1. Spirit Fanfics >
  2. My Sweet Stepmother (imagine Jeon Jungkook - BTS) >
  3. Chapter Twenty-Seven

História My Sweet Stepmother (imagine Jeon Jungkook - BTS) - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Olá gatinhas do JK, tudo bem com vocês? Desculpa pela demora para postar capítulos... Demorei mas aqui estou de volta ;3

Eu queria postar capítulos depois que eu terminasse com o projeto de uma nova fanfic ;-; acabou que nem deu muito certo e vou ter que preparar as coisas de novo mas relaxem eu vou postar mais capítulos, ainda mais por causa da quarentena e para não ficar um tédio eu vou me esforçar mais aqui. Eu também demorei porque estava sem ideias e se esse capítulo não ficar bom me desculpem mas se preparem que depois vou fuder com a vida dos personagens hehehe.... :)


Tenham uma boa leitura e me perdoem se houver algum erro de escrita.

Capítulo 28 - Chapter Twenty-Seven


Fanfic / Fanfiction My Sweet Stepmother (imagine Jeon Jungkook - BTS) - Capítulo 28 - Chapter Twenty-Seven

S/N: 

Tava começando a acreditar que o Jungkook estava também sentindo as mesmas coisas estranhas que eu, no caso talvez seria amor...

- Você... Gosta de mim?  - perguntei um pouco insegura olhando para minhas mãos e depois olhei em seus olhos... Porra! Por que ele tem que se tão bonito e ainda mexe tanto comigo? Meu coração chega acelerar.

Ele permanece em silêncio apenas me olhando sem desviar seu olhar, tava até me deixando um pouco constrangida mas eu também tinha vontade de beija-lo com todas minhas forças e amar ele para caralho. 

- Tô brincando com você S/N, mas eu gosto de você madrasta porém como minha amiga né.  - o mesmo parecia um pouco nervoso então ele riu e bagunçou meu cabelo. 

Dou um tapa em sua mão para que parasse com essa palhaçada, então me levanto irritada e vou andando com cuidado até as escadas; como ele pode brincar comigo? Filho da puta mesmo.

 - Ei S/N, a onde vai? 

- Pra casa do caralho! 

- Credo, que agressiva... Tudo isso por que eu falei que gosto de você só como amiga? Esperava que eu te amasse muito né.

Me viro para o mesmo ainda um pouco irritada, então o mesmo se levanta e veio até a mim. 

- Eu não gosto de você nem como amigo. 

- E mesmo? Se não gostasse não iria deixar eu te tocar... - o mesmo se aproximou do meu ouvido e começou a falar com uma voz rouca me fazendo me sentir um pouco fraca. - Sei que gosta de sentir meus toques pelo seu corpo, sei que gosta de me beijar, sei que gosta de me ter por perto, eu já sei que gosta de mim, você tenta mentir para si mesma mas para mim você não pode negar isso. - o mesmo deixar um selar em meu pescoço, me fazendo arrepiar, suas mãos foram até minha cintura e apertou um pouco em seguida me puxou para perto de seu corpo. - Quer saber de uma coisa S/N? - uma de suas mãos permaneceu em minha cintura e a outra foi até meu rosto, o mesmo segurou me fazendo olhar em seus olhos. - Eu também gosto disso tudo, eu gosto de te tocar, gosto quando você me toca, gosto de sentir o calor do seu corpo... Gosto de fazer tudo desde que seja com você. 

Odeio me sentir insegura com isso, vai que é uma de suas brincadeiras comigo...

- S/N, sei que está pensando que estou brincando com isso mas não, aliás se isso for uma brincadeira e como o fogo e eu gosto de me arriscar e você também gosta disso? 


Se eu ousar falar que não gosto e mais pura mentira que estou falando... Oh garoto mal, eu estou enlouquecendo com isso tudo... Que se foda tudo e me leve para seu submundo. 

Logo começou a chover fortemente porém ainda continuamos nos olhando, mesmo que a água da chuva fosse fria, ainda sentia nossos corpos quente e um calor terrível. 

Então sem perder mais tempo Jungkook me puxou para perto da escada. 

- Desça! 

Sem entender muita coisa assim fiz, logo em seguida o mesmo desceu, depois segurou minha mão e me puxou para perto de si com pressa e de maneira selvagem. Ah eu gosto muito disso, Jungkook tem tudo que gosto.

Logo o mesmo me beijou, um beijo totalmente feroz e selvagem, quem diria que uma simples troca de palavras iria dar uma tesão da porra. 

Minhas mãos foram até seus cabelos então os puxei de leve enquanto beijava seus lábios e o mesmo apertava minha bunda e as vezes dava tapas. Caralho que pegada, estou tão excitada e eu não quero que ninguém nos atrapalhe nesse exato momento e se atrapalha puta que pariu aí eu vou achar que nunca vai dar certo desse homem me pega do jeitinho que eu gosto. Não costumo ser ousada de mais mas quem é que consegue se conter em uma situação dessas? Não sinto nenhuma vergonha por estar fazendo isso, deveria estar mas não estou. 

As vezes o mesmo mordia meus lábios de leve, então tiro seu moletom deixando seu abdômen a mostra e volto a beijar o mesmo, e depois suas mãos foram até minha camiseta e começou a desabotoar a mesma.

Acabamos parando o beijo por falta de ar então o mesmo voltou a me olhar em seguida deu um pequeno sorriso e começou a acariciar levemente minhas bochechas.  

O mesmo deu um selinho e colocou uma mexa de cabelo que estava em meu rosto atrás da minha orelha, então abracei o mesmo e eu podia sentir seus batimentos cardíacos bem rápidos e acho que ele também podia sentir o meu também.

- As vezes você e um imbecil Jungkook... 

- Sei disso... Nem mereço ter você... Você e de mais para mim S/N. - me separo do mesmo e olho para o mesmo.

Eu queria poder falar mais coisas mas achei melhor ficar calada... Sei que tudo estava muito quente mas depois achei melhor parar, não e um momento certo e nem quero me arrepender depois.

- Acho melhor a gente entrar e tomar banho, tá muito frio e não quero que você pegue um resfriado. 


Me afasto do mesmo, entro na casa e tiro meu tênis e vou para o meu quarto. Assim que cheguei em meu quarto e fui para o meu banheiro, tirei minhas roupas molhadas e fui até a banheira, enchi a mesma com água quente e depois entrei.

Fecho os meus olhos e tento relaxar, dou um pequeno suspiro e depois olho para janela e fico observando a chuva grossa cair, depois resolvi tomar banho logo, depois que terminei voltei a olhar a janela que agora estava diferente do que vi da última vez.

O vapor da água quente deixou a janela manchada, nem dava para enxerga direito, me aproximo um pouco da janela. Até pensei em limpar mas acabei escrevendo o nome do Jungkook mas logo apaguei.


Me levanto e pego meu roupão e visto, coloco uma toalha na cabeça e saio do banheiro, pego meu celular e mando uma mensagem para o pai de Jungkook. 


Chat: 

Jeon, me desculpa mas eu quero terminar com você... Espero que me entenda e sinto muito por isso.


Chat off.


Eu tinha que fazer isso, não posso ficar engando ele assim e não sinto nada por ele.


(...)



Continua?


Notas Finais


Hmmm vocês pensaram que ia ter hot né safradinhas, prometo que em breve vai ter kkkk

Espero que tenham gostado do capítulo.

Bjs até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...