História My True Love... (Nerd And Jock.) - 2 Temporada. - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asriel Dreemurr, Burgerpants, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Asriel, Bloodlust, Blueberry, Chara, Cherry, Cherryberry, Crosschara, Crossmare, Dreamlust, Dreamtale, Dust, Dustberry, Errink, Fancer, Fell, Flowerfell, Frans, Freshpaper, Horrirlust, Horror, Lust, Nightcross, Paperfresh, Sans, Swapfell, Timedream, Timeline, Undercancer, Underfavela, Underfell, Underswap, Undertale
Visualizações 228
Palavras 1.546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Suspeitas, Mudanças e Alguns Amassos...


Fanfic / Fanfiction My True Love... (Nerd And Jock.) - 2 Temporada. - Capítulo 5 - Suspeitas, Mudanças e Alguns Amassos...

— NIGHTY!!! - Palette gritou, no fundo do corredor assentando para o esqueleto que usava uma boina preta com um pingente de meia Lua, esquerda que bufou exausto virando-se para a direção do mais novo e que, apenas do semblante exausto, abriu um mínimo sorriso. — NIGHTY, NIGHTY, NIIIIIGHTY!!!!

— Oi pra você também Palette. - Comentou começando a mão sobre a cabeça do menor e fazendo um tipo de carinho rápido já recolhendo a própria mão. Nightmare segurava alguns livros e estava de frente com a porta da biblioteca. 

— Então, cadê o Crossy? Ele não fica te seguindo todos apaixonado? - Comentou ja fazendo o maior abrir os olhos surpreso e ter a face levemente tingida pela cor roxa.

— O-Oque?? Heh, apaixonado? Ah, faz favor... - Nightmare abraçou os livros, trazendo-os para mais perto do peito, quase que se encolhendo. — Nós somos colegas! Só gostamos dos mesmos livros e de ficar lendo!

— Pufffff, TAH! - Palette entrou na sala já sendo seguido pelo outro. — Eu já vi esse filme! Crossy gosta de você! - Palette comentou bastante convencido e certo dos fatos jogados na cara do jovem. Nightmare se virou para uma prateleira qualquer, apenas não queria olhar Palette naquela Hora. — ...Ta bom, talvez ele não "Ame" nem nada, MAS, alguma atraçãozinha ele sente!

Nightmare pegou um livro de suspense abrindo-o e folheando algumas paginas.

— Ah, vai Nighty! Até você já percebeu que ele faz quase tudo pra chamar sua atenção! - Informou. O maior bufou novamente, mas acabou abrindo um pequeno sorriso lembrando de algumas idiotices que o Hibrido acabou fazendo por sua conta.

— Hm... - Ele virou e deu de cara com Palette com cara de quem não estava convencido. — Pelo amor de Deus Palette! Não adianta ficar insistindo porque já disse que somos Colegas. - Insistiu desviando o olhar da expressão do outro. — Alem do mais, eu nem nunca tinha reparado que ele tenta chamar minha atenção!

Palette se curvou para frente e levantou uma sobrancelha. Nightmare inflou as bochechas tentando se segurar.

— Ta BOM! Talvez eu tenha reparado um pouco. Mas só um pouquinho! - O de pingente de Lua, tentava ainda, recorgitar a ideia o Hibrido sentir alguma coisa por si. Bufou bastande frustrado as vezes o menor lhe fazia agir como uma criança, pelo menos, era o que sentia. — agora, podemos ir sentar?

— Hmmmmm, ta bom, podemos!


...


Fresh respirou fundo com os olhos fechados. 

Ta bom! No três! Um... D-Dois... TRÊS! - Pensou consigo mesmo e finalmente abrindo os olhos e ficando surpreso com o resultado! Entretanto... Ainda faltava alguma coisa, então o esqueleto calmamente puxou o capuz da blusa aproximando-se do espelho para olhar melhor o resultado. Agora, não usava mais a camisa xadrez com a boina, a bermuda e os suspensórios.

O novo visual estava realmente Incrível! Agora usava uma blusa totalmente colorida com uma estampa na frente escrita YO-LO, uma calça Jeans preta e verde meio rasgada, luvas azuis sem a parte dos dedos e tênis mais novos que os outro com desenhos tingidos e ainda mais coloridos. Fresh ficou um tempo encarando-se e não conseguindo acreditar que aquele realmente era ele.

— Wow... - Foi apenas o que conseguiu comentar ainda de forma soprada e inacreditada. Abriu um sorriso bastante satisfeito e meio emocionado. Quando finalmente parou de se admirar no espelho virou rapidamente, indo ate a cômoda e pegando o celular:

[...] Fresh: Alph? u.u

[...] Alphynha: Oi??? ヽ(*゚ー゚*)ノ

[...] Fresh: Vcs já tão no refeitório? u.u

[...] Alphynha: Haaaaaii ┐(゚д゚┐) A três Horas

[...] Fresh: haushaushu, Desculpa a demoraaa, eu já to Indoooo! XD

[...] Alphynha: Ta pom. b( ̄ω ̄)d


Fresh Riu, guardando o celular no bolso e saindo do quando rumo as escadas.


...


— pela MILÉSIMA Vez - Cristallys disse com as mãos na cintura e batendo um dos pés repetidas vezes no chão, PJ estava encostado numa parede com os braços cruzados e apoiando uma perna na parede. Olhava para outra direção completamente desinteressado e irritado com a voz sem tom da garota. — Você ao menos ta me ouvindo??!!

Difícil é NÃO ouvir com você quase gritando no meu ouvido! - Rosnou entredentes virando os olhos para a namorada. As orbes brilhando cintilantes pela claridade do local.

— EU NÃO GRITARIA SE VOCÊ ME OUVISSE! - A garota gritou jogando as mãos pra trás e avançando no esqueleto de ossos negros. — Escuta "Paper Jam" - Cristallys fez questão de fazer as aspas de forma exagerada e em tom de deboche — Se eu te VER com mais Alguém quando que voltar eu juro qu-

— Jura Ô QUE?! - PJ levantou da parede ficando cara a cara com a garota, a Cheerleader se sentiu intimidada vista o tamanho de Paper, dessa vez, acabou recuando um pouco de forma nervosa. — Hmnf, foi o que eu pensei.

— Aff, ta, tanto faz! ... - Cris comentou revirando os olhos e jogando uma mexa do cabelo para trás bastante impaciente. — Só... Fica aqui! 

— Ah Cris! Me Erra mano! - E virou andando para longe da garota.

— PAPER! - Chamou, mas o maior ja estava longe demais para a ouvir. Cris jogou os braços para tras com toda a força que tinha irritada com a briga do casal. — Aarrg! Desisto!

E virou indo para o Ginásio de ensaio para encontrar as outras Cheerleaders.


...


— Você tinha chegado Atrasado outra vez Lusy! - Dream comentou inflando as bochechas ósseas tentando se mostrar frustrado com Lust, que estava com as mesmas roupas de outro dia, porem dessa vez usando o capuz e tomando um suco de caixinha.

— Heh, Nem vem falar nada, você chegou depois de mim. - Informou olhando e sorrindo convencido o menor que arregalou os olhos lembrando do feito e que realmente havia chegado um pouco depois do namorado.

— Oh... M-Mas ainda assim! Você ia chegar atrasado! - Dream persistiu cruzando os braços, Lust saiu do encosto e jogou a caixinha numa lata de lixo atrás de Dream.

— E Você ainda mais do que eu! - Lust murmurou num tom irônico e brincalhão olhando o namorando com o canto dos olhos púrpuras e colocando as mãos nos bolsos.

— Hm, É-É mas...

BAM! (efeito sonoro. \('-')/)

Lust bateu a mão contra a parede, dessa vez, Dream estava sendo encurralado. O menor congelou fechando os olhos em reflexo por conta do movimento rápido, quando abriu os olhos, o de capuz lhe encarava de forma subliminar, com uma das mãos nos bolsos do moletom, e apoiando o cranio no braço que estava contra a parede e impedindo a passagem de Dream.

Nada de "Mas", os dois chegaram atrasados... - Lust comentou, o tom de voz saindo mais provocante e baixo fazendo o menor sentir os rosto esquentar e se encolher ainda mais. 

Lust dobrou o braço ficando mais próximo do namorado, fazendo-o ter o rosto ainda mais tingido pelo tom amarelado, o sorriso do maior se alargou enquanto aproximava-se mais, encostando o lábios ósseos de ambos os dois, e Dream já estava com os olhos semiabertos enquanto sentia a respiração quente do maior tocando seu rosto.

Mas Lust se afastou do nada.

— ...Por tanto os dois estão errados. - Comentou de costas para o menor e cruzando os braços atrás da cabeça enquanto sorria calmamente com os olhos fechados. Não teve nenhuma resposta ou resmundo do menor, então virou a parte de cima do tronco.

Dream estava na mesma posição, porém com as mãos no rosto completamente indignado e Pasmo com a Situação!

— Drê? - Lust chamou virando totalmente o corpo.

— Aaahhh!! Não precisava!! - Dream falou com o tom elevado na voz e se afastando da parede. — Não Precisava fazer TUDO ISSO, pra dizer que os dois estão errados! Você nem... aaaaaah!!!

Lust abriu um sorriso minimo e paciente, descruzando os braços e colocando as mãos dentro dos bolsos.

— Heh... - Riu de canto aproximando-se do menor ficando frente a frente com ele. — ...Se queria me beijar, era só falar.

a mão do de capuz, saiu de seu bolso e retirou  as mãos do menor de seu rosto, Dream olhava um pouco frustrado o chão, então Lust levantou seu rosto para si, e se aproximou mais, tirando a outra mão do bolso e agarrando a cintura do menor, lhe aproximando mais de si e colando seus corpos. Voltou a encostar seus labios, mas dessa vez foi mais a fundo, dando inicio a um beijo profundo e apaixonado, as línguas dançavam dentro das bocas.

Lust caminhou empurrando Dream e lhe fazendo bater as costas na parede fria, entrelaçou os braços no pescoço do maior lhe trazendo para mais perto e aprofundando ainda mais o contado de suas bocas.

— Hhmm!~... - Gemeu visto do pequeno desconforto. Os dois se separaram, Lust sorria malicioso e satisfeito olhando o menor ainda com a boca um pouco aberta e a ponta da lingua para fora. 

— Sabe, eu não ia falar nada mas... - Lust se aproximou se onde seria o ouvido de Dream. — O meu quarto ta vazio... A gente poderia ir lá... O que acha?

Dream sentiu o corpo extremesser e se arrepiar com a voz do maior, que para provocar começou a distribuir leves selinhos na lateral do pescoço do menor que em resposta, começou a suspirar baixo pelo contato.

— H-Hm~... Ta b-bem... - Concordou enfim, cedendo a ideia do namorado, e juntos, os dois foram para a Ala C.


Notas Finais


Pelo menos o Lust é um Seme... Alias o Único que tem Atitude! Kkkkkkk

Eu não revisei, estão sinto muito qualquer Erro de ortografia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...