1. Spirit Fanfics >
  2. My Sugar Daddy >
  3. O barulho

História My Sugar Daddy - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - O barulho


Fanfic / Fanfiction My Sugar Daddy - Capítulo 5 - O barulho

Kim TaeHyung ON

Chego em casa. Como chego bem mais cedo que JungKook, eu tenho um bom tempo para decidir o que cozinhar para ele.

Vou para o meu quarto, guardo as minhas coisas e vou tomar um banho.

Ás vezes acho estranho eu me preocupar tanto com um estranho... Nem tão estranho. Sei lá, eu só conheço ele a um mês e já tenho um apego danado. Talvez seja por que ele é muito bom comigo.

Visto uma calça Jeans rasgada nos joelhos e coxas e um moletom preto estilo cropped. Tem uma pegada feminina, más eu gosto, me sinto bem usando, mesmo que a minha barriga apareça, e não tenho problema com isso.

Desço para a cozinha e começo a preparar o jantar de JungKook.

Alguns minutos depois.

Termino de fazer a janta e de colocar a mesa, até que ouso um barulho na porta. Como ninguém se pronunciou, resolvi falar algo.

-JungKook? -me aproximo lentamente da porta da cozinha, olhando na sala, esta que está vazia -JungKook? É você? -o barulho não é na porta da sala, é na porta que saiu o barulho de madrugada. Caminho a passos leves até lá. Ouso barulhos na madeira.

Isso está me assustando, só tem eu aqui dentro, o que está fazendo esse barulho. Será que é algum espirito?... Ouso barulhos de passos, eles vem chegando mais perto, até que sinto uma respiração no meu cangote. Meu santo dos cú trancado, me acuda. Não passa um alfinete. Sinto uma mão no meu ombro e uma voz:














































Jk-está pondeirando? -relaxei. Meu Deus.

-da proxima vez que fizer isso, eu te dou uma frigideirada na testa! -dou um peteleco na testa dele.

Jk-foi mal! -riu -o que faz aqui parado?

-eu vi barulos na porta, aí pensei que pudesse ser você, más aí me toquei que não era na porta da sala e sim nessa! Ouvi batitas! Aí tu me assustou! Quem chega por trás da pessoa e cheira o cangote dela?

Jk-foi mal! Eu só q... -ouvimos um barulho muito alto dentro do quarto e, de imediato, pulei para trás do JungKook.

-Kook, isso está me assustando! Eu estou com medo!

Jk-calma! É a primeira vez que ouso o barulho tão cedo! -se aproxima da porta e olha pelo buraquinho da chave -uma ballerina? -começou a tocar aquela música.

-é uma caixinha de música! JungKook, você falou com o cheveiro?

Jk-sim, ele disse que vai vir amanhã cedo! -se aproxima de mim, a música parou -estou realmente incabulado com isso! -uma batida muito forte na porta me fez agarrar JungKook, este que me abraçou.

-JungKook, vamos embora dessa casa! Ela está amaldiçoada! -outra batida me fez apertar o terno dele -JungKook!!

Jk-calma, Tae! Tá tudo bem! -senti a mão dele me fazer um breve carinho -deve ter sido algum rato! -o olhei incredulo.

-só se for um rato mutante!! Esse negócio fez um barulho muito alto para ter sido um bichinho tão pequeno!

Jk-más não tem outra explicação!

-claro que tem! Ou tem um espirito dentro dessa casa, ou tem alguém pregando uma peça na gente, não pode ser um rato! Um rato não brinca com uma caixinha de música infantil!

Jk-vamos esquecer disso! Eu vou subir para tomar banho!

-você não vai me deixar aqui sozinho vai?

Jk-é só um minuto!

-não não! Eu vou com você! Não vou ficar aqui nem fodendo!

Jk-então vamos!

Nós dois subimos para o quarto dele. Fiquei sentado na cama enquanto ouvia o barulho do choveiro. Onde eu fui me meter, meu pai???... Pra me destrair, começo a tirar selfies, essas vão pro insta.

Logo JungKook saiu do banheiro, apenas com uma toalha na cintura e ficou parado mexendo no celular. MEU DEUS, QUE HOMEM É ESSE??? Esqueci até dos fantasmas. Na moral, ele é muito gostoso. Peito trabalhado, abdômem defindo, os braços trabalhados, todo molhado, se não tivesse alto controle, pularia nele agora. ME VEJO CARA A CARA COM A LUXÚRIA!!!

Não acredito que vou fazer isso. Troco para a câmera traseira e enquadro ele. Tiro uma foto e... NÃO DESLIGUEI O FLASH!... Ai meu Deus, ele olhou para mim. A porra do meu coração está em disparada. Que vergonha. Sinto que estou mais vermelho doque tomate. Pego um travesseiro e enterro meu rosto nele.

Jk-se queria uma foto, era só pedir! -o que???

Ele pegou o meu celular, não consigo tirar minha cara do travesseiro. Segundos depois, ele deixa o celular do meu lado e entra para o closet. Pego meu celular e vou na galeria. Ah, ele não fez isso. Três fotos dele na frente do espelho, esbanjando todo aquele charme de Sugar Daddy.

Agora estou imaginando, e seu fosse casado com o JungKook?

Imaginação ON

Assim que termino de botar a mesa, ouso um barulho na porta.

Jk-amor, cheguei! -sorrio largo e vou até a sala.

-que bom! -o abraço carinhosamente -estava com tanta saudades!

Jk-eu também! Ficar um mês longe de você foi um sacrificio! -ele me tira do chão, me abraçando forte. Devolvi na mesma intensidade -saudades desse abraço gostoso!

-eu também estava, meu amor! Agora, antes de jantar, vai tomar um banho!

Jk-só se me der um beijinho! -faz biquinho e eu lhe dou um selinho -aish, isso não é beijo!

-claro que é!

Jk-não é não! Isso é um beijo... -ele me beija com intensidade e aperta minha cintura. Ah, eu amo essa pegada dele -aprendeu?

-óh se aprendi! -dou três selinhos nele, encarriado.

Jk-vou tomar banho, jajá desço!

Após o jantar.

Jk-estava uma delicia! -levo a louça suja para a pia.

-que bom! -começo a lavar.

Jk-o tempo que passei em Busan... -me abraça por trás -foi muito chato sem você!

-oh, que lindo!

Jk-é sério! Não tinha suas paranoias, suas crises de ciúmes! -rimos -não tinha seu beijos, seus toques!... Eu não tinha você! -destribui beijos molhados pelo meu pescoço -senti falta de você! -começa a marcar me fazendo arfar.

-Kookie~

Jk-senti saudades de você todo manhoso! -puxa meu quadril, me fazendo sentir sua ceme ereção encostar na minha bunda.

-aé? Sentiu falta de me ter rebolando assim para você? -empino começando a rebolar contra seu quadril. Ele segurou minha cintura acompanhando meus movimentos.

Jk-muita aah! Por que tão maravilhoso? -ao sentir ele bem duro, me viro para o mais velho.

-vamos matar a saudade?

Jk-só se for agora! -me ergue me fazendo ficar sentado no balcão.

-aqui na cozinha?

Jk-desde que me lembre, nunca transamos na cozinha!

-fetishe?

Jk-sim! -começa a me beijar, um beijo necessitado. Enquanto isso, suas mãos subiam pela minha coxa até minha bunda e aperta, me fazendo gemer entre o beijo. Tiro a blusa dele -TaeHyung!

-o que foi?

Jk-TaeHyung!... -estou confuso -TaeHyung! Hey TaeHyung!

Imaginação OFF

Jk-TaeHyung! Hey TaeHyung! -vejo o homem a minha frente.

-oi?

Jk-por que está olhando para a parede?

-eu... -corei ao lembrar dos meus pensamentos -estava pensando!

Jk-você e seus pensamentos! Vamos descer para jantar? -ascenti e nós descemos.

Jantamos conversando animadanente. JungKook parece ser um cara sério e de poucas palavras, más é um palhaço que fala pelos cotovelos.

Após o jantar.

Já são 20:58, JungKook está no quarto dele e eu no meu, estudando. Quando ouso um barulhom. Alguém está subindo as escadas do primeiro ao segundo andar.

-JungKook? -chamo em um tom alto.

Jk-oi? -ele está no quarto dele! Ai meu Deus! Rapidamente saio do meu quarto e bato na porta do quarto dele -o que foi?

-JungKook, tem alguém subindo as escadas! -ele abriu a porta e eu entrei, logo trancando a mesma.

Jk-o que? -agora são nas escadas do segundo para o terceiro.

-tem alguém subindo as escadas no segundo para o terceiro andar! -faço sinal de silencio com o indicador.

Jk-o que você acha que é? -perguntou baixinho.

-não sei! -respondo no mesmo tom. Os passos se aproximaram da porta e pararam. Estou mORRENDO DE MEDO!!

Eu e JungKook ficamos calados, até que os passos se distanciaram e desceram a escada.

Jk-o que foi isso?

-eu não sei! Olha! -aponto para baixo da porta -a luz do corredor está acesa, então já descarto a possibilidade de ter sido uma pessoa!

Jk-por que?

-por que, se fosse uma pessoa, a sombra dela teria passado por baixo da porta, e isso não aconteceu! -JungKook me olhou assustado -JungKook, esse lugar está assombrado!

Jk-isso é impossivel! Fantasmas não axistem!

-meu Deus! As provas estão aí, se não quiser reconhecer, fique a vontade! Para mim, isso é obra de fanfasmas!

Jk-aish, tá bom! Volta para o seu quarto!

-nem fodendo! Eu vou ficar aqui!

Jk-por que aqui? -olho para as minhas mãos tímido.

-por que me sinto seguro perto de você! -falo envergonhado. JungKook me passa um ar de proteção, de segurança.

Jk-tudo bem! Vem! -ele me guia até a cama e fecha o notebook, vai rumo ao interrupitor e desliga a luz. Um pequeno barulho -aii!

-o que aconteceu? -pergunto assustado.

Jk-fica tranquilo, não foi nada! É que eu bati o dedo do pé no criado mudo! -rio -não ria, doeu!

-ai, desculpa! Eu não pude segurar! -ele deita ao meu lado e nos cobre.

Jk-tudo bem! Se sente melhor?

-muito!

Jk-que bom! -sinto a mão dele fazer um leve carinho em meu rosto.

-a sua mão está gelada!

Jk-o que?

-a sua mão está gelada!

Jk-como está sentindo a temperatura da minha mmão se não estou encostando em você? -gelei!

-o que? -ele gargalhou.

Jk-estou brincando! -dou um tapinha nele.

-isso não se faz! Eu aqui me cagando de medo e você fazendo essas brincadeirinhas!

Jk-desculpa, bebê! -ai ele me chamou de bebê!! Que fofo!! -boa noite, Tae!

-boa noite, Kook!

Se passou alguns minutos, e eu não consegui dormir. Eu realmente estou traumatizado. Me aproximo mais de JungKook, podendo sertir o calor do corpo dele.

-JungKook? -chamo baixinho -está dormindo? -ele não me respondeu -Kook!... -é, ele está dormindo. Me aproximo mais ainda, podendo encostar nele. Escondo meu rosto no peito dele e trago o braço mesmo para mim. Fiquei assim por aguns segundos, até sentir ele me apertar contra seu peito, de um jeito carinhoso, só assim consegui dormir. 


Notas Finais


Eu tô dando a loka de assistir filme de terror por que meu irmão só sabe assistir isso, então, se tiver muito filne de terror, culpem o meu irmão por me fazer assistir aquelas merdas e eu fico fanficando os negócio!
Hoje eu assisti Ouija, fanfiquei o filme e agora tô pensando em fazer uma coisa que nunca fiz... Uma fanfic dos TaeKook de terror, com uma casa mal assombrada e tals... O que vocês acham???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...