1. Spirit Fanfics >
  2. My Time (Imagine Jeon Jungkook) >
  3. Parte 36

História My Time (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 36


Escrita por:


Notas do Autor


Vou postar esse porque quero postar o próximo logo.
EU AMO OS COMENTÁRIOS DE VOCES

Capítulo 36 - Parte 36


Não passou muito tempo e Yoongi se desculpou comigo. Ele pediu desculpas por ter sido tão arrogante e por destratar a música. Falou que ficou muito bravo na hora e quis descontar a raiva, e a forma que achou de me atacar foi essa. Pois é, ele tinha conseguido. 

Mas como sempre, nós nos acertamos.

Era início de novembro e a turnê estava prestes a acabar. Finalmente. Se ela não acabasse, o grupo iria. Ou a minha paciência. Não, a minha paciência já tinha acabado faz tempo. 

Os shows já tinham acabado e em breve voltaríamos para Seoul. No momento, estávamos nos EUA para o AMAs. Depois voltaríamos para a Seoul, para a festa de encerramento da tour, para o MAMA e mais três shows em Seoul, encerrando de vez. Faltava pouco. 

Eu estava bebendo no bar do hotel, depois do ensaio dos meninos para a apresentação, quando Tae se sentou ao meu lado, com um sorriso malicioso e ficou me encarando. Tentei ignorar ele, mas Taehyung era expressivo demais e conseguia me deixar desconfortável com aquele olhar.

-Que foi? - Perguntei, me esquivando.

-Você é ex namorada do Mark? - Ele perguntou ainda com o seu sorrisinho malicioso

Ah, não. Mais um. Quem tinha sido o fuxiqueiro da vez? Se fosse Namjoon, eu ia matá-lo. 

- Sim… - Respondi um pouco desconfiada - Como sabe?

-Nós somos amigos. Às vezes eu e ele nos falamos por ligação - Deu de ombros. Espera, desde quando? Como eu não sabia disso? Será que eu teria que pegar o celular de cada um e ver quem era amigo do Mark? - Mas foi Jk quem me contou. 

Ah, era só o que faltava. Será que ele queria me ferrar ou ferrar o Mark? 

-Tae, ninguém pode saber disso, ok?  - Disse preocupada - Isso pode virar um escândalo. Nem era para ele ter te contado...

- Não se preocupe, não vou contar para ninguém - Ele se ajeitou na banqueta e esboçou um sorriso divertido - Jk kickou o Mark da sala no jogo… - Seu sorriso ia se transformando numa risada a cada palavra que ele falava - Aí eu perguntei o porque, e ele me falou ‘’ele é ex namorado da s/n’’, bem bravo. Eu expliquei para o Mark depois, para ele não ficar chateado. - Meu coração acelerou na hora em que ele disse que ‘’explicou para o Mark’’. O que ele tinha explicado exatamente para o Mark?

Mark não era uma parte viva da minha memória. Ele ficava lá, bem enterrado e raramente aparecia. Mas pensar que ele podia estar mais próximo do que eu imaginava, fazia meu coração acelerar. Não por algum sentimento, mas pelo perigo e pela incerteza. Eu não queria colocá-lo em apuros. Não queria incomodar. Na verdade ficava com vergonha só de pensar que os meninos podiam ter falado de mim para ele. Ele com certeza ia pensar que eu ainda era apaixonada e que talvez estivesse usando os membros para perseguir ele.  

Eu não sabia se ele ainda pensava ou falava de mim, imagino que não. Mark sempre foi muito quieto e reservado. Será que ele tinha mudado? 

-Explicou o que? - Perguntei impaciente - O que você falou para ele?

-Eu disse que Jungkookie meio que gostava de você e que não estava tendo um dia bom, e… Por isso tinha tirado ele do jogo. Não contei sobre vocês terem ficado. - Ok, menos mal, não era tão ruim quanto eu pensava

- E o que ele respondeu? - Perguntei um pouco menos impaciente.

- Disse que tudo bem, não tinha problema.  - Tae suspirou e pegou o meu copo, tomando um gole do meu sakê. 

Dizer que estava tudo bem era a cara do Mark. Ele raramente reclamava de algo e sofria calado. Não que ele estivesse sofrendo por causa disso, mas se acontecesse, jamais falaria.

Tae encarou o nada e parecia refletir, se sentindo culpado.

- Eu não devia ter colocado ele no jogo. Jungkook foi muito grosseiro, vou tentar convencer  ele a se desculpar com o Mark. Se fosse comigo, eu ia me sentir muito mal 

- Tae, tudo bem… - Balancei a cabeça. Aish, porque eles tinham que se envolver com o Mark? Tem um monte de grupos por aí, porque justo o GoT7? Não podia ser o NCT? - Mark não guarda rancor. Ele é muito gentil. Provavelmente não ficou chateado com isso. - Tentei convencê-lo. Era melhor deixar Mark quieto e bola para frente. - Eu nem sabia que vocês se conheciam, você nunca comentou

- Eu não saio divulgando minha lista de amigos - Tae sorriu, tomando cuidado para não parecer grosseiro. Ele era tão fofo que não sei se algum dia ia soar desse jeito.

Ele tinha razão, que idiotisse a minha de achar que ele tinha o dever de comentar algo do tipo.

Tae e eu jogamos mais um pouco de conversa fora e depois subimos para os nossos quartos, pois já estava tarde e amanhã seria um dia muito corrido.

Eu ouvia Jungkook gritar do seu quarto coisas como ‘’morre!’’ ‘’filho da puta’’ ‘’arrombado’’ e deduzi que ele estava jogando. Apenas coloquei meus fones de ouvido e tentei ignorá-lo. Eu estava muito cansada para ir brigar no quarto dele e não queria estragar seu momento de diversão.

Logo adormeci.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...