História My daddy suga - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 271
Palavras 2.041
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente! Quero agradecer de coração pelos 50 favoritos❤️ amos vocês 😍
Boa leitura meus bolinhos 💖

Capítulo 20 - Surpresa


Fanfic / Fanfiction My daddy suga - Capítulo 20 - Surpresa

Eu ia embora com o.. o yoongi. Queria ele. Queria esta com ele. Por algum motivo sintia uma atração por ele inexplicável,tudo me levava a ele.sem tenta repetir o que já Havia dito antes com dificuldade,apenas completei

-yoongi.. me leva? 

Yung não disse absolutamente nada.se levantou, entrou em seu carro  e saiu. Já yoongi veio até mim e, me segurando pela cintura me deu um beijo na testa e me levou até seu carro onde entramos mas ele não falou, não ligou o carro. Nada. 

-o que foi?-perguntei me aninhando no banco 

-é que...-ele caçou os olhos e continuou-eu estou bêbado demais para dirigir, acho melhor espera uns minutos. 

-esta bem.. mas não quero fica aqui sem fazer nada. 

Quando disse isso me referia a conversa, joga algo mas creio que ele entendeu totalmente errado pos veio para cima de mim e me beijou ferozmente.quando o ar nos foi preciso ele me puxou para seu colo, e beijando meu pescoço pos a mão por debaixo da minha blusa para apalpar meu seio sobre o sutiã. Eu soltava gemidos baixou enforme me arrepiava e, ele voltou a me beijar. Quando nossos lábios se afastaram por um momento eu disse, ainda com os rostos colados

-aqui não... -ao dizer sai de cima dele e voltei a me senta no banco. 

Ele deu uma risada fraca jogando a cabeça para trás e depois de pisca algumas vezes, deu partida no carro e fomos por pedido meu a sua casa.kayne disse que ia fica em casa e possivelmente ia esta acordada e estragaria o clima. Ele dirigia o carro e desviava o olhar da rua para mim..eu o fitava e dava as vezes, umas mordidas no lábio inferior. Passei os olhos pelo seu corpo e involuntáriamente pus a mão em sua calça sobre o volume já formado, ele teve que diminuir um pouco a velocidade do carro quando comecei a fazer caricias sobre a calça. 

Quando chegamos o carro do yung não estava lá, então ainda não estava em casa, mas suga não pareceu da a minina para isso. Ele estacionou o carro de qualquer jeito e abriu a porta da mansão. Quando sai bem devagar para pertuba-lo ele me pegou no colo e saiu adentrando a casa e a escada até seu quarto. 

Ele me colocou gentilmente sentada  na cama e eu me joguei para trás o olhando tirar a blusa e depois vendo seu abs semi-definido. Só de calça ele vem apresadamente para cima de mim mas eu saiu e o deixo cai na cama e me olhar confuso. Parei no pé da cama e me virei para ele. E então lentamente comecei a me dispir, fazendo uma especie de "show" para ele. Dançava devagar e tirava peça por peça, ele apenas sorria malicioso e as vezes, enfiava o rosto no travesseiro com expressão de quem estava adorando. 

Nua fui para cima da cama e engatinhando me sentei em seu abs e me curvei o beijando e deixando meus cabelos curtos rocharem sua bochecha.comecei a desce o corpo ainda colado ao dele ate fica em cima de sua intimidade. Tirei seu cinto e escorreguei mas um pouco para baixo. Desabotuei sua calça e a tirei o deixando de cueca box, marcada com sua ereção. Voltando para cima com seu cinto na mão falei 

-levante os braços. Hoje eu estou no comando. 

Ele aperto seus olhos puxados a ponto de sumirem mas obedeceu e me deu as duas mãos que eu amarrei a cama com o cinto.comecei a cavalgar sobre seu box, ele gemia e tentava sem sucesso da um jeito de arranca o box. 

-nada disso. Se se mexer vai ser pior. 

-você me paga s/n-ele riu malícioso. 

Ranquei sua box libertando seu membro que pulsava. O segurei com a mão e fiz movimentos lentos, torturantes. Sempre que ele tentava se movimentar eu diminua mas a velocidade. Cansada. Abocanhei suas partes e para a surpresa dele, fiz movimentos rápidos e o deixei ajuda com o quadril.. não demorou muito e ele havia gozado. Eu o tirei da boca e sentei em cima. Comecei a rebola e sem sentir ele havia se soltado e me posto em baixo dele.não me deu tempo para fazer nada,até por que esto bêbada demais para pensa em algo claramente, e me penetrou brutamente e começou a fazer movimentos fortes e rápidos. Eu gemia alto e, enforme ele aumentava a velocidade eu o segurava pela escosta o arranhado. Após um tempo ambos chegamos ao climax e ele se deitou ofegante do meu lado. 

-ai...-falei baixinho me virando e o abraçando. 

-te machuquei baby?-ele disse fazendo carinho na minha maçã do rosto com o polegar. 

-não daddy...só estou cansada. 

-então vem cá. 

Ele me puxou mas para perto dele e me abraçou. Eu ouvia seu coração e sua respiração que ainda lutava para se estabilizar e acabei dormindo. 

*piiiiiiiipiiiiiiiipiiiiiiiiipiiiiiiipiiii*

Ouvi um toque mas voltei a dormi, pouco tempo depois o toque se repetiu e eu tonta e de ressaca me levantei e comecei a ver da onde vinda, e era do telefone do yoongi. Era alguém ligando. Olhei para a cama e ele dormia pesadamente, então, resolvi atender.Mas o homem nem disse um "oi" e nem deixou eu fala "alô" mas sim comecou a fala, como se eu fosse o suga. 

-cara você tem que me paga logo! Porra yoongi você me deve por ter te ajudado! Você sabe como é dificil falsifica documentos hospitalar??? Ta me ouvindo?-o homem disse irado

Eu parei.. como assim? Que documentos são esses? Eu sei que é errado mas queria saber do que se tratava. Olhei novamente pro yoongi e pensei, o que você fez yoongi..

-hum?-fiz o som mas grosso que pude e tentei parecer desentendida 

-puta que pariu! Yoongi você me fez falsifica os documentos para dizer que estava sem memória, me fez mentir para aquelas garotas. O mínimo que você pode fazer é pagar a porra do dinheiro! Para de me enrolar e paga de uma vez! Eu sou médico eu não posso correr o risco de fica com a ficha suja por causa de você. Você me pediu esse favor e eu fiz. Agora é minha vez de cobrar, yoongi! 

Ele mentiu? Ele nunca ficou sem memória? Por que ele fez isso? Ele se lembra e fingiu... ele fingiu o tempo todo.. comecei a senti as lágrimas pesadas escorrerem pelo meu rosto.. desciam e desciam.. eu ignorei o médico falando ao telefone e só chorava e chorava.. não aguentando desliguei a ligação. Comecei a tenta procura conversas.. algo que provasse que era mentira mas achei algo bem pior.no app do daddy's e baby's girls estava tudo normal, tinha minha conversa desde o começo,a galeria que me surprendeu, nela havia muitas fotos do yung com a maru.fotos brincando, fotos sozinha, e também alguns vídeos. Tirei o som do telefone e abri um.. eu reconhecerá o video, ele me mandou pelo site a um bom tempo atrás só que no vídeo ali dava pra ver o rosto do yung... DO YUNG! Me veio em mente o que ele me contou. Tremendo entrei em outro vídeo e era do mesmo jeito. Parece que para mim não o reconhece na escola ele cortava seu rosto. Mas por ali dava para ver. Abri mas dois que ele havia me mandado e todos eram yung menos um, o último que era do yoongi, e tinha sido o que ele me mandou no dia em que nos vemos e para mim também aparecia seu rosto. Fui em uma rede social e comecei a ler as mensagens com a maru e nelas, ela sempre o chamava como yung. E em algumas o próprio yung mandava audio e fotos reclamando do irmão. Não resta dúvida yung disse a verdade. Ele realmente era o meu daddy e suga havia mentido esse tempo todo. Tanto pelo acidente tanto por isso! Eu não me contive e gritei. Gritei o mas alto que consegui fazendo yoongi da um pulo da cama e vir até mim. 

-o que foi você esta bem?-ele disse com sono. 

-toma! Atenda! O médico que o dinheiro por falsifica os documentos sobre sua memória e o yung que o celula dele devolta, ok?-disse de forma mas seca que pude. 

-o que?! Aquele desgraçado!-ele disse trincando o maxilar-eu posso explica s/n.. 

-não quero te ouvi!-gritei-você mentiu pra mim! Eu realmente gosto de você yoongi mas pra você sou apenas um jogo com o yung! Um brinquedo! 

-

-não é verdade e você sabe! Eu..-eu o interrompo.-não me importa. 

Ainda chorando e frustada me vesti rápidamente e desci as escadas e abri a porta. Ainda esta de noite. Deve ser de madrugada,mas eu não faço ideia de que horas seja.ah que se dane eu só não quero fica aqui. De trás de mim ouvi um porta se fechar e yoongi me chama. Então bati a porta e sai andei apressada pelo quintal e abri o portão mas me dei de cara com o yung. 

-o que foi? Esta bem?-ele perguntou ainda na minha frente. 

Eu não o respondi. Limpei as lágrimas com a palma da mão e o empurrei e consegui passar por ele. Continuei a andar mas ele me segurou pelo pulso.

-o que você quer?!-disse em tom alto e seco. 

-quero saber o que ouve? Foi ele né?-ele olhou para o lado. 

-

-você quer mesmo saber?! OK!! Você tinha razão! Yoongi mentiu sobre tudo! Agora me solta! 

-eu sabia que ele ia te machucar... mas. Por que não quer fala comigo também? O que eu fiz? -ele falou com olhos chorosos. 


-ME SOLTA EU QUERO IR EMBORA!-Gritei mas ele não me soltou


-eu não fiz nada!! Para de fazer isso e me deixa te ajuda!-ele retrucou. 

-você não tem critério para fala comigo e nem para me ajuda-eu puxei me braço com força e me soltando sai andando. 

Eu ouvi ele soca a parede e ouvi yoongi me chamando. Por que estou zangada com o yung? Porquê ele podia ter evitado! Ele podia ter me contado que era ele assim que o celula sumiu. Ele podia ter evitado ficar com a minha irmã! Ambos são babacas!

Andei pelas ruas frias e desertas ainda chorando. Eu não tinha posto minha roupa toda. Estava sem sapato. Com a blusa e a saia mas só. Então estava com muito mas com muito frio. Mas parece que o friu diminuia o sentimento de traição que estava sentindo. Me sentia mas densa. Minha casa era longe da dele então tive que anda bastante, e meus pés doiam em contato com o chão frio e as lágrimas que ainda escorriam pareciam congelar quando chegavem em minha buchecha. Eu posso ir para casa? Kay esta acordada.. ela nunca dormi cedo.. eu estou desolada! Preciso de alguém.. quem... eu não pensei exatamente em quem iria mas meu inconsciente de sono, magoa e ressaca me levou na casa do meu melhor amigo, o jimin. 

Sua casa tinha um padrão estados unidos, onde não havia fachada. Sua casa era de classe media como a minha. Ele mora com os pais e a irmã mas nova, sua irmã dara tem 5 anos.ela mas passa o dia na escola e creche então mal a vejo mas a essa hora ela deve com certeza esta em casa e seus pais também. Rodei pela casa e a janela dele dava para uma árvore robusta de galhos grossos cheios de flores branca que decoravam o chão do quintal. Decidir mesmo tonta subi na árvore e vhama ele pela janela.eu já subi por ela antes então não tive difículdade. Bati três vezes na janela dele. Que acendeu a luz e veio até a janela.vendo meu estado ele apenas abriu e me deu a mão para entra. Eu não falei oi nem nada apenas o abracei com todas as minhas forças e desabei como uma criança chorona, todavia, ele retribuiu o abraço e beijou o topo da minha cabeça. Quando finalmente consegui me separa dele eu contei tudo o que ouve, contei tudo mesmo. E ele me acolheu com palavras doces misturada com tentativas de me fazer rir mas que muitas das vezes não dava certo.me apoiei na parede e fechei os olhos, com as mãos limpei o rosto (capa) e jimin se sentou na minha frente e se aproximou ele vai me beija denovo? 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...