História My Target - Imagine Suho - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Personagens Originais, Suho
Visualizações 126
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi amores!!
Voltei com o segundo cap!! Não está muito grande pq estou morrendo de sono ksksks
Espero que gostem mesmo assim! Boa leitura! 😍

Capítulo 2 - 2


— Te encontrei! - Ouço uma voz grossa e olho para cima.

— O que um garoto faz aqui no dormitório das meninas? Não sabe que é proibido? - Pergunto para o garoto, o olhando com superioridade.

— Haha, é claro que eu sei. Mas tenho que resolver um negócio com uma estrangeira mimadinha, conhece? - Aperta forte o meu braço.

— A-ai, está me machucando! - Puxo o meu braço. — Se você não falar o nome dela, não saberei quem é...

         Chega perto de meu ouvido e... — Qual é o seu nome? Desculpe, eu ainda não sei! - Confesso que fico arrepiada... Mas o empurro

— Quem é você e o que quer comigo, em?! Fala logo e pare de mistério!

— Vamos resolver isso de uma vez, não quero mais te ver perto de Sun Hee! Nunca fale o que não sabe e não se intrometa nas nossas coisas.

— Caso o contrário, Vai fazer o que?! - Cruzo os braços.

Solta uma risada. — Nem queira descobrir. - Seu olhar passa medo, ele é frio e vazio. — Bom, o recado já está dado. Ah, e me chame de Suho, tenha uma boa tarde! - Passa levemente o polegar sobre a minha bochecha, antes de se virar e ir embora.

Aish, esse cara me deixa... Estranha! Mas ele é tão... Que isso s/n, pare de pensar nesse idiota! É só mais um riquinho bobo.

Enquanto ando perdida em meus pensamentos, alguém me cutuca. É uma garota.

— Olá! Eu sou a sua companheira de quarto, me chame de Park Sook! Tenho 19 anos! - Se curva em respeito

— Yaah, oii! Você é uma novata também? 

É a tal garota que foi chamada atenção pela diretora, gostei dela. Pelo visto, vamos ser bastante amigas...

— Sim!! Mas meu irmão mais velho conhece essa faculdade muito bem, praticamente repetiu. 

— Era o que estava ao seu lado? Quando a diretora nos mostrava o local?

— Ele mesmo! Park Chanyeol!

 — Belo nome... Vou indo para a cantina, me acompanha?

— Com prazer! Assim vamos nos conhecendo mais...


[...]


— Está faculdade é diferente da maioria...

— Porquê diz isso, Sook? 

— Ela mistura, estrangeiros e Coreanos. Geralmente são separados... - Paro de andar e a encaro. — Na-nada contra!

— Por esse lado, chega a ser estranha!

— Sim! E o que mais me da medo, são as lendas que correm solto pela faculdade...

— E quais são? 

— Fale mais baixo, s/n! - Susurra e olha para os lados.

— Dizem, que tem um grupo que... tortura e fazem coisas horríveis com os estrangeiros, tudo para eles voltarem ao país de origem.

— É-er sério? Você está certa disso? - Agora estou com medo!

— B-bom... Eu não tenho certeza! São só lendas mas... - Olha para os lados novamente. — Ano passado, meu irmão disse que duas garotas estrangeiras sumiram!

— Du-duas garotas estrangeiras? - Isso me lembra... Lauren e eu!

— Sim! E depois de um tempo...  foram encontradas mortas em algum lugar da escola, que até hoje ninguém sabe onde é! Só os policiais e a antiga diretora... Essa pediu transferência após isso tudo. E ainda por cima, dizem que subordinaram os policiais! Afinal, essa faculdade é de classe alta.

— E-eu não consigo acreditar! Mas que macabro...

— Nem eu... 

Andamos tranquilamente pelo corredor estreito e solitário dos dormitórios, quando de repente a luz atrás de nós se apaga.

— O que está acontecendo?! - Sook fala apavorada, enquanto eu fico paralisada.

— E-eu acho melhor a gente correr! - Praticamente grito

Quanto mais corremos nesse corredor sombrio, mais as luzes atrás de nós se apaga. Parece até filme de terror. A adrenalina de nossos corpos está a mil. Quem diria que uma faculdade de um nível tão alto, fosse assim...

Não estou conseguindo acompanhar Sook, minha mala está muito pesada. Acabo tropeçando em minhas próprias pernas e caio com tudo no chão. Até que a luz de onde eu estava se apaga e eu fico em um completo breu.

— S/n! - Grita Sook

Sook é uma boa pessoa, volta e me ajuda a levantar.

— Vamos, não podemos ficar aqui!

E novamente voltamos a correr, subimos uma escada e finalmente chegamos em nosso dormitório! Parecia que nunca ia ter fim! Sook treme ao girar a chave. Quando abrimos a porta, vemos Lauren deitada em sua cama vendo uma Tv pequena em quanto come pipoca.

— Nossa, pensei que tinham sequestrado vocês! - Fala Lauren se sentando na cama.

— Nem fale isso! - Jogo a mala em um canto do dormitório e sento em minha cama.

— Mas o que aconteceu? Sook, você está bem? A coitada está pálida! - Lauren pergunta

— Já se conhecem? - Pergunto

— Sim, mais não vem ao caso. Me expliquem o que aconteceu, até você s/n, está com os lábios sem cor.

Explicamos tudo a Lauren, detalhe por detalhe. 

— Isso não pode ser verdade. - Se levanta

— Tive a mesma reação quando soube. - A encaro

— Depois de hoje, tenho minhas dúvidas... - Sook coloca a mão no queixo.

Continuamos a conversar, até que vimos uma luz atravessar a cortina da janela. 

— E para piorar o dia, uma tempestade! - Fala Sook, levantando a cortina e deixando amostra as gotas de chuva batendo com tudo na janela e logo escorrendo.

— Quer saber? Esse dia já foi muito cansativo para mim! Vou tomar um banho, relaxar e tentar me acostumar com o horário porque amanhã já começamos as aulas! - Falo em quanto pego uma toalha e vou ao banheiro.

Após o meu banho bem quentinho e relaxante, já vestindo o meu pijama levinho e uma meia (não pode faltar), volto para o quarto e já encontro as meninas dormindo. Me deito sobre a cama e fico mexendo um pouco nas redes sociais (até porque vai demorar para eu me acostumar com o fuso horário). Até que recebo uma mensagem meio estranha, que me causou arrepios na nuca...

" Eu te avisei"


Notas Finais


Tenso 😮
Hoje eu estava inspirada com as palavras kkkkk
Espero que tenham gostado, qualquer erro... Sorry!
Até o próximo cap! 😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...