História My Teacher - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Jensen Ackles
Tags Drama, Multilação, Romance, Sobrenatural, Violencia
Visualizações 98
Palavras 1.043
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioioioioioioi

Boa leitura meus anjos ❤

Capítulo 11 - Parque de diversões


Fanfic / Fanfiction My Teacher - Capítulo 11 - Parque de diversões

Pov Dean:

Não posso não dizer que eu não estava nervoso, estou me sentindo um adolescente de quinze anos levando a garota que gosta para o baile do colégio.

Terminei de abotoar minha camisa e calçei meu tênis, olhando a hora, era oito horas. Peguei a chave do carro e desci, entrando no carro e dirigido até a casa de Ashley.


Minutos depois estacionei na frente de casa e businei, logo ela saiu pela porta, ela está linda como sempre. Sai do carro e andei até ela, a mesma usava um cropped preto com pequenas melancias desenhadas, um shorts branco e um tênis preto também.

-Oi Ash.

-Oi Dean.

Ela disse corada -Você está linda.-E gostosa, minha mente acrescentou.

-Obrigado.

Abri a porta do carro para ela e a mesma entrou. Dirigi até o parque em silêncio, e depois que chegamos pude ver um brilho em seus olhos.

Entramos no parque e, começamos a caminhar -O que você quer fazer?

-Eu não sei.. O que você sugere?

-Tem a montanha-russa, o tiro ao alvo..

-Eu não sei, escolha algo.

A puxei para ao stand de tiro, e então entramos e começamos a atirar.

...

Foi bem legal o stand de tiro - O que você quer fazer?

-Podiamos ir na montanha-russa.

-Então vamos.

Caminhamos até a montanha-russa e entramos na pequena fila que tinha ali, tomei a coragem que eu não tinha e estrelaçei sua mão a minha Ashley me olhou corada e deu um sorrisinho apertando minha mão.

Sentamos nos bancos e colocamos aquelas espécies de "cinto", Ashley estava um pouco nervosa dei risada e ela me olhou -Calma, vai dar tudo certo! É só uma montanha-russa!

-Pra você! Eu nunca tinha andando em uma.

-Não?

Ela negou e então a montanha-russa começou a subir e ela apertou minha mão. Acariciei levemente a mão dela e a mesma sorriu.

Ashley deu um pequeno sorriso e em seguida um gritinho quando a montanha-russa desceu de uma vez só, comecei a rir e ela me estapeou.

A montanha-russa parou e nos descemos, eu desci com dor no corpo de tanto rir de Ash.

-Para de rir!

Ela falou e fez um biquinho, cheguei perto e a beijei. Deus era tanto tempo sem isso! Ashley envolveu meus pescoço com seus braços e eu abraçei sua cintura, não quero solta-la nunca mais mas a porra do meu pulmão não tá ajudando.

Colei nossas testas e dei um sorriso -Acho melhor irmos para casa.

Ela sussurrou enquanto acariciava minha nuca -Então vamos.

Dei um selinho nela e andamos até o carro, entramos no mesmo e comecei a dirigir.


Tirei uma das minhas mãos do volante e coloquei em sua coxa acariciando a mesma, Ashley sorriu e colocou sua mão na minha coxa também apertando levemente, prendi a respiração e ela riu.

Subi minha mão até a Barra do seu shorts e deslizei a mesma por sua barriga desnuda, senti ela se arrepiar com meu toque e subi minha mão até seus seios, onde os cotornei com meu dedo e depois apertei levemente.

Ash suspirou e apertou meu pau em suas mãos me fazendo soltar um gemido baixo, que porra de caminho é esse que não acaba.

Minutos depois ela estava com a mão no mesmo lugar e eu acabara de estacionar no estacionamento do prédio, sai do carro junto dela e caminhamos até o elevador. Esperamos e depois de um ano a porta se abriu, entramos e quando a porta se fechou prenssei Ashley na parede e a tomei em meus lábios num beijo nada gentil.

Ela sorriu e eu segurei firmemente suas coxas a pegando no colo, desci meus beijos até seu pescoço e chupei -Deaaannn.

Ela gemeu manhosa e apertou meu cabelo, a porta se abriu e ela desceu do meu colo e andamos até a porta do meu apartamento, peguei a chave e abri a porta, ela entrou e eu tranquei a porta. Pegando Ashley no colo e a beijei desesperadamente e a guiei até meu quarto, a deitando na cama e se livrando de seu cropped, tirei minha camisa e voltei a beija-la, deslizei minha mão pela sua coxa e apertei de leve.

Tirei rapidamente minha calça e junto seu sutiã vendo seus enormes seios, mordi meu lábio e a beijei ferozmente.

Tirei seu shorts a deixando só de calcinha e tirei a mesma também junto da minha box -Certeza que você quer isso?

-Sim.

Apenas assenti e coloquei a camisinha, segurando suas mãos, penetrei devagar e Ashley soltou um gemido -Esta doendo? Quer que eu pare?

-Não, tá gostoso assim.

Ela gemeu e eu poderia ser eu, poderia ser extremamente bruto e selvagem mas era Ashley alí na minha cama, ela parece porcelana, qualquer movimento errado parece que vou quebra-la, vou magoa-la.

Gemi seu nome e aumentei meus movimentos, apertei suas mãos. A sensação é maravilhosa, é melhor do que eu imaginava.

-Você é tão pequena, tão apertada.

Sussurrei e afundei minha cabeça em seus pescoço abafando meus gemidos,  mordi seu pescoço e ela gemeu alto.

Comecei a estocar mais rápido e mais bruto -Ashley, oh Deus.

Resmuguei e ela sorriu gemendo -Só.. só mais... mais uma..

Disse e chegamos ao clímax juntos, cai ao seu lado e tirei a camisinha jogando a mesma no lixo. Fechei os olhos e ouvi a risada de Ashley.

Abri os olhos e a puxei para deitar em meu peito -Te machuquei?

Perguntei enquanto acariciava suas costas -Não, pelo o contrário, foi maravilhoso.

Ela respondeu e beijou meu ombros, peguei o lençol e cobri nossos corpos.

-Não se arrepende?

-Não me arrependo do que?

Ela perguntou e me olhou, apoiando seu queixo em meu peito.

-De transar comigo, porque eu sou mais velho, sou seu professor e essas coisas...

-Não! Nunca me arrependeria!

Sorri -O que você acha de mim?

-Você?-Ela riu e me beijou -Você é a melhor do mundo! O melhor homem, o melhor tudo! -Dei risada e ela também - Você é carinhoso, legal, bonito, inteligente, protetor! A melhor pessoa do mundo! E eu? O que você acha de mim?

-Você.... Você é um anjo!-Respondi e ela abriu um sorriso de orelha a orelha -Você é muito gentil comigo e, linda, linda ao extremo! Você me encanta, você me deixa loucamente louco por você! -Ela riu -Seu sorriso é o mais lindo do universo! Você é um anjo, uma deusa!

-Você me deixa envergonhada assim!

Ela respondeu e eu ri - Você fica mais linda com vergonha!

-Dean!

-Ta bom eu parei.-Segurei seu queixo e a beijei.

-Boa noite Ash.

Disse e desliguei a luz -Boa noite Dean.

-Sonhe comigo.-Dei risada e ela também.

-Você sabe que eu vou.

Continua...



Notas Finais


Roupa da Ashley:https://pin.it/tzv4ci4gzmexan

Espero que tenham gostado amores!
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...