ali ela percebeu o quanto era amada.

- Levada pela emoção, e por seus sentimentos, a moça beija a Fera, dizendo para que não morresse, que se casaria com ele.

- Em questão de segundos, uma transformação acontece, mudando o corpo monstrengo para um corpo definido; O rosto coberto por pelo, por um rosto angelical. A Fera para um Príncipe.

- Após encontrar o seu amor verdadeiro, o feitiço foi desfeito, e então os dois se amaram pelo resto de suas vidas. E foram felizes para sempre; Levando em conta que a beleza das pessoas, não está em seu exterior, e sim em seu interior.

- Esse é o final da história... - bocejo, levantando de seu peito e acariciando seu rosto - Acorda meu amor... - sorrio fraco - P-por favor... - deixo um selar em sua testa - E-eu preciso de você... 

Deito novamente e me ajeito melhor na cama, afundando meu rosto em seu pescoço, assim sentindo seu cheiro mais forte. 

- Eu te amo... - digo isso e apago

Continua...


Notas Finais


É isso amorzinhos :3
Mas dizem ae, quantos anos vocês tem ??
Bora interagir hihi 😊
Até mais !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...