1. Spirit Fanfics >
  2. My universe >
  3. Capítulo 1

História My universe - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Aviso, nessa obra eu uso muito palavrões

Capítulo 1 - Capítulo 1


Lá estava eu... Em cima da lua e olhando para o planeta terra

Eu: aff

Minha cara de entediado estava fluindo na minha face. Até que tinha algo voando na velocidade da luz voando pelo espaço. A coisa para, e era uma pessoa, ela olhou pra mim, chegou até mim e falou:

???: Com licença meu jovem, mas o que faz na lua? Alguém pode te ver com um telescópio

Eu: cara eu estou pensando, por que aqui é tão... Vazio

Ele se senta comigo

???: Como assim vazio? Você não tem o seu planeta terra? Cheio de pessoas?

Eu: não é isso, eu tô falando ao redor da gente. A terra não tem nenhum vizinho, parece até que estamos sozinhos no universo de tão isolado que a gente é. Por que ninguém visitou a terra ainda?

???: Não sei não amigo, deve ser porque eles tem medo eu acho

Eu: medo?

???: Sim, medo, não me leve a mal mas... Seu planeta não tem um nome muito limpo

Eu: do que está falando?

Ele cruza os braços e fala:

???: As pessoas são muito preconceituosas, deve ser uns dos motivos de ninguém aparecer nesse planeta. Seu planeta também tem muita violência, não é o planeta mais violento de todos, mas... A violência dele é as vezes sem motivos, as vezes. e também vocês não respeitam um ao outro. Seu planeta é muito queimado

Eu: é... Você tem razão. Mas...

???: Mas o que?

Eu: não é todo mundo que é mau nesse planeta, tem pessoas muito boazinhas também, e não merece está nesse lugar

???: Garoto, o universo não é justo. Eu aprendi isso com o Arthur

Eu: Arthur?

???: Não conhece? Nem o nobita, o Maxwell...

Eu: não, me conta sobre eles aí

???: A história é muito longa

Eu: não me importo, eu tenho todo tempo de mundo

(Então eu contei para ele a história do nobita, Maxwell, e Arthur)

Essa história se passa no planeta terra, na dimensão que eu não lembro o numero, o nobita acorda em uma sala, sem lembrar de absolutamente nada, não lembrava nem quem era ele

Nobita: ham? Onde eu tô? Que lugar é esse? (Então o nobita olha para o Arthur) quem é você?

Arthur: NÃO DAR TEMPO, ME AJUDA AQUI JÁ QUE VOCÊ ACORDOU! (Disse o Arthur desesperado)

nobita: que lugar é esse? Quem sou eu?

Arthur: EU DISSE AGORA NOBITA, ME AJUDA!

O nobita estava preso em uma sala branca, com o Arthur mechendo em um buraco cheio de fios de energia

Arthur: VEM LOGO CARALHO (disse o Arthur nervoso)

Nobita: ok ok já estou indo

Então o nobita se aproxima do Arthur

Arthur: ok eu vou mecher nos fios, tá vendo aquela luz vermelha perto da porta?

Nobita: sim, eu tô vendo

Arthur: ótimo amigão, eu preciso que você diga quando ela apagar, eu não posso olhar por que eu não posso ficar olhando e mechendo nós fios ao mesmo tempo

Nobita: ok ok

Então o Arthur começou a mecher nos fios

Nobita: quase apagando, a luz ficou mais forte agora, calma tá mais fraca, ok ficou extremamente forte. você sabe o que você tá fazendo

Arthur: mais ou menos, só me diz quando a luz apagar

Nobita: mas se você levar um shock?

Arthur: e daí? Se a gente ficar aqui a gente vai morrer também, e melhor eu me arriscar

Nobita: morrer? Como assim? (O nobita não estava entendendo era mais nada, ele tinha perdido completamente a sua memória)

Arthur: sério nobita você não lembra de nada?

Nobita: não lembro de absolutamente nada

Arthur: você sabe quem sou eu?

Nobita: não

Arthur: sabe quem é o Maxwell? A shizuka? 

Nobita: não sei

Arthur: droga acho que foi aquele raio que você tomou do did, acho que você perdeu a memória

Nobita: e tem como recuperar isso?

Arthur: eu não sei, eu acho que você precisa recuperar a memória manualmente

Nobita: como assim?

Arthur: você tem que pesquisar sobre você, entendeu? Assim você vai recuperando, e vai lembrando pouco a pouco

Nobita: tudo bem, mas eu acho que preciso da sua ajuda

Arthur: a sua memória é o de menos agora, temos que salvar o Maxwell, ele está em apuros

Nobita: o que nos vamos fazer?

Arthur: vamos sair por esse buraco

Nobita: esses buracos? Mas tá cheio de fios aí

Arthur: não importa, precisamos sair daqui, agora olha se a luz vai apagar

Nobita: tá apagando... Tá quase apagando... Tá fraquinha... APAGOU

Arthur: rápido entra

Nobita: nesse buraco?

Arthur: não, no do seu cu, É CLARO QUE É NA PORRA DESSE BURACO, NE CARALHO? Onde mais?

Nobita: tá foi mal, eu só estou confuso

Arthur: entra logo nesse Carai que eu já tô me irritando (disse o Arthur nervoso)

Nobita: por que você tá tão nervoso?

Arthur: OOO SEU LOUCO DA CABEÇA, EU JA FALEI QUE A GENTE PODE MORRER, VOCÊ É SURDO????

Nobita: ok ok, eu vou entrar

Então o nobita entra, e o Arthur entra depois

Nobita: uou, aqui é escuro, AI!!!

(Então o nobita tem uma lembrança)

Nobita: ME SOLTEM QUE LUGAR É ESSE? EU SO QUERO VOLTAR PRA CASAAAA

(Atualmente)

Nobita: ai

Arthur: o que aconteceu?

Nobita: eu tive uma pequena lembranças

Arthur: teve? De que?

Nobita: eu estava sendo levado por dois caras assustadores, o céu era vermelho, tinha uma cidade completamente destruída, tinha muita gente amarrada, e eles me colocaram em um quarto escuro, e é só até aí que eu lembro, parecia que eu tinha 10 anos

Arthur: você tá usando drogas? Você nunca me contou essa história, então eu não sei se é real

Nobita: esculta Arthur, quantos anos eu tenho?

Arthur: você tem 18, e eu também

Nobita: 18 né?

Arthur: vamos nobita vai dar tudo certo, nós vamos resgatar o Maxwell, vamos fugir daqui, e você vai recuperar sua memória, a arma que o did usou, é muito fraca, eu acho que é temporária

Nobita: que bom, eu quero muito saber mais sobre min, e quero saber muito que lugar era aquele que eu tive uma lembrancinha

Arthur: cara, eu também quero, tô muuito curioso hehe

Nobita: EITA PORRA!! ( então o nobita tem mais uma lembrança)

Arthur: o que aconteceu?

Nobita: eu tive mais uma lembrança, mas essa foi muito fraca, mas você tá no meio

Arthur: então conta o que você lembrou

Nobita: não é muita coisa, era eu em uma lanchonete, eu estava conversando com um jovem rapaz em uma mesa, ele parecia que era o dono de uma empresa, então você apareceu, eu lembro que nos conversamos, não lembro o que, então do nada um bicho esquisito quebra a parede da lanchonete e entra dizendo que quer capiturar você

Arthur: sim, esse é o Sid, ele é um humanoide que quer fazer esperimentos comigo

Nobita: esperimentos?

Arthur: sim, eles querem saber de onde ver tanto poder de mim

Nobita: poder?

Arthur: sim eu tenho poderes, não ache estranho, você tem esse seu bolso mágico aí

Nobita: bolso mágico? Onde?

Arthur: não nobita, eles tiraram seu bolso de você. você esqueceu?

Nobita: exatamente

Arthur: hehe eu esqueci que você esqueceu

Nobita: que papo sem sentido

Arthur: vai se acostumando bonitão. continua andando

Então eles conseguem sair daquele buraco

Arthur: por aqui nobita

Então eles entram em uma sala

Arthur: puxa que sorte, seu bolso mágico está naquela mesa

Nobita: meu bolso?

Então o nobita se aproxima da mesa

Nobita: o que eu faço com isso?

Arthur: você tem que colocar na sua camisa, no mesmo lugar onde está seu umbigo

Então o nobita anexa o bolso em sua camisa

Nobita: assim?

Arthur: isso!

Nobita: o que esse bolso faz?

Arthur: você tira ferramentas ou objetos do futuro daí

Nobita: sério?

Arthur: só não me pergunte como funciona isso, você nunca me ensinou

Nobita: tudo bem, deixa eu tentar

Então o nobita coloca a mão dentro do bolso, e não consegue tirar nada

Nobita: isso realmente é um bolso mágico?

Arthur: claro que sim, tá me chamando de mentiroso?

Nobita: claro que não, mas você pode ter se enganado

Arthur: a você acha que eu estou louco né? Com essas histórias de humanoide, poderes, bolso mágicos

Nobita: cara, eu não sei nem o meu nome, eu simplesmente tô acreditando em tudo que você fala

Arthur: não tudo bem, eu vou provar que eu tenho poderes

Então o Arthur solta uma bola de fogo em uma parede e a bola de fogo atravessa a parede, chamando a atenção de vários guardas, então os guardas correm atrás deles

Arthur: PUTA MERDA CORRE!!!!!!!

Então o nobita e o Arthur correram

Nobita: você não tem algum poder que nos tire daqui?

Arthur: tenho mas eu só tô conseguindo fazer poderes de destruição nível intermediário, não consigo fazer teleporte, não consigo fazer nada, não sei o que está acontecendo

As luzes vermelha da base estavam começando a piscar

Caixa de som: PERIGO, FUGITIVOS NO CORREDOR 5, REPETINDO, FUGITIVOS NO CORREDOR 5

Será que nobita e Arthur vão fugir dessa base? Será que o nobita vai recuperar as suas memórias? Será que vão resgatar o Maxwell? Quem são sid e did? Confira no próximo capítulo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...