1. Spirit Fanfics >
  2. My transformation security (Imagine Boruto) >
  3. Desconfiança

História My transformation security (Imagine Boruto) - Capítulo 3


Escrita por: Rhay_fanfics

Notas do Autor


Boa leitura!💞💞💞

Capítulo 3 - Desconfiança


Fanfic / Fanfiction My transformation security (Imagine Boruto) - Capítulo 3 - Desconfiança

— Me explica uma coisa... – disse Boruto ainda segurando o braço da morena. — A DSP é só pra casos especiais que não estejam no alcanço da Polícia ou o FBI? 


— Sim — Falou com certa desconfiança — por quê? 


— Então por quê vocês não estam atrás do Orochimaru e estam grudados em mim, tem alguma coisa acontecendo que eu não saiba além do atentado? 


  S/N apenas o ficou encarando em silêncio.  Boruto percebendo isso viu que tinha alguma coisa de errado. 


— Não vai me dizer?...— iria insistir até que ela fale. 


— olha só Boruto...– soltou a mão que estava sendo segurada por ele — Você tem que focar na sua vida fazendo com que ela ocorra normalmente, deixe o resto com a gente. 


— Não dá pra viver normal, S/N – disse balançando a cabeça em negação. 


— Fica tranquilo, vai ficar em segurança. 


  Os dois apenas ficaram se olhando, Boruto não sabia o porquê mas ela transmitia segurança e confiança para ele. 


— Agora eu vou indo, Boa noite — falou em meio à saída do quarto e vendo Boruto dar um sorriso mínimo de lado desejando o mesmo. 


  Após sua saída, Boruto esfregou a mão no rosto nervoso se sentando na cama, e pensava sobre oque diabos estava acontecendo, era muita coisa pra assimilar de uma vez. 


[...] 


— Alex?... — S/N o chamou dando pequenas batidas na porta. 


— Entra – gritou do lado de dentro, seguindo com S/N abrindo a porta e encostando a mesma para fechá-la. 


— Fiquei sabendo de uma coisa.— se sentou em sua cama ao lado dele. 


— O quê? 


— Boruto ta desconfiando de alguma coisa. 


— Oquê ?! – disse arregalando os olhos em tamanha preocupação, como assim " desconfiando " se o loiro mimado soubesse de tudo iria ferrar tudo também 


— Como assim o oxigenado ta desconfiando? A gente deixou passar alguma coisa ? – perguntou e perguntou andando de uma lado para o outro — ai meu jesus , S/N!, a gente tem que fazer alguma coisa, ele não pode ao menos sab... 


  S/N se levantou indignada o interrompendo. 


— Como ele não pode saber? Ele tem esse direito. 


— ficou maluca! – a balançou segurando pelo ombros .— se ele souber , ou mais alguém além da DSP ou o Tio Naruto a merda desse negócio de "Karma" vai virar noticiário global... Imagine só, mais inimigos correndo atrás da família Uzumaki ou sei lá mais oque pode acontecer. – a soltou sentando em sua cama. 


"Karma". A marca aonde se carrega um poder totalmente desconhecido pela sociedade humana. 


— Só acho injusto ele não saber, e tenho certeza que ele vai dar um jeito de descobrir a merda toda, e se ele já não percebeu o que tá acontecendo. 


  Um poder que possivelmente pode deixar todo mundo em perigo, até mesmo Boruto Uzumaki. 


[...] 


Boruto acompanhado com seus melhores amigos, estavam na Universidade que frequentavam . 


— É... tem coisa errada ai–Shikadai opinava sobre a situação que Boruto acabará de contar. 


  Estavam sentados em uma das mesas que havia no pátio. 


– Sinceramente também acho — disse Inojin e mitsuki concordou balançando a cabeça. 


— Vocês podem me ajudar a descobrir? – pediu o Uzumaki levemente desesperado, essa palhaçada toda ja estava o deixando nervoso, nervoso a ponto de perder suas noites de sono, não estava para brincadeira, a ansiedade sobre o assunto e sobre o seu Pai não falar nada estava o matando. 


—Sei não cara, o que a gente pode fazer? – perguntou o albino. 


Boruto apenas suspirou passando a mão em seus cabelos, realmente oque poderiam fazer? Não estava ao alcance deles, mas tinha que ter um jeito. 


— Eu realmente não sei. – o loiro abaixou a cabeça sentindo uma mão em seu ombro. 


— Fica calmo irmão, vamos ver oque podemos fazer  – Era shikadai que sempre o colocava na linha quando precisava. 


Foram interrompidos com o toque de insistente do celular do loiro, os Três perto de Boruto viram a foto de perfil da pessoa que ligará. 


— Então é essa a sua babá ? – Mitsuki perguntou em um tom malicioso sendo seguidos pelos outros. 


— Com todo o respeito, ele é gostosa pra caramba !, Tá com uma mina dessas o tempo todo e tá reclamando do que meu filho ?– Inojin falou em um tom de brincadeira indignado. 


— Podem parar seus otários – Boruto se levantou rindo um pouco por conta da brincadeira e balançando a cabeça de um lado para outro, realmente S/N era um baita de um mulherão. Se lembra da vez em que estavam próximos em seu quarto, sentir o calor e cheiro da mais nova era totalmente viciante. 


Atendeu a a garota depois da Segunda chamada  . 


— Oi, Tá tudo bem? — ao ouvir a voz de S/N já o deixa extasiado o suficiente pra não saber o que responder depois. 


– ah, sim tá tudo bem – encostou o corpo com apoio do braço em uma parede ao lado. – E você? Tá bem? 


— Eu que deveria perguntar isso pra você Sr . Uzumaki, não inverta os papéis. – disse em tom de brincadeira, arrancando um sorriso do loiro. 


— Tudo bem, não faço mais...– entrou na brincadeira. 


— Seu pai me pediu pra te buscar e te levar no escritório dele. 


  Boruto estranhou, só era chamado assim quando acontecia algo de ruim, de resto nem via seu pai além dos noticiários da TV ou as palestras que dava. 


— Aconteceu alguma coisa ? — Perguntou o loiro, S/N consiga sentir tamanha preocupação do loiro. 


— Fica calmo, confia em mim beleza? 


— confio — e assim encerrou a ligação, deixando Boruto mais ansioso ainda.


Voltou em direção aonde seus amigos estavam conversando que quando repararam que estava indo em direção à eles, começaram com os olhares maliciosos  


— Ela te chamou pra assistir Netflix? – Inojin brincou com a cara do loiro. 


— Haha muito engraçado Inojin. Vou ter que sair mais cedo, meu pai quer me ver. –Dizendo isso os três pararam com as brincadeiras percebendo que o motivo da ligação era séria. 


— Fica tranquilo vai lá, a gente te passa a matéria depois. – Shikadai piscou fazendo um toque de mão com Boruto. 


  Após se despedirem, seguiu em direção a S/N que como sempre estava acompanhada com o " insuportável " do Alex, não gostava dele nem um pouco. 


— Desculpa te ligar, não sabia se você tava em aula ou não.  – S/N disse já que não sabia antes que ele estava estudando. 


— Fica tranquila. – Tranquilizou o loiro. 


— Vamos seu Pai tá esperando, vamo entrar no carro logo – disse Alex vendo que os dois estavam na enrolação, recebendo um virar de olhos de Boruto. 


" Oque meu pai quer comigo?" Era oque Boruto se perguntava.


Notas Finais


Obrigado por ler até aqui!! E até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...