1. Spirit Fanfics >
  2. My Sweet Dream - chensung/chenji >
  3. Capítulo 11

História My Sweet Dream - chensung/chenji - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Capítulo 11


Como Jeno já imaginava, Renjun não foi realmente ao banheiro, seus passos eram rápidos para não perder o garoto de vista, viu ele seguir o caminho para a parte detrás da escola, quando o coreano chegou lá avistou o pequeno bolinho de gente no chão, todo encolhido e chorando baixo, seu coração apertou no peito, ver seu amado triste dói mais do que se ele próprio estivesse, mas na verdade ele está triste também, tanto quanto Renjun, se não estiver até mais, ver o garoto que ama chorar por outro é agoniante. O mais velho suspirou baixo e se acomodou ao lado do que já estava no chão.

– Vai embora… Eu quero ficar sozinho.

Isso não afetou Jeno, ele apenas abraçou o garoto ao seu lado da melhor forma que podia, querendo transmitir conforto.

– Você sabe o que estou sentindo agora, você também gosta dele, eu quero ficar sozinho mesmo que você esteja triste pela mesma razão que eu, então por favor, me deixe sozinho!

O coreano suspirou mais uma vez, quis chorar e também quis revelar seus sentimentos, pois seu amigo está errado.

– Injun… Ele não merece suas lágrimas, a gente falou com ele poucas vezes, não tem porque ficar tão mal assim. Você é um cara incrível e quem perde é ele, não você e… eu estou aqui com você.

– Mas eu gosto muito dele, queria estar com ele e você não é ele, então você não é o suficiente pra mim!

O mais novo finalmente levantou a cabeça e se arrependeu de suas palavras assim que encarou Jeno, conseguiu ver ele engolir em seco e piscar os olhos várias vezes, está tentando não chorar, os braços que o envolviam em um abraço quentinho caíram um de cada lado do corpo do coreano, que levantou com os punhos fechados.

– Jeno, espera…

O citado não deu ouvidos e saiu em passos rápidos, quase correndo, ficou magoado demais para poder formular alguma frase ou se concentrar nas palavras ditas, mesmo que não amasse Renjun aquelas palavras ditas para si teriam machucado, menos, mas ainda sim teriam.

[...]

Chenle conseguiu ver Jisung apenas na hora de ir embora, não teve tempo de trocar muitas palavras e por isso estava agora encarando seu celular com vontade de ligar para o azulado, ou tendo a esperança de receber pelo menos uma mensagem dele.

– Que se dane!

Exclamou irritado consigo mesmo e desbloqueou o celular, onde a conversa com Jisung já estava aberta, perguntou se ele estava ocupado e quando recebeu uma resposta negativa Chenle apertou no botão para ligar, só percebeu que apertou o ícone de chamada de vídeo, não de voz, quando viu a face de Jisung o olhando com um sorriso tímido através da tela do celular, o chinês quase que caiu da cama, estava com seu pijama de golfinhos e o cabelo todo bagunçado.

– Jisung! Oi! E-eu apertei o ícone errado, vou desligar para-

– Não! — Jisung falou quase em desespero e teve que disfarçar um pouco. – Quer dizer… não, não precisa. — Sorriu nervoso. – Você está fofo assim.

Felizmente, ou não, o coreano não pode ver o vermelhidão no rosto de Chenle pois ele está contra a luz, agradeceu um tanto tímido, só Jisung tem esse efeito sobre si.

Não demorou para o mais velho quebrar o silêncio constrangedor com algum assunto aleatório, a conversa fluía bem como sempre entre os dois e sorrisos bobos são trocados a todo momento. Faltou os olhos de Chenle saltarem para fora dos olhos ao ver a hora, duas da manhã, ficaram por volta de três horas conversando, estava tão bom que mal perceberam o tempo passar, se despediram rapidamente, tendo que esperar a batalha silenciosa de quem desligaria primeiro, acabou que contaram até três para desligarem juntos.

– O que direi para o Jisung dos meus sonhos desta vez??

Perguntou para si mesmo e fechou os olhos, não conseguiu dormir de primeira, ficou pensando em alguns momentos da chamada de vídeo que fizera a pouco com Jisung, nem percebeu o sorrisinho brotar nos lábios, conheceu um pouco mais do coreano hoje, assim como ele conheceu mais de Chenle também.

– Lele! Finalmente, o que aconteceu? - Disse um Jisung preocupado, correu o curto espaço que separava ele de Chenle e segurou suas mãos.

– E-eu estava fazendo um trabalho da escola que é pra entregar hoje, me esqueci de fazer antes. — Tentou mentir, mesmo se sentindo horrível por ter que fazer isso com ele, mas o mais velho nunca foi um bom mentiroso.

– Você está mentindo, não consegue olhar nos meus olhos quando mente e as pontas das suas orelhas ficam vermelhas, por que está fazendo isso? Me diga a verdade! — Os olhos do coreano mostravam o quanto ficou magoado e quando Chenle o olhou quis chorar, Jisung nunca fez nada errado, não merece ouvir mentiras. Desviou o olhar outra vez, nem a verdade conseguia dizer olhando nos olhinhos magoados do garoto a sua frente.

– Perdi a noção da hora enquanto conversava com Jisung por telefone… — Suspirou baixinho ao terminar de falar e o silêncio reinou, as mãos do coreano escorregaram das suas, caindo ao lado do próprio corpo, as segurou firmemente, logo o abraçando apertado. – Me desculpa, eu não deveria mentir pra você, estou tão confuso.

– Isso iria acontecer de qualquer jeito, digo, você se apaixonaria por alguém na vida real, sendo essa pessoa igual a mim ou não. Ficar pra sempre com alguém que só aparece nos sonhos não é uma opção.

– Mas eu amo você! Imagina aparecer um Chenle aqui no mundo dos sonhos, que fica com você o tempo todo e só não aparece quando eu estou aqui, como você ficaria? Eu estou enlouquecendo com tudo isso. Não queria te magoar dizendo a verdade, mas te magoei ao mentir, eu não sei o que eu faço!

– Está na hora de parar de sonhar. 


Notas Finais


além de demorar, o capítulo tá pequeno que ódio, peço desculpas por isso, como já citei outra vez tá acontecendo umas coisas comigo e isso afeta minha produtividade nas coisas que faço, pelo menos o cap tá cheio de emoções né kk, tadinho do jeno, o que o jisung dos sonhos quis dizer com essa frase final hein??

agora, novidades: eu vi um pov noren no tiktok e disse que ia fazer uma fanfic e vou mesmo, pedi a capa e assim que eu por my sweet dream em dia (mais um cap que está atrasado e o cap de segunda agora) eu vou começar a escrever e postar, vai ser uma fic curta e vou tentar escrever de forma engraçada.
para moas: a oneshot yeongyu/beomjun já está com capa pronta linda de bonita, só falta eu terminar de escrever!

outra coisinha: antes eu pensava "vou terminar my sweet dream pra depois escrever meus outros plots", mas se eu fizer assim nunca vou conseguir escrever todos, então vou postar capítulos de outras histórias quando der, sempre priorizando o dia da postagem de my sweet dream que é meu foco agora! espero ver vocês em minhas outras fanfics também.

até o próximo capítulo! vou escrever o mais rápido possível pra postar pra por em dia e começar/dar continuidade nos meus outros projetos de fanfic.
se hidratem, não pulem refeições, tchauu~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...