História My Teacher (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Got7
Visualizações 670
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura❤

Capítulo 15 - Maybe it's our moment


Fanfic / Fanfiction My Teacher (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 15 - Maybe it's our moment

JUNGKOOK ON

Depois que a S/N falou aquilo, meu coração acelera toda vez que eu lembro. S/N estava prestes a ir embora, amanhã seria a nossa despedida

- Bom dia - escuto sua voz e eu sorri como resposta - O que está fazendo?

- Nosso café - digo olhando a receita no meu celular

- Hummm Jeon Jungkook cozinhando? Milagre - diz e se senta na bancada me olhando

- É uma despedida, provavelmente você nem tome café comigo amanhã - digo e abaixo a cabeça

- Não fala isso, parece até que eu vou embora pra sempre - diz e se aproxima de mim pondo minha cabeça entre suas mãos - Vamos nos ver na escola todos os dias - ela sorri

- Eu vou ter que esperar esse mês todo? - faço bico e ela beija o mesmo

- Você pode me chamar pra sair - diz - Claro que se você pegar

- Você é muito abusada sabia? - falo e ela assinti. Seguro firme a sua cintura e em seguida a beijo, a prenso contra pia e a coloco emcima. Ela puxa minha camisa a tirando

Quando eu finalmete tiro sua camisa, a campainha toca

- Eu odeio todas as pessoas desse mundo - falo tirando um riso dela. A mesma põe sua camisa e eu pego a minha indo até a parta, a abrindo tendo a vindo da Sook

- Kookzinho - diz e eu arregalo os olhos

- Como sabe que eu moro aqui? - pergunto seco

- Eu segui você até aqui ontem - diz e morde os lábios, se eu fosse o antigo Jungkook com certeza puxaria Sook para algum motel e a foderia agora mesmo, mas ela acabou de empatar uma foda muito importante

- Pode sair daqui então - digo - Estou ocupado agora

- Com o qu...

- Jungkook, quem... - olho para S/N e a mesma faz cara de nojo ao ver Sook

- Por isso me dispensou? - Sook diz e S/N sorri ao ouvir a mesma dizer que eu dispensei ela - Não acredito Jungkook, essa sem sal

- Estar com ela é muito melhor. Agora saia daqui Sook, não quero perder minha paciência - falo e bato a porta na cara dela

- JUNGKOOK! ABRE ESSA PORTA, EU NÃO ADMITO QUE ME TROQUE POR ESSA DAÍ - ela começa a gritar e eu reviro os olhos - EU NÃO SAIO DAQUI ENQUANTO NÃO ABRIR ESSA MERDA. JUNGKOOK!

- Vou chamar a polícia se continuar gritando e batendo na minha porta Srta. Sook - falo

- Eu que vou te denunciar pra polícia - fala a mesma e eu arregalo os olhos - Por está transando com uma de menor. Eu vou meter o loko se não abrir essa porta Jungkook

- Como vai provar que ele transou com você? Logo você, que deu pra metade do colégio? Vai embora vadia, você não tem nada o que fazer aqui - S/N me defende. Não escutamos mais nada mas com certeza S/N ficou chateada comigo. Sei que não transo mais com aquelas vadias, mas sinto que ainda incomoda a S/N

- Desculpe por isso S/N - falo e abaixo a cabeça - Sei que não gosta delas e que se incomoda quando elas falam sobre nossas intimidades

- Ei, ta tudo bem, eu sei que você já ficou com elas, ou continua ficando? - ela semiserra seus olhos

- Não! Eu não fico mais com elas - digo rápidamente e ela começa a rir

- Estou brincando Jeon - diz e eu bufo - Confio em você - diz e me abraça

- Vamos passar o dia todo juntos - digo - Agarradinhos - ela sorrir e eu a beijo. Com certeza, por causa da Sook, não temos mais clima para transar, na verdade eu não queria apenas transar e sim fazer amor, uma coisa totalmente nova pra mim desde que eu ficava com a Yang So

[...]

Agora, exatamente às 21:59, eu e a S/N estávamos deitados no sofá, conversando sobre coisas aleatórias.

- Sobre seus namorados, quero saber - digo e ela arqueia a sobrancelha

- Não tive muitos - fala - E as suas? - pergunta e logo engoli o seco - Desculpa, não precisa falar - diz e abaixa a cabeça

- Tudo bem - falo - Você vai descobrir uma hora ou outra - ela me olha e eu suspiro - Quando eu tinha 16 anos eu namorava com a Yang So e Hoseok namorava Min So, irmã da Yang, no meu aniversário de 18 Min So me embebedou e eu acabei transando com ela. Mas eu não estava em consciência, quando Hoseok descobriu ficou muito furioso, não tiro a razão dele, Yang So me traía a muito tempo e também estava afim de Hoseok. Eles transaram e Yang So fez questão de não usar presevativo e engravidou do Hoseok

S/N arregala os olhos

- Quando eu soube quase matei Hoseok, eramos melhores amigos e nossa amizade acabou - falo

- Mas... você ia casar com Yang So? - pergunta

- Sim, eu ainda não tinha descoberto sobre a traição dela - falo - Hoseok e Jimin impediram o casamento, falando tudo o que aconteceu

- Mas por que você desgraçou a vida dele? - pergunta e eu suspiro

- Hoseok me perdoou mas eu fiquei tanto ódio que não o ajudei quando o precisou - falo e deixo algumas lágrimas caírem - Quando ele ficou sem nada - ja que Yang So tomou tudo fingindo com um amante - me pediu ajuda mas eu expulsei ele da minha casa... - faço uma pausa - e ele estava junto com o Min Ho

Ela arregala os olhos incrédula

- Apartir desse maldito momento, todo dia eu levava uma mulher diferente para um motel - falo - Eu sofri tanto por amor, que acabei esquecendo de como é amar - S/N estava seria, com certeza brava com que eu fiz - Sei que foi errado o que eu fiz - me endireito no sofá - Entendo se não quiser mais ficar comigo, mas quero que saiba que eu me arrependo muito

S/N dá um sorriso triste mas se levanta e senta em meu colo. Me beijando em seguida. Nosso beijo esquenta e fica mais feroz

Tiro sua blusa interrompendo o beijo. Sorrimos um para o outro

- Talvez esse seja o nosso momento

...


Notas Finais


Sigam meu perfil: @ParkHoseok_1994


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...