História My true Identy - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camila Cabello, Camren, Camren G!p, Lauren Jauregui
Visualizações 454
Palavras 1.703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AEEEE PORRAAAAA, QUEM E VIVO SEMPRE APARECE.
EU OUVI UM AMÉM?

Iaeee meus bebês, como vocês estão? Tão bem? Tao dormindo direitinho?
Espero que sim :)
Eu sei que eu demorei pra caralho e peço desculpas por isso. Gente vocês não tem noção to quanto eu estava atolada esse bimestre na escola
Mal tinha tempo pra respirar!

Mas agora eu to de volta, pra alegria de vocês com uma pequena maratona :), nao sei se quantos capítulos vai ser, mas já tenho uns 3 pontos

Quero agradecer a todos que favoritaram e comentaram, vocês são demais <3 💙

To tentando me organizar aqui em várias coisas
E se tudo der certo, todo final de semana irei Att tanto aqui como BBH, Beleza?

Sem mais delongas, vamos ao capítulo de hoje? Tomara que vocês gostem, eu tentei, so tentei mesmo, ser engraçada.

Boa leitura ;)

Erros ja sabem....

Capítulo 20 - Capítulo- 20


Sel💙; Onde você está? Eu recebi uma mensagem de Demi, Lauren disse que você  saiu correndo da escola. Você está bem? 

Eu suspirei enquanto li o texto da minha irmã e mandei uma resposta.

Eu; Estou quase em casa agora; eu só fui para uma longa caminhada durante a maior parte do dia. Falo com você  em pouco minutos, coloque a chaleira no fogo.

Eu embolsei meu telefone com um grunhido, mandar mensagens de texto com a minha mão ruim foi mais difícil do que eu pensei. Eu puxei minha mochila mais acima no meu ombro e olhei ao redor do meu caminho enquanto fazia a minha viagem familiar em direção aos portões do meu jardim.

Vi o Q7 da família de Demi no meu jardim, e gemi. Ótimo, justo oque eu precisava, ter a irmã daquela idiota na minha presença.

— Estou em casa. — eu gritei quando entrei na minha casa e fechei a porta atrás de mim. — Eu vou para a cama …

— Venha para a cozinha primeiro, docinho. — Selena gritou para mim.

Eu suspirei, esfreguei a ponta do meu nariz e entrei na cozinha.

— Eu sei que você quer uma explicação, mas eu não posso lidar com conversa agora, eu só quero... — eu parei de falar e praticamente parei de respirar quando eu olhei para a mesa da cozinha e encontrei Lauren sentada com uma xícara de chá nas mãos.

Essa. Filha. Da. Puta. Está me gozando?

Tomei uma respiração longa e profunda, antes de expirar e fixar os olhos com a idiota máximo.

— É melhor você sair da merda da minha casa!

— Camilla! — Selena gritou com indignação ao mesmo tempo que 

Lauren bufou e disse: — Ou o quê, menina bonita?

Ninguém teve tempo de se mover porque eu me virei, peguei um copo que estava em cima do balcão, virei e atirei com força total em Lauren. Foi cronometrado direto na cabeça, e ela soltou um resmungo alto de dor, quando ela levantou de supetão  e agarrou a testa com a mão. O pobre copo estava em pedaços no chão, mas eu não me importei.

Eu totalmente tive sucesso fabuloso na mira com meu braço mais fraco. Apesar disso, eu não tinha terminado. Eu me virei, peguei um prato -tinha biscoitos sobre ele - que também estava no balcão e atirei nela.

Ela, no entanto, usou seu braço desta vez para bloquear o golpe. Mas ainda deve ter doído, porque o prato quebrou em pedaços quando fez contato.

— Me solte!

Era Selena gritando com Demi, que tinha os braços apertados em torno de sua cintura, a impedindo de explodir em mim.

Aquela maldita traidora, como ela ousa tentar vir para cima de mim quando ela convidou o inimigo ao meu santuário depois do que ela fez comigo!

Virei-me para encontrar mais pratos para arremessar em Lauren, mas não havia mais nenhum. Eu estava prestes avançar para as facas quando um corpo bateu em minhas costas e um braço apertou ao meu redor, prendendo meus braços ao meu lado.

Eu sabia que era ela, eu apenas sabia disso.

— Fique longe de mim. Você vai ser presa por isso. Estou farta e fodidamente cansada de você me tocando e colocando as mãos em mim sem autorização, sua estúpida, grande bastarda!

— Karla Camila Cabello! — Selena berrou.

Eu deixei meu queixo cair e virei minha cabeça para a esquerda.

Ela acabou de gritar meu nome completo para mim.

Ela. Estava. Puta!

— Suas iniciais são KC? — Lauren soprou no meu ouvido.

Eu a ignorei e foquei em Selena. — Eu não me importo mesmo, Selena. Ela não deveria estar aqui, e eu estou louca como o inferno que você jogou aquela conversa de Demi para cima de mim, sua puta suja!

Eu estava tipo, grata quando Demi segurou Selena firmemente nessa hora, porque quando ela tentou me atacar, seus olhos eram assassinos, e eu sabia sem dúvida, que se ela me pegasse, ela iria chutar sete tons de merda fora de mim.

— Sua merdinha, eu vou te arrebentar quando colocar minhas mãos em você!

Eu sarcasticamente bufei e disse: — Abuso de crianças.

Selena soltou um rugido e agarrou as mãos de Demi com as unhas que eram as coisas mais baratas e mais mortais do planeta. Elas eram como mini navalhas do caralho. Mesmo Demi sendo mais forte que Selena, ela puxou suas mãos longe dela, quando ela tirou sangue.

Eu gritei malditamente alto, pisei no pé direito de Lauren para que ela pudesse saltar para trás e me liberar - o que ela fez com um rugido de dor - então corri como Usain Bolt fora da cozinha direto para as escadas para que eu pudesse chegar até o meu quarto e colocar uma grande porta de madeira entre mim e Selena.

Eu estava na metade do caminho até as escadas quando ela me pegou pela perna e puxou com força, me fazendo cair de cara nas escadas. Eu gritei quando me virei e imediatamente levantei minha mão não machucada para bloquear os golpes iminentes de Selena.

— Eu vou matar você! — ela gritou no meu rosto.

Eu ainda estava gritando, mas consegui segurá-la em cima de mim.

— Eu sinto muito, você não é uma puta... bem, não uma enorme de qualquer maneira... 

— Oh, isso vai fazê-la ficar com menos raiva!

— Foda-se, bastarda traidora! — eu gritei quando me virei para olhar pelo corrimão.

Demi e Lauren, onde estavam, inclinados contra a parede do corredor observando-me ser violentamente atacada pela minha chamada irmã e não fizeram uma única coisa para pará-la. Elas realmente estavam se divertindo com minha pequena briga com Selena , idiotas.

— Pare com isso, pare de ser uma pequena...

— Uma pequena o que? Hã? Por que você está defendendo Lauren? Se você disser que é porque você está transando com a irmã dela, eu vou te renegar e nunca falar com você de novo!— eu rosnei.

Selena parou seu ataque, mas não se moveu de cima de mim.

— Eu não estou a defendendo, eu ainda acho que ela é uma idiota que precisa de uma boa bofetada de vez em quando, mas eu acho que você deveria deixá-la se explicar.

— Eu penso que 'provavelmente' é forçar um pouco demais as coisas agora, depois de ser atacada com pratos...

— Cale a boca, você vê vermelho sempre que Michelle fala sobre ela e seu poderia-ser-ou-não-poderia-ser-namorado Charlie.

— Ele não é o namorado dela, quantas malditas vezes eu tenho que continuar dizendo isso? Eu disse a você o que aconteceu ontem à noite! — Lauren gritou para sua Irmã.

Eu fiquei boquiaberta.

Como ela ousa falar por mim. Charlie não era meu namorado, mas ainda assim!

— Como você sabe que ele não é meu namorado agora? Eu poderia ter ido para ele hoje, com tudo o que você sabe! — eu olhei para ela.

Ela virou a cabeça para mim e sorriu. — Porque eu disse a ele hoje antes da escola que se ele te tocasse, eu o mataria. E eu poderia ter também mencionado algo sobre você ser minha.

Oh.

Meu.

Deus.

— O que há errado com você? Não sou algo que você possui. Você não pode dizer às pessoas para não me tocar...

— Eu posso e eu vou. — ela me cortou.

Olhei para Selena que estava sorrindo.

— Do que você está rindo? — eu rosnei.

Ela deu de ombros, ainda praticamente em cima de mim. — Ela quer que vocês fiquem bem. Ela quer explicar o que você viu na escola hoje, mas está preocupada que você vai atacá-la desde que você costuma fazer isso quando ela te deixa nervosa.

— Eu não a taco! — eu berrei.

— Você ataca!— Selena sorriu.

— Como se você pudesse falar. Ela teve que levar pontos por sua causa ontem à noite!

Selena encolheu os ombros. — Você bateu mais nela.

— Eu não!

Selena e Demi riram. — Você bateu. — disseram em uníssono, em seguida, sorriram uma para a outra.

Todos os pensamentos de Lauren foram esquecidos quando notei como elas olharam uma para a outra, foi com saudade ou amor ou algo assim. Foi um pouco assustador.

— Vocês duas se amam?

Selena bufou quando ela desviou os olhos de Demi e olhou de volta para mim.

— Eu a amo. — Selena sorriu alegre.

Oh, meu Jesus..

— E ela me ama.

Oh, meu Deus.

— E nós vamos morar juntas..

Oh, meu Moisés.

— Então, nos casar e ter filhos.

SANTA MARIA, MÃE DE DEUS.

— O QUÊ? — eu gritei no rosto de Selena, limpando o sorriso dela. —Você está noiva disso? — eu apontei a mão trêmula para Demi, que evitou fazer contato visual comigo.

— Ela, não é isso! — Selena rosnou.

Eu senti lágrimas nos meus olhos.

— Eu não posso acreditar que você faria isso comigo! Se você se casar com ela, aquela idiota nunca vai estar fora da minha vida. Nunca! — eu gritei.

Lágrimas verdadeiras caíram dos meus olhos e eu não me importava que Demi ou Lauren pudessem ver.

O lábio inferior de Selena tremeu. — Pare com isso, Camila eu não estou fazendo isso para te machucar, baby, eu te amo mais do que qualquer coisa; você é minha irmã, mas seus problemas com Lauren não tem nada a ver com Demi

— Só o fato de que elas são irmãs. — eu gritei através dos meus soluços.

Selena suspirou. — Você só está chorando porque você está com raiva de Lauren, porque você pensou que ela estava beijando Ashley na escola hoje...

— Selena! — eu gritei a cortando.

Ela fechou a boca enquanto eu podia praticamente ouvir a estúpida ao lado sorrindo. Obviamente ela disse a ela o que aconteceu antes que eu pudesse. Eu empurrei Selena, virei e subi as escadas.

— Eu não vou para o seu casamento barato, e ela não vai se mudar para cá porque esta é a minha casa também. Você pode sair, se você quiser tanto ficar com ela, e dane-se Lauren, eu não estava chateada, porque isso significa que eu me importaria com você, e eu não, eu te odeio! — eu gritei enquanto corria pelas escadas e pelo corredor até o meu quarto, batendo a porta com tanta força atrás de mim que as paredes tremeram um pouco.

Eu mergulhei na minha cama, coloquei meu rosto no meu travesseiro, e gritei. Eu estava ofegante no momento em que parei e apenas deitei imóvel na minha cama.

Meu mundo e vida que eu conhecia estavam terminando.

 Selena estávava noiva de Demi.


Notas Finais


Então gente? Oque acharam?
Estava morrendo de saúdades de vocêssssss.
E mais uma vez peço perdão a demora gente.

Comentem e favoritem muito, por favor💙

Quem sabe eu volto ainda hoje? ;) @evexfngelion


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...